aderÊncia a higienizaÇÃo das mÃos pelos ?· prof. dr. angelo amato vincenzo de paola...

Download ADERÊNCIA A HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS PELOS ?· Prof. Dr. Angelo Amato Vincenzo de Paola Coordenador…

Post on 30-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • MARIA APARECIDA AGUIAR DA SILVA

    ADERNCIA A HIGIENIZAO DAS MOS PELOS

    PROFISSIONAIS DE SADE EM UM HOSPITAL DE

    ONCOLOGIA PEDITRICA

    Tese apresentada Universidade Federal de So

    Paulo - Escola Paulista de Medicina para obteno

    do Ttulo de Mestre em Cincias.

    So Paulo

    2009

  • Livros Grtis

    http://www.livrosgratis.com.br

    Milhares de livros grtis para download.

  • ii

    MARIA APARECIDA AGUIAR DA SILVA

    ADERNCIA A HIGIENIZAO DAS MOS PELOS

    PROFISSIONAIS DE SADE EM UM HOSPITAL DE

    ONCOLOGIA PEDITRICA

    Tese apresentada Universidade Federal de So

    Paulo - Escola Paulista de Medicina para obteno

    do Ttulo de Mestre em Cincias.

    Orientador: Prof. Dr. Marcelo Nascimento Burattini

    Universidade Federal de So Paulo - UNIFESP

    Co-orientador: Dra.Luci Corra

    Universidade Federal de So Paulo - UNIFESP

    So Paulo

    2009

  • iii

    Silva, Maria Aparecida Aguiar da

    Aderncia a higienizao das mos pelos profissionais de sade

    em um hospital de oncologia peditrica. / Maria Aparecida Aguiar da

    Silva. --So Paulo, 2009.

    xv, 87f.

    Tese (Mestrado) Universidade Federal de So Paulo. Escola Paulista

    de Medicina. Programa de Ps-graduao em Infectologia.

    Ttulo em ingls: Hand Hygiene Adherence by Healthcare Professionals in

    an Oncology Pediatric Hospital.

    1. Higiene. 2. Lavagem de mos. 3. Pessoal de sade. 4. Servio

    hospitalar de oncologia. 5. Pediatria.

  • iv

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SO PAULO

    ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA

    DISCIPLINA DE INFECTOLOGIA

    Chefe do Departamento:

    Prof. Dr. Angelo Amato Vincenzo de Paola

    Coordenador do curso de Ps-graduao:

    Prof. Dr. Ricardo Sobhie Diaz

    So Paulo

    2009

  • v

    MARIA APARECIDA AGUIAR DA SILVA

    ADERNCIA A HIGIENIZAO DAS MOS PELOS

    PROFISSIONAIS DE SADE EM UM HOSPITAL DE

    ONCOLOGIA PEDITRICA

    BANCA EXAMINADORA:

    Titular: Dr. Antonio Carlos Campos Pignatari

    Titular: Dr. Antonio Srgio Petrilli

    Titular: Dra. Julia Yaeko Kawagoe

    Suplente: Dra. Ruth Ester Assayag Batista

    Aprovada em: ___/___/___

  • vii

    DEDICATRIA

    Aos meus pais, Jos e Santina, que certamente onde estiverem, sabero o

    quanto sou grata por tudo que me ensinaram para que eu pudesse ter chegado

    at aqui. Ofereo a vocs este presente. A lembrana de vocs est sempre

    viva em meu corao.

    Aos meus filhos, Andr e Otvio, que me do tantas alegrias e fazem com que

    minha vida seja plena. Obrigada pelo incentivo nos meus estudos.

    Ao meu marido Carlos Alberto, que com seu amor, respeito e dedicao me

    apoiou para que eu pudesse realizar este trabalho.

    minha irm Marisa, que com seu carinho, apoio e torcida me ajudou para que

    eu pudesse me dedicar plenamente a este trabalho.

    minha irm Maria Izabel que em momentos muito difceis no deixou que a f

    se afastasse de nossa famlia.

    Ao meu irmo Milton, que estar feliz por eu ter conseguido vencer tantos

    desafios.

    Ao meu sogro Luiz Carlos, pelo carinho que tem por mim.

    A todas as crianas e adolescentes do GRAACC, que me ensinaram que todos

    os momentos de nossas vidas devem ser vividos intensamente.

    Com o apoio da famlia e amor por aquilo que se faz e

    onde se faz, as vitrias sempre viro.

  • viii

    AGRADECIMENTOS

    Foram muitos os amigos que me ajudaram a concluir este trabalho, me

    ensinando e incentivando em cada etapa.

    Meus agradecimentos especiais:

    Ao Prof. Dr. Marcelo Nascimento Burattini, por acreditar no meu trabalho e se

    disponibilizar a me ensinar com seu conhecimento e capacidade.

    Dra. Luci Corra, por sua amizade e dedicao para que tudo fosse feito com

    seriedade.

    Dra Regina Tranchesi, por permitir que eu pudesse buscar esta realizao e

    acima de tudo pelo carinho que tenho por voc.

    Ana Paula Tom Mikulenas, pelo companheirismo no trabalho, sua amizade

    e seus ensinamentos, que me ajudaram tanto para que eu conseguisse

    compilar este trabalho.

    Ao Dr. Antonio Carlos Pignatari, por ter me ensinado tudo o que eu sei sobre

    microbiologia e pela admirao que tenho pelo seu trabalho.

    Carla Gonalves Dias, pelo incentivo sempre presente, at em horas que

    parece que vai dar tudo errado.

