A Educação Moral em Kant - ucs.br ?· A Educação Moral em Kant Andréia Bonho Borba ... quanto sua…

Download A Educação Moral em Kant - ucs.br ?· A Educação Moral em Kant Andréia Bonho Borba ... quanto sua…

Post on 08-Feb-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

A Educao Moral em Kant

Andria Bonho Borba (BIC-UCS), Evaldo Antnio Kuiava (orientador) - abborba@ucs.br A pertinncia de se pensar a educao moral em Kant deve-se ao fato de que as questes e os problemas por ele levantados possuem um carter universal e atemporal sendo, portanto, ainda presentes na atualidade. Nesse sentido, tanto seu pensamento acerca de um proceder tico condizente com a condio humana, quanto sua contribuio para a educao e a pedagogia do sculo XX, so de extrema importncia. No tocante tica, a preocupao relevante no projeto kantiano a instituio de um princpio supremo de moralidade no sujeito autnomo que cada homem representa enquanto ser moral. Seu intuito dotar o indivduo de uma tica, cujos fundamentos estejam pautados na prpria liberdade, manifestada em sua autonomia pelo estabelecimento de condies transcendentais a priori, de uso prtico da razo. Assim sendo, os princpios advindos da liberdade constituem-se nos pilares da educao moral kantiana. O projeto kantiano de educao est alicerado na noo de esclarecimento (Aufklarng) que, para o filsofo, nada mais que o processo de emancipao da razo humana, no qual o sujeito deve, por si mesmo e por sua prpria vontade, emergir do estado de submisso de seu pensamento a outrem, a fim de alcanar um estado de autonomia crtica. A presente pesquisa desenvolve-se a partir de uma anlise crtica das obras do autor, tendo uma base lgica qualitativa, dado seu carter exploratrio e subjetivo, que busca o entendimento da natureza do tema proposto sem a pretenso de generalizao do mesmo. Por tratar-se de uma pesquisa bibliogrfica, seu foco principal assenta-se na ampliao do grau de conhecimento acerca da maneira pela qual se fundamenta a moral kantiana, atravs da anlise dos aspectos subjetivos de um proceder tico condizente com a possibilidade do pensar e do conhecer para a autonomia crtica do sujeito, atravs do uso da razo. Palavras-chave: esclarecimento, liberdade, autonomia. Apoio: UCS. XVII Encontro de Jovens Pesquisadores Setembro de 2009 Pr-Reitoria de Ps-Graduao e Pesquisa Universidade de Caxias do Sul