anÁlise orientada a objetos para controle de fluxo de caixa de uma serigrafia

Download ANÁLISE ORIENTADA A OBJETOS PARA CONTROLE DE FLUXO DE CAIXA DE UMA SERIGRAFIA

Post on 15-Jan-2016

29 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

ANLISE ORIENTADA A OBJETOS PARA CONTROLE DE FLUXO DE CAIXA DE UMA SERIGRAFIA Acadmicas: Bruna Daniela Kalschne, Francieli Selzler Orientadores: M.sc Tiago Luis Cesa Seibel M.sc Luiz Carlos Zucatto M.sc Marcelo Andr Ackermann. Tpicos. Tema Problema Objetivos - PowerPoint PPT Presentation

TRANSCRIPT

Slide 1

ANLISE ORIENTADA A OBJETOS PARA CONTROLE DE FLUXO DE CAIXA DE UMA SERIGRAFIA

Acadmicas: Bruna Daniela Kalschne, Francieli Selzler

Orientadores: M.sc Tiago Luis Cesa Seibel M.sc Luiz Carlos Zucatto M.sc Marcelo Andr Ackermann

Boa noite a todo, em especial aos professores da banca e aos demais colegas, meu nome Francieli Selzler e este minha colega Bruna Kalschne e estamos aqui para apresentar o trabalho desenvolvido na prtica profissional direcionada II, cujo ttulo Anlise e Projeto estrututrado de um sistema para controle de gesto do setor de informtica que foi desenvolvido no Centro de Tecnologia da Informao da Sociedade Educacional Trs de Maio SETREM, instituio da qual trataremos na sequencia. Os professores orientadores foram Fauzi e Valmir.1TpicosTemaProblemaObjetivosSituao atual do clienteRequisitosDiagramasConhecimentos adquiridosConsideraes finais

Estes sero os tpicos abordados nesta apresentao: Tema, Problema, Objetivos, Situao atual do cliente, A anlise, os requisitos e os diagramas de fluxo de dados, Conhecimentos adquiridos e Consideraes finais.2Tema anlise orientada a objetos para controle de fluxo de caixa de uma serigrafia.

O tema do nosso trabalho encima do desenvovlimento de uma anlise estruturada de um sistema para controle de gesto do setor de informtica da Setrem antes mencionado. 3Problema A linguagem de modelagem UML possibilita o desenvolvimento de uma anlise que atenda os requisitos necessrios para um sistema de fluxo de caixa?

ObjetivosObjetivos especficos:

- Compreender o funcionamento atual do controle de fluxo de caixa utilizado pela empresa.- Identificar a tcnica de controle de fluxo de caixa que melhor se adapta as necessidades do cliente.ObjetivosObjetivos especficos:

- Estudar as tcnicas de Anlise de Sistemas Orientada a Objetos, tcnicas de Teoria Econmica, mtodos de modelagem de banco de dados e tcnicas de Modelo de Entidade Relacionamento.- Desenvolver os diagramas de classe.- Desenvolver Modelo Entidade Relacionamento e dicionrio de dados.- Desenvolver uma anlise orientada a objetos buscando aperfeioar o atual controle de fluxo de caixa utilizado pelo cliente.- Demonstrar os Diagramas desenvolvidos para o cliente.- Documentar e apresentar a atividades realizadas.Conceitos fundamentaisTeoria Econmica

Anlise Orientada a Objetos

Banco de DadosO Cliente Situao atualAmbiente de trabalho.Fonte: Kalschne, Selzler, 2012.

Fonte: Kalschne, Selzler, 2012.RequisitosEnto, o primero passo da anlise foi o levantamento dos requisitos. Comeamos pelos requisitos do Usurio que a descrio sobre os servios e as restries que o sistema deve ter para a sua operao.9Diagrama de Caso de Uso

Fonte: Kalschne, Selzler, 2012.Diagrama de Sequncia Lanamento FinanceiroFonte: Kalschne, Selzler, 2012.

Este o diagrama de nivel dois que trata da alocao. O locatrio solicita a alocao e o processo verifica a disponibilidade do equipamento no depsito onde o colaborador se est disponivel o equipamento atualiza e efetua a alocao, onde retornada a confirmao do registro da alocao para o locatrio.11Diagrama de Classes

Este o diagrama de nivel dois que trata da alocao. O locatrio solicita a alocao e o processo verifica a disponibilidade do equipamento no depsito onde o colaborador se est disponivel o equipamento atualiza e efetua a alocao, onde retornada a confirmao do registro da alocao para o locatrio.12Modelo EREste o diagrama de nivel dois que trata da alocao. O locatrio solicita a alocao e o processo verifica a disponibilidade do equipamento no depsito onde o colaborador se est disponivel o equipamento atualiza e efetua a alocao, onde retornada a confirmao do registro da alocao para o locatrio.13Diagrama de Estados

Este o diagrama de nivel dois que trata da alocao. O locatrio solicita a alocao e o processo verifica a disponibilidade do equipamento no depsito onde o colaborador se est disponivel o equipamento atualiza e efetua a alocao, onde retornada a confirmao do registro da alocao para o locatrio.14Diagrama de Implantao

