Agroecologia - Práticas Sustentáveis no Manejo de Pragas e Doenças - Caderno VI

Download Agroecologia - Práticas Sustentáveis no Manejo de Pragas e Doenças - Caderno VI

Post on 23-Mar-2016

218 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

A Agroecologia, abordagem da agricultura que se baseia nas dinmicas da natureza, em que se trabalha a fertilidade e o cultivo do solo sem o uso de fertilizantes qumicos e de agrotxicos, uma alternativa boa para cuidar do Cerrado, porque gera renda para as famlias de agricultores e agricultoras familiares e, ao mesmo tempo, contribui para preservar a biodiversidade e proteger o Meio Ambiente.

TRANSCRIPT

<ul><li><p>AGROECOLOGIACadernos da Agricultura Familiar 1</p><p>N 06</p><p>PRTICAS SUSTENTVEIS NO MANEJODE PRAGAS E DOENAS</p><p>AGROECOLOGIA</p><p>Cadernosda Agricultura Familiar</p><p>2014Ano Internacionalda Agricultura FamiliarCamponesa e Indgena</p></li><li><p>2 AGROECOLOGIAPrticas Sustentveis no Manejo de Pragas e Doenas</p><p>Foto:Jarbas Mattos</p><p>Jardim da Fantasia</p><p>Bem-te-vi, bem-te-viAndar por um jardim em fl or</p><p>Chamando os bichos de amorTua boca pingava mel</p><p>Bem te quis, bem te quisE ainda quero muito mais</p><p>Maior que a imensido da pazBem maior que o sol</p><p>Onde ests?Voei por este cu azul</p><p>Andei estradas do almOnde estar meu bem</p><p>Onde ests?Nas nuvens ou na insensatez</p><p>Me beije s mais uma vezDepois volte pr l.</p><p>Paulinho Pedra Azul</p></li><li><p>AGROECOLOGIACadernos da Agricultura Familiar 3</p><p>O Cerrado brasileiro, a savana mais rica do mundo em biodiversidade, ocupa quase um quarto (mais de 20%) do territrio nacional. Distribudo por 2.036.448 quilmetros quadrados, o bioma rene mais de 15 mil espcies de plantas e mais de 1,5 mil espcies de animais. </p><p>Os estados de Gois, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Bahia, Maranho, Piau, Rondnia, Paran, So Paulo, e ainda o Distrito Federal, so reas de incidncia contnua de Cerrado no Brasil. Tambm existem enclaves de Cerrado no Amap, em Roraima e no Amazonas. </p><p>Do Cerrado surgem abundantes nascentes para as trs grandes bacias hidrogrficas brasileiras Amaznica, do So Francisco e do Prata. Essa fartura de guas contribui para que o Cerrado guarde mais de 30% da biodiversidade brasileira. Um patrimnio que, infelizmente, encontra-se ameaado pela ocupao de uma agricultura devastadora, centrada nas monoculturas e no uso dos agrotxicos. </p><p>A Agroecologia, abordagem da agricultura que se baseia nas dinmicas da natureza, em que se trabalha a fertilidade e o cultivo do solo sem o uso de fertilizantes qumicos e de agrotxicos, uma alternativa boa para cuidar do Cerrado, porque gera renda para as famlias de agricultores e agricultoras familiares e, ao mesmo tempo, contribui para preservar a biodiversidade e proteger o Meio Ambiente.</p><p>Nesta cartilha, voc encontra informaes essenciais para fazer da Agroecologia uma prtica sustentvel em seu pedao de cho. So ideias simples, prticas, eficientes e criativas para voc explorar, aplicar e multiplicar e, assim, contribuir para o manejo agroecolgico de nossas riquezas naturais, para uma alimentao mais saudvel na mesa brasileira e para uma melhor qualidade de vida no Brasil e no mundo inteiro. </p><p>Bom Proveito! </p><p>BOAS-VINDAS </p><p>Tardezinha, quando o sol,Se esconde atrs da serra,</p><p>Aparece o vu da noite,Para escurecer a terra!