a importância do ar para os seres vivos

13

Upload: conceicao-durao

Post on 01-Nov-2014

33.228 views

Category:

Technology


0 download

DESCRIPTION

Trabalho realizado por um aluno do 5º ano sobre a importância do ar para os seres vivos.

TRANSCRIPT

Page 1: A importância do ar para os seres vivos
Page 2: A importância do ar para os seres vivos

2

1 – Introdução 3

2 – Desenvolvimento do Trabalho 4

2.1. – Constituição do Ar e suas Propriedades 5

2.2. – Importância dos Gases Atmosféricos 7

2.3. – Factores que alteram a qualidade do Ar 11

3 – Conclusões 12

4 – Referências bibliográficas 13

Page 3: A importância do ar para os seres vivos

3

Este trabalho tem como objectivo alargar um pouco os conhecimentos que

adquirimos na disciplina de Ciências da Natureza relativos ao Ar e à sua

importância para os seres vivos.

Conforme foi pedido pela Professora, o trabalho vai apresentar os constituintes do

ar e as suas propriedades; a importância dos gases que estão presentes na

atmosfera e os factores que afectam a qualidade do ar.

É um tema muito interessante, porque, apesar de o ar ser um elemento da

natureza essencial à vida, é algo que não vemos, não sentimos, mas que existe!

E é tão complexo e tão frágil…

Page 4: A importância do ar para os seres vivos

4

Page 5: A importância do ar para os seres vivos

5

2.1. Constituintes do Ar e suas propriedades A Atmosfera é a parte gasosa que envolve a Terra. Prolonga-se por cerca de 1000

Km acima da superfície terrestre. É constituída por várias camadas, conforme mostra a figura abaixo:

As camadas da atmosfera que são mais importantes para os seres vivos e

que permitem a sua sobrevivência são:

Troposfera

Estratosfera

A Troposfera é a camada inferior da atmosfera que está em contacto directo com

a superfície terrestre e com todos os seres vivos; é aquela em que vivemos e que

respiramos e a que vulgarmente chamamos AR.

É nela que ocorrem os mais importantes fenómenos meteorológicos que

condicionam, caracterizam e determinam o estado do tempo (chuvas, formação de

nuvens, relâmpagos).

Os aviões de transporte de cargas e passageiros voam nesta camada.

Em média, vai do nível do mar até 11 km de altura, tendo uma espessura de cerca

de 8 km nos pólos e de 16 km no Equador.

A temperatura média da atmosfera à superfície da Terra é aproximadamente de

14°C, e diminui à medida que a altitude aumenta.

É também a camada atmosférica directamente afectada pela poluição.

Os gases presentes na troposfera são.

Azoto 78%

Oxigénio 21%

Dióxido de Carbono 0,03%

Vapor de água, Hidrogénio e Gases nobres

Page 6: A importância do ar para os seres vivos

6

A segunda camada, a Estratosfera, ocupa uma faixa que vai do fim da troposfera

até cerca de 50 km acima do solo. As temperaturas variam de –5°C a –70°C.

O gás que predomina na estratosfera é o Ozono, que funciona como uma espécie

de filtro natural do planeta Terra, protegendo-a dos raios ultravioletas do Sol.

Aviões supersónicos e balões de medição climática podem atingir esta camada.

Propriedades do Ar:

● é incolor, insípido e inodoro;

● tem peso;

● ocupa espaço;

● tem volume variável, é elástico e compressível;

● tem forma variável; ● tem pressão atmosférica.

Imagem da Estratosfera

Page 7: A importância do ar para os seres vivos

7

2.2. A Importância dos Gases Atmosféricos

Azoto

O Azoto ou Nitrogénio é o principal elemento do ar, constituindo 78% do seu

volume.

É um componente essencial de todas as proteínas de origem humana, animal e

vegetal, o que o torna num dos elementos mais importantes da Natureza.

É um elemento pouco reactivo, pelo que em condições normais não se combina

com nenhum outro elemento e é incapaz de entrar em combustão.

O azoto que o Homem obtém dos alimentos provém em última via das plantas que,

por sua vez, o tiram do solo. Por outro lado, a maioria das plantas não é capaz de

aproveitar o azoto do ar.

Vários químicos procuram métodos que permitissem converter o azoto do ar em

compostos químicos solúveis em água para, deste modo, os fazer chegar ao solo.

