Alternativas Ecolgicas Para Preveno de Pragas e Doenas

Download Alternativas Ecolgicas Para Preveno de Pragas e Doenas

Post on 13-Jan-2016

41 views

Category:

Documents

0 download

DESCRIPTION

Ecologia

TRANSCRIPT

  • Convivendo com a natureza e aprendendo.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de

    Pragas e Doenas

    Receitas de Plantas com Propriedades Inseticidas no Controle dePragas. s baixar!

    hp://www.cnpq.br/documents/10157/922e31c5-6089-490e-b080-95843d86b2b9 (hp://www.cnpq.br/documents/10157/922e31c5-6089-490e-b080-95843d86b2b9)

    (hp://sitiocurupira.les.wordpress.com/2009/11/receita.jpg)

    Limitador para formiga cortadeira.

    (hp://sitiocurupira.les.wordpress.com/2009/11/balde_pvc.jpg)Existem vrios tipos de limitadorespara venda no mercado, no entanto a ideia no comprar, mas sim reciclar. Veja dois exemplos delimitadores que improvisei. O primeiro feito com um balde velho que s precisei cortar o fundo e fazerum corte lateral para encaixe no tronco. O segundo feito com sobra de um cano de esgoto, tambmcom um corte lateral. Depois pressione o limitador para baixo para que 1 cm abaixo da terra, para que

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    1 de 27 26-04-2014 01:04

  • impea que as formigas passem por baixo. Na sequnciapasse uma ou duas pinceladas de graxa na parte superiorem toda sua volta. A graxa impedir que as formigaspassem. No esquea de passar graxa pelo menos a cada15 dias, pois ela resseca. Nunca passe graxa diretamenteno tronco, pois pode matar a planta.

    Nematide (Popular murchadeira)

    (hp://sitiocurupira.les.wordpress.com/2009/11/nematoide2.jpg)Nome Popular: Nematide

    Nome Cientco: Meloidogyne sp, Pratylenchus sp, Radopholussimilis, Aphelenchoides sp

    Partes Afetadas: Folhas, ores, caule, razes, tubrculos ebulbos

    Sintomas: Tamanho reduzido de rgos vegetais, necrose defolhas, razes e ores, bulbos e tubrculos mal formados.

    Os nematides que parasitam plantas so encontrados (hp://www.jardineiro.net/br/pragas/nematoide.php) nas razes e no solo. Os danos causados pelos nematides so principalmente:reduo no desenvolvimento das plantas que cam com todos os rgo com tamanho reduzido,necrose nas folhas e razes, tubrculos e bulbos mal formados, colorao anormal em folhas e ores(hp://www.jardineiro.net/br/pragas/nematoide.php). Os nematides parasitas de plantas maiscomuns so: Meloidogyne sp, Pratylenchus sp, Radopholus similis e Aphelenchoides sp

    Os nematides no tm grande mobilidade, movimentando-se alguns poucos metros durante seu ciclode vida. As formas mais comuns de disseminao a longas distncias so: eroso de solos pela guada chuva, comercializao de substrato ou vegetais contaminados, descarte de substratoscontaminados.

    O controle preventivo certamente o mais ecaz e econmico contra esta praga. O uso de substratolivre de nematides, bem como aquisio de plantas (hp://www.jardineiro.net/br/pragas/nematoide.php) sadias, destruio de restos de plantas infectadas. Em reas maiores como jardins,podem-se cultivar plantas antagnicas aos nematides como Crotalrias, que tem potencial usoornamental e/ou Cravo de Defunto Tagetes sp (hp://www.jardineiro.net/br/banco/tagetes_patula.php), que alm de serem lindas ornamentais, liberam substncias nematicidas nossubstratos. Ainda, a falta de umidade interrompe o ciclo da praga, de forma que secar ao sol osubstrato uma ecaz medida de controle.

    Inseticida de Cravo de Defunto (Tagetes sp)

    Ingredientes: 100 gramas de ramos e folhas, 100 ml de acetona, 2 litros de lcool.

    Modo de preparar: picar bem miudinho os ramos e folhas e juntar a acetona. Deixar repousar por 24

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    2 de 27 26-04-2014 01:04

  • horas. Depois juntar essa poro a 2 litro de lcool.

    Modo de usar: para cada litro desta soluo usar 10 litros de gua e pulverizar sobre o solo.

    Outro modo: plantar o cravo de defunto em forma de bordadura ao redor da horta. Esta prtica reduzem 90% a infestao de nematides.

    Para prevenir nematides: faa sempre rotao de culturas, intercalando com a Crotalria ou Cravo deDefunto. Os nematide so sensveis a uma srie de fungos e bactrias, ento uma terra bem adubadade maneira orgnica com o uso de hmus de minhoca, composto orgnico e cobertura de palhadacriam o ambiente perfeito para estes fungos e bactrias faam o controle dos nematides. Uma terraonde usado herbicidas como (Rondap ou mata-mato), e a adubao feita de maneira qumica (NPKou uria), e praticado a monocultura, os nematides desenvolvem tranquilamente.

    Fontes de pesquisa: O livro Alternativas Ecolgicas para Preveno e Controle de Pragas e Doenasde Ins Burg e Paulo Mayer. Fonte da foto e parte do texto hp://www.jardineiro.net/br/pragas/nematoide.php (hp://www.jardineiro.net/br/pragas/nematoide.php)

    ________________________________

    Armadilha para mosca da fruta (Anastrepha

    fraterculus)

    Algumas medidas preventivas podem ajudar a minimizar o ataque de insetos em seu pomar de frutas.O uso de armadilhas para atrair insetos como a mosca da fruta pode minimizar em muito a incidncia.Nunca utilize as iscas/armadilhas quando houver ores na planta, pois ir atrair os insetospolinizadores como as abelhas. Abaixo uma ilustrao adaptada do site hp://www.todafruta.com.br(hp://www.todafruta.com.br)

    (hp://sitiocurupira.les.wordpress.com/2009/11/garrafa-pet.jpg)

    Sugiro que faam furos pequenos (quadrado, triangularou circular), com no mximo 5 mm de dimetro. Furosgrandes facilita a fuga. Estes furos devem car logo acimada altura da calda/soluo atrativa, assim o inseto aoentrar s ter dois caminhos: para cima onde no hsada, ou para baixo onde o lquido afogar o inseto.Mesmo que a mosca tente voltar para o furo/sada corre orisco de cair na soluo, (quase sempre cai). Para fazer acalda pode-se utilizar o suco da fruta do prprio p.Acrescente um pouco de acar mascavo ou melado paraa calda car mais atrativa. Caso no haja fruta madurapode-se utilizar vinagre de vinho e melado numaproporo de meio a meio. Deixe a isca pendurada por

    um arame na altura das frutas e sempre virada para o sol.

    Dicas importantes

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    3 de 27 26-04-2014 01:04

  • Nunca pulverize veneno/agrotxico, pois ir eliminar os insetos predadores de suas pragas como olouva-deus, aranhas e joaninhas.

    Para quebrar o ciclo das pragas/insetos indesejveis, nunca deixe os frutos carem no cho dopomar, pois as larvas completaro seu ciclo e botaro mais ovos em frutos no contaminados. Recolhaestes frutos para alimentar galinhas, porcos, peixes do aude (tilpias e pacus adoram goiabas, arasetc), ou faa um buraco e enterre estas frutas. Deixe pelo menos uns 20 cm de terra sobre as frutas.

    Tambm pode-se usar estes frutos para enriquecer a composteira. O calor gerado no ncleo dacompostagem (60 a 70 graus) elimina boa parta das larvas, evitando que completem seu ciclo.Mesmo tomando todas estas medidas voc no ira eliminar, por completo, todos estes insetosindesejveis, mas ter muitas frutas sem larvas para o consumo humano.

    ___________________________________________

    Como controlar lesmas e caracis

    So muito comuns em lugares mais midos e sombreados,tornando-se um grande problema nas hortas, principalmente empoca de chuvas. Para control-las, sugerimos usar:

    Sacos de aniagem midos: colocar sobre o solo sacos de aniagem umedecido nos locais de maiorincidncia de lesmas e caracis, deixando durante um dia. Depois se retira o mesmo e as lesmas camagarradas embaixo, podemos ento mat-las ou d-las com alimento para as galinhas ou peixes. Istofunciona porque elas gostam de lugares midos e procuraro abrigo durante o dia embaixo dos sacos,cando ali grudadas.

    Iscas de cerveja: colocar num recipiente de pouca fundura, 1 copo de cerveja e 1 colher de sal,enterr-lo de forma que a altura da borda que ao nvel da terra. Eles so atrados com o cheiro dacerveja, caem dentro e morrem. considerado de grande eccia.

    Infuso de losna (Artemsia): derramar 1 litro de gua fervente sobre 30 gramas de folhas de losna.Tapar e deixar durante 10 minutos. Depois diluir em 10 litros de gua e pulverizar sobre as plantas esolo.

