A formação do profissional de secretariado no mundo globalizado

Download A formação do profissional de secretariado no mundo globalizado

Post on 04-Aug-2015

181 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<p>GeSec Revista de Gesto e Secretariado ISSN: 2178-9010 Organizao: SINSESP Editor Cientfico: Cibele Barsalini Martins Avaliao: Double Blind Review pelo SEER/OJS Reviso: Gramatical, normativa e de formatao</p> <p>A FORMAO DO PROFISSIONAL EM SECRETARIADO EXECUTIVO NO MERCADO DE TRABALHO GLOBALIZADO</p> <p>THE GRADUATION OF THE EXECUTIVE SECRETARIAT PROFESSIONALS IN THE GLOBALIZED MARKET</p> <p>Cibele Barsalini Martins Doutoranda em Administrao pelo Programa de Mestrado e Doutorado em Administrao da Universidade Nove de Julho UNINOVE Coordenadora e Professora do Curso de Secretariado Executivo Bilngue da Universidade Paulista - UNIP cibelebm@uol.com.br Penha Mendes Terra Especialista em Administrao Coordenadora e Professora do Curso de Secretariado Executivo Bilngue da Universidade Paulista - UNIP penha.terra@uol.com.br merson Maccari Doutor no Programa de Administrao da USP Professor Pesquisador do Programa de Mestrado e Doutorado em Administrao da Universidade Nove de Julho UNINOVE emersonmaccari@gmail.com Ismar Vicente Doutorando em Administrao pelo Programa de Mestrado e Doutorado em Administrao da Universidade Nove de Julho UNINOVE Professor do Curso de Administrao da Universidade Paulista - UNIP ismar@uol.com.br</p> <p>Cibele Barsalini Martins; Penha Mendes Terra; Emerson Maccari &amp; Ismar Vicente</p> <p>RESUMO Neste estudo busca-se propor uma reflexo sobre o processo de formao educacional do profissional em Secretariado Executivo, visando a identificar as transformaes ocorridas no mbito do trabalho e suas implicaes em um contexto globalizado. Para tanto, aborda-se as questes relacionadas com a evoluo educacional da mulher, bem como se apresentam alguns aspectos do trabalho feminino tais como: dupla jornada de trabalho, remunerao diferenciada por gnero, qualificao profissional e principalmente o enfoque dado ao processo de trabalho nos pases centrais, semiperifricos e perifricos, afetados pelo processo de globalizao. Este trabalho de base bibliogrfica apresenta como principais pressupostos tericos os estudos da Mulher e a Educao abordados por Pimentel (1998), Valdz &amp; Gomariz, (1995); o Histrico da Mo-de-obra Feminina na viso de Antunes, (2000), Munhoz, (2000); e, por fim, a Globalizao e seus efeitos abordados pelos autores Hobsbawn, (2000), Forrester, (1997), entre outros. Os resultados do estudo apontam que o profissional em Secretariado Executivo, apesar de que todos os preconceitos e dificuldades enfrentadas ao longo de dcadas e principalmente pelos efeitos da globalizao, tm conquistado espaos prprios no mercado de trabalho e vem procurando constante aperfeioamento educacional notadamente por meio de cursos superiores objetivando melhorar, cada vez mais, sua qualificao profissional. Palavras-chave: Educao. Globalizao. Mulher. Secretria. Secretariado.</p> <p>Revista de Gesto e Secretariado, So Paulo, v. 1, n. 1, p. 69-89, jan./jun. 2010.</p> <p>A formao do profissional em secretariado executivo no mercado de trabalho globalizado</p> <p>ABSTRACT This study seeks to propose a reflection on the educational process of Executive Secretarial professional, to identify the transformations occurred in the work's scope and its implications in a globalized context. To this end, we discuss issues related with the woman educational development, as well as presenting some aspects of women's work such as double shifts, different salaries by gender, professional qualification and mainly the given approach on work process in core countries, semi-peripherals and peripherals, affected by globalization. This work of bibliographical base presents as the main