a influncia da supervaloriza§£o dos pontos comerciais e a desacelera§£o na...

Download A influncia da supervaloriza§£o dos pontos comerciais e a desacelera§£o na expans£o das redes de franchising

Post on 22-Jun-2015

124 views

Category:

Retail

6 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Um estudo da influencia da valorização dos pontos comerciais no mercado de franquias no Brasil

TRANSCRIPT

  • 1. A influncia da supervalorizao dos pontos comerciais e a desacelerao na expanso das Redes de Franchising PALESTRANTES Ana Cristina von Jess Diretora Jurdica ABF Rio Haroldo Monteiro Diretor Financeiro Folic/Checklist

2. Crescimento mercado de franquias x crescimento PIB 3. Fonte: ABFAnoFaturamentoN de franquiasN de franqueadas*2003--- 20049%20%4% 200513%19%4% 200611%4%2% 200716%18%5% 200820%15%10% 200915%19%11% 201020%13%8% 201117%9%8% 201216%19%12% 201312%11%9% Comparativo de dados da franquia YoY 4. Fonte : ABF 5. Oportunidade de investimento x momento da economiaCada vez mais as redes usam esta estratgia de crescimento, que vem sendo apoiada por instituies financeiras com financiamentos a franqueados, nascendo assim um crculo virtuosoCom o aumento de nmero de franqueadoras, aumentam as opes de tipos de franquias de variados nveis de investimento 6. Oportunidade de investimento x momento da economiaCom essa nova poltica econmica, a simples aplicao em renda fixa perde atratividade. Em muitos casos estas aplicaes aps o desconto do IR , rendem juros reais negativos ou ainda perdem para inflao.Portanto hora de investir num negcio prprio, pensam alguns investidores, Nunca tivemos uma condio como esta para investir, afirmam outros. 7. Oportunidade de investimento x momento da economiaQuanto menor os juros, melhor o retorno de um investimento na economia real, gerando uma oportunidade nica.Por outro lado o momento de nossa economia pode ser visto como um fator de risco, que deve ser bem analisado por quem est partindo para o mundo do franchising. 8. Oportunidade de investimento x momento da economiaAlguns fatores vem afetando este crescimentoOs juros baixos no esto estimulando nossa economiaO consumidor continua muito endividadoA inadimplncia estacionou em patamares elevados, ocorrendo assim uma retrao na economia.Grandes investidores botam o p no freio.Governo represa a inflao 9. Oportunidade de investimento x momento da economiaFonte: Serasa Experian 10. Oportunidade de investimento x momento da economia 11. Oportunidade de investimento x momento da economiaFonte: CNI 12. Fonte: CNIShoppings como a mola propulsorado crescimento do franchising 13. Crescimento mercado de franquias x crescimento dos shoppingsFonte: Alshop 14. Brasil encerrou 2013 com 495 empreendimentos em operaoFonte : IBOPE 15. Nmero de shoppings em operao por anoFonte: Cadastro de Shopping 2014: 16. Fonte: Alshop 17. A interiorizao do franchising Shoppings a mola propulsora deste crescimento - As duas visesEsse crescimento est cada vez mais aliado a interiorizao dos mercados e est acontecendo cada vez mais com mais fora fora dos grandes centros.Hoje, as marcas franqueadoras so sinnimo desses novos centros comerciais, shoppings ou strip centers, pois o ndice de participao do mix desses novos empreendimentos, por franquias, de 60% a 70%. Essa mudana de endereo ocorre devido aos valores de locao, que mais barata em cidades pequenas.Fonte: Revista Franquia & Global Oportunities 18. A interiorizao do franchising Shoppings a mola propulsora deste crescimento - As duas visesH dois fatores principais que levam os novos empreendimentos para fora dos grandes centros, de acordo com o coordenador de geonegcios do IBOPE Inteligncia, Fabio Caldas. O primeiro a falta de espao nas metrpoles, j que um shopping requer um terreno com ao menos 10 mil metros quadrados. O segundo aspecto que quando existem esses espaos, o preo do terreno to alto que inviabiliza o projeto. 19. A interiorizao do franchising Shoppings a mola propulsora deste crescimento - Em nmerosOs shoppings inaugurados em 2013 -> Foco em municpios com at 500 mil habitantes .O levantamento do Atlas de Shopping, ferramenta do IBOPE Inteligncia, mostra que, dos 36 empreendimentos inaugurados no ano passado, 42% esto em cidades com at meio milho de habitantes.Para 2014, a previso que 73% das inauguraes sejam em municpios desse porte. 20. Projetos atualmente em desenvolvimento ou construoFonte: Cadastro de Shopping 2014 21. A interiorizao do franchising Shoppings a mola propulsora deste crescimentoFonte: Alshop 22. A interiorizao do franchising Shoppings a mola propulsora deste crescimentoFonte: Alshop 23. A interiorizao do franchising Shoppings a mola propulsora deste crescimentoDe acordo com levantamento da ABF junto a sua base de associadosCobertura de franchising atingiu 38% dos municpios brasileiros;Operaes de franquia em 2.092 cidades do territrio nacional;Municpios entre 50 mil e 10 mil habitantes, so o foco da maioria das redes 24. E o custo dos pontos comerciais? 