    Cinza ou cal: espalhar noite, nas bordas dos viveiros ou canteiros uma faixa de 15 centmetros delargura de cinza ou cal, que grudam no corpo, matando-os.

    Repelente de lesma

    Ingredientes: 10 a 15 lesmas ou caracis 10 litros de gua quente

    Modo de preparar: catar as lesmas ou caracis, sempre da mesma que se quer combater. Sobre eladerramar gua quente. Deixar fermentar durante 2 a 3 dias dentro de um recipiente de vidro at estar

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    4 de 27 26-04-2014 01:04

  • com cheiro de podre.

    Modo de usar: ltrar e diluir esta quantidade em 5 a 10 litros de gua e regar sobre as plantas atacadas,de preferncia tardinha. Repetir esta aplicao 2 a 3 vezes em intervalos de 5 dias. Lave muito bem osalimentos que forem consumidos in natura e espere pelos menos uns 5 dias desde a ltima aplicao.

    Fonte: Livro Alternativas Ecolgicas para Preveno e Controle de Pragas e Doenas Ins Burg ePaulo Mayer, Editora Grat.

    _________________________________________________

    (hp://sitiocurupira.les.wordpress.com/2009/11/alternativas.jpg)

    O livro Alternativas Ecolgicas para Preveno e Controle de Pragas eDoenas est em sua 30 edio, sendo considerado por seus usurios umdos mais completos materiais de registro de conhecimentos tradicionaissobre prticas alternativas de preveno e controle de pragas e doenas emplantas e animais. O livro contm mais de 70 receitas de biofertilizantes-como o supermagro, tambm orientaes para elaborao de caldas caldabordalesa, calda sulfoclcica , de extratos e inseticidas naturais feitos abase de plantas. Tambm apresenta mtodos para preveno e controle deparasitas externos e internos em animais (vermes, lombrigas, carrapatos,pulgas, piolhos, ratos, etc). Alm disso traz dicas sobre elaborao decompostagem e vermicompostagem e uma composio para fabricaocaseira de sal mineral. Para adquirir o livro acesse a

    pgina hp://agroecologiaealternativasecologicas.blogspot.com/(hp://agroecologiaealternativasecologicas.blogspot.com/)

    _________________________________________________

    BIOFERTILIZANTE SUPERMAGRO

    Supermagro um adubo lquido, proveniente de uma mistura de micronutrientes fermentados em ummeio orgnico. O resultado da fermentao uma parte slida e uma lquida. O slido utilizado comoadubo no solo e o lquido utilizado como adubo foliar.

    Funo: O biofertilizante utilizado em adubao foliar como complemento adubao do solo.Tambm atua como defensivo natural porque inibe o crescimento de fungos e bactrias causadores dedoenas nas plantas, alm de aumentar a resistncia contra insetos e caros. Pode ser utilizado emculturas como ma, uva, pssego, tomate, batata e hortalias em geral, bem como em grandes culturascomo trigo, soja, feijo e cana-de-acar.

    Material Necessrio

    1 tambor de plstico com capacidade de 200 litros40 kg de esterco fresco de gado no tratado com remdioLeite, gua sem cloro, melado ou caldo de canaIngredientes minerais

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    5 de 27 26-04-2014 01:04

  • Ingredientes Minerais

    2 kg de Sulfato de Zinco300 gramas de Enxofre ventilado (puro)1 kg Sulfato de Magnsio ou sal amargo500 gramas de Fosfato Biclcico100 gramas de Molibdato de Sdio50 gramas de Sulfato de Cobalto300 gramas de Sulfato de Ferro300 gramas de Sulfato de Mangans300 gramas de Sulfato de Cobre2 kg de Cloreto ou xido de Clcio ou 4 kg de calcrio1 kg e meio de Brax ou cido Brico160 gramas de Cofermol (Cobalto, Ferro e Molibdnio)2 kg e 400 gramas de Fosfato Natural1 kg e 200 gramas de Cinza.

    Obs.: Para pulverizar em pessegueiro ou em outras plantas no perodo da orao, formular umsupermagro sem colocar Sulfato de Cobre.

    Modo de Preparar: O adubo no deve ser feito em vasilha de ferro, lata ou madeira. Pode-se usartambor de plstico limpo ou caixa de gua de cimento amianto. Manter o mesmo coberto sem fecharcompletamente para sarem os gases. No deixar entrar gua da chuva ou sujeira. A gua utilizadadeve ser limpa (no deve ser usada gua tratada) e o esterco deve ser de animais que no tenhamrecebido tratamento com remdios. Manter o tambor na sombra, pois o calor excessivo do sol, podedestruir parte dos nutrientes e as bactrias fermentadoras. Deve-se mexer o produto, pelo menos dedois em dois dias, desde o incio (1 dia), at o nal da fermentao.

    Como fazer

    (hp://sitiocurupira.les.wordpress.com/2009/11/monica-gardeljpg.jpg)1 DIA: num tambor de 200 litros misturar 40 kg deesterco fresco, 2 litros de leite e 1 litro de melao em 60 litros degua. Misturar bem e deixar fermentar durante 3 dias. Depois decada 3 dias acrescentar os itens conforme indica abaixo. Foto aolado: Gardel despejando esterco de gado e Mnica (estagiria)preparando para colocar melado e soro de leite.

    4 DIA: desmanchar, em um pouco de gua morna, o Sulfato deZinco, 200 gramas de Fosfato Natural e 100 gramas de cinza, depoisde fazer uma pasta acrescentar 2 litros de leite e l de melao emisturar com os produtos do tambor. Deixar fermentar mais 3 dias.

    7 DIA: desmanchar, em um pouco de gua morna, o Sulfato deMagnsio ou sal amargo mais 200 gramas de Fosfato Natural e 100gramas de cinza. Acrescentar 2 litros de leite e 1 litro de melao.

    Deixar fermentar mais 3 dias.

    10DIA: desmanchar, em um pouco de gua morna, o Fosfato Biclcico, 100 gramas de cinza e 200gramas de Fosfato Natural. Acrescentar 2 litros de leite e 1 de melao. Deixar fermentar mais 3 dias.

    13 DIA: desmanchar, em gua morna, o Enxofre, 200 gramas de Fosfato Natural e 100 gramas decinza. Acrescentar 2 litros de leite e 1 de melao. Deixar fermentar mais 3 dias.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    6 de 27 26-04-2014 01:04

  • 16 DIA: desmanchar, em um pouco de gua morna, o Cloreto ou xido de Clcio ou calcrio, mais 100gramas de cinza e 200 gramas de Fosfato Natural. Acrescentar 2 litros de leite e 1 de melao. Deixarfermentar mais 3 dias.

    19 DIA: desmanchar, em um pouco de gua morna, o Brax ou cido Brico, 200 gramas de FosfatoNatural e 100 gramas de cinza. Acrescentar 2 litros de leite e 1 litro de melao. Deixar fermentar maisdias.

    22 DIA: desmanchar, em um pouco de gua, o Molibdato de Sdio, 100 gramas de cinza e 200 gramasde Fosfato Natural. Acrescentar 1 litro de melao e 2 litros de leite. Deixar fermentar mais 3 dias.

    25 DIA: desmanchar, em um pouco de gua, o Sulfato de Cobalto, 100 gramas de cinza e 200 gramasde Fosfato Natural. Acrescentar 1 litro de melao e 2 litros de leite. Deixar fermentar mais 3 dias.

    28 DIA: desmanchar, em um pouco de gua, o Sulfato de Ferro, 100 gramas de cinza e 200 gramas deFosfato Natural. Acrescentar 1 litro de melao e 2 litros de leite. Deixar fermentar mais 3 dias.

    (hp://sitiocurupira.les.wordpress.com/2009/11/plastico.jpg)31 DIA: desmanchar, em um pouco degua, o Sulfato de Mangans, 100 gramas de cinza e 200gramas de Fosfato Natural. Acrescentar 1 litro de melaoe 2 litros de leite. Deixar fermentar mais 3 dias.

    34 DIA: desmanchar, em um pouco de gua, o Sulfato deCobre, 100 gramas de cinza e 200 gramas de FosfatoNatural. Acrescentar 1 litro de melao e 2 litros de leite.Deixar fermentar mais 3 dias. Foto ao lado: tamborplstico fechado e com um sifo para sada dos gases.Na sada do sifo ca uma garrafa pet com gua paraimpedir a entrada de insetos.

    37 DIA: desmanchar, em gua morna, o Cofermol, 100gramas de cinza e 200 gramas de Fosfato Natural.Acrescentar 2 litros de leite e 1 de melao. Completar orestante do tambor com gua, deixando descansar oufermentar durante um ms. Quando constatar quenalizou a fermentao, o produto estar pronto para ouso. Filtr-lo, usando tela na de nylon. Para guard-lo, pode-se usar garrafas plsticas e armazen-las sombra. Sabe-se de agricultores que armazenaram o produto por 1 ano sem haver perda da validade.