theoretical the Women studies and the Education addressed by Pimentel (1998), Valdz &amp; Gomariz, (1995); Women's Workforce Transcript in the Antunes vision(2000), Munhoz (2000) and, finally, Globalization and its effects discussed by the authors Hobsbawm (2000), Forrester (1997), among others. The study results indicate that the professional in the Executive Secretariat, despite all the prejudices and difficulties faced for decades, and especially the effects of globalization, have conquered their own spaces in the job market and is constantly looking for educational improvement in particular by means of higher courses, improving more and more, their professional qualification.</p> <p>Keywords: Education. Globalization. Women. Secretary. Secretarial.</p> <p>Revista de Gesto e Secretariado, So Paulo, v. 1, n. 1, p. 69-89, jan./jun. 2010.</p> <p>Cibele Barsalini Martins; Penha Mendes Terra; Emerson Maccari &amp; Ismar Vicente</p> <p>1 INTRODUO Do esteretipo clssico que marcou a profisso de secretariado durante muitos anos, restaram apenas raras e abominveis piadas sem graa. O mundo moderno se rendeu, finalmente, ao poder dos profissionais da rea, que se tornam cada vez mais importantes para as empresas de todos os setores. O secretariado se transformou realmente em uma profisso, exemplo disso, destaca-se a campanha do ano de 2005 do Sindicato das Secretrias e Secretrios do Estado de So Paulo, que tinha como slogan Secretria no funo, profisso!, as pessoas que atuam nessa rea deixaram de ser apenas apoio, e passaram a ser consideradas como complementao do trabalho dos executivos, que delegam cada vez mais tarefas, pela qualificao que os profissionais da rea vm apresentando a cada dia. Neste sentido, estudos de Alonso (2002) constatam que a profisso de secretariado executivo vem sofrendo mudanas ao longo do tempo e, atualmente, o profissional que desempenha a profisso de secretariado executivo deve se adaptar ao novo perfil exigido pelo mercado de trabalho, as determinaes da lei e do cdigo de tica que regulamentam a profisso. Uma das exigncias para este profissional conseguir exercer esta funo a dedicao que ele deve ter para conhecer as novas tecnologias, instrumentos que tornem seu trabalho mais eficiente, a tica profissional e a formao superior na rea. Mas, para ele realmente conseguir acompanhar, entender e interagir no mercado, ele deve compreender outras reas do conhecimento, como so determinados nas diretrizes curriculares dos cursos de secretariado executivo pelo Ministrio da Educao, como por exemplo, conhecimento em: Administrao, Economia, Matemtica Financeira, Contabilidade, Informtica, Direito, Marketing, Organizao de Arquivos, Relaes Humanas, Tcnicas de Redao e, principalmente, a Lngua Ptria, obviamente, no se esquecendo dos idiomas Ingls e Espanhol, devido influncia da globalizao, so indispensveis para qualquer profissional que est em busca de sucesso. Outro fator importante que o profissional que possui Equilbrio Emocional obtm uma grande vantagem competitiva sobre os demais (MELLO, 2006).</p> <p>Revista de Gesto e Secretariado, So Paulo, v. 1, n. 1, p. 69-89, jan./jun. 2010.</p> <p>A formao do profissional em secretariado executivo no mercado de trabalho globalizado</p> <p>A empresa e os executivos, j tm conscincia, que se possuem no seu quadro de funcionrios um bom profissional de secretariado, conseguem destaques nos seus mercados de atuao, pois adquirem tranquilidade de se expor de maneira clara, objetiva e eficiente no mercado, alm de saber que este profissional dar apoio para a empresa em todos os seus campos, auxiliando os executivos de maneira planejada e organizada, atuando em conjunto, nos assuntos estratgicos e de gesto da organizao. Para tanto, o profissional de secretariado executivo deve estar comprometido com a empresa e com seus objetivos