Actualmente, consegue-se combinar o azoto do ar com hidrogénio para produzir

amoníaco, a partir do qual é muito fácil obter nitratos. Este método permite cobrir

grande parte da procura actual de adubos, constituindo um dos processos mais

importantes da indústria química de matérias básicas.

No entanto, a acumulação excessiva de azoto nos solos, pode resultar no

desaparecimento gradual de espécies vegetais.

O Azoto é também usado em explosivos, plásticos e tintas.

Oxigénio

O oxigénio é um dos elementos mais abundantes e importantes na superfície da

Terra, existindo tanto na forma elementar, constituindo cerca de 1/5 da atmosfera,

como combinado com uma grande variedade de outros elementos.

O Oxigénio é continuamente emitido para a atmosfera durante a fotossíntese das

plantas, sendo essencial para a existência de uma grande parte dos seres vivos,

que o utilizam para obter energia, através da respiração. Algumas bactérias (as

bactérias anaeróbias), não requerem oxigénio para subsistirem.

É o responsável por todos os processos de combustão e, por isso, é imprescindível

para a vida.

Nitrato de Amónia

Ciclo do oxigénio

Page 8: A importância do ar para os seres vivos

8

O oxigénio tem um grande número de aplicações, quer na indústria, quer na saúde.

Misturado com outros produtos ou transformado, é utilizado:

Na indústria metalúrgica – transformado em ferro e utilizado na produção de aço e

corte de metais;

Na indústria química – na produção de agentes anti-congelantes e de polyester;

Em aplicações biológicas em grande escala - por exemplo, no tratamento de águas

residuais, em piscicultura e para fins médicos diversos. Doente com deficiências

respiratória podem utilizar misturas enriquecidas em oxigénio para melhorar a

respiração.

O oxigénio é, ainda, imprescindível para todas as outras situações de respiração

artificialmente assistida: para mergulhadores, em submarinos, aviões, etc.

Para fins de exploração espacial - Para além de, naturalmente, entrar na

composição das atmosferas artificiais que são necessárias para a vida fora da terra,

o oxigénio é utilizado como comburente nos foguetes.

Utilizações do oxigénio

Page 9: A importância do ar para os seres vivos

9

O Dióxido de Carbono

O Dióxido de Carbono, também denominado Gás Carbónico, também inclui oxigénio

na sua composição.

Existe na Natureza no estado livre como componente do ar (0,03%), em nascentes

de água mineral e em emanações vulcânicas. Na forma de composto encontra-se

em rochas carbonatadas.

Surge em todos os processos de combustão, pois ao queimar carvão na presença

de ar em abundância, o carbono nele contido junta-se ao oxigénio do ar para

formar dióxido de carbono. Este é mais pesado que o ar e por isso acumula-se no

solo, o que pode ter consequências perigosas.

Devido às suas propriedades absorventes, o dióxido de carbono desempenha um

papel importante. Através da fotossíntese, as plantas verdes convertem o dióxido

de carbono em compostos de carbono mais complexos (por exemplo a glicose) e

oxigénio, sendo também o dióxido de carbono o produto final do processo de

respiração, tanto vegetal como animal.

Em estado líquido comercializa-se em garrafas de aço. Costuma chamar-se "gelo

seco" e usa-se como refrigerante misturado com álcool e acetona para produzir

temperaturas baixas.

Pode ser utilizado como extintor de incêndios, dado que é incombustível e impede

que as chamas recebam mais oxigénio.

Além destas aplicações, é ainda usado na refrigeração de frutos secos e carne (sob

a forma de "gelo seco") e ainda para gaseificar a cerveja e outros refrigerantes (a

efervescência deve-se à presença de dióxido de carbono dissolvido sob pressão).

A Água

A água é uma substância química composta por hidrogénio e oxigénio, sendo

essencial para todas as formas conhecidas de vida, e a principal componente dos

seres vivos.

Para além de adquirir o estado líquido e o estado sólido, a água também adquire o

estado gasoso, designado vapor de água.

O vapor de água corresponde sensivelmente a 0,001% dos gases presentes na

atmosfera que é libertado através da transpiração dos seres vivos.

A água cobre 71% da superfície da Terra, sendo encontrada principalmente nos

oceanos.

O Ciclo da Água

Utilizações do dióxido de

carbono

Page 10: A importância do ar para os seres vivos

10

Hidrogénio

Sendo um dos elementos básicos da natureza, o Hidrogénio representa o elemento

mais simples e mais abundante do universo. O hidrogénio pode ser obtido de

diversas formas, utilizando energia renovável ou fóssil.

