almanaque imigrantes

Almanaque Imigrantes
Almanaque Imigrantes
Almanaque Imigrantes
Download Almanaque Imigrantes

Post on 13-Mar-2016

244 views

Category:

Documents

9 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Como parte da Coleção Bibliográfica – Centenário da Imigração Holandesa nos Campos Gerais do Paraná - aprovada pelo Ministério da Cultura, a Associação do Parque Histórico de Carambeí lança seu primeiro produto editorial: o ALMANAQUE IMIGRANTES

TRANSCRIPT

  • Fascculon 125 de Abril de 2010

    Segunda Edio

    Almanaque Imigrantes uma publicao do Programa de Patrimnio Cultural do Parque Histrico de Carambe

    VARIEDADESFesta do Pr-CentenrioLanamento da Pedra Fundamental do Memorial do Imigrante no Parque Histrico de Carambe.

    Nos dias 08 e 09 de maio acontecem, em Carambe-PR, dois eventos que movimentaro toda regio: a tradicional Expo Carambe e a Festa do Pr-Centenrio.

    A Expo Carambe promovida pela Batavo Cooperativa Agro-industrial, em conjunto com a Prefeitura Municipal de Carambe, e tem por objetivo divulgar a gentica de um dos plantis bovinos de leite mais desenvolvidos do pas.

    A Festa do Pr-Centenrio ocorre em mesma data, e inicia as comemoraes dos 99 anos da imigrao holandesa nos Campos Gerais. O ponto alto da Festa ser a cerimnia de Lanamento da Pedra Fundamental da Vila Rural, que integra o conjunto de equipamentos culturais do Parque Histrico de Carambe.

    Uma programao intensa e diversificada apresentar o Pro-grama das Celebraes do Centenrio da Imigrao Holandesa no bi-nio 2010- 2011 e as Comemoraes dos 85 anos da Cooperativa Agroin-dustial Batavo, em 1 de agosto de 2010, nas festividades do cooperati-vismo.

    Acompanhe a Agenda de Eventos no site do PARQUE HISTRICO DE CARAMBE

    PainelAndreia Podolan /2003, instalado na plenria da Camra de Vereadores de Carambe

    Cadastre-se no sitee receba a capa da sua coleo Almanaque Imigrantes

    www.parquehistoricodecarambei.com.br

    N

    O PO

    LUA

    . CO

    LEC

    ION

    E.

    Ao seu final, o leitor ter um panorama sentado um conjunto de elementos com-sobre a presena dos holandeses no ponentes da percepo deste patrimnio Brasil e as comemoraes sobre seu cultural e da miscigenao tnica holan-

    Este Almanaque parte integrante do centenrio. A partir dos Campos Gera- desa na vida sociocultural brasileira.Programa de Patrimnio Cultural do is, no estado do Paran, os eventos cul-Parque Histrico de Carambe e aten- turais compem uma perspectiva ecu- Tenha uma boa leitura, colecione e acom-de a definio da Constituio Brasi- mnica, formativa e cooperada, com panhe a evoluo deste belo projeto de leira sobre Patrimnio Cultural: um especial destaque para o ano de 2011: o cultura e sociedade!atributo constitutivo do meio ambi- marco cultural desta etnia.ente (artigo 225). Conselho Editorial

    O Almanaque Imigrantes inicia o cum-A Coleo composta por 50 fasccu- primento da meta de desenvolvimento O contedo deste Almanaque tambm los quinzenais colecionveis que apre- cultural, que parte da Coleo Biblio- ser integrado aos diversos sentaro um conjunto histrico de grfica aprovada no Ministrio da Cul- canais de comunicao em multimdia informaes sobre a identidade tura, atravs da Lei Rouanet de Incen- e redes sociais.holandesa na formao da sociedade tivo Cultura. Acompanhe pelo site brasileira.

    Em sua edio de lanamento, apre-www.parquehistoricodecarambei.com.br

    Patrocnio Institucional: Apoio Institucional: Apoios:

    Realizao:

  • N o m e s m o perodo, em No Me Toque, no estado do Rio Grande do Sul; em Holam-bra e Paranapa-nema, no estado de So Paulo, e em Maraca- ju, no estado do Mato Grosso do Sul, os imi-grantes concretizaram comunidades que deixaram sua valiosa marca cultural no territrio brasileiro.

    As etnias que formaram o Brasil esto mente ou por meio de tratados interna- Em 2008 comeou um movimento para alcanando uma idade centenria. cionais entre os monarcas desses pases. organizar as diversas atividades scio-Nosso pas passa por um momento Esse primeiro ciclo de holandeses conti- culturais promovidas pelas comunida-nico de celebraes tnicas: 150 anos nuou por muito tempo de forma decres- des descendentes com a inteno de da imigrao alem, 140 anos da imigra- cente. comemorar a presena holandesa no o italiana, 130 anos da imigrao ra- Brasil, em 2011.Com a Independncia do Brasil, na be, 120 anos da imigrao ucraniana,

    segunda metade do sculo XIX, uma 100 anos da imigrao japonesa e 100 Uma programao cultural intensa e nova onda de holandeses, agora imi-anos da imigrao holandesa so efeitos diversificada est sendo oferecida para grantes, chega ao pas. O primeiro grupo do ativo fluxo de imigrantes experimen- marcar o intercmbio secular destas aportou no Esprito Santo em 1858, esta-tado pelo pas nos sculos XIX e XX, e naes irms.belecendo-se em pequeno nmero.que convergiram para as duas primeiras

    dcadas do sculo XXI.A partir de 1911, os Campos Gerais no Paran recebem um novo ciclo, que aca-No binio 2010 e 2011, a comunidade bou por formar um dos maiores grupos holandesa de imigrantes do Brasil cele-de imigrantes holandeses no Brasil. Ini-bra um conjunto de festividades que ciaram nas terras da Fazenda Caram-tem por objetivo ser o marco sociocultu-behy, hoje municpio de Carambe, e em ral da etnia.Castro e depois Arapoti instalaram-se os

    A presena de holandeses no Brasil acon- novos imigrantes chegados da Holanda, tece desde a histria colonial, quando as estabelecendo uma convivncia coope-disputas entre holandeses, portugueses, rativa. Desde ento, a presena holan-espanhis, ingleses e franceses faziam a desa no pas permaneceu de forma cres-terra brasilis trocar de mos militar- cente at os dias de hoje.

