a contextualizaÇÃo no ciberjornalismo .facilitada pelas potencialidades da internet, ... a...

Download A CONTEXTUALIZAÇÃO NO CIBERJORNALISMO .facilitada pelas potencialidades da Internet, ... A frenética

Post on 07-Nov-2018

218 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • A CONTEXTUALIZAO NO CIBERJORNALISMO

    Tese de Doutoramento

    FERNANDO ANTNIO DIAS ZAMITH SILVA

    2011

    Orientao:

    Professor Doutor Jos Azevedo, Universidade do Porto (orientador)

    Professor Rosental Calmon Alves, University of Texas at Austin (co-

    orientador)

    PROGRAMA DOUTORAL INFORMAO E COMUNICAO EM PLATAFORMAS DIGITAIS

    Departamento de Comunicao e Arte

  • 2

  • 3

    Shorty, Ins e ao Joo

  • 4

    Palavras-chave: ciberjornalismo, contextualizao, cibermeios Resumo O ciberjornalismo atual vive no duplo embarao de no encontrar um modelo de negcio slido que o viabilize e, simultaneamente, de ver parte do seu territrio invadido por novos atores, muitos dos quais desconhecedores e/ou desrespeitadores da funo social e das normas ticas da atividade. So os prprios fundamentos do jornalismo que esto a ser postos em causa. E um desses fundamentos a obrigao de colocar o facto em contexto, tarefa facilitada pelas potencialidades da Internet, mas nem sempre executada. Pretendeu-se com esta tese medir os nveis de contextualizao presentes no ciberjornalismo e perceber o que determina os processos de contextualizao ciberjornalstica. Atravs da observao de cibermeios, de um inqurito a ciberjornalistas e de entrevistas a investigadores, concluiu-se que o ciberjornalismo est ainda longe de ser plenamente contextualizado e que a reduzida dimenso das redaes online o fator mais determinante nos processos de contextualizao.

  • 5

    Keywords: online journalism, contextualization, news websites Abstract The online journalism (cyberjournalism) industry is undergoing the challenge of not finding a solid business model and, simultaneously, of seeing part of its territory invaded by new actors, many of whom are unaware and / or contemptuous of the social and ethical rules of the industry. The principles of journalism are threatened. And one of those principles threatened is the duty to put the facts in context, a task facilitated by the Internet, but not always achieved. The purpose of this thesis is to measure the contextualization levels present in online journalism and understand what determines contextualization processes in online journalism. Based on a series of findings from an analysis of news websites, and surveys and interviews conducted with online journalists and researchers, we conclude that online journalism is still far from contributing to the contextualization of the news, despite the expectation that it has created with the digital tools available that could facilitate it. We also conclude that the most crucial factor hindering context in digital news is the lack of staff in online newsrooms.

  • 6

    Agradecimentos Aos Professores Jos Azevedo e Rosental Alves, pelos bons conselhos na orientao desta tese. Aos colegas da Universidade do Porto e do ObCiber, em especial ao Helder Bastos, Catarina Osrio e Isabel Ventura, pela ajuda em momentos importantes de construo deste trabalho. Aos professores e colegas do ICPD, pela partilha de experincias e conhecimentos, pela amizade e pela convico de que juntos fazemos melhor. A todos os entrevistados e inquiridos, pelos preciosos contributos para esta investigao. Ao Professor Manuel Pinto, pela sbia e dedicada ajuda na abertura do trilho que conduziu a esta tese.

    Helena Sousa, ao Lus Antnio Santos e ao Pedro Leal, por terem acreditado. A Joshua Schachter, por ter criado o del.icio.us, ferramenta fundamental no auxlio construo desta tese. Aos Chameleons, em especial a Mark Burgess, por terem (re)aparecido no momento certo. minha famlia, a quem dedico esta tese, pela companhia, pelo apoio e pelo estmulo, fundamentais para que todo este caminho fosse percorrido.