</p><p>Fruto do Cerrado</p></li><li><p>4 AGROECOLOGIAPrticas Sustentveis no Manejo de Pragas e Doenas</p><p>Lobo-guar (Chrysocyonbrachyuru) Trata-se de animal de pernas e pelagem longas, de cor laranja-avermelhado e orelhas grandes. Possui uma crina negra no dorso, mesma cor do focinho, das patas dianteiras e de mais da metade distal das patas traseiras.</p><p>Fonte: www.anda.jor.br/28/02/2012/animal-ameacado-de-extincao-o-lobo-guara-vive-no-cerrado</p><p>Estudos demonstram que no Cerrado existem 11 mil espcies de plantas nativas catalogadas, 220 espcies de plantas de uso medicinal comprovado e 400 espcies de plantas utilizadas na recuperao de solos degradados.</p><p>No Cerrado encontram-se 200 espcies de mamferos conhecidas, 800 espcies de aves, 180 espcies de rpteis, 150 espcies de anfbios e 1.200 espcies de peixes. O Cerrado serve de refgio para 13% das borboletas, 35% das abelhas e 23% dos cupins dos trpicos. </p><p>Cerca de 137 espcies de animais do Cerrado encontram-se ameaadas de extino. A anta, a capivara, o cachorro-do-mato-vinagre, o gato maracaj, a jaguatirica, o lobo-guar, a ona-pintada, a suuarana e o tamandu-bandeira so alguns dos animais do Cerrado em risco de extino.</p><p>CERRADOBiodiversidade em Nmeros</p><p>Foto: Wikimedia | Autor: Sage Ross</p></li><li><p>AGROECOLOGIACadernos da Agricultura Familiar 5</p><p>A Organizao das Naes Unidas (ONU) defi ne Desenvolvimento Sustentvel como o modelo de desenvolvimento capaz de suprir as necessidades dos seres humanos da atualidade, sem comprometer a capacidade do planeta de atender as geraes futuras.</p><p>Segundo a ONU, o Desenvolvimento Sustentvel, base e essncia da Agroecologia, se baseia em nove princpios: </p><p>1. Respeitar e cuidar da comunidade dos seres vivos. </p><p>2. Melhorar a qualidade de vida humana. </p><p>3. Conservar a vitalidade e a diversidade do Planeta Terra. </p><p>4. Minimizar o esgotamento de recursos no-renovveis.</p><p>5. Permanecer nos limites de capacidade de suporte do Planeta Terra. </p><p>6. Modifi car atitudes e prticas pessoais.</p><p>7. Permitir que as comunidades cuidassem de seu prprio ambiente.</p><p>8. Gerar uma estrutura nacional para a integrao de desenvolvimento e conservao. </p><p>9. Constituir uma aliana global.</p><p>DESENVOLVIMENTO SUSTENTVEL</p></li><li><p>6 AGROECOLOGIAPrticas Sustentveis no Manejo de Pragas e Doenas</p><p>Foto: trepadeira-trepadeira.blogspot.com.br</p><p>SUMRIO</p><p>08</p><p>09</p><p>11</p><p>23</p><p>13</p><p>25</p><p>28</p><p>3414</p><p>35</p><p>27</p><p>30</p><p>ALTERNATIVAS PARA UMA NATUREZA AMEAADA</p><p>PRAGAS RESPOSTA DA NATUREZA AO DESEQUILBRIO ECOLGICO</p><p>IMPACTO DOS AGROTXICOS</p><p>PRINCIPAIS AGENTES CAUSADORES DE DOENAS</p><p>MUDANA DE RUMOS</p><p>DOENAS MAIS COMUNS NAS REAS DE PRODUO DO CERRADO</p><p>DEFENSIVOS NATURAIS</p><p>RECEITAS SIMPLES PARA O TRATAMENTO DAS DOENAS EM REAS DE CERRADO</p><p>PILARES DA SADE DOS ECOSSISTEMAS</p><p>BIBLIOGRAFIA</p><p>DIAGNSTICO DAS DOENAS</p><p>DIAGNSTICO E TRATAMENTO DE ALGUMAS PRAGAS EM REAS DE CERRADO</p></li><li><p>AGROECOLOGIACadernos da Agricultura Familiar 7</p><p>EXPEDIENTEAgroecologia Prticas Sustentveis no Manejo de Pragas e DoenasCadernos da Agricultura Familiar - 06</p><p>Pesquisa: Aldimar Nunes