a contabilidade de custos no setor pblico: a de um estado brasileiro . renato pereira ... municipal...

Download A CONTABILIDADE DE CUSTOS NO SETOR PBLICO: A DE UM ESTADO BRASILEIRO . Renato Pereira ... MUNICIPAL DE UM ESTADO BRASILEIRO . Resumo ... J a norma de custo do setor pblico brasileiro

Post on 06-Feb-2018

217 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1

    A CONTABILIDADE DE CUSTOS NO SETOR PBLICO: A REALIDADE DO SETOR MUNICIPAL DE UM ESTADO BRASILEIRO

    Renato Pereira Monteiro Doutorando em contabilidade, Universidade de Aveiro, renatomonteir@gmail.com, tlm

    911882954, Campus Universitrio de Santiago, 3810-193 Aveiro

    Joaquim Carlos Da Costa Pinho

    Professor doutor, Universidade de Aveiro, cpinho@ua.pt, fone 234 370 200, Campus

    Universitrio de Santiago, 3810-193 Aveir

    SETOR PBLICO Palavras-Chave: Contabilidade de Custos, SICSP, Setor Pblico, NBCASP. Workshop 2 - Responsabilidad social corporativa y sector pblico

    94f

    mailto:cpinho@ua.pt

  • 2

    2

    A CONTABILIDADE DE CUSTOS NO SETOR PBLICO: A REALIDADE DO SETOR MUNICIPAL DE UM ESTADO BRASILEIRO

    Resumo

    Este estudo tem por objetivo identificar a importncia e uso da informao de custos, as

    barreiras e o nvel de sua implantao no setor pblico municipal do Estado do Rio

    Grande do Sul no Brasil e verificar a possvel relao das caractersticas dos municpios

    e dos profissionais de contabilidade no nvel de implantao do SICSP. O estudo tem

    uma abordagem qualitativa, com aplicao de questionrio e obteno de 180 respostas

    que caracterizam o setor municipal do RS. Idenfiticamos no haver efeito significativo

    entre as caractersticas do municpio e dos utilizadores e o nvel de implantao do

    SICSP.

  • 3

    3

    1 Introduo

    O setor pblico nas ltimas trs dcadas sofreu uma grande transformao,

    decorrente de uma maior presso social para ampliar sua rede de servios e melhorar

    o atendimento das demandas da populao, para tal necessita qualificar suas decises

    sobre as polticas pblicas e programas a serem adotados, assim os gestores devem

    agir de forma a garantir uma prestao de servios mais eficiente (Newcomer & Caudle,

    2011) e a coletar mtricas para justificar suas aes (Goh, 2012).

    Esse novo contexto de atuao depende necessariamente de informaes mais

    tempestivas e qualificadas, trazendo a contabilidade para um papel central, (HOOD,

    1991), (Hood, 1995), (Jackson & Lapsley, 2003) e (Lapsley & Wright, 2004). Este o

    cenrio que atuam os gestores pblicos, inclusive de pases em desenvolvimento como

    o caso do Brasil, que no compasso de outros pases tambm adotou reformas em

    especial, impulsionada como os demais pelo processo de melhoria na gesto com

    nfase nos preceitos da New Public Management- NPM. Estas reformas alteraram a

    organizao do setor em busca de uma maior eficincia e otimizao da aplicao dos

    recursos pblico, que culminou na necessidade de melhoria da contabilidade do setor

    pblico muito voltada para o oramento.

    No caso do Brasil foi determinante para este processo a edio por parte do

    Conselho Federal de Contabilidade CFC das normas brasileiras de contabilidade

    aplicadas ao setor pblico - NBCASP, dentre as quais estava a NBC T 16.11 que regrou

    e tornou obrigatria a implantao do sistema de contabilidade de custos no setor

    pblico do Brasil - SICSP. Ocorre que at o presente momento o processo de

    implantao do SICSP no Brasil uma rea carente de estudos empricos, as

    evidncias existentes na literatura como em Rosa, Silva, Soares, (2015), Lovato,

    Oliveira e Catapan (2016) e (Padrones, Santos, & Colares, 2017) apontam para a baixa

    adoo no Brasil do SICSP. Esse fenmeno um dos fatores ainda a ser explicado, em

    especial para buscar sua mais ampla adoo e compreender os fatores

    constrangedores deste processo. Os estudos sobre o SICSP em termos internacionais,

    centram-se muito na aplicao de algum mtodo de custeio, como o Activity Based

    Costing ABC relatando seu processo de implantao como em (Arnaboldi & Lapsley,

    2003), (Pintilie, Demian, & Joldos, 2012) e (McChlery, McKendrick, & Rolfe, 2007) ou no

    desenvolvimento de modelos de implantao ver (Valderrama & Sanchez, 2006),

    (Machado & de Holanda, 2010) e (Akbar, Pilcher, & Perrin, 2015). Este estudo tem por

    objetivo identificar a importncia e uso da informao de custos, as barreiras e o nvel

    de sua implantao no setor pblico municipal do Estado do Rio Grande do Sul no Brasil

  • 4

    4

    - RS e verificar a possvel relao das caractersticas dos municpios e dos profissionais

    de contabilidade no nvel de implantao do SICSP.

