a eficincia energtica dos sistemas de avac nos edifcios1301115926

Download A Eficincia Energtica Dos Sistemas de Avac Nos Edifcios1301115926

Post on 16-Feb-2016

6 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Sistemas AVAC

TRANSCRIPT

  • www.get.pt

    EFICINCIA ENERGTICA DOS SISTEMA DE AVAC EM EDIFCIOS

    INTRODUO:

    Os sistemas de AVAC (aquecimento, ventilao e ar condicionado) so uma das

    grandes subespecialidades da engenharia mecnica. O objetivo do projeto de sistemas

    de AVAC o de equilibrar o conforto ambiental com outros fatores como os custos da instalao, a facilidade de manuteno e a eficincia energtica. A especialidade de

    AVAC inclui uma srie de termos, alguns dos quais, so sumarizados neste artigo.

    Climatizao o termo genrico que designa o processo de tratamento de ar ou a forma

    de fazer alterar, isoladamente ou conjuntamente, a temperatura, a humidade, a qualidade

    e a velocidade do ar num local no interior de um edifcio.

    Inclui, portanto, as funes de aquecimento, arrefecimento, humidificao,

    desumidificao filtragem e ventilao. Se todas estas 6 as funes poderem ser

    ativadas de forma conjugada, corresponde ao ar condicionado.

    Aquecimento

    Forma de climatizao pela qual possvel controlar a temperatura mnima no local a

    climatizar. O mesmo que aquecimento ambiental.

    Ventilao

    Processo renovao do ar de um dado espao, atravs de meios naturais ou mecnicos.

    Ventilao hbrida

    Renovao do ar interior por ar novo, recorrendo a ventilao natural, sempre que as

    condies o permitam e a ventilao mecnica, como forma alternativa ou

    complementar, sempre que a ventilao natural seja insuficiente.

    Ventilao Mecnica

    Renovao do ar interior por extrao de ar do espao e insuflao de ar exterior ou ar

    tratado numa mistura de ar novo e ar de retorno, utilizando um sistema de condutas e

    ventiladores.

    Ventilao natural

    Renovao do ar interior por ar novo atmosfrico exterior recorrendo apenas a aberturas

    na envolvente com rea adequada, autocontrolada ou por regulao manual e os

    mecanismos naturais do vento e das diferenas de temperatura causadoras de

    movimento ado ar.

    Volume de ar constante (VAC)

    Um sistema projetado para fornecer um fluxo de ar constante. Este termo aplica-se a

    sistemas de AVAC que usam uma temperatura varivel do ar de insuflao, mas

  • www.get.pt 2

    mantendo constante o seu caudal. A maioria dos sistemas de ar condicionado

    residenciais deste tipo.

    Zona ocupada

    Espao de uma sala onde pode ocorrer a ocupao humana, geralmente correspondente

    ao espao desde o nvel do pavimento at cerca de 2 metros acima deste, retirando meio

    metro at s paredes.

  • www.get.pt 3

    Ar de extrao Ar que extrado do local pelo sistema de climatizao e que parte dele pode ser

    recirculado.

    Ar de infiltrao Ar exterior que penetra no local climatizado de forma natural (no mecnica), atravs de

    frinchas e outras aberturas, por fora das diferenas de presso que existem entre o

    exterior e o interior do local. O mesmo que "infiltraes".

    Ar de insuflao Ar que introduzido no local climatizado, pelo sistema de climatizao. Pode ser

    constitudo apenas por ar novo tratado ou tambm por uma mistura ar de retorno.

    Ar de exausto Ar que extrado do local, pelo sistema de climatizao e que lanado para o exterior.

    Pode ser a totalidade ou apenas parte do ar de extrao. O mesmo que "ar de rejeio".

    Ar de retorno

    Parte do ar de extrao que no rejeitada, sendo sim reaproveitada e misturada com o

    ar novo para, aps tratamento, se tornar no ar de insuflao.

    Ar exterior Ar existente no espao exterior ao local climatizado.

    Ar novo Ar exterior que introduzido no sistema de climatizao para renovao do ar do local.

    Constituiu parte ou totalidade do ar de insuflao.

    Ar condicionado Forma de climatizao que permite controlar a temperatura, a humidade, a qualidade do

    ar e a sua velocidade no interior de um local. Neste sentido o mesmo que

    "condicionamento de ar. Na linguagem corrente, "ar condicionado" tambm designa um sistema de arrefecimento para climatizao de um nico espao, sendo equivalente a

    "unidade individual".

    Bomba de Calor Mquina trmica, que usa o princpio da mquina frigorfica, que invertendo o ciclo

    termodinmico pode ser usada tanto para aquecimento como para arrefecimento.

    British thermal unit (BTU)

    A potncia dos sistemas de AVAC por vezes em Portugal expressa em BTU/hora,

    (sobretudo para pequenos equipamentos) unidade esta que pertence ao sistema Imperial

    de Unidades utilizado ainda nos pases anglo-saxnicos. Contudo deve ser sempre

    utilizado o sistema Internacional de Unidades, em que a potncia trmica de uma

    unidade de ar condicionado expressa em Watt, ou no seu mltiplo kW.