Vieira, Zez WeissRedao e Beneficiamento de Textos: Nathlia Santiago, Zez WeissEdio: Zez WeissReviso: Lucia ResendeProjeto Grfico: Anderson Blaine</p><p>Maio/2014Tiragem: 5.000 exemplares</p><p>Esta cartilha, chamada Agroecologia Prticas Sustentveis no Manejo de Pragas e Doenas , inspirada na cartilha Agroecologia Plante esta Ideia , coordenada pela Fundao Adenauer para o Projeto de Agricultura Familiar, Agroecologia e Mercado Desenvolvimento Sustentvel da Agricultura Familiar no Nordeste , produzida sob a coordenao da jornalista Maristela Crispim. </p><p>Muitos dos dados daquele texto foram copiados e adaptados s necessidades dos projetos da Rede Terra e do Instituto Itiquira para o Cerrado e para as pessoas do Campo. As duas instituies manifestam seu reconhecimento e agradecem equipe de produo, Fundao Adenauer, pela realizao, Unio Europeia, pelo apoio cartilha do Nordeste, e s parcerias em Braslia, pela realizao dos Cadernos do Cerrado.</p><p>Todos os direitos para a utilizao desta Cartilha-Caderno so livres. Qualquer parte poder ser utilizada ou reproduzida, desde que seu uso seja exclusivamente sem fins lucrativos e que sejam reconhecidos os crditos.</p><p>AGRADECIMENTO</p><p>www.redeterra.org.br www.xapuri.infowww.institutoitiquira.org.br</p><p>Produo:Realizao:</p></li><li><p>8 AGROECOLOGIAPrticas Sustentveis no Manejo de Pragas e Doenas</p><p>Foto: saudecampofloresta.unb.br</p><p>O Brasil um dos pases que mais consomem agrotxicos no mundo. Em 2008, as terras brasileiras receberam 700 milhes de toneladas de veneno, colocando nosso Pas frente dos Estados Unidos, at ento o maior consumidor de agrotxicos no Planeta. Ou seja, passamos a ser o pas campeo mundial de agresso qumica natureza. </p><p>Os pesticidas e fertilizantes qumicos persistem por muito tempo na natureza, contaminando os alimentos, o solo e a gua, com consequncias ainda desconhecidas para a sade humana e a vida na Terra. Mesmo assim, o veneno continua baixando, sem d nem piedade, sobre a terra em que vivemos. </p><p>Os alertas sobre os riscos do uso de produtos qumicos para os/as trabalhadores/as rurais e para os/as consumidores/s so constantes e crescentes. Como consequncia, a demanda por alimentos orgnicos produzidos sem veneno e sem agredir a natureza vem crescendo.</p><p>Os agrotxicos no matam somente os insetos ou micro-organismos considerados pragas, mas tambm os seus inimigos naturais, que mantm o equilbrio das populaes, por meio do controle biolgico. Assim tambm eliminada a vida nos solos, que ficam doentes e no conseguem mais gerar plantas saudveis e resistentes. </p><p>Ao final so as pragas que ficam cada vez mais resistentes contra os diversos produtos qumicos. Ao final, com as pragas mais resistentes, aumenta a necessidade do agronegcio de usar os agrotxicos. </p><p>ALTERNATIVAS PARA UMA NATUREZA AMEAADA</p></li><li><p>AGROECOLOGIACadernos da Agricultura Familiar 9</p><p>As chamadas pragas preocupam os seres humanos h milhares de anos, desde a domesticao das plantas e dos animais. Os insetos ou quaisquer outros organismos que atacam uma plantao dos micro-organismos como os fungos, as bactrias e os nematoides, at os mamferos mais evoludos so considerados pragas pelos/as pelos/as produtores/as rurais. </p><p>Cerca de 60% da fauna identificada at hoje no mundo so insetos. Estima-se que 