adaptações sociais humanas

Download Adaptações sociais humanas

Post on 28-Nov-2014

1.933 views

Category:

Education

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Adaptaes sociais humanas

TRANSCRIPT

  • 1. Ecologia de PopulaesAdaptaes Sociais do Homem
  • 2. Alem da exaptao:O programa de mdulos e metforas e ocomportamento social do Homem
  • 3. Herbert Spencer: Darwinismo SocialTextos:Princpios da ticaPrincpios de BiologiaPrincpios de PsicologiaPrincpios da SociologiaPrimeiros Princpios do do Sistema deFilosofia
  • 4. Componentes de Darwinismo SocialDefinio de Mudana: Transformao de relativamente no coerente a relativamente coerente. [analogia a vida orgnica; formas de vida superiores mais complexas e mais coerentes do que as formas de vida inferiores]Com a transformao, h um aumento da coerncia e um aumento na especializao funcional.
  • 5. Premissas de Spencer1. Toda a vida a uma cadeia nica sem quebra toda a vida est conectada e transformada [vaga uma linha]2.Causas da transformao inerentes a vida.(Diferente de Darwinismo, no existe mecanismos que causam a variao) no sculo 19, isso foi a doutrina do progresso Direcionalidade inerente de toda a vida que se transforma de simples a complexa.3. A direo inerente foi fixa nos organismos. Alguns organismos podem ter mais progresso do que outros organismos. Casamento da biologia e cultura e a terceira premissa
  • 6. A EVOLUO CULTURAL DE SPENCERA transformao inerente a complexidade maior caracteriza o HomemA frase dessa transformao que asobrevivncia do mais apto . O que ele queria dizer nessa frase foi um tipo de transformao natural forada pela natureza inerente do Homem. A frase foi mau interpretada com a seleo natural igualando a transformao sendo ambos boas. Os com maior capacidade de se transformar sobrevivem. Virou uma justificativa do escalonamento de sociedades de simplex a complexas no sculo 19. Darwin gostou da frase e falou que no contexto da seleo natural explicou a adaptao. A sobrevivncia do mais apto explica a persistncia diferencial da variao
  • 7. Diferencias entre Darwin e Spencer Darwin SpencerEvoluo Descendncia Transformao com ModificaoComponentes Variao e seleoCausa Mecanismo da Interna; fixa Seleo Natural Descrio Arvore Linhagem nica De mudana evolutiva
  • 8. Evoluo Antropolgica do Sculo 20: Neo-Evoluo Julian StewardLeslie White
  • 9. Leslie WhitePremissa principal: o desenvolvimento cultural humano nico. Precisa leis nicas para sua explicao. Evidencia da unicidade: linguagem, simbolismo Leis culturais devem explicar a evoluo culturalInfluencias da idia intelectual: Spencer e Marx De Spencer: O desenvolvimento cultural e progressivo. As culturas humanas se desenvolvem de simplex a mais complexas. Progresso um fato! O desenvolvimento de cultura de linhagem nica [um tronco grande] De Marx: A economia ou as formas de produo fundamental para entender a mudana cultural. As formas de produo so as bases de todas as outras mudanas. A cincia era a maneira de entender e explicar essas mudanas.
  • 10. Leslie WhiteComo ele modificou e usou: 1. Progresso foi inevitvel mas no fixo na espcie. Nenhum princpio inerente ao Homem que resultou numa complexidade maior, E nenhum valor atribudo a complexidade maior. Simplesmente assim! 2. Causas do desenvolvimento so materiais. Podem ser as condies materiais da vida, da economia, da tecnologia, ou outras.
  • 11. Leis Culturais de WhiteLei do Desenvolvimento Evolutiva: [C = E x T] C = cultura; E= captura ou eficincia (tecnologia) da energia; T= tempo. (isso e a tecnologia) Exemplos: transformao linear nica de bandas a tribos a reinos a pasesLei da Dominncia Cultural: culturas que exploram a energia com maior eficincia se expandiram aos custos das menos eficientes.
  • 12. Julian Steward: Evoluo Multi-linearPremissa principal: A mudana cultural ocorre devido a interao do ambiente e as pessoas no ambiente. Steward comea a ecologia cultural na Arqueologia. O ambiente estabelece limitaes sobre as escolhas que os indivduos podem fazer. O ambiente influa a paisagem, solos, recursos, e outros grupos sociais E a mesma expresso cultural pode ocorrer em ambientes muito diferente se as limitaes so os mesmos:
  • 13. Julian Steward: Evoluo Multi-linearNcleo Cultural: aquela parte de uma cultura que relaciona as pessoas ao ambiente Para Steward core cultural que liga as pessoas ao ambiente e forma a base da expresso cultural. a constelao de caracteres que se relacionam as atividades de subsistncia e arranjos econmicos" (Steward 1955:37).Diferencias com White:A mudana cultural no linear ou progressiva. A mudana se determina localmente pelo ambiente e as caractersticas essenciais relacionam as pessoas ao ambiente.Tecnologia no fora a mudana cultural interao entre os organismos e seu ambiente moldam a mudana.
  • 14. Critica da Neo-Evoluo de ambos cientistas e ps-processualistasevoluo cultural no nicaseqncia linear no explica a gama da variao nas sociedadesPs-processualistas argumentam que a Neo-Evoluo ignora as pessoas e no considera a variao dentro de sociedades.A Neo-evoluo no permite a contingncia
  • 15. Idias Evolutivas da Arqueologia Contempornea Laura BetzigVirginia Butler
  • 16. Selecionismo e a Ecologia EvolutivaComunalidades Ambas procedem de uma plataforma de cincia. A construo de conhecimento a meta; fazendo perguntas de POR QUE A construo ativa de teoria. De fato, ambas tm teoria, e essa teoria a Evoluo Darwiniana Por isso, os princpios e mecanismos Darwinianos valem: indivduos variam, a variao gentica, a reproduo importa, os mecanismos operam sobre e restringem a variao que resulta na persistncia diferencial
  • 17. A seleo opera sobre o fentipo O que e o fentipo?Ave de paraiso Pavo Real Macho
  • 18. DIFERENCIASSelecionismo: Meta explicar o registro arqueolgico ou os ARTEFATOS em termos evolutivosA Ecologia Evolutiva Humana: explica o comportamento humano em termos evolutivos. Usa os princpios evolutivos para explicar o comportamento humano estratgias de forrageio, sistemas reprodutivos, e espaamento de nascimentos
  • 19. Selecionismo ( Robert Dunnell)Componentes Chaves da idia: materialismo, arqueologia como uma cincia histrica para as explicaesArtefato so os focos da explicao: Por que se evoluem novas formas ou tecnologias?Artefatos so partes do fentipo humano. Por isso, a seleo opera sobre os artefatosConecta os artefatos num processo evolutivo de dois passos Produzir a variao; restringir a variao
  • 20. Mtodos do SelecionismoEstilo: aqueles caracteres de artefatos que no contribuem ao sucesso reprodutivoFuno: caracteres dos artefatos afeitam o sucesso reprodutivoMecanismos: Seleo opera os caracteres funcionais, e aqueles caracteres demonstram mudanas direcionais nas freqncias no tempo (seleo opera sobre os caracteres funcionais) Deriva: mudanas aleatrias nas freqncias gnicas (a