  • 7

    NDICE

    1. Introduo 11

    1.1. Tema e objetivos 11

    1.2. Organizao da tese 16

    2. Internet e jornalismo 19

    2.1. Gnese, evoluo e caractersticas do ciberjornalismo 22

    2.1.1. As trs fases do ciberjornalismo 24

    2.1.2. Caractersticas do ciberjornalismo 25

    2.1.2.1 Interatividade 26

    2.1.2.2 Hipertextualidade 30

    2.1.2.3 Multimedialidade 33

    2.1.2.4 Instantaneidade 34

    2.1.2.5 Ubiquidade 35

    2.1.2.6 Memria 36

    2.1.2.7 Personalizao 38

    2.2. Ciberjornalismo(s) e cibermeios 40

    2.2.1. Para que servem o jornalismo e os jornalistas? 41

    2.2.2. Jornalismos online 43

    2.2.3. Jornalistas na/da Internet 45

    2.2.4. O universo do ciberjornalismo: Planetas e satlites 47

    2.2.5. Questes em aberto 50

    2.3. O ciberjornalismo em Portugal 51

    2.3.1. Evoluo recente 52

    2.3.2. Audincias 54

    2.3.3. Condicionantes do estado atual 56

    3. Jornalismo contextualizado 57

    3.1. A contextualizao no jornalismo 58

    3.2. A contextualizao no ciberjornalismo 60

    3.3. A importncia da investigao 69

  • 8

    4. A contextualizao nos cibermeios. Estudos empricos 71

    4.1. Objetivos e metodologia 72

    4.1.1. Conceitos, dimenses e indicadores 73

    4.1.2. mbito 81

    4.1.3. Instrumentos de anlise 88

    4.1.3.1. Nveis de contextualizao em sentido lato 88

    4.1.3.1.1. Critrios de aplicao 94

    4.1.3.1.2. Estudo piloto 112

    4.1.3.2. Nveis de contextualizao em sentido restrito 114

    4.1.3.3. Tipologias dos cibermeios 120

    4.2. Resultados do estudo internacional 122

    4.2.1. Contextualizao em sentido lato 122

    4.2.2. Contextualizao em sentido restrito 135

    4.2.3. Participao cvica nos cibermeios 140

    4.2.4. Cibermeios mais consultados 150

    4.2.5. Concluses 158

    4.3. O caso portugus. Estudo diacrnico 162

    4.3.1. Cibermeios de informao geral de mbito nacional 166

    4.3.1.1. Anlise dos resultados 167

    4.3.1.1.1. Interatividade 175

    4.3.1.1.2. Hipertextualidade 180

    4.3.1.1.3. Multimedialidade 183

    4.3.1.1.4. Instantaneidade 187

    4.3.1.1.5. Ubiquidade 191

    4.3.1.1.6. Memria 192

    4.3.1.1.7. Personalizao 195

    4.3.1.1.8. Criatividade 199

    4.3.2. Cibermeios de informao econmica 202

    4.3.3. Cibermeios de informao desportiva 204

    4.3.4. Cibermeios produzidos em ambiente acadmico 206

    4.3.5. Comparao entre diferentes grupos de cibermeios 208

    4.3.6. Concluses 210

  • 9

    5. Contextualizao ciberjornalstica: promessa ou realidade? 213

    5.1. A viso dos ciberjornalistas e editores 213

    5.1.1. Metodologia 213

    5.1.2. Resultados 215

    5.1.3. Contextualizao valorizada, mas faltam ciberjornalistas 226

    5.2. A viso dos investigadores e observadores 228

    5.2.1. Objetivos e metodologia 228

    5.2.2. A viso de John Pavlik 230

    5.2.3. O conceito de Pavlik visto pelos investigadores 232

    5.2.4. Uma previso s parcialmente cumprida 237

    5.2.5. Meio por excelncia para jornalismo contextualizado 242

    5.2.6. O caminho ainda por percorrer 247

    5.2.7. Diferentes definies de jornalismo contextualizado 254

    5.2.8. Jornalismo mobile ainda menos contextualizado 260

    5.2.9. Contextualizao em stand-by 265

    6. Concluses 269

    Bibliografia 278

    Anexos 293

  • 10

  • 11

    1. Introduo

    1.1. Tema e objectivos

    As constantes e quantas vezes imprevistas transformaes no

    universo meditico, em boa parte associadas s mutaes

    tecnolgicas e de comportamentos sociais e culturais verificadas nas

    ltimas dcadas, tm levado a um tambm constante

    (re)questionamento do conceito de jornalismo e da funo social do

    jornalista. Por um lado, a fragmentao dos processos de criao e de

    difuso de informao provocada pela expanso da Internet teve

    efeitos (positivos e negativos) porventura inevitveis no jornalismo,

    reduzindo o poder massificador de um-para-muitos caracterstico dos

    meios tradicionais, ao mesmo tempo que lanava justificados receios

    de perda de viabilidade econmica da atividade, a braos com uma

    grande dificuldade em encontrar modelos de negcio slidos que a

    sustentem. Por outro lado, o enorme potencial das caractersticas da

    Internet, algumas das quais absolutamente inovadoras e

    revolucionrias, est a fazer emergir um novo (tipo de) jornalismo,

    ainda de contornos difceis de definir.

    A frentica evoluo tecnolgica na era digital em que vivemos,

    sobretudo a partir do surgimento e expanso da Web 2.0, no por

    acaso designada Web Social, tem possibilitado o surgimento de

    inmeras ferramentas facilitadoras da participao do cidado comum

    no processo de produo jornalstica. Entre elas, esto as

    ferramentas de fcil utilizao que permitem a criao, utilizao e

    gesto de blogs, microblogs, wikis, sites pessoais, salas de chat,

    fruns de discusso, redes sociais, assim como espaos de publicao

    e partilha de fotos, vdeos, udios, slideshows, ou ainda mapas,

    servios de georeferenciao, leitores de feeds RSS e servios de

  • 12

    digging e tagging. Paralelamente, a tecnologia tem evoludo no

    sentido de uma cada vez maior portabilidade dos suportes de

    comunicao, de que so exemplos os telemveis de terceira

    gerao, os laptops e os tablets. Esta evoluo tem sido