O hidrogénio pode ser utilizado em qualquer aplicação que hoje utilize combustíveis

fósseis, com excepção das aplicações em que o carbono é especificamente

necessário. O hidrogénio pode ser utilizado em fornos, caldeiras, motores de

combustão interna, turbinas, entre outras, de uma forma ainda mais eficiente do

que os combustíveis fósseis, isto é, carvão, petróleo e gás natural com a vantagem

de a sua combustão ser isenta de dióxido de carbono. Desta forma, o hidrogénio

pode ser utilizado tanto em aplicações estacionárias de geração de electricidade,

como em aplicações móveis como os transportes.

O Ozono

Uma outra forma particularmente relevante sob a qual o oxigénio aparece na

natureza é a do Ozono.

O ozono é um poluente tóxico e nocivo para os seres vivos, quando encontrado na

troposfera através da libertação feita pelos escapes dos carros.

Por sua vez, o ozono presente na estratosfera absorve radiações solares, que

podem ser extremamente nocivas para as células, protegendo a vida do seu efeito

nefasto.

Page 11: A importância do ar para os seres vivos

11

2.3. Factores que alteram a qualidade do Ar

O ar tem qualidade quando a proporção dos seus constituintes se mantém sem

alteração. Dizemos que o ar está poluído quando, na sua constituição, existem

substâncias prejudiciais à vida na Terra, introduzidas quer pela acção do Homem e

de outros seres vivos quer pelos fenómenos naturais.

A vida na Terra depende da conservação e até da melhoria das características

actuais do ar.

Principais factores que alteram a qualidade do Ar:

Redução de espaços verdes, quer para construção quer devido a incêndios, o

que provoca uma diminuição da produção de oxigénio;

Aumento cada vez mais significativo de automóveis e indústrias que

consomem oxigénio e libertam grandes quantidades de dióxido de carbono e

monóxido de carbono;

Aumento do número de aviões supersónicos que, por voarem a grandes

altitudes, alteram a camada do ozono;

Existência de explosões atómicas experimentais que libertam para a

atmosfera grande quantidade de gases, resíduos sólidos e energia;

Utilização massiva de pesticidas na agricultura;

Queima de lixos a céu aberto;

Uso excessivo de insecticidas e outros sprays (desodorizantes,

desinfectantes ambientais, etc).

Todos estes factores, quando associados, colocam em risco o equilíbrio total do

planeta, provocando diversos fenómenos, tais como: chuvas ácidas, efeito de

estufa, destruição da camada de ozono e alterações climáticas significativas, que

representam perigos vários para a saúde dos seres vivos e para a sobrevivência do planeta Terra. Constituem a Poluição Atmosférica.

Page 12: A importância do ar para os seres vivos

12

A realização deste trabalho ajudou-me a compreender melhor o significado, a

importância e a complexidade da palavra AR.

Sem ele, a vida na Terra não seria possível, sem ele, o nosso planeta não seria

mais do que uma bola de gelo!

No entanto, é muito preocupante a falta de qualidade do ar cada vez mais

significativa em todo o mundo, que ameaça cada vez mais a sua (a nossa)

sobrevivência!

Nas pesquisas que fiz, pude concluir que existe uma preocupação crescente e

mundial com a preservação do ambiente; os governos unem-se, estabelecem

metas, tomam medidas e realizam campanhas de sensibilização junto das

populações e das empresas, no sentido de responsabilizar todos para também

beneficiar todos.

Cabe-nos a nós, a mim também, colaborar nesse sentido, para termos uma

ambiente mais limpo, mais saudável, mais feliz!

João Pereira

5º A, nº 10

Page 13: A importância do ar para os seres vivos

13

http://ajudaalunos.blogspot.com/2009/06/o-ar-e-os-seres-vivos.html

http://embuscadenovoscaminhos.wordpress.com/2009/10/27/a-importancia-do-ar-

para-os-seres-vivos/

http://www.prof2000.pt/users/ducas/troposfera.htm

http://www.e-escola.pt/topico.asp?id=551&ordem=8

http://www.infopedia.pt/$azoto

http://www.infopedia.pt/$dioxido-de-carbono

http://www.ceeeta.pt/energia/files/04/hidrogeneoPilhasDeCombustivel.htm

http://www.notapositiva.com/trab_estudantes/trab_estudantes/geografia/geografia

_trabalhos/poluicaoatmosferica.htm

http://www.slideshare.net/paulovasco/importncia-do-ar-para-os-seres-vivos