Este o diagrama de nivel dois que trata da alocao. O locatrio solicita a alocao e o processo verifica a disponibilidade do equipamento no depsito onde o colaborador se est disponivel o equipamento atualiza e efetua a alocao, onde retornada a confirmao do registro da alocao para o locatrio.15Conhecimentos adquiridos

Consideraes finais Problema

Objetivos

Propostas futuras

Em resposta ao problema levantado: O que foi necessrio para a realizao com sucesso do trabalho: estudo de diversos recursos que a Anlise Estruturada de Sistemas fornece, estudo e entendimento do problema do cliente e estudo das tcnicas da Teoria Geral da Administrao para a sua utilizao como soluo ao problema do cliente. Os objetivos foram alcanado atravs da aplicao metodolgica proposta em conjunto com o envolvimento efetivo das disciplinas trabalhadas ao longo do semestre, obtendo-se assim uma anlise que supre as necessidades requeridas.O grupo entende que um trabalho de pesquisa deste porte no deve ser finalizado sem que antes haja a sugesto de propostas para a sua continuidade. Nesse contexto deixamos duas sugestes: o desenvolvimento de uma anlise estruturada que possa atender a todos os problemas do setor, como todo o controle de equipamentos, impresses e demais servios realizados pelo Centro de TI, tornando possvel o desenvolvimento de um software gerencial nico e completo e tambm o desenvolvimento de um programa em cima desta anlise e que possa realmente solucionar o problema do setor em relao ao emprstimo de equipamentos.

17RefernciasBEZERRA, Eduardo. Princpios de Anlise e Projeto de Sistemas com UML. Rio de Janeiro: Campus, 2002.

BOOCH, Grady; JACOBSON, Ivar; RUMBAUGH, James. UML - Guia do usurio. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

CORREIA, Carlos Henrique; TAFNER, Malcon Anderson. Anlise Orientada a Objetos. Florianpolis Santa Catarina: Visual Books, 2001.

DATE, C. J. Introduo a Sistemas de Bancos de Dados. Rio de Janeiro: Campus, 2004.

ELMASRI, Ramez; NAVATHE, Shamkant B. Sistemas de Banco de Dados. So Paulo: Pearson, 2011.

GETMAN, Lawrence J. Princpios da Administrao financeira. Porto Alegre: Bookman, 2000.

GIANECHINI, Josiane Corra; ZDANOWICK, Jos Eduardo. Proposta para implantao do fluxo de caixa s cooperativas de crdito. Revista Cientfica da Faccat, v.9, n.1. Taquara Rio Grande do Sul. 2012.

GIL, Antonio Carlos. Projetos de pesquisa. 3. ed. So Paulo: Atlas, 1991.

RefernciasGUIMARES, Clio Cardoso. Fundamentos de Bancos de Dados. Campinas - So Paulo: Unicamp, 2003.

HEUSER, Carlos Alberto. Projeto de Banco de Dados. 4. ed. Porto Alegre Rio Grande do Sul: Sagra Luzzatto, 1998.

HOJI, Masakazu. Prticas de Tesouraria. So Paulo: Atlas, 2001.

LOVATO, Adalberto; GUILLICH, Roque Ismael da Costa; EVANGELISTA, Mrio Luiz Santos. Metodologia da pesquisa. 2. ed. Trs de Maio: SETREM, 2007.

LOVATO, Adalberto; GUILLICH, Roque Ismael da Costa; EVANGELISTA, Mrio Luiz Santos. Metodologia da pesquisa. 1. ed. Trs de Maio: SETREM, 2005.

MANKIW, Gregory N. Princpios de Macroeconomia. So Paulo: Thomson, 2005.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos da Metodologia Cientfica. 6. ed. So Paulo: Atlas, 2007.

MELO, Ana Cristina. Desenvolvendo aplicaes com UML: do conceitual implementao. Rio de Janeiro: Brasport, 2002.

RefernciasOLIVEIRA, Silvio Luiz de. Tratado de metodologia cientfica. 2. ed. So Paulo: Pioneira, 1999.

RIBEIRO, Osni Moura. Estrutura e Anlise de Balanos Fcil. So Paulo: Saraiva, 2006.

S, Carlos Alexandre. Fluxo de Caixa. Editora Atlas. So Paulo: S.A., 2009.

SOUZA, Nali de Jesus de. Curso de Economia. So Paulo: Atlas, 2000.

PASSOS; Carlos Roberto Martins; NOGAMI, Otto. Princpios de Economia. So Paulo: Pioneira, 1999.

VASCONCELLOS, Marco Antonio S; GARCIA, Manuel E. Fundamentos da Economia. So Paulo: Saraiva, 2001.

YOURDON, Edward. Anlise estruturada Moderna. 10. Ed. So Paulo: Campus, 1990.

ZDANOWICZ, Jos Eduardo. Fluxo de Caixa Uma deciso de Planejamento e Controle Financeiros. Porto Alegre Rio Grande do Sul: D.C. Luzzatto, 1986.Agradecemos pela ateno!

21