administrao pblica - ??administrao pblica - introduo • a administrao pblica a responsvel pela...

Download ADMINISTRAO PBLICA -  ??ADMINISTRAO PBLICA - INTRODUO • a Administrao Pblica a responsvel pela mquina do Estado. Se a mquina no anda, o povo fica

If you can't read please download the document

Post on 06-Feb-2018

222 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • ADMINISTRAO PBLICA - INTRODUO a Administrao Pblica a responsvel

    pela mquina do Estado. Se a mquina no anda, o povo fica insatisfeito, ameaando a democracia.

    O verdadeiro papel de uma Administrao Pblica eficiente:

    zelar pela imagem do governo e do Estado,

    oferecer bons servios populao,

    cumprir as polticas pblicas estabelecidas, executando o que deve ser feito.

    1

  • INTRODUO

    Muitas vezes calados e reservados, os milhes de

    servidores pblicos cumprem o seu dever para com o

    povo e para com o governo, seja no nvel nacional,

    estadual ou municipal.

    Os servidores pblicos so aqueles trabalhadores

    diretamente envolvidos na prestao de servios

    governamentais bsicos, fazendo funcionar a

    Administrao Pblica: a atividade ligada

    implementao das polticas pblicas e/ou a

    realizao das metas pblicas. Cabe-lhes executar as

    leis e realizar os objetivos do Estado.

    .

    2

  • O que poltica? a soluo pacfica dos conflitos (Schmitter). Principalmente, conflitos referentes distribuio e alocao de recursos pblicos.

    Poltica pblica o conjunto das decises e aes relativas alocao imperativa de valores.

    3

  • O Que Estado????? O Estado , o conjunto de poderes polticos que

    constituem uma nao: um organismo poltico administrativo que tem ao soberana, ocupa um territrio, dirigido por um governo prprio e se constitui pessoa jurdica de direito pblico internacionalmente reconhecida.

    Uma nao precisa governar, (governabilidade *) pois sem capacidade de governo, o povo no torna legtimo esse governo, no aceita sua autoridade. Assim, o Estado precisa de Governo: a Administrao superior, o poder Executivo.

    *Governabilidade: poder para governar

    Governana: capacidade de governo do Estado.

    4

  • Estado e a Administrao Pblica Tanto o Estado como o Governo

    precisam de leis, de faz-las

    cumprir e execut-las.

    Desse modo, nascem os poderes

    Legislativo, Judicirio e

    Executivo. E o Governo precisa

    da Administrao Pblica, para

    fazer funcionar a mquina ou o

    aparelho do governo,

    executando aquilo que deve ser

    feito. 5

  • Estado: O Estado perene. Ele representa o prprio povo, a nacionalidade, a coletividade, os valores fundamentais da sociedade. Ele a nossa bandeira, o nosso hino nacional, o nosso territrio, a nossa cultura, a garantia de que somos e seremos Brasil. Enfim: o Estado a nossa identidade coletiva que nos distingue no cenrio internacional. O Estado a nossa ptria.

    Quando o brasileiro balana a bandeira verde e amarelo e veste a camisa da seleo, ele no o faz em homenagem aos seus governantes, mas ao seu Estado

    6

  • Governo: elemento formativo do Estado, hoje est intimamente ligado a noo de Estado. Define as regras de conduta de uma sociedade. Ele detm poder sobre os rgos da Administrao Pblica.

    O Governo transitrio, ele representa interesses de partidos polticos, enfim: grupos de pessoas que querem levar alguma vantagem no poder. Geralmente os objetivos verdadeiros dos governantes quase nunca coincidem com os da nao. 7

  • Administrao Pblica

    (definio clssica): conjunto de atividades concretas, no abstratas,

    se volta necessariamente para o

    interesse pblico, da populao.

    Essa atividade concreta ser

    subordinada a uma direo poltica

    anterior, logo, ela no decide

    politicamente sozinha. O Governo

    que decide politicamente o que ser

    executado, ou seja, os objetivos da

    Administrao Pblica. 8

  • Administrao Pblica:

    Importante segmento da cincia da Administrao.

    Representa o aparelhamento do Estado e funciona como o instrumento do governo para planejar, organizar, dirigir e controlar todas as aes administrativas, no sentido de dar plena e cabal satisfao das necessidades coletivas bsicas.

    9

  • Administrao Pblica:

    Para Weber: Weber, a Administrao Pblica envolve todo o aparato administrativo com que naes, estados e municpios se moldam para cuidar do interesse coletivo e entregar populao uma ampla variedade de servios pblicos capazes de melhorar a qualidade de vida em geral.

    10

  • Administrao Pblica:

    Para Peter Drucker: no existem pases ricos nem pases pobres, mas sim pases bem-administrados e pases mal- administrados. Da, a amplitude e grandeza com que se apresenta a Administrao Pblica.

    11

  • Poltica e Administrao A Administrao tambm uma

    atividade poltica, porque no se pode

    governar sem a diviso de poder e

    acordos com lideranas polticas. H

    impossibilidade de uma administrao

    estritamente tcnica e profissional.