67 mil espcies de organismos chamados nocivos ataquem os cultivos agrcolas em diferentes partes do mundo. Dessas, 5% so consideradas como pragas. Mas nem sempre as pragas so nocivas aos cultivos. Ao contrrio, muitas delas ajudam a manter o equilbrio ecolgico em nosso planeta. </p><p>As formigas e os cupins, por exemplo, so considerados pragas em muitos lugares do mundo, mas representam 20% da biomassa animal total da Terra e tm um papel decisivo na reciclagem e na cadeia alimentar dos sistemas florestais, portanto so importantes para o funcionamento dos ecossistemas. Algumas espcies de formigas predadoras controlam o aumento de outros insetos, ajudando o/a trabalhador/a rural fazer o controle natural das infestaes destes insetos. </p><p>Portanto, no manejo ecolgico, o conceito de praga no existe, e o que chamado de praga so somente organismos que ocupam diferentes posies nos ecossistemas. As suas populaes se regulam conforme a abundncia de alimentos e a existncia de seus inimigos. O aumento de uma das populaes uma resposta da natureza a algum desiquilbrio no sistema. </p><p>Os desequilbrios so mais constantes nas monoculturas introduzidas pelo ser humano, porque o monocultivo desequilibra o ecossistema. Ao enfrentar desequilbrios, a Natureza busca seus prprios mecanismos para atacar a invaso das plantas de uma s espcie e, assim, tentar voltar sua condio natural, que a diversidade, com o equilbrio biolgico.</p><p>PRAGAS RESPOSTA DA NATUREZA AO DESEQUILBRIO ECOLGICO</p></li><li><p>10 AGROECOLOGIAPrticas Sustentveis no Manejo de Pragas e Doenas</p><p>Lagarta de soja | Foto: blog.ourofino.com</p><p>SOLUO PARA AS PRAGAS </p><p>A soluo do problema das pragas passa por:</p><p> Fim do uso do veneno;</p><p> Mais investimentos no desenvolvimento e na divulgao das alternativas do manejo ecolgico, que se inicia com a preveno, atravs do equilbrio nutricional do solo;</p><p> Diversificao da produo agroecolgica;</p><p> Controle biolgico atravs do equilbrio natural entre as espcies;</p><p> Plantao e aplicao de plantas que afastam ou atraem os insetos e microrganismos dos cultivos, antes de tratar infestaes e doenas com remdios naturais.</p><p>A adoo de sistemas integrados e diversificados em pequenas e mdias propriedades completa o ciclo de alternativas para o manejo biolgico das pragas nos cultivos do Cerrado.</p></li><li><p>AGROECOLOGIACadernos da Agricultura Familiar 11</p><p>IMPACTO DOS AGROTXICOS</p><p>O controle biolgico o instrumento que a Natureza, com o manejo de alguns insetos predadores, usa para controlar o crescimento da populao de outros insetos, caros, nematoides, fungos, bactrias e vrus. </p><p>Ningum sabe ao certo como e por que uma praga aparece, mas de conhecimento comum que as pragas nos cultivos so mais frequentes onde so feitas profundas mudanas na agricultura. Ao combater as pragas com agrotxicos, o ser humano altera o equilbrio ecolgico mantido pela Natureza. </p><p>A introduo do monocultivo em grande escala, do uso intensivo de fertilizantes qumicos e de agrotxicos, do plantio de plantas exticas, hbridas ou transgnicas na substituio de variedades nativas, na chamada Revoluo Verde das ltimas dcadas, que de verde no tem nada, so fatores que aumentam o desequilbrio dos ecossistemas e ameaam a qualidade de vida no Planeta. </p><p>Nesse novo ciclo vicioso, a