Anlise Fundamentalista. A anlise fundamentalista um importante instrumento utilizado para a anlise de investimento em aes. O princpio desta anlise.

Download Anlise Fundamentalista. A anlise fundamentalista  um importante instrumento utilizado para a anlise de investimento em aes. O princpio desta anlise.

Post on 21-Apr-2015

120 views

Category:

Documents

1 download

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • Anlise Fundamentalista
  • Slide 2
  • A anlise fundamentalista um importante instrumento utilizado para a anlise de investimento em aes. O princpio desta anlise est baseado na avaliao quantitativa da empresa. O analista fundamentalista busca estudar a situao financeira, econmica e mercadolgica de uma empresa e suas expectativas e projees para o futuro. Pode-se conceituar a anlise fundamentalista como o estudo de toda a informao disponvel no mercado sobre determinada empresa, com a finalidade de obter o preo justo da companhia. Anlise Fundamentalista
  • Slide 3
  • O objetivo principal desta analise avaliar o comportamento da empresa com vista em determinar o valor intrnseco da ao. Os principais subsdios deste critrio de analise so os demonstrativos financeiros da empresa e os diversos dados e informaes referentes ao setor econmico de atividade, ao mercado acionrio e a conjuntura econmica. Em contraposio da anlise tcnica, a anlise fundamentalista no se baseia no estudo das cotaes de bolsa e os seus movimentos, mas sim nos fundamentos econmicos no qual a empresa est inserida. Anlise Fundamentalista
  • Slide 4
  • Indicadores Financeiros Composio do Endividamento ndice Preo/Lucro Liquidez Corrente Liquidez Geral Margem Lquida Margem Operacional Pay-out Rentabilidade do Ativo Rentabilidade do Patrimnio Lquido Valor Nominal Valor Patrimonial Valor Unitrio da Ao Dividend Yield Lucro por Ao (LPA) Preo-justo Margem de segurana
  • Slide 5
  • Composio do Endividamento o percentual de obrigaes no Curto Prazo em relao ao Exigvel a Longo Prazo Anual e Passivo Circulante. Composio do Endividamento
  • Slide 6
  • Quociente da diviso do preo de uma ao no mercado, em um instante, pelo lucro lquido anual da mesma. Assim, o ndice preo/Lucro - P/L o nmero de anos que se levaria para reaver o capital aplicado na compra de uma ao, pelo recebimento do lucro gerado por uma empresa. Para tanto, torna-se necessrio que se condicione essa interpretao hiptese de que o lucro por ao se manter constante e ser distribudo todos os anos. ndice Preo/Lucro
  • Slide 7
  • Liquidez Corrente a capacidade de pagamento do passivo circulante com o ativo circulante. Liquidez Corrente
  • Slide 8
  • Liquidez Geral a capacidade de pagamento do Passivo Circulante mais Exigvel a Longo Prazo com o Ativo Circulante mais Realizvel a Longo Prazo. Liquidez Geral
  • Slide 9
  • Margem Lquida mede a eficincia e viabilidade da empresa, expressando o percentual de Lucro Lquido em relao s Vendas Lquidas de um exerccio social. Margem Lquida
  • Slide 10
  • Margem Operacional mede a eficincia das Vendas Lquidas da empresa, considerando-se a eficincia fabril e administrativa, avaliando com isto a viabilidade do negcio. Quanto maior for a porcentagem obtida na Margem Operacional, melhor. Margem Operacional
  • Slide 11
  • Pay-out mostra quanto do Lucro Lquido (em percentual) distribudo em forma de dividendos aos acionistas. Pay-out
  • Slide 12
  • Rentabilidade do Ativo um indicador muito til para acompanhamento da evoluo ao longo do tempo da empresa. A porcentagem resultante mostra a eficincia da aplicao dos ativos e quanto lucro eles esto gerando, onde quanto for maior a porcentagem, melhor. Rentabilidade do Ativo
  • Slide 13
  • Rentabilidade do Patrimnio Lquido mostra percentual de Lucro Lquido ou Prejuzo Lquido auferido relacionado ao montante total aplicado pelos acionistas. Quanto maior a porcentagem positiva, melhor. Rentabilidade do Patrimnio Lquido
  • Slide 14
  • Valor para cada ao no momento de sua emisso, atravs de uma IPO (Initial Public Offering) ou atravs de uma emisso secundria. Valor descrito no estatuto social de uma companhia ou de uma ao. Valor facial de uma ao. Valor Nominal
  • Slide 15
  • Resultado da diviso entre o patrimnio lquido e o nmero de aes da empresa. O resultado deste clculo revela a relao existente entre os bens da empresa e o valor da ao. Valor Patrimonial Valor Patrimonial = Patrimnio Lquido. Nmero de Aes da empresa
  • Slide 16
  • Quociente entre o valor do capital social realizado de uma empresa e o nmero de aes emitidas.. Valor Unitrio da Ao Valor Unitrio da Ao = Capital Social. Nmero de Aes emitidas
  • Slide 17
  • Indica a remunerao do acionista realizada sobre o capital investido (valor pago pela empresa). Neste caso, entende-se dividendo como sendo a somatria dos pagamentos de dividendos e de juros sobre capital prprio. O dividend yield o dividendo pago por ao de uma empresa, dividido pelo preo da ao. Dividend Yield Dividend Yield = Remunerao. Valor Pago
  • Slide 18
  • O ndice ilustra o benefcio auferido por ao emitida pela empresa, ou seja, o resultado lquido obtido em determinado perodo. A quantidade de aes emitida pode ser determinada pelo numero de aes que compem o capital social da companhia ao final do exerccio social, ou em funo de sua quantidade mdia calculada no perodo. O ndice LPA representa a parcela do lucro lquido pertencente a cada ao, sendo que sua distribuio aos acionistas definida pela poltica de dividendos adotada pela companhia. Lucro por Ao LPA = Lucro Lquido. Nmero de Aes Emitidas
  • Slide 19
  • Preo extrado das projees de fluxo de caixa descontado que serve como parmetro para que o investidor tenha uma resposta de quanto deveria valer a ao de determinada empresa. Tambm conhecido por valor intrnseco de uma ao. Preo-justo
  • Slide 20
  • a diferena entre o preo da ao no mercado e seu valor intrnseco. Tambm conhecido como potencial de valorizao (upside). Margem de segurana
  • Slide 21
  • Referncia Bibliogrfica PIAZZA, Marcelo C.; Bem vindo a bolsa de Valores, 9.ed So Paulo, Saraiva, 2010. PINHEIRO, Juliano Lima; Mercado de Capitais: fundamentos e tcnicas; Atlas