    O tempo necessrio at o produto car pronto, depende da estao. No vero, com o calor, maisrpido. No inverno demora mais. Quando pronto o produto deve ter um cheiro bom, do contrriono fermentou de maneira correta, possivelmente pela falta de melao ou leite.Quando o produto der sinal que no est fermentando (borbulhando) pode-se colocar um pouco deesterco fresco, para estimular a fermentao. O rendimento da receita est em torno de 90 litros deproduto.

    Modo de Usar

    A dosagem recomendada sempre em torno dos 2 a 6 %, dependendo da cultura e sua fase dedesenvolvimento. Veja no quadro a seguir, alguns exemplos:

    (hp://sitiocurupira.les.wordpress.com/2009/11/tabela-de-uso-15.jpg)

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    7 de 27 26-04-2014 01:04

  • Importante

    prefervel que se useconcentraesmenores desupermagro, emvrias aplicaes, queo efeito ser maissatisfatrio do quefazer poucasaplicaes em dosesmaiores. Tomar ocuidado de noaplicar duranteorao, pois o Cobreprejudica as ores.Controlar seu uso emmelancia, melo oupepino, pois estasplantas so muitosensveis. Neste casousar concentraesmenores (2%), emmaior nmero deaplicaes, evitando ouso quando estasplantas so muitopequenas.

    O biofertilizante(supermagro) podeser modicado deacordo com a plantaque vamos pulverizar,ou seja, de acordocom aquilo que elamais necessita econforme ascondies do solo.Existem diversos tiposde formulaes ediversas formas defazer o adubo, mas

    sem dvida todas elas funcionam.

    Nunca se esquecer que, o uso de uma tcnica isolada, como o biofertilizante enriquecido (supermagro),pode no trazer o resultado que esperamos. Para prtica de uma agricultura orgnica ou ecolgicanecessitamos trabalhar com um conjunto de tcnicas de cultivo e manejo, iniciando pelo solo, atreequilibrar o nosso sistema produtivo.

    LEMBRE-SE: A quantidade de supermagro na gua de pulverizao pode ser aumentada at 6 %,quando a planta estiver grande e aparecer problema de praga ou doena, aonde ter efeito defungicida ou repelente.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    8 de 27 26-04-2014 01:04

  • Existe outro modo de preparar o produto de forma mais prtica. Da seguinte forma: colocar todos osingredientes em p sobre uma lona e mistur-los muito bem. Ento, separar em 12 partes iguais,colocar em saquinhos e fech-los. Estes saquinhos sero usados, misturando um a cada 3 dias,conforme roteiro acima. A diferena que no exemplo acima se coloca um produto a cada 3 dias e nestecaso se coloca 1 mistura a cada 3 dias. O melao e o leite devem ser colocados da mesma forma que oexemplo acima.

    Fonte do texto: Alternativas Ecolgicas para Preveno e Controle de Pragas e Doenas, de Ins ClaudeteBurg e Paulo Henrique Mayer Editora Grat. Para pedidos e compras deste livro faa contato com osautores. Paulo Mayer e-mail: pauloenri12@gmail.com (mailto:pauloenri12@gmail.com) , ou com a Ins

    Burg e-mail: inescburg@yahoo.com.br (mailto:inescburg@yahoo.com.br)

    _____________________________________________________

    Tcnica do capote artificial

    Como colher frutos maduros sem ataque de insetos ou aves?

    1) Separe um grampeador e uma revista velha.

    2) Retire o excesso de folhas no entorno dos frutos.

    3) Envolva os frutos com a folha de revista na forma de um cone virado para baixo.

    4) Grampeie onde for necessrio para fechar os frutos e formar um capote de proteo.

    (hp://sitiocurupira.les.wordpress.com/2009/11/montagem-72.jpg)

    Esta tcnica aprendi com a Physalis (ju-de-capote). Ao observar os frutos da Physalis sempre perfeitose sem ataques de insetos ou pssaros resolvi aplicar a mesma tcnica nas ameixas de inverno, e comoo resultado foi satisfatrio apliquei nos pssegos tambm. Os frutos amadurecem no prprio p e seu

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    9 de 27 26-04-2014 01:04

  • sabor ca incomparvel. A natureza sabia e vive nos ensinado, s abrir os olhos. Foto abaixo ocapote articial nos frutos do tomateiro de rvore.

    (hp://sitiocurupira.les.wordpress.com/2009/11/tomate-de-arvore2.jpg)

    ________________________________________________

    FORMIGAS CORTADEIRAS

    Formigas cortadeiras so insetos encontradosexclusivamente nas regies tropicais e subtropicais dasAmricas. Estas formigas desenvolveram um avanadosistema agrcola baseado num mutualismo: elas sealimentam de um fungo especco que cresce nascmaras subterrneas de seus ninhos. As formigascultivam seu fungo, fornecendo vegetais frescos econtrolando organismos indesejados, como outros tiposde fungos. Quando as formigas trazem acidentalmentefolhas txicas colnia, este secreta uma substnciaqumica que serve de aviso para qu as formigas nocoletem mais este vegetal ou similares (iscas). Fonte da

    foto e texto: hp://www.ahmaxi.com.br/ah/formigas.php (hp://www.ahmaxi.com.br/ah/formigas.php)

    As formigas cortadeiras tm causado srios danos s culturas. Forando-nos busca de controlealternativas, aos produtos qumicos utilizados.

    Diculdades no controle e importncia dos danos.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    10 de 27 26-04-2014 01:04

  • Quase todas as plantas cultivadas podem ser atacadas, alm de rvores, invasoras e pastagens.Oque signica que as mesmas no dependem exclusivamente de algumas plantas.Grande nmero de formigueiros podem surgir numa rea e se expandir para outro quando ocontrole no feito de forma mais abrangente.Grande nmero de formigas por formigueiro.O combate pode ter custo elevado se no for acompanhado de prticas preventivas (manejo corretodo solo) e regionalizado.Pela diculdade de envolver comunidades como um todo. Resistncia de algumas pessoas cujaspropriedades se tornam foco de reinfestao.Danos econmicos signicativos:1 formigueiro adulto pode recolher at 1.000kg de folha e talos por ano;1 formigueiro de 1m pode matar 37 rvores, o que representa 8m de madeira/alqueire/ano;10 formigueiros considerados velhos consomem at 21 kg de capim/dia que equivale a um boi eprovoca uma reduo de 50% da capacidade de pasto;Nas culturas j ocorre reduo de produo a partir de 10% de perda da rea foliar.

    Sobre predadores:

    1 gavio consegue ingerir + 37/kg insetos/ano

    Aves em geral atacam rainhas novas no ar ou na terra quando esto cavandoninho.

    1 tamandu mantm livre de formigas, uma rea de 5 a 10 hectare

    As prticas de controle devem ser utilizadas em conjunto com a vizinhana, do contrrio no trazembons resultados.

    PREVENO DE DANOS:

    a) Tratamento de sementes: usar sabonete diludo em gua para tratar semente de hortalia.

    b) Barreiras fsicas: proteger rvores e mudas, usar cones invertidos de lata, plstico, folha metlica. Oprincpio de funcionamento impedir que formigas cheguem s folhas. Pneus e caneletas de guatambm funcionam mas so criatrios de mosquitos.

    c) Plantas repelentes ou txicas: hortel, batata-doce, salsa, cenoura, mamona e gergelim funcionamcomo repelentes ou intoxicantes. Deve-se plant-las em volta de reas de cultivo.Elas funcionam bemquando a infestao baixa.

    d) Produtos repelentes: casca de ovo moda, carvo vegetal modo e farinha de osso. Colocar numafaixa contnua em volta do local a ser protegido para afastar as cortadeiras.

    e) Plantas atraentes ou pasto alternativo: leucena, mandioca, cana-de-acar e o gergelim preto.Devemos manter estas plantas na rea. Elas so mais atrativas do que as culturas. O gergelim, alm detima isca tambm faz o controle. A semente do gergelim txica e destri o fungo que serve dealimentao s formigas.

    PERTURBAO DE COLNIAS:

    Os mtodos aqui citados, funcionam mais no sentido de desorganizar as colnias, tornando-as inativaspor meses.Quando repetimos as tcnicas ou as aliamos a outras, podemos at mat-las ou obrig-las amigrar para outro local.

    a) Compactao: tcnicas simples e segura quando os formigueiros so novos ou superciais. Consiste

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    11 de 27 26-04-2014 01:04

  • em provocar o desabamento das panelas e danicar as formigas e seu ninho, mantendo-as sempreocupadas fazendo seu ninho.A atividade de corte pode at parar por dois meses. Este trabalho podeser feito com soquete manual de construo.

    b) Qumicos caseiros: vrias substncias qumicas caseiras ou de fcil obteno perturbam umformigueiro, como o sal, cinza, vinagre, cal e calcrio. O sal e o vinagre no podem ser usados em terrade plantio, mas sim em caladas, muros, estradas, pois inibir o crescimento das plantas.

