acidente de trabalho (1)

Download Acidente de Trabalho (1)

Post on 31-Dec-2015

11 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • ACIDENTESDETRABALHOProf. Joaquim Eduardo Bana Nascimento - 2009 -

  • CONCEITO PREVENCIONISTA

  • ACIDENTE DE TRABALHO UMA OCORRNCIA NO PROGRAMADA E INDESEJADA, INESPERADA OU NO, QUE INTERROMPE OU INTERFERE NO PROCESSO NORMAL DE UMA ATIVIDADE, TRAZENDO POR CONSEQUNCIA DOR, PERDAS OU MORTE.

  • De uma forma geral o acidente de trabalho toda ocorrncia que interrompe oandamento normal de qualquer tipo de atividade.

  • Assim ele no deve ser entendido apenas em funo de causar um ferimento ou um acontecimento desastroso.

  • Um simples escorrego ou tropeo, mesmo no provocando qualquer leso, j pode ser classificado como acidente, pois est interrompendo uma atividade normal e resultando em perda de tempo

  • CONCEITO LEGAL

  • ACIDENTE DE TRABALHO, AQUELE QUE OCORRE PELO EXERCCIO DO TRABALHO A SERVIO DA EMPRESA, QUE PROVOCA LESO CORPORAL OU PERTURBAO FUNCIONAL QUE CAUSE A MORTE, A PERDA OU A REDUO, PERMANENTE OU TEMPORRIA DA CAPACIDADE PARA O TRABALHO.

  • TIPOSDEACIDENTES

  • ACIDENTEDETRAJETO

  • Aqueles que ocorrem no percurso habitual e horrio habitual de sua residncia para a empresa ou da empresa para a sua residncia.

    Inclusive no horrio de almoo,caso o trabalhador almoce em casa.

  • DOENAS PROFISSIONAIS

  • So aquelas desencadeadas pelo exerccio de trabalho especfico a determinadas atividades ou funes.- Exemplo:Tendinite ou Tenossinovite (inflamao dos tendes)Silicose (inalao do p de slica);Trabalhador rural- risco ergonmico.

  • LER - LESES POR ESFOROS REPETITIVOS

  • So doenas provocadas pelo uso inadequado e excessivo do sistema que agrupa ossos, nervos, msculos e tendes. Atingem principalmente os membros superiores: mos, punhos, braos, antebraos, ombros e coluna cervical.

  • So tpicas do trabalho intenso e repetitivo, as LER so causadas por diversos tipos de presses existentes no trabalho que afetam as pessoas tanto fsica quanto psicologicamente.Diante deste conceito, a LER, passou a ter outra denominao:DORTDoena Osteomuscular Relacionada ao Trabalho

  • DOENASDOTRABALHO

  • Adquiridas ou se manifestam em determinados ramos de atividades, em funo de condies especiais em que o trabalho desenvolvido,ou realizado. Por exemplo, tuberculose, bronquite, sinusite, etc...

  • Observao:Passa a ser considerado Acidente de Trabalho, a partir do dia em que o mdico diagnosticou a doena.

  • Tambm so considerados ACIDENTES DE TRABALHO:o ato de sabotagem ou terrorismo praticado por terceiro ou companheiro de trabalho;ofensa fsica intencional de terceiro por motivo de disputa relacionada com o trabalho;ato de imprudncia, negligncia ou impercia de terceiro ou de companheiro de trabalho;ato de pessoa privada do uso da razo;desabamento, inundao, incndio e outros casos fortuitos decorrentes de fora maior

  • Principais causas

    ritmos acelerados de trabalho, muitas vezes impostos pelas mquinas, exigindo esforos exagerados;tenso entre as chefias e subordinados;ambiente de trabalho inadequado ( frio, calor, rudo, pouca luz, etc);

  • Principais causas

    excesso de horas extras;monotonia e fragmentao do trabalho exigindo gestos repetitivos (cada trabalhador faz apenas uma pequena parte, sem ter a viso do conjunto do processo produtivo);desconforto causado pelo uso de mveis adaptados ou aproveitados;

  • Principais fatores de preveno

    aumentar o grau de liberdade para a realizao da tarefa, reduzindo a repetio e a fragmentao;proporcionar rodzios de funo;levar em conta que a capacidade produtiva de uma pessoa pode variar e que essa capacidade diferente entre uma pessoa e outra;

  • Principais fatores de preveno

    estabelecer pausas, durante a jornada de trabalho para relaxar, j que existem normas e leis que exigem descansos peridicos em determinadas tarefas/funes;moveis adequados funo, compatveis com as caractersticas fsicas de cada trabalhador;implantao de programas onde a criatividade, e a realizao profissional sejam objetivos comuns das empresas e trabalhadores;

  • CAUSAS DE ACIDENTES DO TRABALHO

  • Do ponto de vista prevencionista, todos os acidentes so evitveis e, quando ocorrem, o motivo foi porque se ignoraram determinadas regras e normas de segurana que os preveniriam, ou porque no se observou as condies existentes no meio ambiente ou a observao foi deficiente.

  • As causas de acidentes do trabalho, que vamos ver a seguir, podem contribuir para a ocorrncia de um acidente, individualmente ou em conjunto.

  • So elas: ATOSINSEGUROSeCONDIESINSEGURAS

  • ATO INSEGURO

    geralmente definido comocausas de acidente de trabalho,que residem exclusivamente no fator humano,isto , aqueles que decorrem da execuo dastarefas de forma contrria s normas de segurana.

  • Analisando os acidentes pelo lado dosATOS INSEGUROS, poderemos verificar que os trabalhadores se expem ao risco por razes, em sua maioria injustificveis,como por exemplo:

  • retirar a proteo de mquinas e equipamentos;usar ferramentas defeituosas;brincadeiras inoportunas;deixar de utilizar o EPI;improvisao de ferramentas;

  • Fatores circunstanciais que so considerados como fatores que esto influenciando o desempenho do indivduo no momento:

    - problemas familiares; abalos emocionais;discusso com os colegas; alcoolismo;estado de fadiga, doenas; etc...

  • Desconhecimento dos riscosda funo, causados por:

    - seleo deficiente; falta de treinamento ou falhas no treinamento.

  • Fatores que fazem parte da caractersticas de personalidade do trabalhador e se manifestam por comportamentos imprprios:

    - o brincalho; o desleixado; o indisciplinado, o exibicionista; o desatento; o macho.

  • CONDIO INSEGURA

    aquela que, presente no ambiente de trabalho, coloca em risco a integridade fsica e/ou mental do trabalhador, devido possibilidade de o mesmo se acidentar.

  • Em se tratando de Condio Insegura, o arranjo fsico, a limpeza e a ordem, so pontos bsicos para se prevenir acidentes.

  • Podemos ressaltar alguns pontos em que as condies inseguras se apresentam como deficincias tcnicas:

  • Nas instalaes da empresa:

    reas insuficientes; pisos irregulares;excesso de rudos e trepidaes;falta de ordem e limpeza; instalaes defeituosas (gambiarras);falta de sinalizao;

  • Nas mquinas e equipamentos:

    localizao imprprias das mquinas;falta de proteo em partes mveis;mquinas apresentando defeitos;

  • Na proteo do trabalhador:

    proteo insuficiente ou totalmente ausente;equipamentos de proteo defeituosos ou vencidos;roupas inadequadas para a execuo da tarefa;calados inadequados;