alicia fernandez - a mulher escondida na professora

Download Alicia Fernandez - A Mulher Escondida Na Professora

If you can't read please download the document

Post on 18-Aug-2015

222 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

a mulher escondida na professora

TRANSCRIPT

Alicia FernndezA Mulher Escondida na Professorahttp://br.groups.yahoo.com/group/digital_source/AgradecimentosA orge! meu marido! "ue me outorga a alegria de #i#enciar $a diferen%a$ comoarticula%&o de diferentes ati#idades.A Maria 'ol e a (uc)a! minhas filhas! "ue com suaadolesc*ncia! uma! e sua puberdade! a outra! me ensinam como construir uma mulherpensante! ati#a e feliz.A Amanda! minha m&e! "ue + n&o est a"ui para escutar,me! de "uem recebi aenergia e os m-ltiplos dese+os de construir e construir,me.A Alicia .enedo! amiga e colega! "ue me deu a escuta e o apoio necessrios paraescre#er esta obra.A /ulema Freiberg! colega e amiga! "ue me a+udou na dif)cil tarefa de ler e releros originais deste li#ro.Nota da Tradutora0a obra anterior de Alicia Fernndez 1Aintelig*ncia aprisionada 1apresentou,se a dificuldade para traduzir a pala#ra $atrapada$. 0a ocasi&o! optou,se porutilizarnot)tuloosignificado$aprisionada$! conser#ando! note2to! ae2press&oemespanhol.0a presente tradu%&o! optamos por empregar os di#ersos sentidos para$atrapada$: aprisionada! capturada! enclausurada! encapsulada! de acordo com a acep%&omais ade"uada 3s circunst4ncias do te2to.DedicatriaAinda "ue este li#ro le#e meu nome! atra#5s de suas pala#ras falam mais de 677mulheres argentinas e brasileiras 1 professoras! psicopedagogas ou psic8logas 1 e uns69 homens 1 professores! psicopedagogos ou psic8logos.0&o pretendo ser sua representante. :oincido com Foucault e ;e,leuze em "ueatribuir,searepresenta%&odeoutrosconduzdiretamente3anula%&odasautoriasde"uem se pretende representar. Pelo contrrio! sou eu "ue me sinto representada por elese! principalmente! por elas.Por meio de suas hist8rias! "ue fui compartilhando! a maioria das #ezescoordenando grupos de tratamento psicopedag8gico para psicopedagogos! pode,seescutar tamb5m partes de minha hist8ria.Escre#o impulsionada e e2pulsada pela puls&o de conhecer e saber! pelo amor aoconhecimento.Escre#o tamb5m por"ue as pala#ras pensadas! assim como os sonhos sonhados!en"uadram,se no pr5,consciente. Eassimcomo os sonhos "ue n&o contamos aodespertar! as ideias pensadas "ue n&o escre#emos podem ser es"uecidas.Poristo! escre#o o"ue#ou pensando: para n&oes"uecereparapoder seguirpensando.Espero "ue "uem $me leia$ assim o entenda. uando digo "ue escre#o para n&oes"uecer! odigo do fundo de minhasentranhas! por ser uma mulher latino,americana! argentina! brasileira! "ue te#e a sortede #i#er a adolesc*ncia nos anos ?7 e o horror de #i#er a +u#entude nos anos em "ue o$o sil*ncio era sa-de$ e o pensar esta#a amorda%ado.:omo esta#a dizendo! os sonhos n&o contados podem ser es"uecidos. >uando oscontamos! a"uele "ue nos escuta! ainda "ue s8 nos olhe em sil*ncio! + est participandodaelabora%&oeda compreens&oda"uilo"uet&ofortemente nos mo#euen"uantodorm)amos! da"uilo "ue sem a escuta do analista! do amigo! da filha! 5 s8 uma emo%&oincompreens)#el. @ assim "ue percebo "uem $me l*$: como algu5m "ue compartilha eparticipa de uma produ%&o prazeirosa! a de pensar e pensar,se.Al5m disso! h sonhos "ue se apresentam com a urg*ncia de seremcomunicados! por"uesabemos"uesecongelar&ocomoumaemo%&o"uepoderseres"uecida e! ao descongelar,se! s8 dei2ar&o a marca de um prazer inacabado ou de umador #azia de sentido. As ideias "ue e2ponho neste li#ro t*m! para mim! essa urg*ncia deserem escritas.;edico estas ideias aos meus $pacientes$ argentinas