    LIMITAO DA PRODUO

    Pelo fato de no ser possvel nem desejvel a exterminao das formigas e sim manter baixa ainfestao, torna-se necessrio diminuir as revoadas com:

    a) Controle antes das revoadas: utilizando as tcnicas j citadas.

    b) Criao e/ou preservao de inimigos naturais: na revoada, galinhas comuns ou da angola, pssaros,tatus, tamandus podem evitar at 90% da reinfestao.

    DIMINUIO DE INFESTAO

    a) Aumento da biodiversidade: ou seja, do conjunto de espcies animais e vegetais em uma rea(ores, fruto, culturas intercaladas ou em faixas, reorestamento, marimbondos, aranhas, formigas nocortadeiras, pssaros, tatus, tamandus, angolistas). Uma situao onde o ambiente variado,nenhuma espcie se torna praga pois uma controla a outra mantendo um nvel de infestao baixos.

    b) Manejo do solo: as formigas para se instalar preferem reas limpas, sem vegetao rasteira, o quefacilita a construo e aquecimento das panelas. Ou seja, o solo sem cobertura e pouca matriaorgnica o ideal para elas. Devemos sempre trabalhar com um solo cheio de vida e rico em matriaorgnica. A resistncia das plantas s pragas (inclusive a formigas), melhora com o manejo orgnico dosolo, devido ao equilbrio que permite existir entre os seres que habitam o solo, a presena denutrientes variados. O sistema de plantio direto ou mesmo de cultivo mnimo, com cobertura de solo,esto comprovadamente, diminuindo a quantidade de formigueiros.

    c) Consorciao de plantas: as culturas mais atacadas devem ser plantadas consorciadas com culturasrepelentes ou que afastam as cortadeiras. Esta uma tcnicas que evita prejuzos maiores em reasmuito infestadas.

    d) Planejamento da produo: planejar a rotao de culturas, espcies mais resistentes ao ataque,plantar culturas em suas pocas recomendadas e na densidade certa, sempre incluindo espcies deadubao verde e respeitar a sucesso de gramneas e leguminosas.

    CONTROLE DAS COLNIAS

    Aps trabalhar com mtodos que previnem a infestao a um nvel mais elevado, ou seja, o aumento donmero de formigueiros, muitas vezes h a necessidade de se partir para o Controle das Colnias. Comos seguintes mtodos.

    a) Mtodos fsicos: uma ao direta sobre o formigueiro. Abrir o formigueiro (buraco), retirar o fungoe as crias (ovos), matar a rainha, ir matando as operrias, tentando prejudicar o mximo possvel. Olocal, por conter nutrientes como Fsforo, Potssio, Clcio e Magnsio pode servir depois para plantaruma muda.

    Fogo: controla bem formigueiros pequenos, mas sempre tomando cuidado para no provocar

    incndios.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    12 de 27 26-04-2014 01:04

  • gua quente: funciona para formigueiros pequenos.

    gua corrente: muito usada para controlar formigueiros grandes.H necessidade de fazer um canal

    desviando gua para o formigueiro quando possumos gua corrente prxima ou usar uma mangueira,deixando entrar gua at encharcar. O formigueiro morrer afogado ou doente.

    Fumaa de escapamento (gs carbnico): dirigir o escapamento de motores a leo para as bocas

    principais (olheiros de entrada), atravs de mangueiras por alguns minutos. Isto pode provocar mortepor asxia ou intoxicao. Deve-se procurar tapar os olheiros por onde comea a sair s fumaa e pararde coloc-la quando ela retornar pelo buraco por onde a colocamos. A fumaa txica ao homem.

    Caa rainha: se consegue controle de 100% quando se mata formigueiros com 4 meses aps a

    revoada.

    b) Mtodos qumicos caseiros: usar gua com sal, vinagre, creolina, leo queimado, querosene egasolina. Podem controlar formigueiros mdios. Porm no usar em reas de plantio, pois podempoluir o solo. Estes produtos devem ser usados com cuidado, pois tambm causam poluio eintoxicam as pessoas se no forem bem utilizados.

    As seguintes receitas so mais ecientes:

    Pegar 2 kg de cal virgem, desmanchar em 10 litros de gua quente e aplicar diretamente sobre os

    olheiros principais das formigas.

    Misturar 500 g de Brax (cido brico) a 500 g de acar, misturar bem e jogar sobre os carreiros e

    olheiros.

    c) Mtodos Biolgicos: quando atravs do uso de microorganismos se controla a produo dos fungoscom os quais as formigas se alimentam. A seguir um exemplo:

    Formicida Natural

    Ingredientes: 50 litros de gua 10 kg de esterco fresco 1 kg de melado ou acar mascavo

    Modo de preparar: misturar bem todos os produtos, depois deixar fermentar durante uma semana.

    Modo de usar: coar com um pano e aplicar dentro do formigueiro na proporo 1:10, ou seja, 1 litro deproduto para cada 10 litros de gua, at inundar o formigueiro.

    Obs: a respeito do controle biolgico ver tambm a utilizao de Boveril e Metarril. Existem tambm jdisponveis fatores homeopticos para controle de formigas.

    d) restos de formigueiros: quando abrimos um formigueiro podemos retirar o fungo e crias que podemser modos com milho, depois utilizados como isca prejudicial para outros formigueiros.

    e) plantas txicas: algumas plantas tm substncias txicas para as formigas ou seu fungo

    Mandioca brava: a gua de mandioca e a raspa podem ser aplicados diretamente nos formigueiros,

    controlando-os em poucos dias.Tampar e socar as colnias aps a aplicao.

    Gergelim preto: muito procuradas pelas cortadeiras, principalmente suas sementes que as formigas

    carregam. Funciona porque txico para o fungo, mas no de modo imediato, assim como a maioriados controles alternativos. O mais usado o gergelim preto que plantado em moitas ao redor das

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    13 de 27 26-04-2014 01:04

  • reas ou dentro de reas atacadas ou que devem ser protegidas. Este mtodo deve ser usado comocomplemento dos outros. Semeadura deve ser feita no vero.

    Angico: usar 1 kg de folhas e colocar de molho em 10 litros de gua por 8 dias. Aplicar 1 litro desta

    soluo para cada m de rea do formigueiro.

    Outras plantas como: capim fedegoso, pessegueiro bravo, mamona, timb, batata-doce, podem ser

    utilizadas com inseticida amassando-se as mesmas e fazendo um suco que, misturado gua aplicado. Mas ainda est sendo testado para ver qual a melhor idade da planta a ser usada, quais asformigas controlam, enm, precisam ser usados em pequenas reas para ver se funcionam.

    f) animais: tamandus, tatus, galinhas da angola e comuns, passarinhos, consomem muitas formigas.

    Fonte do texto: Livro, Alternativas Ecolgicas para Preveno e Controle de Pragas e Doenas de InsClaudete Burg e Paulo Henrique Mayer, Editora Grac

    ______________________________________________

    ALELOPATIA

    O termo alelopatia foi criado em 1937 pelo pesquisadoraustraco Hans Molisch com a unio das palavras gregasalllon (mtuo) e pathos (prejuzo). Este fenmeno j erarelatado desde a antiguidade e tem se tornado objeto deestudos de diversos pesquisadores ao longo dos sculos.

    Atualmente, alelopatia denida como: processo queenvolve metablitos secundrios produzidos por plantas(hp://pt.wikipedia.org/wiki/Plantae), algas(hp://pt.wikipedia.org/wiki/Alga), bactrias(hp://pt.wikipedia.org/wiki/Bact%C3%A9ria) e fungos(hp://pt.wikipedia.org/wiki/Fungo) que inuenciam ocrescimento e desenvolvimento de sistemas biolgicos. Segundo Molisch, alelopatia a capacidade deas plantas, superiores ou inferiores, produzirem substncias qumicas que, liberadas no ambiente deoutras, inuenciam de forma favorvel ou desfavorvel o seu desenvolvimento

    As plantas produzem e estocam grande nmero de produtos do metabolismo (hp://pt.wikipedia.org/wiki/Metabolismo) secundrio, os quais so posteriormente liberados para o ambiente. Tais compostospodero afetar o crescimento, prejudicar o desenvolvimento normal e at mesmo inibir a germinaode outras espcies.

    Substncias alelopticas podem ser liberadas das plantas atravs da lixiviao dos tecidos, em que astoxinas solveis em gua so lixiviadas da parte area e das razes; volatilizao de compostosaromticos das folhas, ores, caules e razes sendo absorvidos por outras plantas; exudao pelasrazes, onde um grande nmero de compostos alelopticos liberado na rizosfera circundante,inuindo direta ou indiretamente nas interaes planta/planta.

