Agronomia 2010

Download Agronomia 2010

Post on 23-Jun-2015

613 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. AGRONOMIANovembro / 2010Prova deSINAESSistema Nacional de Avaliao da Educao Superior2010EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES01LEIA COM ATENO AS INSTRUES ABAIXO.PartesNmero dasquestesPeso dasquestesPeso doscomponentesFormao Geral/Mltipla Escolha 1 a 8 60%Formao Geral/Discursivas 9 e 10 40%25%Componente Especfico/Mltipla Escolha 11 a 37 85%Componente Especfico/Discursivas 38 a 40 15%75%Questionrio de percepo da Prova 1 a 9 _ _Ministrioda Educao1 - Verifique se, alm deste caderno, voc recebeu o Caderno de Respostas, destinado transcriodas respostas das questes de mltipla escolha (objetivas), das questes discursivas e dasrespostas do questionrio de percepo da prova.2 - Confira se este caderno contm as questes de mltipla escolha (objetivas) e discursivas deformao geral e do componente especfico da rea, e as questes relativas sua percepo daprova, assim distribudas:3 - Verifique se a prova est completa e se o seu nome est correto no Caderno de Respostas. Casocontrrio, avise imediatamente um dos responsveis pela aplicao da prova. Voc deve assinaro Caderno de Respostas no espao prprio, com caneta esferogrfica de tinta preta.4 - Observe as instrues expressas no Caderno de Respostas sobre a marcao das respostas squestesdemltiplaescolha(apenasumarespostaporquesto).5 - Use caneta esferogrfica de tinta preta tanto para marcar as respostas das questes objetivasquanto para escrever as respostas das questes discursivas.6 - No use calculadora; no se comunique com os demais estudantes nem troque de material comeles; no consulte material bibliogrfico, cadernos ou anotaes de qualquer espcie.7 - Voc ter quatro horas para responder s questes de mltipla escolha e discursivas e aoquestionrio de percepo da prova.8 - Quando terminar, entregue aoAplicador ou Fiscal o seu Caderno de Respostas.9 - Ateno! Voc s poder levar este Caderno de Prova aps decorridas trs horas do inciodo Exame.</li></ul><p> 2. AGRONOMIA22010EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTESQUESTO 1Painel da srie Retirantes, de Cndido Portinari.Disponvel em: . Acesso em: 24 ago. 2010.Morte e Vida Severina(trecho)s para sempre,livre do sol e da chuva,criando tuas savas.s para ti, no a meias,como antes em terra alheia.da qual, alm de senhor, Trabalhando nessa terra,tu sozinho tudo empreitas:que tambm te abriga e te veste:embora com o brim do Nordeste.tua derradeira camisa:te veste, como nunca em vida.e tua melhor camisa:te veste e ningum cobia.completo agora o teu fato:e pela primeira vez, sapato. Como s homem,fosses mulher, xale ou vu. Tua roupa melhorno se rasga nem se remenda. Tua roupa melhorcomo roupa feita medida.Joo Cabral de Melo Neto. Morte e Vida Severina. Rio de Janeiro: Objetiva, 2008.Analisando o painel de Portinari apresentado e o trechodestacado de Morte e Vida Severina, conclui-se queA ambos revelam o trabalho dos homens na terra,com destaque para os produtos que nela podemser cultivados.B ambos mostram as possibilidades de desenvolvi-mento do homem que trabalha a terra, com desta-que para um dos personagens.Csucumbido pela seca, com a diferena de que a cenaD o poema revela a esperana, por meio de versoslivres, assim como a cena de Portinari traz umaperspectiva prspera de futuro, por meio do gesto.E -tos da natureza, como sol, chuva, insetos, e, porisso, mantm uma relao de oposio com a cenade Portinari.FORMAO GERAL 3. AGRONOMIA 32010EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTESQUESTO 2Dom Walmor Oliveira de Azevedo.Disponvel em:. Acesso em: 30 ago. 2010.A charge acima representa um grupo de cidadospensando e agindo de modo diferenciado, frente auma deciso cujo caminho exige um percurso tico.Considerando a imagem e as ideias