    1 BTU/H =0,29 W ou 1 W =3,41 BTU/H

  • www.get.pt 4

    Caldeira

    uma mquina trmica em que um fluido (normalmente gua) aquecido, com ou sem

    mudana de fase, com recurso queima de combustvel slido, lquido ou gasoso ou

    com recurso energia eltrica, sendo esta ltima forma de energia de evitar dado o seu

    elevado custo.

    Condensador

    um componente do ciclo bsico de refrigerao que remove o calor do sistema. O

    condensador constitui a parte quente de um ar condicionado ou bomba de calor. Os

    condensadores so permutadores de calor (designados por baterias ou serpentinas de

    aquecimento e de arrefecimento) e podem transferir calor diretamente para o ar para um

    fluido intermedirio (como a gua ou uma soluo aquosa de etilenoglicol) para

    transportar o calor para um local distante como o solo, um lenol de gua, ou o ar

    ventilado em contracorrente com gotculas de gua (como acontece nas torres de

    arrefecimento).

    Consumo especfico

    a energia utilizada (consumida) para o funcionamento de um sistema de AVAC de um

    edifcio, durante um ano tpico, sob padres nominais de funcionamento, por unidade de

    rea ou por unidade de servio prestado.

    Consumo nominal

    a energia necessria (consumida) para o funcionamento dos sistemas de AVAC de um

    edifcio sob condies tpicas convencionadas, quer em termos de clima quer em termos

    de padro de utilizao.

    Eficincia de ventilao

    a razo entre ou caudal de ar novo que insuflado que entra num dado espao e o

    caudal de ar novo que chega efetivamente zona ocupada desse espao.

    Eficincia energtica nominal

    a razo entre a energia til e a energia final, medida geralmente em percentagem, sob

    condies nominais de projeto.

    Energia final

    a energia disponibilizada aos utilizadores sob diferentes formas teis, depois de obtida

    a partir de energia primria. Conforme o tipo, expressa em unidades com significados

    comerciais como o quilowatt. Hora (kW), o quilograma (kg) ou o metro cbico (m3).

    Energia primria

    um recurso energtico que se encontra disponvel na natureza, sob a forma de

    petrleo, biomassa, sol, vento, gua entre outros. Exprime-se normalmente sob a forma

    de massa equivalente de petrleo, sendo utilizadas as unidades tonelada equivalente de

    petrleo (tep) e quilograma equivalente de petrleo (kgep). Algumas formas de energia

    primria, como o gs natural, a lenha e o sol podem ser utilizadas diretamente como

    energia final.

    Energia renovvel

    a energia proveniente do Sol, da biomassa, do vento, da geotermia, do Mar e dos rios.

  • www.get.pt 5

    Energia til

    Energia fornecida por um aparelho para o cumprimento do seu fim.

    Envolvente

    Componente de um edifcio que marca o limite entre o espao interior e o ambiente

    exterior. Inclui as paredes, cobertura e outros elementos da arquitetura do edifcio que

    fazem a separao entre o exterior e o interior, bem como a relao entre estes e as

    fundaes, estruturas e demais elementos construtivos.

    Humidificao Processo de aumento da humidade absoluta do ar.

    Mix energtico

    Distribuio percentual das fontes de energia primria na produo da energia eltrica

    pblica.

    Potncia trmica nominal de aquecimento

    Potncia trmica que seria necessrio fornecer a um local para compensar as perdas

    trmicas nas condies nominais de clculo.

    Potncia trmica nominal de arrefecimento

    Potncia trmica que seria necessrio extrair a um local para compensar os ganhos

    trmicos nas condies nominais de clculo.

    Potncia trmica de aquecimento do sistema

    Potncia trmica mxima de aquecimento que o sistema de AVAC instalado pode

    fornecer.

    Potncia trmica de arrefecimento do sistema

    Potncia trmica mxima de arrefecimento que o sistema de AVAC instalado pode

    fornecer.

    Potncia trmica instalada

    Potncia trmica mxima de aquecimento ou de arrefecimento que o sistema de AVAC

    instalado pode fornecer.

    Propulsor de fluido de transporte

    Conjunto motor-ventilador ou motor-bomba, utilizado para fazer a movimentao,

    respetivamente, dos fluidos gasosos e lquidos de um sistema de climatizao.

    Reaquecimento terminal

    Aquecimento de ar arrefecido centralmente, entrada de um espao a ser climatizado,

    para fazer a regulao da temperatura e da humidade do ar que entra nesse espao.

    Recuperao de calor

    Processo utilizado para aproveitamento do calor transportado pelo fluido de extrao

    para aquecimento do fluido admitido no sistema.

    Rede urbana de produo e distribuio de energia trmica

  • www.get.pt 6

    Circuito de distribuio de fluidos trmicos, numa determinada rea urbana, em que

    aqueles so preparados numa central comum e disponibilizados para utilizao em cada

    um dos edifcios servidos pela rede.

    Registo de regulao de caudal

    Vlvula

Recommended

View more >