    Estudos tm sido realizados com o intuito de se conhecer melhor as espcies de plantas com atividadesalelopticas e as substncias com efeitos inibitrios, suas fontes e seu comportamento no ambiente

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    14 de 27 26-04-2014 01:04

  • com o objetivo de discutir uma possvel aplicao destes compostos como bioerbicidas.

    No Brasil, em um dos primeiros estudos realizados, Almeida (1993) identicou potencialidadesalelopticas nas gramneas (hp://pt.wikipedia.org/wiki/Gram%C3%ADnea) forrageiras Brachiariadecumbens, Brachiaria humidicola e Brachiaria brizantha cv. Marandu em nveis que possibilitaramredues expressivas na germinao de diferentes plantas. A Alelopatia um conceito utilizadotambm para a aplicao de plantas companheiras (hp://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Plantas_companheiras&action=edit&redlink=1), na agricultura alternativa. Fonte:hp://pt.wikipedia.org/wiki/Alelopatia (hp://pt.wikipedia.org/wiki/Alelopatia)

    Plantas Companheiras

    So plantas pertencentes a espcies ou famlias, que se ajudam e complementam mutuamente, noapenas na ocupao do espao e utilizao de gua, luz e nutrientes, mas tambm por meio deinteraes bioqumicas chamadas de Efeitos Alelopticos. Estes podem ser tanto de naturezaestimuladora quanto inibidora, no somente entre plantas, mas tambm em relao a insetos e outrosanimais.

    Seguem alguns exemplos :

    As plantas da famlia das solanceas ( tomate, batata, pimento, entre outras) e as da famlia dascompostas (Cichoriaceae), como alfaces e chicrias combinam bem entre si. Estas famlias, por sua vez,tambm combinam com umbelferas (Apiaceae) como cenoura, salsa, aipo, erva-doce, batata-salsa ecom Liliceas como o alho e a cebola.

    As cuburbitceas (abbora, pepino, melo, melancia, chuchu) associam-se bem com as solanceas, complantas leguminosas(feijo, ervilha) e gramneas(milho, trigo), conforme seu hbito de crescimento eforma de cultivo; alternado-se leiras -duplas tutoradas, por exemplo, de tomate, feijo-vagem epepino, ou na tradicional associao de milho, feijo e abbora.

    A regra geral para uma boa associao ou rotao de culturas a de escolher sempre uma sequncia deplantas de famlias diferentes.

    Plantas Antagnicas

    Algumas espcies possuem substncias que afastam ou inibem a ao de insetos, como ocorre, porexemplo, com o piretro, presente no cravo-de-defunto e nos crisntemos. Como qualquer estratgia demanejo agroecolgico, o uso de tais plantas no deve ser feito isoladamente e, sim, dentro de umaviso abrangente de promoo do equilibro ecolgico em toda a propriedade agrcola. Quanto maisequilibrados estiverem o solo, as plantas e os animais, menor ser a necessidade de se apelar para taisestratgias, aproximando a produo orgnica da situao ideal que a de pouco intervir porqueagroecossistema j se tornou capaz de se auto-regular.

    a) Cravo-de-defunto (Tagetes minuta) e ou Cravorana (Tagetes sp) silvestre. As plantas inteiras,principalmente no orescimento, so boas repelentes de insetos e nematides (no solo). Usadas em

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    15 de 27 26-04-2014 01:04

  • bordadura das culturas ou em pulverizaes na forma de extratos alcolicos, atuam tanto por aodireta contra as pragas, quanto por disfarce das culturas pelo seu forte odor. Frmula Geral: 200gramas de planta verde, mascerados por 12 (doze) horas em lcool (aproximadamento 1 litro) ediludos em 18 a 19 litros de gua (20 litros para pulverizao)

    b) Cinamomo (Melia azedorach L., famlia Meliaceae). O ch das folhas e o extrado acetnico-alcolico dos frutos (ambos na dosagem mdia de 200 gramas para um volume nal de 20 litros parapulverizao) so inseticidas. Os frutos devem ser modos e seu p pode ser usado na conservao degros armazenados. Observao: uma rvore ornamental comum no sul do Brasil, de origem asitica.

    c) Saboneteira ( Sapindus saponaria L.) rvore nativa da Amrica Tropical, usada como ornamental ,possui nos frutos um efeito inseticida. Para se ter uma idia de seu poder de ao, vale mencionar queseis frutos bastam para preservar 60 quilos de gros armazenados. Os estratos podem ser feitos dosfrutos amassados diretamente em gua (uso imediato) ou conservados por extrao acetnica e/oualcolica. Em ambos os casos, 200 gramas so sucientes para o volume de 20 litros de um pulverizadorcostal.

    d) Qussia ou Pau-amargo (Quassia amara, famlia Simarubaceae). Arbusto alto, nativo da AmricaCentral, com ao inseticida especialmente contra moscas e mosquitos, pelo alto teor de substnciasamargas na casca e madeira. Estas partes podem ser usadas em p ou extrato acetnico-alcolico,assim como os ramos e folhas, variando apenas a concentrao: 200 gramas de cascas ou madeiramoda.

    e) Mucuna-preta (Mucuna sp ou Stizolobium oterrium). Plantada associada ao milho, evita mais de90% da instalao dos gorgulhos nas espigas.

    Atrativos ou Plantas-Armadilhas

    Muitas plantas possuem substncias atrativas especcas para alguns insetos, que podem ser utilizadascomo plantas-armadilha para vrias pragas. A simples concentrao dessas pragas j as torna maisvulnerveis a parasitas e predadores, assim como mais sujeitas a doenas, permitindo tambm autilizao de mtodos agroecolgicos de manejo de pragas e doenas.

    Seguem alguns exemplos de plantas atrativas de comprovada utilidade na horticultura:

    Porongo ou Cabaa (Lagenaria vulgaris). Plantado em bordadura (em forma de cercas-vivas) ou comseus frutos cortados e espalhados na lavoura o melhor atrativo para o besourinho ou vaquinha verde-amarela (Diabrotica speciosa).

    Tajuj (Cayaponia tayuya). Planta da famlia das cucurbitceas, atrativa para as vaquinhas. Sualimitao consiste no fato de que as razes que so a parte mais til da planta, so de cultivo mais difcilque o do Porongo.

    Fonte: hp://www.planetaorganico.com.br/alelopatia.htm (hp://www.planetaorganico.com.br/alelopatia.htm)

    (hp://sitiocurupira.les.wordpress.com/2009/07/perguntascomentarios.jpg)

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    16 de 27 26-04-2014 01:04

  • 75

    comentrios

    sobre

    Alternativas

    Ecolgicas

    para

    Preveno de Pragas e Doenas

    Oscar Lopes de Faria Junior disse: junho 4, 2010 s 1:02 pmProcuro algum vegetal ou produto que atraia mosquitos como pernilongo e aedys para que seaproximem de uma armadilhaObrigadoOscar

    Responder

    1.

    marcia corina mendes lins disse: junho 19, 2010 s 7:14 pmgostei de conhecer,aprender e pretendo praticar

    Responder

    2.

    roselia brandao disse: agosto 3, 2010 s 12:24 pmtenho uma plantacao copo de leite e esta aparecendo um tipo de lesma ou lagarta e esta fazendoburraco nas ores voce pode me ajudar

    Respondersitiocurupira disse: agosto 4, 2010 s 8:40 pmAs alternativas que conheo esto sugeridas nesta mesma pgina.

    Responder

    3.

    thiago henrique carabia disse: novembro 9, 2010 s 9:29 pmoiqual e o preo de produao deste produtoe o preo deste podutosai mais barata que o quimico qual estes valorese o produto para ser vendido tem preo agregado

    obrigado

    Respondersitiocurupira disse: novembro 10, 2010 s 10:11 amOl Thiago.Se voc se refere ao supermagro creio que ele mais barato que os biofertilizantes qumicos.Nunca z esta comparao de preo, pois quem trabalha com produo orgnica jamais poderiautilizar agrotxicos e outros biofertilizantes qumicos. Gostaria de deixar claro que o uso de umatcnica isolada, como o biofertilizante enriquecido (supermagro), pode no trazer o resultadoesperado. Para prtica de uma agricultura orgnica ou ecolgica necessitamos trabalhar com umconjunto de tcnicas de cultivo e manejo, iniciando pelo solo, at reequilibrar o nosso sistema

    4.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    17 de 27 26-04-2014 01:04

  • produtivo.