que ela transmite,I. A tica no se impe imperativamente nemque escolher por si mesmo os seus valores eideias, isto , praticar a autotica.II.por suas aes e pelo seu modo de agir nasociedade.III. A tica pode se reduzir ao poltico, do mesmomodo que o poltico pode se reduzir tica, emIV. A tica prescinde de condies histricas esociais, pois no homem que se situa a decisotica, quando ele escolhe os seus valores e asV.compreenso do mundo, na perspectiva dofortalecimento dos valores pessoais.A I e II.B I e V.C II e IV.D III e IV.E III e V.QUESTO 3De agosto de 2008 a janeiro de 2009, odesmatamento na Amaznia Legal concentrou-se emparte do desmatamento (cerca de 80%) aconteceu emrestante do desmatamento ocorreu em assentamentospromovidos pelo INCRA, conforme a poltica de Reformaindgenas (7%).Disponvel em: . Acesso em: 26 ago. 2010.(com adaptaes).o problema do desmatamento na Amaznia LegalA nos grupos engajados na poltica de proteoambiental, pois eles no aprofundaram o debateBque ocupavam mais do que a comunidade dosassentados pelo INCRA.Cque desmataram mais, pois muitos ainda no estoD nas unidades de conservao, que costumam burlarrealizado pelos assentados pelo INCRA.E nos assentamentos regulamentados pelo INCRA,nos quais o desmatamento foi maior que o realizadoREA LIVRE 4. AGRONOMIA42010EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTESQUESTO 4Conquistar um diploma de curso superior nogarante s mulheres a equiparao salarial com oshomens, como mostra o estudo Mulher no mercadode trabalho: perguntas e respostas, divulgado pelonesta segunda-feira, quando se comemora o DiaInternacional da Mulher.Segundo o trabalho, embasado na Pesquisa Mensalde Emprego de 2009, nos diversos grupamentos deatividade econmica, a escolaridade de nvel superiorno aproxima os rendimentos recebidos por homensNo caso do comrcio, por exemplo, a diferena deanos ou mais de estudo de R$ 616,80 a mais paraos homens. Quando a comparao feita para o nvelDisponvel em: . Acesso em: 19 out. 2010 (com adaptaes).Considerando o tema abordado acima, analise asI.no mundo do trabalho e da busca por umadas representaes de gnero.II. Conhecer direitos e deveres, no local de trabalhoalterao dos padres de insero das mulheresno mercado de trabalho.III. No Brasil, a desigualdade social das minoriascircunscrita pelas relaes econmicas, masIV. Desde a aprovao da Constituio de 1988, temhavido incremento dos movimentos gerados nombito da sociedade para diminuir ou minimizara violncia e o preconceito contra a mulher, acriana, o idoso e o negro.A I e II.B II e IV.C III e IV.D I, II e III.E I, III e IV.QUESTO 5Philippe Rekacewicz (Le Monde Diplomatique). Organizao Mundial daSade, 2006. Disponvel em: .Acesso em: 28 ago. 2010.Considerando o mapa apresentado, analise asI. A globalizao fenmeno que ocorre demaneira desigual entre os pases, e o progressosocial independe dos avanos econmicos.II. Existe relao direta entre o crescimentoda ocupao humana e o maior acesso aoIII. Brasil, Rssia, ndia e China, pases pertencentesao bloco dos emergentes, possuem percentualda populao com acesso ao saneamentoIV.em geral, em pases desenvolvidos.V. Para se analisar o ndice de desenvolvimentohumano (IDH) de um pas, deve-se diagnosticarPIB per capita, a sade e a educao.A I e II.B I e III.C II e V.D III e IV.E IV e V. 5. AGRONOMIA2010EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTESQUESTO 6Levantamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo e publicado em 11 de abril de 2009, com base em dados de 2008,revela que o ndice de homicdios por 100 mil habitantes no Brasil varia de 10,6 a 66,2. O levantamento inclui dadossuperiores a 10 assassinatos por 100 mil habitantes so consideradas zonas epidmicas de homicdios.Disponvel em: .Acesso em: 31 ago. 2010 (com adaptaes).Com base nos dados do texto acima e tendo