    Dra. Fabianne Carlesse, pelo carinho com que me trata e pelo

    companheirismo nas atividades do IOP.

    Ao Dr. Carlos Alberto Pires Pereira, por ter me convencido que eu era capaz de

    realizar este trabalho e tambm pela sua tica nas atividades no IOP.

    Ao Dr. Antonio Srgio Petrilli, por permitir que eu pudesse realizar este trabalho

    no IOP e pelo seu incentivo para que nunca paremos de buscar novos

    conhecimentos.

    Ana Lygia Melaragno, por voc ter me ouvido em momentos de crise e ter

    disponibilizado informaes que foram muito importantes neste trabalho.

  • ix

    Ana Paula Coutinho, por ser to gentil em ceder os primeiros artigos sobre

    higienizao das mos utilizados neste trabalho.

    Mnica Santos Braga, por h muitos anos atrs ter me convidado para

    ingressar na rea de infeco hospitalar.

    Aos amigos do LEMC, Rodrigo, Kelly, Fernanda e Alline

    A todos os funcionrios do Instituto de Oncologia Peditrica, que foram os

    artistas deste trabalho.

    Provavelmente eu tenha me esquecido de algum! uma pena que em cada

    ocasio que precisamos de ajuda no marcamos os nomes para agradecer

    formalmente neste momento, porm sou grata a todos que de uma forma ou de

    outra contriburam para a elaborao desta tese.

  • x

    SUMRIO

    DEDICATRIA VII

    AGRADECIMENTOS VIII-IX

    NDICE DE ABREVIATURAS XII

    LISTA DE TABELAS XIII-XIV

    LISTA DE FIGURAS XV

    1. INTRODUO 1-4

    2. REVISO BIBLIOGRFICA

    2.1 Histrico 5-7

    2.2 A estrutura da pele e principais conceitos relacionados

    higienizao das mos

    7-9

    2.3 A relao entre aquisio de infeces relacionadas

    sade (IRAS) e a higienizao das mos

    9-12

    2.4 Utilizao do gel alcolico como alternativa a lavagem das

    mos

    12-14

    2.5 Outros benefcios da higienizao das mos baseado em

    evidncias e a aderncia a esta prtica

    14-20

    3. OBJETIVOS 21

    4. MATERIAL E MTODO

    4.1 Local do estudo 22

    4.2 Desenho do estudo 23

    4.2.1 Fases do estudo 23-25

    4.3 Anlise estatstica 26

    5. RESULTADOS

    5.1- Observao da adeso higienizao das mos - 1 fase 27

    5.1.1 Distribuio das observaes por unidades de internao 27

    5.1.2 Distribuio das oportunidades 27-30

    5.2 Aderncia a higienizao das mos 31

  • xi

    5.2.1 Aderncia a higienizao das mos em relao aos tipos

    de oportunidades

    31-36

    5.2.2 Aderncia a higienizao das mos nas unidades de

    internao

    36-41

    5.2.3 Aderncia a higienizao das mos e o uso de luvas 41

    5.3 Comparao dos dados da 1o fase com a 3o fase 42-48

    5.4 Avaliao do Conhecimento 48-49

    6. DISCUSSO 50-57

    7. CONCLUSO 58

    8. REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS 59-67

    9. RESUMO 68-69

    10. ABSTRACT 70

    11. ANEXOS 71-87

  • xii

    NDICE DE ABREVIATURAS

    GRAACC Grupo de Apoio ao Adolescente e Criana com Cncer

    HM Higienizao das mos

    IOP Instituto de Oncologia Peditrica

    IRAS Infeco relacionada assistncia sade

    MRSA Staphylococcus aureus meticilino resistente

    VRE Enterococo resistente a vancomicina

  • xiii

    NDICE DE TABELAS

    Tabela 1 Distribuio das oportunidades de higienizao das mos observadas em

    relao categoria considerada

    28

    Tabela 2 Distribuio das oportunidades em relao s unidades de internao 28

    Tabela 3 Distribuio das oportunidades em relao categoria profissional 29

    Tabela 4 Distribuio das oportunidades em relao ao potencial de contaminao 29

    Tabela 5 Distribuio das oportunidades em relao aos dias da semana 30

    Tabela 6 Distribuio das oportunidades em relao aos turnos de trabalho 30

    Tabela 7 - Distribuio da higienizao das mos em relao ao produto utilizado e

    ao momento em relao ao procedimento

    31

    Tabela 8 Distribuio da aderncia a higienizao das mos por tipo de

    oportunidade

    32

    Tabela 9 - Distribuio da higienizao das mos em relao ao produto utilizado por

    tipo de oportunidade e momento

    33

    Tabela 10 - Distribuio da aderncia das oportunidades por unidade de internao e

    tipo de procedimento

    35

    Tabela 11 Aderncia a higienizao das mos por unidade de internao 36

    Tabela 12 - Aderncia a higienizao das mos em relao categoria profissional 37

    Tabela 13 - Aderncia a higienizao das mos em relao ao potencial de

    contaminao e unidade de internao

    39

    Tabela 14 - Aderncia a higienizao das mos em procedimentos realizados em

    pacientes em precaues de contato

    40

    Tabela15 - Aderncia a higienizao das mos em relao aos turnos de trabalho 40

    Tabela 16 - Aderncia a higienizao das mos e o uso das luvas 41

    Tabela 17 - Aderncia a higienizao das mos- 1 e 3 fases 42

    Tabela 18 - Distribuio das oportunidades observadas em relao s fases nas

    aes de higienizao das mos

    43

    Tabela 19 Diferenas nas variveis relacionadas aderncia a