a pré história

Download A pré história

Post on 21-Jul-2015

264 views

Category:

Education

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • A pr-histria

    Os restos de um homindeo de 7 milhes de anos - considerado o mais antigo representante da humanidade conhecido e prximo aos mais recentes antepassados comuns do chimpanz e do homem - foram desenterrados por uma misso de paleontlogos franco-chadiana no norte do Deserto do Chade (frica saheliana)

  • Criacionismo X Darwinismo

    https://www.youtube.com/watch?v=ssfaAcxDXU4&feature=youtu.be Testemunha de Darwin

    https://www.youtube.com/watch?v=ssfaAcxDXU4&feature=youtu.behttps://www.youtube.com/watch?v=ssfaAcxDXU4&feature=youtu.behttps://www.youtube.com/watch?v=ssfaAcxDXU4&feature=youtu.be
  • Origem XIX: Histria no poderia ser feita sem documentos escritos.

    Noo de Progresso Histrico: A humanidade evoluiria de estgios menos aperfeioados para situaes melhores, conforme o tempo passa e as civilizaes melhores, conforme o tempo passa e as civilizaes se sucedem.

    1823: descoberto o primeiro fssil de um ser humano moderno, em 1829 de um homem-de-neandertal 1848: 1856: novos fsseis de neanderthais 1859: Charles Darwin publicou a A Origem das Espcies 1863: os neanderthais so classificados 1865: Gregor Mendel publica os resultados das suas experincias genticas e no genticas.

    Gregor Johann Mendel Charles Darwin

    NO EXISTE UMA CULTURA, MAS SIM, CULTURAS PLURAIS E DIVERSIFICADAS.

    Herbert Spencer

  • Origem XIX: Histria no poderia ser feita sem documentos escritos.

    Noo de Progresso Histrico: A humanidade evoluiria de estgios menos aperfeioados para situaes melhores, conforme o tempo passa e as civilizaes melhores, conforme o tempo passa e as civilizaes se sucedem.

    1823: descoberto o primeiro fssil de um ser humano moderno, em 1829 de um homem-de-neandertal 1848: 1856: novos fsseis de neanderthais 1859: Charles Darwin publicou a A Origem das Espcies 1863: os neanderthais so classificados 1865: Gregor Mendel publica os resultados das suas experincias genticas e no genticas.

    Gregor Johann Mendel Charles Darwin

    NO EXISTE UMA CULTURA, MAS SIM, CULTURAS PLURAIS E DIVERSIFICADAS.

    Herbert Spencer

    Man! Man!

  • A origem da vida

  • http://www.ib.usp.br/evosite/evo101/IIE2bDetailsoforigin.shtml

    1- Formao de molculas orgnicas simples. (Aproximadamente 3,5 bilhes de anos atrs)

    2- Evoluram seleo natural 3- Molcular replicadoras desenvolvem membrana celular 4- Clulas desenvolvem processos metablicos modernos 5- Multicelularidade (2 Bilhes de anos atrs)

    Hipteses: Evidncias:

    Sintetizadas na atmosfera e caram na Terra em forma de chuva Trazidas por meteoro, etc. Microfsseis e Estromatlitos (estruturas rochosas Sul da frica/Austrlia)

    Hipteses: Formao de RNA auto-replicador (mundo de RNA mltiplas funes

    Manter molculas prximas Diferencia ambiente interno/externo

    Protoclulas

    Diferentes molculas para diferentes funes Superam processos metablicos antigos RNA apenas mensageiro

    Clulas desenvolvem diferentes funes Formao de organismos multicelulares

    Fssil de Bangiomorpha pubescens, com aproximadamente 1,2 bilhes de anos.

    http://www.ib.usp.br/evosite/evo101/IIE2bDetailsoforigin.shtmlhttp://www.ib.usp.br/evosite/evo101/IIE2bDetailsoforigin.shtmlhttp://www.ib.usp.br/evosite/evo101/IIE2bDetailsoforigin.shtml
  • Estromatlitos so produzidos por micrbios (maioria cianobactrias fotossintetizantes) que formam filmes microbianos que aprisionam lama; com o tempo, camadas desses micrbios e de lama podem formar uma estrutura rochosa estratificada o estromatlito.

    Modernos estromatlitos em Shark Bay, Australia Estomatrlitos do periodo Pr- Cambriano (Glacier National Park-EUA)

  • A

    Evoluo

    Humana

  • frica: Bero da Humanidade Fontes: Cincias auxiliares: Mtodos de anlise mais comuns:

    Fsseis

    Paleontologia:

    Arqueologia:

    Filologia:

    Estratigrafia:

    Decaimento do Carbono-14:

    Anlise de DNA:

    Estudo da vida de todos os organismos que viveram na Terra.

    Estudo das culturas humanas do passado por meio de vestgios materiais

    Estudo das lnguas/literatura

    Estudo da sequncia de camadas de terra e determina tempo h quanto tempo vestgio se encontra no lugar

    Recuperao de DNA a de ossos e dentes para rastrear trajetria das migraes e investigar origem de plantas e animais domsticos.

