administracao fazendas

Download Administracao Fazendas

Post on 27-Nov-2014

40.197 views

Category:

Business

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Seminário apresentado na aula de Negócios Veterinários IV na Universidade Anhembi Morumbi

TRANSCRIPT

  • 1. Administrao de Fazendas

2. Introduo

  • AAdministrao , de acordo com definio do Houaiss, o "conjunto de normas e funes cujo objetivo disciplinar os elementos de produo e submeter a produtividade a um controle de qualidade, para a obteno de um resultado eficaz, bem como uma satisfao financeira".
  • Administrarenvolve a elaborao deplanos , pareceres, relatrios,projetos , arbitragens elaudos , em que exigida a aplicao de conhecimentos inerentes s tcnicas de Administrao.

3. Sistema de informao, registro e planejamento de fazendas

  • 1 -Controle de resultados
  • Ocontrole de custose adefinio do resultadodas operaes mensais, semestrais e anuais so fundamentais para o sucesso do empreendimento rural.
  • Em casos que haja prejuzobaixa produtividade, baixos ndices zootcnicos, manejo ineficiente, sementes inadequadas, enfim, preciso identificar os erros para mudar os resultados.
  • No caso do resultado apresentar lucroest na hora de aumentar a eficincia, buscar maior produtividade e principalmente maior lucratividade.

4.

  • 2 -Objetivos definidos
  • A administrao de uma empresa rural se apia principalmente no controle dos recursos globais de forma que o administrador alcance seusobjetivoscom o mnimo de recursos.
  • Estes recursos so:
  • Recursos materiais;
  • Recursos humanos;
  • Recursos financeiros;
  • Recursos mercadolgicos.
  • De posse de todos os dados possvel analis-los com maior clareza, e assim traar os objetivos que devero ser alcanados no prximo ms, ou num tempo que depender da durao das atividades envolvidas.

5.

  • 3 - Anotao e controle de dados - Contabilidade rural
  • Para elaborar a contabilidade aconselhvel fazer a diviso em centros de custos, de lucro e de investimento.
  • A contabilidade rural inicia-se nas anotaes dos dados de campo e depois de escritrio. O controle do campo pode ser dividido nos seguintes itens:
  • -Mo-de-obra;
  • -Estoque;
  • -Mquinas e equipamentos;
  • -Zootcnicos;
  • -Agrcolas;
  • -Inventrio.

6.

  • Exemplos de fichas para coleta de informaes no campo:
  • Ficha de controle para trator;
  • Ficha de controle para culturas;
  • Ficha de controle mensal do nmero de animais existentes no rebanho bovino;
  • Ficha de controle leiteiro mensal;
  • 3.2 -Controle de escritrio
  • No escritrio, o trabalho deve-se voltar para processo de clculos.
  • Exemplos de fichas de escritrio:
  • Movimento de caixa;
  • Folha de pagamento;
  • Planilha de custo para a produo de leite;
  • Planilha de custo para o cultivo do caf (ou milho, arroz e feijo);
  • Planilha de custo de investimento;

7. 8.

  • O roteiro bsico de controle dentro da contabilidade de uma fazenda composto por:registro ,definio das contas e fechamento das contas .
  • Registro a parte em que se anota tudo.
  • Definio das contasgera um relatrio gerencial que dever possuir todas as despesas e todas as receitas de um determinado perodo.
  • Fechamento das contas a transferncia para as planilhas de todos os registros efetuados e fazer os clculos que cada planilha exige.

4 - Roteiro de controle 9.

  • 5 -Planejamento da empresa rural
  • Oplanejamento:estabelecimento deobjetivosdentro da empresa para atingir determinadasmetas , numperodoestipulado.
  • No planejamento geral da empresa rural esto envolvidos: o planejamento da organizao, o planejamento operacional e o planejamento que visa corrigir desajustes e mesmo mudanas significativas.
  • Este planejamento tem o objetivo de definir o possvel faturamento global e tambm o lucro final, est ligado s metas deproduoeprodutividade .

10.

  • Como reduzir riscos e incertezas?
  • As atividades agropecurias esto sujeitas a riscos tais como incidncia de pragas e enfermidades, as adversidades climticas, as incertezas de preos e de comercializao etc. necessrio que os agricultores diminuam as probabilidades de se verem afetados por aqueles riscos e incertezas evitveis ou atenuveis.
  • Com tal propsito, podem-se adotar as seguintes medidas:
  • Planejar as atividades agropecuriascom finalidade de adequar a oferta demanda.
  • Diversificar a produopara no depender de um ou de poucas culturas ou criaes.
  • Adotar medidascontra uma possvel incidncia de pragas e enfermidades nas culturas ou contra parasitas nos animais. Profilaxia, diagnstico e controle.

