a06s02 - epi

Post on 10-Apr-2018

221 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 8/8/2019 a06s02 - EPI

    1/20

    8/28/2010

    1

    EQ UIPAM ENTO S DEPRO TEO DESEGURANA

    EPINR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Equipa mento d e Proteo Individ ual

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    EPI

    De acordo com a NR-6 da Portaria n 3214 de 8 dejunho de 1978, do Ministrio do Trabalho e Emprego,considera-se Equipamento de Proteo Individual EPI:

    Todo dispositivo ou produto, d e uso individualutil izado p elo traba lhador, destinado proteo deriscos suscetveis de ameaar a segurana e a sadeno trabalho. (6.1.1)

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    EPI

    6.1.1. Entende- se como Equipamento Conjugadode Proteo Individual, todo aquele composto porvrios dispositivos, q ue o f a b ri ca nt e t enhaassociado contra um ou mais r iscos que possamocorrer simultaneamente e que sejam suscetveis deameaar a segurana e a sade no traba lho.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    EPI

    Exemplo de equipamento conjugad o: Capacete acoplado com protetor auricular e viseira

    pa ra a p roteo dos olhos. Este t ipo de equipamento mui to ut i lizado para

    transferncia de gases a ltamente refrigerados, masdeve possuir um nmero d e CA para o conjuntocompleto e no pode ser montado, separadamente, acritrio do usurio.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    EPI

    No permitido a o e mp re ga d or ne m a oempregado fazer adaptaes ao EPI de modo atorn-lo conjugado, como, por exemplo, colocaruma viseira adaptada em um capacete.

    O EPI conjugado dever ser submetido aos mesmostrmites legais e testes dos EPIs de pea nica paraque seja fornecido CA pelo MTE.

  • 8/8/2019 a06s02 - EPI

    2/20

    8/28/2010

    2

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    EPI

    6 .2 O equipamento de p ro teo ind i vidua l , defabr icao nacional ou importado, s poder serposto venda ou ut il izado com a indicao d oCerti ficado de Aprovao - CA, exped ido pe lorgo nacional competente em matria de seguranae sade no tra ba lho do M TE. DNSSTe INMETRO Atestar que o equipamento rene as condies de servir

    ao fim que se presta.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    EPI

    6 .3 A empresa obrigada a fornecer a osempregados, gratuitamente, EPI adequado ao risco,em perfeito estado de conservao e funcionamento,nas seguintes circunst ncias:a) sempre que as medidas de ordem geral no ofeream

    completa proteo contra os r iscos de acidentes d otraba lho ou de d oenas profissionais e do trab alho;

    b) enquanto as medidas de proteo colet iva est iveremsendo implantadas; e,

    c) para atender a situaes de emergncia.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    EPI

    De acordo com o item 6.5 da NR 6, a escolha e ar eco me nd a o d o EPI a d eq ua d o s o d eresponsabi l idade dos SESMT ou da CIPA, nasempresas desobrigadas de manter os SESMT.

    Na hiptese da no-existncia dos SESMT e daCIPA, cabe ao empregador, mediante orientaotcnica , fo rnecer e de te rminar o uso do EPIadequado proteo da integr idade f sica dotrabalhador.

    SESMT

    CIPA

    EMPREGADOR

    mediante orientao tcnica

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    EPI

    6.6 Cabe ao empregador:a) adquiri r o adequado ao risco de cada at ividade;

    b) exigirseu uso;

    c) fornecer ao trabalhador somente o aprovado pelo rgo nacionalcompetente em matria de segurana e sade no trabalho;

    d) orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda econservao;

    e) substituir imediatamente, quando danificado ou extraviado;

    f) responsabilizar-se pela higienizao e manuteno peridica;g) comunicar ao MTEqualquer irregularidade observada;

    h) registrar o seu fornecimento a o traba lhador, podendo ser ad otadoslivros, fichas ou sistema eletrnico.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    EPI

    6.7 Cabe ao empregado:a) usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se

    destina;

    b) responsabilizar-se pela guarda e conservao;c) comunicar a o empregad or qualq uer alterao que o tor ne

    imprp rio pa ra uso; e,d) cumprir as determinaes do empregador sobre o uso

    adequado.

    Constitui ato faltoso pelo empregado a recusainjustificada do uso do EPI.