concentrao das terras com as monoculturas extensivas aumenta a probabilidade de ataques por organismos que danificam as plantaes. No combate a esses organismos:</p><p> Os agrotxicos no matam somente as pragas, mas tambm os seus inimigos naturais. </p><p> As pragas muitas vezes ficam resistentes contra as substncias qumicas. Para combat-las, preciso aplicar quantidade e diversidade cada vez maior de agrotxicos. </p><p> Os agrotxicos diminuem a respirao, a transpirao e a fotossntese, prejudicando a resistncia das plantas. </p><p> Os adubos qumicos e os agrotxicos interferem no equilbrio dos micro-organismos e prejudicam a disponibilidade de nutrientes disponveis no solo para as plantas. </p><p> Os agrotxicos matam minhocas, besouros, abelhas e outros pequenos organismos benficos para a agricultura.</p><p> Os agrotxicos tambm contaminam o solo, a gua e afetam a sade dos trabalhadores e das trabalhadoras rurais. Os fertilizantes qumicos geralmente contm metais pesados, como o cdmio. Esses metais so ingeridos junto aos alimentos, no so eliminados e se armazenam no corpo.</p></li><li><p>12 AGROECOLOGIAPrticas Sustentveis no Manejo de Pragas e Doenas</p><p>O cdmio provoca principalmente distrbios gastrointestinais. O mercrio, utilizado em fungicidas, se concentra em diversas partes do corpo como pele, cabelo, glndulas sudorparas e salivares, tireoide, sistema digestivo, pulmes, pncreas, fgado, rins, aparelho reprodutivo e crebro, provocando inmeros problemas de sade. </p><p>Os alimentos impregnados por agrotxicos chegam os mercados urbanos e prejudicam a sade tambm das pessoas que vivem nas cidades. Esses riscos variam de acordo com o tempo e a dose da exposio aos diferentes venenos. Os efeitos podem ser agudos ou crnicos, causando intoxicaes, dores de cabea, alergias, nuseas e vmitos nas pessoas e nos animais. </p></li><li><p>AGROECOLOGIACadernos da Agricultura Familiar 13</p><p>O aumento dos casos de cncer e de outras doenas graves, muitas vezes associado ingesto cotidiana de venenos como parte da alimentao humana, tem feito com que casa vez mais consumidores/as procurem alimentos saudveis, produzidos sem a utilizao de agrotxicos e fertilizantes qumicos. </p><p>Segundo pesquisas recentes:</p><p> 17% dos/as brasileiros/as preferem produtos orgnicos;</p><p> Mais de 3,5 milhes de brasileiros/as consomem produtos orgnicos de uma a cinco vezes por semana;</p><p> Somente 2% dos/s produtores/as agrcolas do pas abastecem o mercado com produtos orgnicos.</p><p>O mercado oferta, portanto, enormes oportunidades para a produo orgnica. O cultivo agroecolgico deixa de ser uma ideia boa, uma filosofia, e passa a ser uma alternativa e at mesmo uma necessidade para o desenvolvimento de novos modelos de agricultura sustentvel, capazes de corrigir os efeitos negativos da agricultura tradicional.</p><p>MUDANA DE RUMOS</p><p>Foto: www.acaifrooty.com.br</p></li><li><p>14 AGROECOLOGIAPrticas Sustentveis no Manejo de Pragas e Doenas</p><p>O uso de sementes crioulas, ou nativas, o manejo e a conservao dos solos, o cultivo de agroflorestas e o controle biolgico so aes que contribuem para o aumento da biodiversidade e para o equilbrio ecolgico. Os biofertilizantes fazem parte dos pilares de manuteno da sade dos ecossistemas.</p><p>MANEJO PREVENTIV...</p></li></ul>

Recommended

View more >