pessoais e no ter receio de assumir novas responsabilidades que venham a ser delegadas, pois isto proporcionar no apenas crescimento profissional, como tambm o crescimento pessoal. Entre as funes deste profissional est o controle da agenda de</p> <p>compromissos do superior, o acompanhamento de reunies e a redao de relatrios e correspondncias, o atendimento ao pblico interno e externo, o arquivamento de documentos, entre outras atividades da rotina especfica do setor. Adicionalmente, o profissional de secretariado executivo deve ter respostas aos problemas que se apresentam no dia-a-dia. Isso significa ter a capacidade para tomar decises de forma efetiva, pois muitas vezes, na ausncia do superior, preciso contornar conflitos e situaes inesperadas, de maneira a no obstruir o fluxo de trabalho. Isto se justifica devido ao fato desse profissional ter slidos conhecimentos de administrao e boa dose de diplomacia para saber lidar com os demais funcionrios e com os diversos stakeholders da empresa. Outra caracterstica desejada que o profissional de secretariado executivo seja organizado. Isto facilita o trabalho, pois ele est sempre s voltas com inmeros compromissos planejamento de eventos, acompanhamento de conferncias, preparao de reunies e pagamento de contas. Estar bem informado sobre fatos que possam ser de interesse para a companhia fundamental. Por isso, a leitura de jornais e revistas semanais deve ser um hbito. No artigo publicado na GazetaWeb.com (2006) a profisso de secretariado executivo a que rene as tcnicas e os conhecimentos necessrios para a assessoria de executivos e funcionrios de alto escalo das mais diversas reas em empresas privadas e rgos governamentais. o profissional que participa diretamente do dia a dia e das decises do executivo.</p> <p>Revista de Gesto e Secretariado, So Paulo, v. 1, n. 1, p. 69-89, jan./jun. 2010.</p> <p>Cibele Barsalini Martins; Penha Mendes Terra; Emerson Maccari &amp; Ismar Vicente</p> <p>Como notadamente a profisso de secretariado majoritariamente feminina, optou-se, neste artigo, por analisar a questo da mulher no mercado de trabalho bem como outras implicaes relativas ao trabalho feminino, sem que isso tenha qualquer inteno de depreciar a importncia do profissional masculino de secretariado.</p> <p>2 METODOLOGIA Do ponto de vista dos procedimentos tcnicos, este trabalho foi resultado de uma pesquisa elaborada a partir de material j publicado, constitudo principalmente de artigos de peridicos acadmicos, livros e algum material institucional disponibilizado na internet, de procedncia indiscutivelmente idnea e adequado aos propsitos cientficos, portanto, segundo Gil (1991), trata-se de uma pesquisa bibliogrfica e, do ponto de vista de seus objetivos, exploratria. Depois de anlise intensa do material bibliogrfico, os autores se debruaram sobre os pontos considerados importantes para o esclarecimento da condio do profissional de secretariado executivo num mercado de trabalho moldado pela globalizao. O procedimento de interpretao dos textos foi baseado nas recomendaes de Severino (2000) que considera as dimenses de anlise textual, temtica e interpretativa.</p> <p>3 PARTICIPAO DA MULHER NO MERCADO DE TRABALHO De forma contrria poca em que a mulher tinha seu papel restrito ao lar, hoje ela busca formao superior e especializao para se adequarem s novas exigncias e transformaes da sociedade (AMORIM, 1987). Conforme Cramer, Cappelle &amp; Silva, (s/d) as relaes de trabalho e familiar ganharam novos significados e complexidades a partir da insero feminina no espao organizacional. Cabe esclarecer que a conquista desse espao implica em competio por cargos assumidos pelos homens. A disputa acirrada no mbito de trabalho passou a ser vivenciada por homens e mulheres que buscam igualar suas oportunidades por cargos, posies hierrquicas, destaque e reconhecimento da profisso. Para enfrentar esta competio, as mulheres, muitas vezes, mudamRevista de Gesto e Secretariado, So Paulo, v. 1, n. 1, p. 69-89, jan./jun. 2010.