11. AdministraoRural: Organizao, Direo e Comercializao Organizao da empresa rural

  • A empresa rural pode ser definida como um sistema que, pela atuao de sua administrao, faz com que seus empregados transformem seus recursos materiais em bens ou servios, transformando capital em lucro.
  • A empresa deve ser dividida em setores com as seguintes funes essenciais:
  • SETOR TCNICO;
  • SETOR COMERCIAL;
  • SETOR FINANCEIRO E CONTBIL;
  • SETOR ADMINISTRATIVO.

12. 13.

  • Cada propriedade possui uma administrao que depende do seu tamanho, do tipo de explorao, do volume dos negcios e vrios outros fatores.
  • DIREO:
  • Funo essencial no processo administrativo. Para conseguir um bom sucesso, o empresrio dever conhecer trs aspectos bsicos:relaes humanas, lideranaecomunicao .
  • Relaes humanas e motivao:relacionamento interpessoal.
  • Liderana:Influncia sobre a equipe promovida por um lder, para a execuo correta das tarefas.
  • Comunicao:Pela comunicao que se fornece informaes.
  • Na empresa rural mais delicada pelo baixo grau de alfabetizao dos empregados .

14.

  • COMERCIALIZAO marketing :
  • Conjunto de atividades voltadas para a movimentao de mercadorias; ora como uma maneira ou know-how de fazer vendas bem feitas, associada, principalmente idia de propaganda ou imagem de produtos e servios.
  • A comercializao est associada com trs atividades:
  • 1)reconhecimento da demanda;
  • 2)estimulao da demanda pela produo e venda;
  • 3)satisfao da demanda pelo produto e pelos meios de distribuio.
  • Comercializao-venda x Comercializao-marketing:
  • Co mercializaovenda:focaliza a necessidade do vendedor de converter seu produto em dinheiro;
  • Comercializaomarketing: focaliza o consumidor -satisfazer a suanecessidade por meio do produto e de todo conjunto de atividades associadas sua criao, entrega e consumo final

15. Informtica na Fazenda 16.

  • A Informtica pode ser implantada como uma ferramenta de auxlio em quatro etapas da empresa agrcola:
  • Planejamento;
  • Organizao;
  • Direo;
  • Controle.

17. Como introduzir um sistema?

  • Aadequaodo sistema aosobjetivosda propriedade.
  • Recrutamentoetreinamentodos trabalhadores da fazenda.
  • Operaoefuncionamentodo equipamento.
  • Assessoria tcnica .
  • Essencial para a atividade da fazenda!

18. Benefcios

  • A informtica ser, para a empresa, de grande valia em todas as reas, seja deproduo ,marketing ,finanasourecursos humanos .
  • Inegveis vantagens como:rapidez ,eficincia na coletaearmazenagem de informaes imprescindveis ao administrador rural.

19. Situao no Brasil

  • Indstria da informtica rural no Brasil ainda est em desenvolvimento e dever caminhar para uma maior eficincia no futuro.
  • Reduo de custos de equipamentos e ampliando o setor de servios, aumentando o nmero de computadores e usurios.
  • Os investimentos em equipamentos, treinamento e servios tendero a ser menores, tornando as aquisies mais viveis.

20. Softwares 21.

  • Lao - Sistema de Monitoramento de Animais e Fazendas Diretorium
  • Algumas Funes :
  • Cadastro de animais e fazendas;
  • Coberturas e inseminaes;
  • Calendrio anual de vacinas;
  • Controle do consumo de raes;
  • Controle de lactao / Custo de produo leiteira;
  • Planilha de receitas e despesas;
  • Grficos, estatsticas e relatrios;
  • Cpia de segurana (backup) e restaurao.
  • Preo: R$ 169,90

22.

  • Bonanza TDSoftware
  • Algumas funes:
  • Possibilidade de trabalhar com vrias fazendas.
  • Controla todas as receitas e despesas da propriedade rural.
  • Fornece os custos de produo das atividades agrcolas e/ou pecurias desenvolvidas na fazenda; Controla as contas a pagar por fornecedor e a receber por cliente.
  • Fornece relatrios de fluxos de caixa, retorno obtido com cada atividade, receita de equilbrio, etc.
  • Ferramenta de trabalho indispensvel para gerenciar profiss