em vista que novas diretrizes daro origem ao PNE de 2011 documentoque organiza prioridades e prope metas a serem alcanadas nos dez anos seguintes , redija um nico textodiminuindo a repetncia e o abandono.Em seu texto, contemple os seguintes aspectos:b) uma proposta de ao que garanta a qualidade do ensino e da aprendizagem e diminua a repetncia e a evaso.RASCUNHO - QUESTO 10123467891011121314 9. AGRONOMIA 92010EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTESQUESTO 11A amostragem de solo considerada uma das etapasmais crticas de um programa de recomendao decalagem e adubao para as diferentes culturas ezonas agroecolgicas do Brasil. Embora seja a etapamais simples, a operao mais importante, poisuma pequena quantidade de solo coletada deverrepresentar os atributos fsico-qumicos de umagrande rea.Considerando a importncia da etapa de amostragemde solo em um programa de recomendao de calageme adubao, avalie asI. O erro devido a uma amostragem de solocomparativamente s etapas de determinaesqumicas e fsicas, interpretao dos resultadosdas anlises e recomendao de corretivos efertilizantes.II. O erro devido amostragem de solo poderser corrigido nas etapas subsequentes de umpor ocasio das determinaes qumicas efsicas do solo.III. Dadosobtidosemcampopormeiodaobservaoproblemas nutricionais das plantas.IV. Os procedimentos de amostragem no precisamser seguidos rigorosamente, pois as anliseslaboratoriais corrigem falhas cometidas na coletade solo em campo.V. O solo heterogneo em sua distribuiona paisagem, sendo essa heterogeneidadeampliada pelas prticas de manejo do solo,cultura e fertilizao.A I e V.B III e V.C I, II e IV.D I, III e IV.E II, IV e V .QUESTO 12As espcieou clonagem caracteriza-se por multiplicar partes desendo essa prtica muito comum na produo comercialde mudas de eucaliptos. A propagao vegetativaarmazenamento e em espcies de alta produtividadeprogramas de melhoramento gentico da espcie.Considerando a utilizao de propagao vegetativa emI. Amicropropagao uma tcnica de propagaopartes da planta em vasos com soluo nutritivaem condies de ambiente protegido.II. A microestaquia uma tcnica de propagaopropgulos rejuvenescidos em laboratrio paraposterior enraizamento, visando produo demudas.III. A miniestaquia uma tcnica de propagaode plantas propagadas pelo mtodo de estaquiaconvencional como fontes de propgulos.IV.mais recomendada para plantios comerciais emlarga escala, pois conduz elevada qualidadeA I e II.B I e IV.C II e III.D II e IV.E III e IV.COMPONENTE ESPECFICO 10. AGRONOMIA102010EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTESQUESTO 13O controle de plantas daninhas tem por objetivos evitarperdas na quantidade e na qualidade dos produtosvegetais, facilitar a colheita e reduzir a infestao deum ano para o outro. Para tanto, podem ser utilizadosos mtodos de controle preventivo, cultural, mecnico,fsico, biolgico e qumico. Nessa perspectiva, analiseas asseres a seguir.No que se refere ao controle qumico, o aparecimentocomportamento desenvolvida em uma populao deplantas daninhas capacidade letal de um determinadoherbicida, induzida pela ao do homem.PORQUEO uso repetitivo de um mesmo herbicida, ou de herbicidasdiferentes que apresentam o mesmo mecanismo deao, atua na seleo de plantas de bitipos resistentesA esse respeito, assinale a opo correta.A As duas asseres so proposies verdadeiras, eB As duas asseres so proposies verdadeiras,C A primeira assero uma proposio verdadeira, ea segunda uma proposio falsa.D A primeira assero uma proposio falsa, e asegunda uma proposio verdadeira.E As duas asseres so proposies falsas.QUESTO 14A elasticidade a relao entre as quantidades de ofertae procura de mercadorias em funo das alteraesA a elasticidade no se aplica aos bens de primeiranecessidade, indispensveis subsistncia doconsumidor.BC o produtor