A f r o d e s c e n d ê n c i a n a C o m u n i d a d e d o R i o Q u a r t el

Download A f r o d e s c e n d ê n c i a n a C o m u n i d a d e d o R i o Q u a r t el

Post on 08-Jul-2015

427 views

Category:

Documents

2 download

TRANSCRIPT

  • NTEM Ncleo de Tecnologia Educacional MunicipalCurso de Introduo Educao Digital

    I-IDENTIFICAO

    Projeto Afrodescendncia na Comunidade do Rio QuartelEscola Municipal de Ensino Fundamental ngelo ReclaProfessores: dna Aparecida Ambrzio Barboza

    Laudineide Aparecida de SouzaPblico alvo: Alunos da 7 sriePerodo de durao: dois meses

    II-JUSTIFICATIVA

    A Lei 10.639, de 09 de janeiro de 2003 destaca o respeito ao estudo da histria da frica e dos africanos, luta dos negros no Brasil, cultura negra no Brasil e ao negro na formao da sociedade nacional, reconhecendo-se a relevncia da contribuio das sociedades africanas e dos afrodescendentes na formao e desenvolvimento da sociedade brasileira.

    A diversidade cultural brasileira evidente, mas percebe-se que mesmo mediante as iniciativas de valorizao da pluralidade a cultura eurocntrica ainda latente no ambiente escolar, seja por meio dos livros didticos utilizados ou pela cultura miditica do beloque influencia as geraes a um preconceito racial disfarado.

    A comunidade do Rio Quartel tem em seu passado razes afrodescendentes, haja vista que boa parte das terras pertenciam a famlias denominadas decaboclos. Portanto sentiu-se a necessidade de se investigar e resgatar esse passado no sentido de valorizar os primeiros moradores e sua importncia para a histria local e consequentemente a anlise da influncia negra nos hbitos, costumes e modo de vida dos moradores.

    O projeto Afrodescendncia na Comunidade do Rio Quartel pretende permear o assunto em questo com os recursos tecnolgicos presentes na escola, em especial o computador. Entende-se que a informtica contribui no desenvolvimento de habilidades, no estmulo do aprendizado e no interesse do desempenho das atividades.

    III- OBJETIVO

    OBJETIVO GERAL Promover situaes de aprendizagem que venham a contribuir para a valorizao da

    histria e cultura afrodescendente na comunidade, mediadas pelo uso da informtica educativa.

    OBJETIVOS ESPECFICOS Interagir de forma colaborativa no grupo de trabalho, sentindo-se responsvel pelo

    bom desempenho do grupo. Solucionar por meio de clculo mental, problemas de proporcionalidade direta;

  • Construir e interpretar grficos e tabelas utilizando o editor de tabelas BrOffice.calc; Produzir textos utilizando o gnero biografia no programa BrOffice.Writer; Adquirir habilidades no manuseio dos programas BrOffice.Writer e BrOffice.calc; Estimular o hbito de pesquisa em diferentes fontes, em especial a Internet;

    IV- DESENVOLVIMENTOO projeto ser trabalhado pelas professoras das disciplinas de Matemtica e

    Geografia simultaneamente. No primeiro momento os alunos sero organizados em grupos para a coleta de

    material por meio de entrevistas. As entrevistas acontecero em momentos diferentes e abordaro:

    Moradores mais antigos para a coleta de informaes sobre os antigos proprietrios das terras onde hoje est a comunidade;

    Antigas benzedeiras para o estudo desta religiosidade na comunidade; Mestre de capoeira da comunidade e a importncia dessa arte para as geraes;

    No segundo momento acontecero as enquetes na escola e comunidade para levantamento de dados sobre a identificao tnica, gostos musicais e alimentao dos moradores. Os mesmos grupos de trabalhos sero organizados para a pesquisa de campo nas casas.

    No terceiro momento, os grupos trabalharo no laboratrio de informtica. Nas aulas de Geografia sero construdas as biografias com os dados obtidos nas entrevistas. Para essa atividade ser usado o digitador de texto (BrOffice). Nas aulas de Matemtica sero construdas tabelas e grficos no programa BrOffice.org.calc com os dados obtidos nas enquetes feitas em grupos.

    No quarto momento ser organizada uma palestra com a professora de msica sobre a origem dos ritmos musicais mais presentes na comunidade e a utilizao dos instrumentos de percusso.

    No quinto momento os alunos pesquisaro na internet sobre a origem da feijoada e seus ingredientes. Os mesmos calcularo a proporo dos ingredientes para a preparao da receita para todos os alunos.

    O ltimo momento ser a culminncia do projeto com as seguintes atividades: Exposio das biografias e grficos no mural da escola; Exposio de instrumentos musicais; Preparao da feijoada para ser apreciada por todos os alunos; Apresentao de roda de capoeira; Apresentao de msicas pelos alunos do projeto de msica. Homenagem as pessoas que contriburam para a execuo do projeto.

    CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

    ATIVIDADE PERODO ENVOLVIDOSOrganizao dos grupos de trabalho

    Uma aula Professor de geografia e alunos

    Entrevista a famlia de antigos moradores, benzedeira e instrutor de capoeira

    Terceira semana de outubro

    Professor de Geografia e alunos

  • Enquete com os moradores, funcionrios e alunos.

    Terceira semana de outubro

    Professor de matemtica e alunos

    Produo dos textos das biografias e digitao

    Quarta semana de outubro

    Professor de Geografia e alunos

    Produo de tabelas e grficos Quarta semana de outubro

    Professor de matemtica e alunos

    Palestra com professora de msica

    Primeira semana de outubro

    Palestrante, professores e alunos

    Culminncia Terceira semana de novembro

    Todos os alunos e funcionrios.

    RECURSOS UTILIZADOS

    Computador, internet, papel cenrio, folhas de oficio, pincel atmico, rgua, ingredientes para feijoada, instrumentos musicais, aparelho de som.

    V- AVALIAO

    A avaliao ser processual e levar em conta a participao do aluno em todas as etapas do trabalho, mediante critrios claramente estabelecidos no incio do projeto. Portanto, sero avaliados vrios aspectos, entre os quais o empenho na busca e seleo de informaes, a participao nas discusses e no desvelo na elaborao dos trabalhos finais.

    VI- REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS

    _____Pedagogia de projetos - Caderno AMAE. Fundao AMAE.2.000 Edio Especial

    PEREIRA, Edimilson de Almeida . Malungos na escola. Questes sobre culturas afradescendentes e educao. 1 Ed. So Paulo, Paulinas, 2010.

    PROINFO- Programa Nacional de Formao Continuada em Tecnologia Educacional-Proinfo Integrado, unidade 1.

Recommended

View more >