  • 8/8/2019 a06s02 - EPI

    3/20

    8/28/2010

    3

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    MEDIDAS DE PROTEOINDIVIDUAL(10.2.9 )

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    10.2.9.1

    Nos trabalhos em instalaes eltricas, quando asmedidas de proteo coletiva forem tecnicamenteinviveis ou insuficientes para controlar os riscos,devem ser adotados equipamentos de proteoindividual especficos e adequados s atividadesdesenvolvidas, em atendimento ao disposto na NR6.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    10.2.9.2

    As vestimentas de trabalho devem ser adequadass a tividades, d e ve nd o co nte mp l ar aCONDUTIBILIDADE, INFLAMABILIDADE eINFLUNCIAS ELETROM AGNTICAS.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    10.2.9.3

    vedado o uso de adornos pessoais nostrabalhos com instalaes eltricas ou em suasproximidades.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    EPI

  • 8/8/2019 a06s02 - EPI

    4/20

    8/28/2010

    4

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Proteo da Cabea

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Capacete

    Aba total

    Aba frontal com viseira

    Aba frontal (jquei)

  • 8/8/2019 a06s02 - EPI

    5/20

    8/28/2010

    5

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Capuz de Segurana

    Riscosde origem trmica; Respingos de pro dutos q umicos;

    Conta to com par tes g i ra tr ias ou mve is demquinas.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Proteo dos Olhos

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    culos de segurana

    Impactos de partculas volantes;

    Luminosidade intensa;

    Radiao ultra-violeta;

    Radiao infra-vermelha;

    Respingos de pro dutos q umicos.

  • 8/8/2019 a06s02 - EPI

    6/20

    8/28/2010

    6

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Proteo dos Olhos

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Protetor f acial

    Impactos de partculas volantes;

    Respingos de pro dutos q umicos;

    Radiao infra-vermelha;

    Luminosidade intensa.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    M scara de Solda

    Impactos de partculas volantes;

    Radiao ultra-violeta;

    Radiao infra-vermelha;

    Luminosidade intensa.

  • 8/8/2019 a06s02 - EPI

    7/20

    8/28/2010

    7

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Proteo Auditiva

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Protetor auditivo

    Circum-auricular; De insero ;

    Semi-auricular.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Proteo Respiratria

  • 8/8/2019 a06s02 - EPI

    8/20

    8/28/2010

    8

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Respirador purificador de ar

    Poeiras e nvoas; Poeiras, nvoas e fumos; Poeir as, nvoas, f umos e r ad ionucldeo s; Vapores orgnicos ou gases cidos em ambientes

    com concentrao inferior a 5 0 p pm (parte pormilho);

    Gases emanados de produtos qumicos; Par tculas e g ases emanados d e p rod utos qumicos; Poeir as, nvoas, f umos e r ad ionucldeo s.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Respira dor d e ad uo d e ar

    Tipo l inha de ar compr imido para proteo dasvias respiratria s em atmosfer as com concentraoImediatamente Perigosa Vida e Sade (IPVS) eem ambientes confinados;

    Mscara autnoma de circuito aberto ou fechadopara proteo das vias respiratrias em atmosferascom concentrao Imedia tamente Perigo sa Vid a e Sade (IPVS) e em ambientes confinados

  • 8/8/2019 a06s02 - EPI

    9/20

    8/28/2010

    9

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Respira dor de f uga

    Contra agentes qumicos em condies de escapede atmosferas Imediatamente Perigosa Vida e Sade (IPVS) ou com concentrao de oxigniomenor que 18 % em volume

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Proteo dos Membros Superiores

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    Luva

    Ag entes abr asivos e escoriantes;

    Agentes cortantes e perfurantes;

    Choques eltricos; Ag entes trmicos;

    Agentes biolgicos; Agentes qumicos;

    Vibraes;

    Rad iaes ioniza ntes.

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    LUVA ISOLANTE DE BORRACHA

    Util izada para proteo das mos e braos contrachoque em trabalhos e atividades com circuitoseltricosenergizados.

    Deve ser usada com a luva de va queta para

    cober tura para proteg- la de qualquer atr i to , jque fina e p ode se rasgar f acilmente.

  • 8/8/2019 a06s02 - EPI

    10/20

    8/28/2010

    10

    NR-10 - Segurana em Instalaes e Servios com Eletricidade

    LUVA ISOLANTE DE BORRACHA

    Deve ser realizado o teste de inflamento da luvapara uma inspeo visual r igorosa em b usca derasgos, furos, ressecamentos, etc.

    A ut il i zao do inf lador ind ispensvel nainspeo visual das luvas isolantes de borracha.

  • 8/8/2019 a06s02 - EPI

    11/20

    8/28/2010

    11

    N