    O estudo est organizado na sequencia pela reviso sobre a importncia dos

    custos no setor pblico e suas barreiras, descreve as hipteses e o modelo terico, na

    seo 03 apresenta a metodologia do estudo, na seo 04 realizamos a anlise e

    discusso dos resultados e na seo 05 as principais concluses do estudo.

    2 Reviso da Literatura

    A reviso da literatura previamente realizada aponta que tanto estudos

    relacionados a implantao das normas de contabilidade ver (Benito, Brusca, &

    Montesinos, 2007), (Brusca & Martnez, 2015), (Guillamn, Lapsley, & Robbins, 2015)

    e estudos sobre o medidas de desempenho no setor pblico ver (Berman & Wang,

    2000), (Pollanen, 2005) e (Akbar et al., 2015) alm de estudos sobre transparncia

    pblica como em (Sol, 2013) podem contribuir para a identificao das variveis do

    estudo.

    2.1 Custos no Setor Pblico - Importncia

    As reformas implementadas na contabilidade do setor pblico tiveram por

    objetivos superar limitaes do modelo burocrtico e atingir um uso mais eficientes dos

    recursos pblicos (Manes Rossi, Aversano, & Christiaens, 2014a). Por esta razo a

    contabilidade de custos ganha relevncia, pois permite melhorar a gesto do setor. Este

    carece de ter sistemas de medio de desempenho e existem severas dificuldades

    neste sentido. Como descrevem (Brusca & Montesinos, 2016) a falta de uma

    contabilidade de custos em muitos pases limita a obteno de informaes para esta

    finalidade.

    Manes Rossi et al. (2014) descrevem que o International Public Sector

    Accounting Standards Board - IPSASB em conjunto como o International Federation

    of Accountants - IFAC emitiram um conjunto de 32 normas contabilsticas, a maioria

    dos quais foram inspirados nas normas internacionais de contabilidade. Em 2006, o

    IPSASB iniciou um processo a fim de preparar uma estrutura conceitual

    especificamente para as normas de contabilidade do setor pblico. Na opinio de

    Rodrguez Bolvar & Galera (2016) estas melhoraram a informao financeira reportada,

    mas precisam de complementos. Conforme (Brusca & Montesinos, 2016, p.526) as

    demonstraes financeiras e oramentrias do setor pblico no so suficientes para

    alcanar objetivos de contabilidade pblica e precisam ser complementadas com

    informaes de desempenho..

  • 5

    5

    A importncia do SICSP est tambm centrada na sua funo alocativa

    (Adhikari, Kuruppu, & Matilal, 2013), existe na informao gerada por este sistema a

    expectativa de que traga informao que permita melhorar a alocao dos recursos e

    assim gerar polticas assertivas que produzam a reduo da pobreza e das

    desigualdades sociais um dos principais problemas da nova economia mundial. A

    importncia dos custos em prefeituras neste cenrio ganha fora, por estar mais prxima

    dos utentes de servios pblico. Neste sentido as reformas da NPM acarretaram na

    mudana do controle centralizado para o controle descentralizado, fato que implica em

    uma maior responsabilidade da gesto em atingir os resultados e maior presso sobre

    as organizaes pblicas para que se tornem mais eficazes e eficientes (Helden, 1997).

    Neste sentido Arnaboldi & Lapsley (2009) apontam vantagens em aplicar as

    inovaes contbeis, pois ir fornecer informaes como custo total, que poder ser til

    para melhorar a gesto interna. Entre as vantagens apontadas por Arnaboldi & Lapsley

    (2009) esto: oramento e alocao de recursos financeiros, decises de outsourcing,

    a avaliao dos custos de servios e prestao de contas interna, que podem

    diretamente ser correlacionadas a adoo tambm da contabilidade de custos. Um dos

    mais relevantes benefcios relacionados a aplicao da contabilidade de custos

    melhorar a transparncia pblica e a prestao de contas (Montesinos, Brusca, Rossi,

    & Aversano, 2013). Assim como Brusca & Martnez (2015) que indicam o aumento da

    transparncia e da responsabilidade. O crescente interesse por melhor informao

    destacado tambm por (Brusca & Montesinos, 2016) ao relacionarem a necessidade de

    melhor informao com a crise financeira de alguns pases, que evidenciou a

    importncia de aumentar a transparncia, o que inclui informaes sobre custo e

    desempenho.

    A percepo da importncia do SICSP descrita pelos diferentes autores pode ser

    resumida pelo apresentado pelo (IFAC, 2000, p.7): (1) apoiar o processo de

    oramentao; (2) introduzir controle de custos e reduo; (3) fixao de preos e taxas;

    (4) medir o desempenho do governo; (5) avaliao da eficincia e eficcia dos

    programas; e (6) ajudar em uma variedade de decises econmicas.

    J a norma de custo do setor pblico brasileiro NBC T 16.11, coloca que o

    SICSP deve ter como objetivo (1) mensurar, registrar e evidenciar os custos dos

    produtos, servios, programas, projetos, atividades, aes, rgos e outros objetos de

    custos da entidade; (2) apoiar a avaliao de resultados e desempenhos, permitindo a

    comparao entre os custos da entidade com os custos de outras entidades pblicas,

    estimulando a melhoria do desempenho dessas entidades;

Recommended

View more >