    Respondereliete dos santos disse: fevereiro 6, 2011 s 11:32 amola, gostaria de saber , como acabar com aquelas doenas nao sei ao certo oq e, tenho varios pes defrutas pinha e goiabas, so que elas sempre que da fruto elas estao cheios de bicho como acabar comisso ;me ajudem por favor, obrigada,

    Respondersitiocurupira disse: fevereiro 7, 2011 s 10:06 amOl Eliete.Algumas medidas preventivas podem ajudar a minimizar o ataque de insetos em seu pomar degoiabas e outras frutas. Coloque armadilhas para atrair insetos (mosca da fruta, percevejos).Nunca utilize as iscas/armadilhas quando houver ores na planta, pois ir atrair os insetospolinizadores (abelhas, moscas). Logo estarei publicando um passo a passa para construode iscas/armadilha para atrair insetos indesejveis em hortas e pomares.Nunca utilize veneno (agrotxico), pois ira eliminar os insetos predadores de suas pragas(louva-deus, aranhas, joaninhas) e ainda ir contaminar o fruto e outros animais.Quebre o ciclo das pragas. Nunca deixe os frutos carem no cho do pomar, pois as larvascompletaro seu ciclo e botaro mais ovos em frutos no contaminados. Recolha estes frutospara alimentar galinhas, porcos, peixes do aude (tilpias e pacus adoram goiabas), ou faa umburaco e enterre estas frutas. Deixe pelo menos uns 20 cm de terra sobre as frutas. Pode-se usarestes frutos para enriquecer a composteira, pois o calor gerado na compostagem elimina aslarvas e outros insetos.Mesmo tomando todas estas medidas voc no ira eliminar, por completo, todos estes insetosindesejveis, mas ter muitas frutas sem larvas para o consumo humano.

    Responderpoliana disse: maio 21, 2013 s 11:14 amja que vc tem goiabas vc faz assim use um saco e amarias i assim podera evitar muuitas pragas ebichos da goiaba beijoos e tachau

    Responder

    5.

    alexandre disse: abril 14, 2011 s 2:31 pmvaleu pelas dicas

    Responder

    6.

    yara batista orei disse: maio 11, 2011 s 11:29 amoi, adorei os seus ensinamentos, moro numa chcara, tenho um pomar pequeno com lima, lima daprsia, laranja pera e kinkam, alm de go, kiwi e limo rosa. As frutas citricas esto sempre emor, produzindo, no deixo nocho as que caem, mas mesmo assim tenho muitas abelhas e moscas.Relativamente perto, tenho um canil com 200m2 de alambrado, com 15 ces. Esse canil lavadotodos os dias e as fezes recolhidas duas vezes ao dia, mas os insetos, mosquitos, mosquitinhos epricipalmente abelhas so muitos. O que eu posso usar para combate-los? o que usar ao limpar olocal das fezes ? eu no sabia que abelhas se alimentam tb de fezes.obrigadayara

    ResponderStio Curupira disse: maio 14, 2011 s 1:05 pmOl Yara.As fezes, a urina ou simplesmente a presena dos ces so atrativos para uma innidade deinsetos que se alimentam de fezes (moscas, mosquinhas e algumas espcies de abelhas) e

    7.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    18 de 27 26-04-2014 01:04

  • sangue (mosquitos, carrapatos e algumas moscas hematfagas. Mesmo que recolha as fezesduas vezes ao dia ter o momento que as fezes caro expostas aos insetos. Alm disso, ocheiro gerado pela concentrao de 15 ces j o bastante para atrair uma innidade depragas. O procedimento mais lgico nesta situao diminuir a fonte de alimento/atraodestes insetos, mas para isso teria que reduzir o nmero de ces. No entanto acho que isso deveestar fora de questo. O que posso sugerir aplicar algumas medidas preventivas e com omnimo de impacto ambiental. Borrifar o canil com leo de citronela diludo em gua todos osdias. leo de Neen tambm muito eciente. Enterrar sempre as fezes dos cachorros ou fazercompostagem com as mesmas ajuda a eliminar as larvas e outros patgenos encontrados nasfezes. Construir armadilhas com garrafa pet, como sugerido nesta mesma pgina, tambm ajudaa diminuir a incidncia.Espero ter ajudado.

    ResponderMaria da Conceio Ribeiro Macedo Santa Rosa disse: agosto 9, 2011 s 4:42 pmTenho uma chcara com vrias fruteiras, tais como: pinha, caj, caj, manga, groselha, sapoti, jaca,limo, graviola, tangerina, coco, amora, acerola, pitanga e pitanga, a maioria frutica todo ano,outros no. Porm, ultimamente apresentou uma parasita no caule, um tipo de samambaia(giric)primeiro na groselha e agora nas pinhas.Podei a groselha recentemente. O que devo fazer, estou precisando de ajuda, sou do tipo orgnica,ecologica, tudo no natural.

    ResponderStio Curupira disse: agosto 9, 2011 s 7:58 pmOl Maria.Apenas com esta descrio ca muito difcil saber que tipo de parasita est no caule dasgroselhas e pinhas. Tente me enviar uma foto, se possvel macro e com foco no parasita, paratermos um ponto de partida. Como j citei anteriormente, no sou especialista no assunto,apenas um pesquisador autodidata de solues ecolgicas.A. Gardel Silveiraporuga@terra.com.br

    Responder

    8.

    Maria da Conceio Ribeiro Macedo Santa Rosa disse: agosto 9, 2011 s 4:43 pmestou me valendo deste espao porque considerei muito til e tem o meu jeito de ver e fazer

    Responder

    9.

    olindo disse: agosto 26, 2011 s 11:00 pmboa noiti eu tenhum muitas duvidas como cotrola duesas digamas oseja cual o venenu eu vevu usaeu limuitas dicas di vcs no saite seus mas nao vi falando aesi respeito di duensas di gramas este emeu saite hp://www.cprosperomanutencao.com.br obrigado

    ResponderStio Curupira disse: agosto 27, 2011 s 3:33 pmNosso objetivo no oferecer receitas nem car citando detalhes de sua manipulao, noentanto oferecemos vrias delas nesta pgina s ler com ateno. Se quiseres maisinformaes e outras receitas sobre tcnicas de agroecologia sugiro a compra do livroAlternativas Ecolgicas para Preveno e Controle de Pragas e Doenas direto com a autorana pgina hp://agroecologiaealternativasecologicas.blogspot.com/

    Responder

    10.

    berenice camargo disse: setembro 21, 2011 s 1:09 pmO

    11.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    19 de 27 26-04-2014 01:04

  • Ol, gostei muito das informaes e gostaria muito de saber se h algocomprovadamente ecaz que mate os bichinhos que se alojam dentro das cabaas, espcie decupim, caroncho em forma de bolinha, marron,chamado por cor. Eles fazem furo nos porongos j secos e muito difcil acabar com eles.Obrigadssima.

    ResponderStio Curupira disse: setembro 23, 2011 s 8:09 pmOl Berenice.No tenho informaes para sua questo. No entanto deixarei sua dvida na pgina paraalgum poder responder.

    Responderweliton saiter disse: outubro 25, 2011 s 5:54 pmboa tarde, estou procurando informaes sobe CALDA BIOLGICA, como preparar, modo deusar etc.obrigado!!

    ResponderStio Curupira disse: outubro 26, 2011 s 2:50 pmO livro Alternativas Ecolgicas para Preveno e Controle de Pragas e Doenas est em sua30 edio, sendo considerado por seus usurios um dos mais completos materiais de registro deconhecimentos tradicionais sobre prticas alternativas de preveno e controle de pragas edoenas em plantas e animais. O livro contm mais de 70 receitas de biofertilizantes como osupermagro, tambm orientaes para elaborao de caldas calda bordalesa, caldasulfoclcica , de extratos e inseticidas naturais feitos a base de plantas. Tambm apresentamtodos para preveno e controle de parasitas externos e internos em animais (vermes,lombrigas, carrapatos, pulgas, piolhos, ratos, etc). Alm disso traz dicas sobre elaborao decompostagem e vermicompostagem e uma composio para fabricao caseira de sal mineral.Para adquirir o livro acesse a pgina hp://agroecologiaealternativasecologicas.blogspot.com/

    Responder

    12.

    ALEX ALTOE disse: dezembro 13, 2011 s 2:32 pmVC TEM ALGUMA DIGA PARA ESPENTAR MARINBONDOS E ABELHAS DO SITIO? POISAS CRIANAS SEMPRE SO ATACADAS POR ELES.

    ResponderStio Curupira disse: dezembro 15, 2011 s 11:46 amVespas, marimbondos e abelhas so um problema nesta poca do ano, pois os enxames estofortes e estes insetos so muito territorialistas e se tornam agressivos para defender seu espao.Para marimbondos e vespas sugiro a queima do ninho. Use um bambu longo com uma tocha naponta. No esquea de fechar as janelas da casa, se o ninho estiver prximo, e no deixecrianas ou animais nas proximidades. Para remover ninhos e enxames de abelhas sugiro quechame um apicultor, pois este a pessoa mais apropriada para esta remoo. Caso no conheanenhum apicultor chame os bombeiros, pois eles mantm contato com apicultores de suaregio.

    Responder

    13.