</p> <p>A formao do profissional em secretariado executivo no mercado de trabalho globalizado</p> <p>esteretipos sociais e culturais h tempos construdos, de forma que as conquistas adquiridas por elas sejam bases para um processo de construo de uma nova posio na sociedade deixando de ser um agente passivo e submisso, para assumir responsabilidades e posies dentro e fora das organizaes. De forma anloga ao homem, a mulher tem buscado na formao educacional o caminho que a leve conquista de seus objetivos profissionais. A profisso de secretariado executivo tem como marco importante a Revoluo Industrial, que aps as duas guerras mundiais, por falta de mo-de-obra masculina, surge, na Europa e nos Estados Unidos, a figura feminina muito atuante como secretria. No Brasil, a mulher comea ser notada como secretria na dcada de 50. Nessa poca houve a implantao de cursos voltados para a rea como, por exemplo, datilografia e tcnico em secretariado. Nas dcadas de 60 e 70, v-se a expanso da profisso, mas somente a partir dos anos 80 a categoria conseguiu, por meio de muita luta, a regulamentao da profisso, com a assinatura da Lei n. 7377, de 30/09/1985 (SINSESP, 2006). no contexto da insero das mulheres no mercado de trabalho que surgem estudos, cada vez mais frequentes tratando da questo da mulher e de gnero no ambiente social, tais como: Amorim (1987); Besse (1999); Grzbouski (2002), pois anteriormente estes temas eram tratados como tradicionais e enraizados na cultura, como por exemplo, o papel da mulher na sociedade como um ser subordinado e o trabalho feminino como uma continuidade das tarefas domsticas. Dentro da anlise de maiores oportunidades para as mulheres no mercado de trabalho, fazem-se necessrio observar tambm aspectos ligados ascenso funcional, ou seja, a possibilidade de carreira e de assumir cargos de chefia e gerncia. Dessa maneira, de forma paralela, mas que interfere e sofre interferncia da questo levantada, aborda-se de que forma as mulheres esto lutando para assumir funes e papis profissionais dentro da sociedade. Nesta perspectiva, este estudo pode complementar os estudos j existentes, abordando a posio do profissional de secretariado executivo no mercado de trabalho, como ele percebe a importncia da sua formao educacional para transpor as barreiras impostas pela sociedade patriarcal - uma vez que a profisso exercida na sua grande maioria por mulheres - no complexo ambiente globalizado em que a sociedade se insere.</p> <p>Revista de Gesto e Secretariado, So Paulo, v. 1, n. 1, p. 69-89, jan./jun. 2010.</p> <p>Cibele Barsalini Martins; Penha Mendes Terra; Emerson Maccari &amp; Ismar Vicente</p> <p>4 BREVE HISTRICO EDUCACIONAL DA MULHER A mulher, por muitos anos teve uma educao diferente da educao oferecida ao homem. Ela era educada para servir, e o homem para assumir a posio de senhor todo poderoso. Quando solteira, vivia sob a dominao do pai ou do irmo mais velho; ao casar-se, o pai transmitia todos os seus direitos ao marido, submetendo a mulher autoridade deste, e ela nada mais era do que um objeto (AMORIM, 1987). No Brasil-colnia a Igreja deu incio educao, no entanto, a instruo ministrada pela igreja no inclua as mulheres. A igreja da poca pregava que a mulher devia obedincia cega no s ao pai e ao marido como tambm religio. Consequentemente a mulher vivia enclausurada sem contato com o mundo exterior. mulher, no era permitido estudar e aprender a ler, pois nas escolas administradas pela igreja, somente lhes eram ensinadas tcnicas manuais e domsticas. Era educada para sentir-se feliz como "mero objeto", porquanto s conhecia obrigaes (PIMENTEL, 1998). Com a Constituio de 18...</p>