poder reduzir o preo e obter maisreceita se a demanda for elstica.D no faz diferena para o produtor o fato de ademanda ser elstica ou no.E a elasticidade acontece na horticultura porqueQUESTO 15Omilhohbridocontmaseguranadeumapatente,vistoquea reserva de obteno est assegurada pela capacidade decombinao das linhagens endogmicas obtidas pelos seusdetentores. Em relao aos tipos de hbridos de milho e seusI. O hbrido simples o mais produtivo, contudosuas sementes so obtidas a partir de linhagensII.de sementes barateado por serem obtidos apartir de linhagens revigoradas, sendo estasobtidas a partir do cruzamento entre linhagensestreitamente aparentadas.III. Os nmeros mnimos de linhagens endogmicasdistintas necessrias para a composiode hbridos simples, duplos e triplos so,respectivamente, iguais a dois, trs e quatro.IV. A escolha de uma linhagem como polinizadoraou receptora de plen no altera a produtividadedo hbrido, todavia contribui para o aumento donmero de sementes hbridas.A I e II.B II e III.C III e IV.D I, II e IV.E I, III e IV.QUESTO 16Com cerca de 80 000 ha cultivados no Brasil, a cultura damelancia destaca-se como importante cultura hortcola na-cional. Entre os estados produtores, incluem-se Gois, SoPaulo, Tocantins, Bahia, Rio Grande do Sul e Pernambuco,com predomnio de cultivares de alto potencial produtivo,-tenso. A cultura da melancia frequentemente apresenta fru-tos defeituosos, deformados e com podrido apical. Essessintomas so tpicos em frutos de melancia e resultantes deABCDmolibdnio.Eltura. 11. AGRONOMIA 112010EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTESQUESTO 17-rige a superfcie em tempo razovel para evitar que o pecuarista corra riscos de perda de produtividade das suas pastagensem razo dos veranicos, uma vez que as razes das plantas, principalmente as leguminosas forrageiras, s crescem atFigura 1com culturas anuais e trs anos e meio de cultivo com leucena, 100 meses aps a aplicao de gesso ao solo. De Sousa et alFigura 2 - Saturao por alumnio em diferentes profundidades de um latossolo vermelho escuro argiloso, com e sem aplicao de gesso, aps sete cultivos comculturas anuais e trs anos e meio de cultivo com leucena, 100 meses aps a aplicao de gesso ao solo. De Sousa et alI. A aplicao do gesso supre o solo com clcio at as camadas mais profundas, ao se dissolver na gua daplantas superem o veranico, quando em condies de sequeiro.II.III. Com a movimentao de ctions para a subsuperfcie, aps a aplicao do gesso, os teores de clcio e deIV. Quandoogessoaplicadocomcritrio,nasdosesrecomendadasparacadasolo,nosetemobservadomovimentaoo em nveis que possam trazer problemas oriundos desses nutrientes.A I e III.B I e IV.C II e III.D I, II e IV.E II, III e IV.++ 3Ca (cmol /dm )c++ 3Mg (cmol /dm )c 12. AGRONOMIA122010EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTESQUESTO 18A mecanizao agrcola tem como objetivo o uso demquinas e de equipamentos agrcolas que viabilizemaltos rendimentos, o uso racional dos recursos econmicose a preservao dos recursos naturais. A agriculturafamiliar no Brasil caracteriza-se por ser um sistema poucomecanizado, resultante do alto custo para a aquisio deinadequados das mquinas disponveis no mercado. Emalgumas culturas tpicas desse sistema so passveisde mecanizao, inclusive no transplante de estruturasvegetativas de propagao. A cultura da mandioca, tpicada agricultura familiar, propaga-se vegetativamente porpartes de hastes ou ramas denominadas de manivas, asquais podem ser plantadas com o uso de plantadeirasmecanizadas disponveis no mercado.No procedimento de plantio, as manivas devem serplantadas na posioA vertical, uma vez que essa posio reduz o nmerode propgulos por rea de plantio.B horizontal, uma vez que tal posio de plantioproporciona o desenvolvimento de razes maisda mandioca.C ver...</p>