    Georgina Magalhes disse: dezembro 27, 2011 s 12:02 pmOla! meu muro parece um pomar mais estou com dois problemas nele :um sao as formigas queestao se espalhando por todos eles e acabando com tudo,outro a Mangueira e o Abacateiro quequando os frutos estao comeando a crescer caem.O que causa isso? Principalmente noAbacateiro,nao consegui aproveitar um abacate ainda,pois caem antes mesmo de crescerem!

    14.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    20 de 27 26-04-2014 01:04

  • Agradeo se puder me ajudar!

    ResponderStio Curupira disse: dezembro 27, 2011 s 4:03 pmOl Georgina.Informaes sobre controle e eliminao de formigas cortadeiras esto nesta mesma pgina.As razes para os seus frutos carem em pleno crescimento podem ser vrias. Sugiro queconsulte um tcnico agrcola de sua regio, pois ele estar mais apto a diagnosticar o problema.

    ResponderAugusto disse: janeiro 26, 2012 s 11:42 pmDeus os abenem e permita a vcs o que merecem sucesso, paz e um 2012 cheio derealizaes.

    Responder

    15.

    Evair Vicenssoi disse: fevereiro 5, 2012 s 7:19 pmSou trabalhador rural desde que nasci e tenho 42anos, hoje tenho 1sitio e nele tem o POMAR comode costume, e nas minha laranjas e limao ha uma especie de inseto branquinho que nunca visubindo nos mesmo, queria saber o nome eo modo de controlar, pois os mesmo causa danosirreversivel, por favor me ajudem

    ResponderStio Curupira disse: fevereiro 14, 2012 s 11:08 amOl Evair.Boa parte das infestaes que ocorrem em plantas so consequncia de alguma decincia nanutrio (fonte de alimento). Neste caso sugiro uma adubao a base de hmus e umapulverizao regular com o supermagro (contm todos os macro e micro-nutrientes que umaplanta precisa para ser saudvel) veja receita nesta mesma pgina. Neste meio tempo, atproduzir este biofertilizante natural, sugiro a aplicao de leo de Neen, ou um inseticidabiolgico muito usado na agricultura orgnica, que o Baccilus thuringiensis. Todos os doisencontrados em agropecurias.

    Responder

    16.

    Francisco das Chagas Veloso Frederico disse: fevereiro 6, 2012 s 12:12 amMuito oportuno as informaes postadas. Aprendi muito e quero aprender mais.

    Responder

    17.

    Francisco das Chagas Veloso Frederico disse: fevereiro 6, 2012 s 12:14 amPreciso saber como combater brocas da melancia com defensivos naturais.

    Desde j agradeo,

    ResponderStio Curupira disse: fevereiro 14, 2012 s 10:57 amBoa parte das infestaes que ocorrem em hortalias so consequncia de alguma decincia nanutrio das plantas. Neste caso sugiro uma adubao a base de hmus e uma pulverizaoregular com o supermagro (contm todos os macro e micro-nutrientes que uma planta precisapara ser saudvel) veja receita nesta mesma pgina. Neste meio tempo, at produzir estebiofertilizante natural, sugiro a aplicao de leo de Neen, ou um inseticida biolgico muitousado na agricultura orgnica, que o Baccilus thuringiensis. Todos os dois encontrados emagropecurias.

    Responder

    18.

    marcelo disse: fevereiro 8, 2012 s 3:44 pm19.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    21 de 27 26-04-2014 01:04

  • queria saber sobre tratamento de semente de abobora para pantio produto para afastar ratosformigas etc

    ResponderStio Curupira disse: fevereiro 14, 2012 s 10:44 amOl Marcelo. O segredo no fazer o plantio direto, pois assim muitas sementes soconsumidas por pssaros, ratos e formigas. Sugiro que faa mudinhas em saquinhos plsticos oucopinhos plsticos descartveis, assim ca mais fcil proteg-los destes predadores de sementes.E nesta fase de brotao sugiro a aplicao de leo de Neen, (2%) diludo na gua, sobre asmudinhas. Galos de arruda espantam os ratos.

    Responderana karina disse: fevereiro 22, 2012 s 10:00 amgostaria de saber tenho uma egua que ja dei remedio de verme,alimento ela com purina e o cabelodela crespo e chega ate morfar ,mesmo cortando cresce a mesma coisa e ela muito magra o que que eu fao

    ResponderStio Curupira disse: fevereiro 22, 2012 s 11:03 amSugiro que procure um veterinrio, pois no conheo nada sobre comportamento equino.

    Responder

    20.

    Soraia moura disse: maro 7, 2012 s 9:01 pmOi. Tenho uma pequena plantacao de graviolas no sitio. Gostaria de saber, por que os frutos estocando secas e pretas? Voc pode me ajudar. Obrigada.

    ResponderStio Curupira disse: maro 18, 2012 s 9:16 pmOl Soraia.Sugiro que procure um agrnomo ou tcnico agrcola de sua regio, pois este problema pode serendmico de sua regio.

    Responder

    21.

    Ana disse: maro 29, 2012 s 3:57 pmGostei muito sobre as dicas de organico, pois tenho uma chcara e estou louca para iniciar a plantarpara o consumo. Obrigada

    Responder

    22.

    Ediene disse: abril 26, 2012 s 10:28 pmgostaria de saber se existe rremedio para conbater fungos que sempre aparece nas graviolas.

    ResponderStio Curupira disse: maio 8, 2012 s 2:20 pmOl Ediene.Poderia sugerir calda bordalesa para combater fungos, pois ela muito usada para o controle defungos nas parreiras de uvas aqui no sul, no entanto seria prudente a visita de um tcnico emagroecologia ou engenheiro agrnomo especialista em agricultura orgnica para avaliar,diagnosticar e medicar sua planta.

    Responder

    23.

    olindo de jesus santos disse: junho 4, 2012 s 5:58 pmvcs e ralmente muitos bons parabens para todos vosamelhor maneira de aprender e atroca de experiecia obrigado otodos

    24.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    22 de 27 26-04-2014 01:04

  • Responderandrea disse: agosto 1, 2012 s 11:12 amBom dia Stio Curupira!!!Estou adorando ler seu blog e suas dicas, voc esta de parabns pela iniciativa.E muito bom passar o conhecimento e acredito que suas dicas, sero fundamentais para mim emmeu pequeno pomar, caseiro.Plantei mais ou menos 20 especies de arvores frutiferas mas estou tendo muita dicildade emcontrolar as formigas cortadeiras, que teimam em comer minhas arvores em especial a de pessego ea de laranja sangue.Curupira vou tentar usar algumas das suas tecnicas e mando noticias ok.Por enquanto muito Obrigada pelas dicas.Ah!!!Se souber algo mas sobre as minhas especies em questo agradeo.

    Responder

    25.

    jardel disse: agosto 16, 2012 s 7:51 pmParabes voces so de mais muinto obrigado

    Responder

    26.

    cleonice helena bolinelli disse: agosto 24, 2012 s 3:35 pmFiquei maravilhada com as informaes de voces, j vou usar algumas, obrigado. Parabns e muitosucesso vcs merecem.

    Responder

    27.

    Larissa Caroline disse: setembro 7, 2012 s 4:06 pm legal

    Responder

    28.

    valdir ribeiro disse: novembro 1, 2012 s 11:31 amcomo espantar marimbondos da jabuticabeira

    Responder

    29.

    laurinda disse: novembro 19, 2012 s 8:37 amgostaria de saber se posso utilizar calda da bordalesa no cebolo de canteiro

    Responder

    30.

    Danielle disse: maro 14, 2013 s 5:37 pmOl, acabei de alugar uma casa e percebi que as plantas do quintal (roseiras, goiabeira, jabuticabeirae etc) esto cheias de formigas do tipo cortadeira e que o limoeiro alm das formigas est com umaespcie de ferrugem nos frutos, como tenho gatos e uma cadela no gostaria de utilizar nada txicopara eles. Ento minha dvida como resolver o problema de forma natural e segura para os meusanimais e para o meu lho tambm?Meu lho como j no nenhum beb a parte mais fcil da equao logo minha preocupao somesmo os animais no quero correr o risco deles se envenenarem acidentalmente.

    Obrigada,Danielle

    Responder

    31.

    Dirce Savioli disse: maro 17, 2013 s 9:47 pmOlaBoa Noite!!Gostaria de uma receita caseira para acabar com as VAQUINHAS que estao atacando minhajaboticabeira. Desde ja agradeco!

    32.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    23 de 27 26-04-2014 01:04

  • Responderrodrigomarim disse: maro 27, 2013 s 12:00 amcontrole alternativo e duradouro contra cochonilha em pessegueiro.

    aguardo

    Responder

    33.

    Rosangela disse: abril 7, 2013 s 11:44 pmmeu p de mexirica est infestado tipo um pulgo branco no verso da folha. Pulverizei um venenoque me indicaram por duas vezes e nada. Esse ano deu duas mexericas apenas. O que eu fao????

    Responder

    34.