25. O custo do investimento em pontos comerciaisO recente boom do comrcio fez com que o valor dos pontos comerciais ficassem inviveis em muitos casos; A anlise financeira deve ser minuciosa - Franqueadores e franqueados devem estar atentos aos valores envolvidos;O sucesso do negcio pode depender do valor investido inicialmente pelo franqueado;Potenciais candidatos que estariam dentro do perfil de investimento do franqueador, encontram dificuldades e desistem do negcio, diminuindo as oportunidades. 26. O custo do investimento em pontos comerciaisO valor do ponto comercial e o retorno do investimento - a Circular de Oferta deve trazer este tipo de informao? A Lei determina que seja indicada a estimativa de investimento inicial e impossvel prever-se o valor do ponto comercial que ser escolhido para instalao da unidade franqueada; O prazo de retorno de investimento normalmente anunciado antes at da COF e muitas vezes as empresas franqueadoras entregam ao candidato o estudo de viabilidade/plano de negcios estimando esse tempo; No se pode simplesmente desconsiderar que o alto custo do ponto comercial (LUVAS E ALUGUEL) impacta diretamente no investimento e deve ser de alguma maneira ressaltado na COF a ttulo de informao, por mais que no possa ser mensurado efetivamente. 27. Shoppings Maduros ou Shoppings Novos??? 28. Shoppings Maduros x Shoppings NovosQuais so os trade-offs mais relevantes Custo do ponto comercial acessvel x investimento maturaoTodo shopping novo tem um perodo de maturao que gira em torno de 2 a 4 anos;O tempo que os centros de compras levam para engrenar depende de fatores como a localizao, investimento e at a capacidade que os lojistas e marcas tm para atrair a clientela;O custo do ponto comercial em shoppings novos bem mais baixo;Mas lembrem-se: No existe almoo grtis! O franqueado dever possuir capital de giro suficiente para esperar esta maturao. 29. Shoppings Maduros x Shoppings NovosEsperar a vacncia em um shopping maduro x aproveitar a oportunidade em um shopping novos vezes um bom ponto leva anos para ficar vago;Mesmo em shoppings maduros existem pontos negros;Fazer uma anlise que considere a diferena entre um ponto em um shopping maduro e em um novo x quantidade de capital de giro suficiente para suportar uma venda baixa durante um determinado perodo;Perda do momento do varejo. 30. Shoppings Maduros x Shoppings NovosFluxo de pessoas x Custo de Locao Custos de locao podem ser at um % das venda X Baixo Fluxo de Pessoas Lojas Delivery Transformando lojas fsicas em pontos de distribuio Buscando novos mercados: Contratando vendedoras externas Parcerias com grandes empresas Mdias Sociais: Facebook e Instagram como ferramenta de venda dinmica 31. Dentro deste contexto qual deve ser o custo de ocupao ??? 32. H necessidade de informao clara e precisa quanto ao custo de ocupao estimado e vivel.O custo no deve exceder 18%Alguns shoppings j flexibilizam um aluguel % somente de acordo com as vendas dos franqueados;Alguns shoppings novos podem financiar a instalao e at abrir mo do aluguel por um perodo para viabilizar o negcio;NEGOCIE!!!!!!!O custo de ocupao na estrutura de custo das franquias 33. O custo de ocupao na estrutura de custo das franquiasCenrio atual pressupe a avaliao correta do ponto comercial e intensa negociao das clusulas contratuais Clusulas normalmente negociveis (principalmente por Redes de Franquia):Valores de aluguel e critrios de reajuste;Reformas (normalmente em contratos de shopping) tratar prazo e utilizar manuteno ou remodelao;Hipteses de cesso da Loja x taxa de transferncia ajustar valores e negociar a iseno para a primeira modificao; 34. O custo de ocupao na estrutura de custo das franquiasPenalidades aplicadas multas envolvendo alugueis vincendos valor fixo x valor escalonado;Direito de Preferncia e Vigncia em caso de alienao do empreendimento;Prazo para cumprimento das obrigaes contradas que costumam ser muito curtos e que acarretam altas penalidades; 35. O custo de ocupao na estrutura de custo das franquiasComprometimento relacionado ao preo da mercadoria no mesmo territrio;Possibilidade de resciso por queda de faturamento;Aprovao prvia do shopping para promoo de mercadorias;Raio vedao de abertura de outras lojas em uma determinada distncia;Pr-definio de parmetros comerciais para a renovao contratual x direito legal; 36. E porque o custo de ocupao est to alto???Sobre os lojistas satlites recaem o nus de absorverem os custos do empreendimento.A conta ficou desigual em relao s ncoras, que endurecem as negociaes com os empreendedores de shoppings, que por sua vez, precisam repassar a diferena aos... satlites.Como resultado o custo de ocupao tem pesado demais para os pequenos (custos de 10% de CTO tem ido at 20%). Marcos Hirai (marcos.hirai@bgeh.com.br), scio-diretor da BG&H Real Estate 37. O que de fato ocorreu, nesta expanso de shoppings?Uma pesquisa do IBOPE Inteligncia revela que a taxa mdia de vacncia nos 36 empreendimentos inaugurados no ano passado (2013), foi de 50%, o que significa que de cada duas lojas, uma estava fechada por falta de locatrio. Entre os shoppings inaugurados a partir de setembro, a taxa mdia de ocupao em 21 deles foi de 38%. 38. O que de fato ocorreu, nesta expanso de shoppin