Acessibilidade como Fator de Inovação - Intercon 2009 - Imasters

Download Acessibilidade como Fator de Inovação - Intercon 2009 - Imasters

Post on 22-Apr-2015

3.727 views

Category:

Technology

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Acessibilidade como Fator de Inovao General Motors and Segway : PUMA - Personal Urban Mobility And Accessibility Project </li> <li> 2. Acessi bilidade para quem? </li> <li> 3. Lda, sem viso... Utilizando uma mesa ttil acessvel </li> <li> 4. Joo, tetraplgico Joo (foto de Mara Soares ) </li> <li> 5. Joo Henriques deficiente motor utiliza o mouse com dificuldade. ( www.euroacessibilidade.com ) </li> <li> 6. Eric interagindo atravs de teclado expandido - Funlar Rio (nov/2006). </li> <li> 7. Lucas, com baixa viso utilizando o software ampliador de tela. </li> <li> 8. Deficientes auditivos no oralizados tm dificuldades com o portugus. Chapeuzinho Vermelho em portugus e na lngua de sinais (prof. Goulo) </li> <li> 9. Pedro e Laura com dispositivos mveis com acesso a Internet. Pedro olhando para seu smartphone e Laura com uma cara desesperada pera seu celular. </li> <li> 10. Gabriel, linguagem em desenvolvimento... Gabriel compenetrado, olhando para o monitor e clicando com o mouse. Agora ele est olhando e brincando como teclado. </li> <li> 11. Calvin, pouca experincia e medo do computador Homem com muito medo olhando por cima de um notebook. </li> <li> 12. Marta e suas amigas </li> <li> 13. Max, com tendinite, usando o mouse com a mo trocada. Homem com expresso de desespero, usando o mouse com a mo esquerda </li> <li> 14. Todos ns na primeira experincia. Um criana com camisa social e gravata em frente a um notebook </li> <li> 15. E finalmente, o bilionrio cego!!! Cifro desenhado com moedas douradas </li> <li> 16. Google, o bilionrio cego!!! apenas um rob que s indexa contedo em texto. Dilbert fazendo parte do logotipo do Google e falando eu no posso ver. </li> <li> 17. Acessibilidade, quais so os custos? </li> <li> 18. <ul><li>Curva de aprendizagem </li></ul><ul><li>Alto custo no redesign </li></ul><ul><li>Baixo em novos projetos </li></ul><ul><li>Diminui com tempo </li></ul><ul><li>Validao </li></ul><ul><li>Manuteno </li></ul><ul><li>Melhoria contnua </li></ul><ul><li>Mudana de cultura </li></ul></li> <li> 19. E os benefcios? </li> <li> 20. Possibilidade de atingir 100% do pblico alvo; </li> <li> 21. Atender melhor todas as pessoas </li> <li> 22. Mas normalmente o tratamento que recebemos ... </li> <li> 23. Quando podemos ser surpreendidos Design universal: uma soluo para todos </li> <li> 24. Homem de terno comemorando Fidelizar clientes </li> <li> 25. Mais fcil de usar e aprender </li> <li> 26. Uma mo com lao no dedo indicador Conformidade com o decreto de lei 5296 (dez/04) e com a conveno da ONU que ganhou fora de lei (ago/08) ; </li> <li> 27. Proteo contra processos pela falta da acessibilidade </li> <li> 28. Visualizar os benefcios da acessibilidade Manuteno mais rpida e barata, melhor performance </li> <li> 29. Valorizao da Diversidade e Responsabilidade Social. Mos entrelaadas </li> <li> 30. Maior visibilidade pelos sistemas de busca; </li> <li> 31. Mulher com notebook em sinal de ok Diferencial competitivo </li> <li> 32. Melhoria da qualidade. Me e filha felizes na praia dando uma estrela </li> <li> 33. Como anda a acessibilidade digital no Brasil? Motivao pelo decreto de lei 5296 </li> <li> 34. Resultado: um projeto mais caro e que continuar com barreiras. </li> <li> 35. Teste em 2008: das 56 empresas do setor pblico no diretrio de sites acessveis do daSilva, apenas 10 estavam sem erros no prprio daSilva. Nenhuma foi aprovada pelo avaliador Hera. </li> <li> 36. </li> <li> 37. Para pensar: como voc projetaria algo sem interface visual? </li> <li> 38. Como a Apple encarou o problema/oportunidade da acessibilidade? </li> <li> 39. iPhone 3GS' Accessibility http://www.youtube.com/watch?v=dwwj9XTyM3k </li> <li> 40. Quem o pblico-alvo da acessibilidade do Iphone 3Gs? </li> <li> 41. Voc precisa de acessibilidade ao dirigir e acessar seu iPhone? </li> <li> 42. </li> <li> 43. O que a grande maioria faz? </li> <li> 44. Copia e cola quase tudo... </li> <li> 45. Resultado: replicamos tudo que est por a sem pensar... Alguns exemplos: </li> <li> 46. Cdigo de barras </li> <li> 47. </li> <li> 48. CAPTCHA </li> <li> 49. Captcha (soluo inacessvel e insegura) ( http://www.webvisum.com/en/main/download ) </li> <li> 50. Menu DropDown </li> <li> 51. </li> <li> 52. Usamos o flash como se todos tivessem acesso a ele... </li> <li> 53. </li> <li> 54. </li> <li> 55. Clique aqui! </li> <li> 56. Clique aqui, Saiba mais, veja Mais 41.700.000 respostas para clique aqui no Google. </li> <li> 57. Site da Itautec http://www.itautec.com.br (acesso em setembro 2009) </li> <li> 58. Mas por que? Porque no temos tempo, porque somos reativos e d muito trabalho </li> <li> 59. Existem trs grandes fontes de oportunidades: </li> <li> 60. 1- Fornecer algo escasso </li> <li> 61. 2- Fornecer um novo produto ou servio. </li> <li> 62. 3 - Fornecer, de maneira nova ou melhor, um produto ou servio existente . </li> <li> 63. Obrigado! Horcio Soares h oracio.soares@acessodigital.net 55 (21) 9925-5404 @ horaciosoares Video Acessibilidade na Web: Custo ou Benefcio? http://videolog.uol.com.br/video.php?id=230205 </li> </ul>