    Maria Gilka Bastos da Cunha disse: abril 23, 2013 s 5:09 pmA minha pitangueira est com suas folhas, na parte de cima, cobertas com uma camada escura e naparte de baixo algo como se fosse um algodo.Essa sugeira preta tanta que deixou todas as folhasdos antureos com uma crosta preta. Eu limpei as folhas com agua e sabo de coco.Um dos galhosda arvore chega at um terrao do segundo andar da minha casa, e eu consegui limpar muitasfolhas mas a maioria ainda continua com essa crosta.Gostaria de saber o que isso, e como melivrar disso, e saber se por causa disso a minha pitangueira vai morrer, e se existe um modo ou meiode combater isso. agradeo sua ateno e aguardo sua resposta.Um grande abraoMaria Gilka.

    ResponderStio Curupira disse: setembro 18, 2013 s 9:07 pmOl Maria d uma pesquisada neste site hp://www.ufrgs.br/agrotossan/galeria/tipos_detalhes.asp?id_registro=240&id_nome=3

    Responder

    35.

    Cludia disse: abril 25, 2013 s 12:35 amOl, meu p de mamo( um mamo grande, no sei a qualidade) est com os frutos apresentandopontos de mofo preto e manchinhas esbranquiadas na casca. O fruto amadurece, mas tenho quedescartar partes dele devido aos pontos de mofo. J p de papaya est com frutos mas nodesenvolve e tb est com as manchas esbranquiadas. Podem me orientar?

    Responder

    36.

    Joao de Lima disse: abril 29, 2013 s 5:45 amOla.. gostaria de saber como controlar a abelha cachorro, poisestao destruindo minhas arvores deamboyam O nonho delas parece estar no top dos pes de eucaliptos.Elas atacaram minha jaqueira em producao e estragou quase toda as frutas. Agora sugam os galhosdo amboyam ,eles cam pretos e logo quebram. Apliquem o oleo de inan sem muitoresultado.Gostaria de saber como posso elemina-las.

    Responder

    37.

    Tarcisio Paschoalato disse: junho 9, 2013 s 11:01 pmPossua varios ps de tangerina, laranja e limo e pequena horta com tomate cereja, rcula epimenta. Com o tempo as frutas no cresciam mais e caiam antes amadurecer. O mesmo acontececom a pimenta e o tomate cereja. Qual ser o tipo de praga que atacou minha horta e pomar?

    Responder

    38.

    Werner Petschulat disse: junho 10, 2013 s 10:24 amBom dia, tenho um p de lichia e as folhas so atacadas por um fungo marrom, enrola a folha etambm ataca as frutas ainda pequenas e no deixa desenvolver.

    39.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    24 de 27 26-04-2014 01:04

  • J z uma poda radical, mas os brotos novos j mostram sinais da praga.J pulverizei vrios venenos, mas tudo sem sucesso.

    Tem registro disso e uma eventual soluo?

    ResponderTherezinha Xavier disse: junho 10, 2013 s 6:46 pmTenho uma parreira de uva,estas uvas esto doentes .Como trata-las?

    ResponderStio Curupira disse: setembro 16, 2013 s 11:10 amOl Therezinha.S estando no locar para diagnosticar o problema. Sugiro que solicite uma visita de um tcnicoagrcola ou engenheiro agrnomo de sua regio.

    Responder

    40.

    janiel disse: junho 14, 2013 s 11:06 amol, gostaria de saber qual o nome cientico de uma formiga que aqui no cear e conhecida comoTAIOCA.Por favor se tiver como me ajudar eu agradeo.

    Responder

    41.

    Ana disse: agosto 14, 2013 s 4:30 pmBoa tarde, preciso da ajuda de vocs,pois cupim de solo tem infestado o meu jardim e preciso deuma isca natural para acabar com a colnia j que no sei onde encontra-se. Desde j agradeo.

    ResponderStio Curupira disse: agosto 26, 2013 s 8:01 pmOl Ana.Geralmente cupins no so problemas em hortas e canteiros, pois eles se alimento de madeiramorta (galhos, troncos e folhas secas) e ajudam na decomposio destes materiais. Se mesmosabendo disso voc quiser acabar com estes insetos sugiro dois inseticidas biolgicos(Boveril/inverno e Metarril/vero). Para saber como us-los vide a bula ou pesquise na internet,pois nunca precisei fazer uso deles.A Gardel.

    ResponderANA CRISTINA CRUZ disse: agosto 27, 2013 s 5:48 pmBoa tarde, obrigada pela sua ajuda. Que Deus abenoe o seu trabalho e todos a. Date:Mon, 26 Aug 2013 22:01:30 +0000 To: anacristinatere@hotmail.com

    42.

    Cludia disse: setembro 17, 2013 s 12:07 amOl, z a tcnica do capote no Cajuzinho do Cerrado que estava sendo atacado por formigas. Fiz ocapote com jornal, s que virei as pontas para dentro e cou meio aberto embaio. h algumproblem em deixar meio aberto ou tem que fechar todo o capote. Na realidade z um cone semgrampear, como virei as pontas para dentro o cone cou rme.

    ResponderStio Curupira disse: setembro 17, 2013 s 5:02 pmOl Claudia.A tcnica do capote no funciona muito bem para as formigas, pois elas sempre acabam sempreachando uma falha no capote. Sugiro que use um limitador de plantas na base do caule. Vejaa foto no link hp://www.tuiagro.com.br/produto.php?id=442Se no achar no mercado ou no quiser gastar, pode improvisar com um balde velho ou um

    43.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    25 de 27 26-04-2014 01:04

  • cano de PVC com um dimetro sempre maior que o caule. Tambm costumo passar uma lista degraxa na parte superior externa do limitador, isso diculta a passagem das formigas. Logoestarei portando diversas fotos de limitadores improvisados aqui no stio.

    ResponderCludia disse: setembro 18, 2013 s 6:24 pmLegal vou providenciar uns. No caso do capote gostaria de saber se h problema em fazer como zou se tem que fechar todo?

    Responder

    44.

    Suely Sonia Tavares disse: setembro 23, 2013 s 10:44 pmFiquei contente com as respostas sobre as minhocas, estava curiosa porque nunca tinha visto tantaminhocas ,quando chove elas saem e morrem , obrigada pelas respostas .

    Responder

    45.

    ESTER disse: dezembro 1, 2013 s 12:26 pmALGUM PODERIA ME AJUDAR TENHO UMA PLANTAO DE TOMATE, EST CHEIODE CACHOS E OS PS VIOSOS MAS, AGORA ESTAO APARECENDO MANCHAS PRETASE AMARELAS E EST MURCHANDO.

    ResponderStio Curupira disse: dezembro 7, 2013 s 6:23 amOl Ester. Est parecendo nematide. Veja informaes nesta mesma pgina.

    Responder

    46.

    minorubr disse: janeiro 6, 2014 s 5:55 pmOl, gostaria de saber se existe alguma planta que afaste os pulges da lavoura de quiabo e couve?

    ResponderStio Curupira disse: janeiro 12, 2014 s 10:58 amOl Minorubr.Para eliminar os pulges tive um timo resultado com um ch de macela (Achyrocline accida)misturado com um pouco de sabo (derretido e diluido na gua) que ajuda a xar o inseticidana planta, e tambm a eliminar o pulgo. Se no tiver macela use cinza de fogo tambmmisturada com sabo. Nesta tcnica importante diluir a cinza na gua antes, e depois ltrarpara no entupir o borrifador. S no use fumo de rolo como muitos sugerem, pois o fumo cheio de alcaloides cancergenos que voc poder consumir com a planta.

    Responder

    47.

    Suli da Gama Fontaine disse: fevereiro 9, 2014 s 11:32 amNecessito remover uma colmia de marimbondos tatu. No pretendo extermina-la, massimplesmente forar sua mudana para outro local, longe do curral. Alguma tcnica ecologiamentecorreta?S da Gama

    ResponderStio Curupira disse: fevereiro 10, 2014 s 3:52 pmOi Suli.Mover colmeias nunca foi uma tarefa fcil, principalmente de vespas. Se no quiser eliminar osmarimbondos sugiro que procure um apicultor com seu traje completo para relocar a colmeia.

    ResponderSuli da Gama Fontaine disse: fevereiro 11, 2014 s 2:41 pmVou tentar. obrigado pela ateno.

    48.

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    26 de 27 26-04-2014 01:04

  • Carlos Fagundes disse: maro 19, 2014 s 4:07 pmOl Amigos estou com um p de cabaa (porongo) muito lindo mas as frutas aparecem e preteiamem seguida e caem, posso resolver isso ou no tem jeito?

    Responder

    49.

    Blog no WordPress.com. | O tema Sunspot.

    Seguir

    Seguir

    Tecnologia WordPress.com

    Alternativas Ecolgicas para Preveno de Pragas e Doenas | http://sitiocurupira.wordpress.com/alternativas-ecologicas-para-preve...

    27 de 27 26-04-2014 01:04