    Clculo de idade do fssil, baseado na quantidade de istopo de carbono-14 residual, uma vez que este se encontra na atmosfera e absorvido por todo ser vivo. At 60.000 anos. - Meia vida = 5.637 anos

    https://www.youtube.com/watch?v=tLYwNzkkLU4https://www.youtube.com/watch?v=tLYwNzkkLU4https://www.youtube.com/watch?v=tLYwNzkkLU4
  • Salehantropus tchadensis (Tomai esperana de vida)

    Australopithecus (Lucy macaco do sul)

    Homo Habilis (Homem Hbil)

    Entre 7 e 6 milhes de anos Centro-norte da frica (Chade) Floresta tropical Deserto Descoberta: Michel Brunet (2002)

    Cerca de 4 milhes de anos Dentio semelhante ao humano e postura ereta Bipedismo facultativo Usar instrumentos rudimentares Descoberta: Donald Johanson (1974) Afarensis, Africanus, Paranthropus

    3 milhes de anos Leste da frica Maior volume craniano Criar ferramentas Descoberta: Louis Leakey (1964)

    extenses do corpo humano

    Controvrsia sobre ancestralidade do gnero HOMO

  • A incrvel jornada humana: h cerca de 125.00 anos, o norte da frica, Sinai e Arbia comeam a florescerem

    https://www.youtube.com/watch?v=Q8_zok4_APk
  • Homo erectus (homem ereto)

    2 milhes de anos Regio central de Java (Indonsia) at China Povoar outros continentes Descoberta: Eugene Dubois (Sc. XIX) Homem de Neanderthal

    Homem de Cro-Magnon

    Homo Sapiens

    - 1856: Alemanha - Mais robusto - Norte da Europa

    - 1868: Frana

    - HOMO SAPIENS SAPIENS - frica: Entre 200.000 e 140.000 anos - 100.000 anos: registros de presena humana

    na regio do Saara (tmulos) - 2012: Fssil mais antigo do Homo sapiens no

    Sudeste asitico tem mais de 60 mil anos - Descoberta: Laura Shackelford

    Neanderthal and Cro-Magnon models

    Fssil encontrado na gruta de Tam Pa Ling, no Nordeste do Laos

    Polmica e Divergncias

    http://www.publico.pt/ciencia/noticia/o-fossil-mais-antigo-do-homo-sapiens-no-sudeste-asiatico-tem-mais-de-60-mil-anos-1559844http://www.publico.pt/ciencia/noticia/o-fossil-mais-antigo-do-homo-sapiens-no-sudeste-asiatico-tem-mais-de-60-mil-anos-1559844
  • A

    Jornada

    Humana

  • Era Glacial

  • Hipteses para ocorrncia:

    ltimo Perodo Glacial:

    Alteraes atmosfricas Variao orbital Variao da atividade solar Movimento das placas tectnicas Vulcanismo

    Temperatura Extensos mantos de gelo Alteraes drsticas nos biomas Processos migratrios dos animais

    100.000 12.000 anos atrs (Pleistoceno) - 50 C 100 metros nvel do mar Consolidou preponderncia dos mamferos

    Erupo Vulco Toba (75.000 anos)

  • Tomografia do lago Toba (Indonsia) Fonte The Apocalips of Stone Age

    O norte-americano Prof. Bill Mcguire realiza uma metafora para comparar a diferencia de potencia entre as erupes doa casos de Pinatuba (1991) e o

    de Toba (75 000 anos)

  • A travessia do Estreito de Bereing

  • Da esquerda para a direita, crnios tpicos das populaes africanas, asiticas e europias: os paleoamericanos eram prximos ao primeiro grupo e teriam chegado ao continente h 14 mil anos

  • A travessia do Pacfico

  • OS MOAIS

  • O Homem Paleoltico

    economia coletora (forma coletiva de apropriao de bens);

    controle do fogo;

    vida em bando (pequenas hordas ou tropas coletoras);

    artesanato domstico rudimentar;

    prticas rituais (enterrar mortos com comida e ferramentas);

    ferramentas de marfim, pedra e osso, arco e flecha, lanador de dardo, pescar com anzol e linha;

    magia simptica ou propiciatria: pinturas e esculturas

    para propiciar caa abundante (o homem reproduzindo o objeto do seu desejo);

    nomadismo

  • H cerca de 15.000 o fim da glaciao permitiu a formao do Crescente Frtil, que se revelou um dos melhores lugares para o humano se extabelecer, devido o clima e frondosa fauna e flora que ser desenvolveram na regio. Rico em gramneas.

    O fim da Era Glacial

    Desertificao de reas verdes Retrao das geleiras Elevao do nvel do mar Alteraes nas vegetaes

  • Dorothy Annie Elizabeth Garrod (1892 1968)

    Mount Carmel (ISRAEL)

  • Reconstituio de foice NATUFIA

  • Representao de como seria uma tribo Natufian Stories of Stone Age Link para o livro e audobook A story of Stone Age, de H. G. Wells (INTERNET ARCHIVE) https://archive.org/details/stone_age_0912_librivox

    https://archive.org/details/stone_age_0912_librivoxhttps://archive.org/details/stone_age_0912_librivox
  • Os piles natufians revelam, por seu tamanho, que esta tribo estava comeanco a sedentarizar, j que no eram transportveis com facilidade.. Com isso eles faziam um tipo de po chato, que era assado na fogueira.

  • Regies prximas aos rios

    6.000 anos: processo de desertificao

    Novo processo migratrio

  • Paleolithic Bulls and Other Animals Crowd Calcite Walls at Lascaux, France

  • Venus von Willendorf, Naturhistorisches Museum Wie

  • Building Gbekli Tepe Gallery

    http://science.nationalgeographic.com/science/archaeology/photos/gobekli-tepe/http://science.nationalgeographic.com/science/archaeology/photos/gobekli-tepe/http://science.nationalgeographi