    Patrimnio cultural uma noo muito ampla. Pode-se dizer que tudo o que se relaciona com a cultura, a histria, a memria, a identidade das pessoas ou grupos de pessoas coletividades de natu-reza diversa como grupos familia-res, associaes profissionais, gru-pos tnicos, naes: so os luga-res, as obras de arte, as edifica-es, as paisagens, as festas, as tra-dies, os modos de fazer, os stios arqueolgicos. tudo o que, para determinado conjunto social, inte-ressa proteger por ser considerado como cultura prpria, o que base de sua identidade, o que o faz dis-tinto de outros grupos, incluindo no somente monumentos e outros bens de carter fsico, mas a experincia vivida, que se con-densa na linguagem, nos conheci-mentos, nas tradies, nos modos de usar bens e espaos.

    A regio dos Campos Gerais ocupa um papel preponderante no desenvolvi-mento histrico, econmico e poltico paranaense. Mas o paraso terrestre do Brasil como bem denominou Saint Hilaire h mais de um sculo reserva em si, desde o incio de sua ocupao efetiva, uma riqueza cultural sem igual. As diversas etapas que envolveram a sua formao e os inmeros grupos que participaram desse processo acabaram por tornar a regio um lugar capaz de congregar harmoniosamente as mais diferentes matrizes socioculturais.

    Desta forma, a secular presena holandesa nos Campos Gerais contri-buiu decisivamente tanto para a construo de uma identidade regional como para o enriquecimento do nosso patrimnio material e imaterial.

    no encontro e na coexistncia dos batavos com os demais grupos existen-tes na regio que fortalecemos a nossa dimenso de pertencimento e que constitumos tal riqueza patrimonial.

    Se at pouco tempo compreendia-se patrimnio apenas como os bens materiais forjados pelos homens, de algumas dcadas para c esse conceito tornou-se mais amplo, passando a valorizar, sobretudo, as produes imateriais humanas: rituais, celebra-es, linguagens, enfim, prticas culturais diversas.

    Um dos objetivos centrais do projeto IMIGRANTES/IMMIGRANTEN justamente recuperar e preservar a contribuio dos holandeses para a formao do rico patrimnio cultural dos Campos Gerais do Paran.

    Municpios brasileiros de marcante presena holandesa:

    CARAMBE - PRCASTRO - PR (CASTROLANDA)ARAPOTI - PRNO ME TOQUE - RSHOLAMBRA - SPPARANAPANEMA (CAMPOS DE HOLAMBRA) - SPMARACAJU - MSSANTA LEOPOLDINA - ES

    Partida de Maurcio de Nassau para o Brasil - Extrado do livro "O Exrcito na Histria do Brasil (Colnia). Biblioteca do Exrcito. Ed. Salvador, BA. Odebrecht, 1998"

    O prefeito do municpio de Carambe, Osmar Rickli, concedeu entrevista ao Almanaque sobre a imigrao holandesa e os projetos do municpio para as come-moraes do Centenrio.

    Na sua opinio, quais os principais legados decorrentes da imigrao holandesa em Carambe?

    Acredito que principal-mente no que est fundamentada a col-nia de Carambe, a imigrao holandesa de Carambe, o trip: a educao, a igreja e o esprito de cooperativismo, um exemplo que trouxeram para o Brasil e pautado em cima desses valores que a colnia cresceu. Buscando a Deus em pri-meiro lugar, valorizando a educao como base da famlia, e principalmente o esprito de cooperativismo, sendo a Bata-vo a primeira cooperativa de produo do Brasil, contriburam muito com o desen-volvimento da regio, sendo um exemplo tambm para o pas.

    Osmar Rickli -

    Como o Parque Histrico de Carambe contribuir para o desenvolvimento do munic-pio e da regio?

    um marco histrico, o Parque vai registrar a histria da colo-nizao em Carambe. um momento de reflexo, para avaliar todos os acertos e tambm os erros cometidos, onde que nos podemos voltar ao princpio, em tudo aquilo que deu certo, e valorizar mais, principalmente a questo do cooperati

    Osmar Rickli

    ENTREVISTAvismo. Ele vai proporcionar a divulgao da histria e da cultura dos imigrantes, tudo aquilo que eles enfrentaram, divul-gando toda tecnologia e o desenvolvi-mento que eles trouxeram para a nossa regio. Ser tambm uma ferramenta para desenvolver o turismo cultural.

    Em 2011 Carambe comemora o Centenrio da Imigrao Holan-

    desa. O que a Prefeitura tem planejado em infra-

    estrutura urbana? Estamos

    com os projetos prontos, preocupados principal-mente com os acessos vi-rios. A prefeitura vai cons-truir os contornos norte e sul e revitalizar a Avenida dos Pioneiros. Nossa preo-cupao facilitar o acesso do turista em Carambe.

    Osmar Rickli

    COM OSMAR RICKLI

    PATROCNIO

    Valor do Marketing Cultural na busca por resultados sustentveis

    As instituies pblicas e privadas tm desenvolvido, cada vez mais, projetos de responsabilid