    Muitas vezes, isso pode gerar desvios

    nos objetivos e perda de eficincia, pela

    interferncia nos planos e programas

    estabelecidos, alterando as prioridades

    e corrompendo a Administrao. 12

  • A Administrao Pblica no Brasil evoluiu atravs

    de trs modelos

    bsicos:

    Patrimonialista

    Burocrtica

    Gerencial

    Nota!! Esses trs modelos se sucedem no tempo sem que qualquer um deles seja totalmente abandonado. 13

  • Caractersticas da Administrao Pblica

    Patrimonialista O aparelho do Estado funciona como uma extenso do

    poder do soberano, e os seus auxiliares, servidores, possuem status de nobreza real.

    Os cargos so considerados prebendas (empregos que exigem pouco ou nenhum trabalho de quem o exerce). A res publica no diferenciada das res principis.

    A corrupo e o nepotismo so inerentes a esse tipo de administrao.(Cargo pblico concedido por nepotismo, ou seja, a ttulo de troca de favores polticos).

    Nota!!! Principais fatores que influenciaram a sua extino: o capitalismo e a democracia.

    14

  • O Patrimonialismo no se baseia na salvaguarda

    (proteo) do patrimnio pblico em relao aos

    interesses privados, muito pelo contrrio, se baseia

    na malverso do patrimnio pblico.

    Logo, Patrimonialismo significa: privatizao do

    estado, corrupo e nepotismo.

    15

  • Caractersticas da Administrao Pblica

    Burocrtica: Surge na segunda metade do sculo XIX,

    na poca do Estado liberal, como forma de combater a corrupo e o nepotismo patrimonialista.

    Vargas optou pela adoo de um modelo que pautasse pelo controle minucioso das atividades-meio. Logo, Vargas queria botar ordem na casa buscou referncias no modelo burocrtico idealizado por Max Weber, acreditando que a burocracia, dado seu carter rgido e hierarquizado poderia ordenar a mquina administrativa. 16

  • Caractersticas da Administrao Pblica

    Burocrtica:

    Os controles administrativos visavam evitar a corrupo e o nepotismo.

    Princpios orientadores do poder racional-legal:

    a profissionalizao,

    a ideia de carreira,

    a hierarquia funcional,

    a impessoalidade,

    o formalismo, em sntese.

    17

  • Administrao Pblica Burocrtica

    Parte-se de uma desconfiana prvia nos administradores pblicos e nos cidados que a eles dirigem demandas. Por isso so sempre necessrios controles rgidos dos processos, como por exemplo na admisso de pessoal, nas compras e no atendimento a demandas.

    18

  • Administrao Pblica Burocrtica

    Em consequncia, o Estado volta-se para si mesmo, perdendo a noo de sua misso bsica, que servir sociedade. Logo, a burocracia representa: normas e regulamentos, controle de processos, hierarquia, centralizao, formalidade nas comunicaes, impessoalidade nas relaes, meritocracia ( a forma de governo baseado no mrito. As posies hierrquicas so conquistadas, em tese, com base no merecimento, e h uma predominncia de valores associados educao e competncia.)

    19

  • Burocracia:

    Qualidades: A qualidade fundamental da administrao pblica burocrtica a efetividade no controle dos abusos;

    Defeitos: a ineficincia, a auto-referncia, a incapacidade de voltar-se para o servio aos cidados que deveriam ser vistos como clientes.

    20

  • Burocracia:

    Nota!!! Esses defeitos, entretanto, no se revelaram determinantes na poca do surgimento da administrao pblica burocrtica porque os servios do Estado eram muito reduzidos. O Estado limitava-se a manter a ordem e administrar a justia, a garantir os contratos e a propriedade.

    Reflexo!!! Se a burocracia tivesse funcionado, em tese as prticas patrimonialistas teriam sido suprimidas. Isso realmente ocorreu???

    21

  • Caractersticas da Administrao Pblica

    Gerencial

    Emerge na segunda metade do sculo XX, como resposta, de um lado, expanso das funes econmicas e sociais do Estado, e, de outro, ao desenvolvimento tecnolgico e globalizao da economia mundial.

    A eficincia da administrao pblica -a necessidade de reduzir custos e aumentar a qualidade dos servios, tendo o cidado como beneficirio - torna-se ento essencial.

    22

  • Caractersticas da Administrao Pblica

    Gerencial

    A reforma do aparelho do Estado passa a ser orientada predominantemente pelos valores da eficincia e qualidade na prestao de servios pblicos e pelo desenvolvimento de uma cultura gerencial nas organizaes.

    23

  • Abrindo um aparte!!!! CF/88

    Art. 37. A administrao pblica direta e indireta de qualquer dos Poderes da Unio, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municpios obedecer aos princpios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficincia ...(Redao dada pela Emenda Constitucional n 19, de 1998)

    Eficincia ??? Tem a ver com o consu

Recommended

View more >