a comunicaÇÃo interna com os deficientes visuais nas empresas

Download A COMUNICAÇÃO INTERNA COM OS DEFICIENTES VISUAIS NAS EMPRESAS

Post on 07-Jul-2015

347 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO - UNINOVE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO ENPRESARIAL E INSTITUCIONALBRENDA LAILA PINHEIROA COMUNICAÇÃO INTERNA COM OS DEFICIENTES VISUAIS NAS EMPRESASSÃO PAULO 2011BRENDA LAILA PINHEIROSÃO PAULO 2011BRENDA LAILA PINHEIROA COMUNICAÇÃO INTERNA COM OS DEFICIENTES VISUAIS NAS EMPRESASArtigo apresentado ao Programa de Pós-Graduação da Universidade Nove de Julho - Uninove, como requisito parcial para a obtenç

TRANSCRIPT

UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO - UNINOVE CENTRO DE CINCIAS SOCIAIS E APLICADAS PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM COMUNICAO ENPRESARIAL E INSTITUCIONAL

BRENDA LAILA PINHEIRO

A COMUNICAO INTERNA COM OS DEFICIENTES VISUAIS NAS EMPRESAS

SO PAULO 2011

BRENDA LAILA PINHEIRO

SO PAULO 2011

BRENDA LAILA PINHEIRO

A COMUNICAO INTERNA COM OS DEFICIENTES VISUAIS NAS EMPRESAS

Artigo apresentado ao Programa de Ps-Graduao da Universidade Nove de Julho - Uninove, como requisito parcial para a obteno do grau de Especialista em Comunicao Empresarial e Institucional, sob a orientao da Professora Rosemary Jordo.

SO PAULO 2011

A COMUNICAO INTERNA COM OS DEFICIENTES VISUAIS NAS EMPRESASBrenda Laila Pinheiro 1

RESUMOO presente artigo tem por objetivo apresentar como ocorre a comunicao interna com os profissionais deficientes visuais nas organizaes. Desde a regulamentao da Lei de cotas, em 2000, muitas empresas tem se mostrado resistentes quanto contratao de deficientes visuais, devido as suas limitaes. Este estudo trar uma reflexo sobre como uma comunicao interna, bem estruturada, essencial para o processo de integrao da pessoa com deficincia dentro de uma empresa. Palavras - chaves: Comunicao organizacional; comunicao interna; deficiente visual.

ABSTRACTThis article aims to present the way occurs the internal communication with the visually impaired in organizations. Since the regulations proposed by the Law of quotas in 2000, many companies seem to be restrictive concerning the admission of the visually impaired, due to their limitations. This study proposes a discussion on how a well structured internal communication is essential to the process of integration of the handicapped people within a company.

Keywords: Organizational communication, internal communication and visually impaired.

1

Ps - graduanda em Comunicao Empresarial e Institucional e graduada em Matemtica pela Universidade Nove de Julho. E-mail: brendalaila2010@gmail.com.br.

SUMRIO1. INTRODUO...................................................................................................................6

2. A COMUNICAO ORGANIZACIONAL E A COMUNICAO INTERNA..........7 3. A IMPORTNCIA DA COMUNICAO PARA O PROFISSIONAL DEFICINTE VISUAL NO AMBIENTE CORPORATIVO....................................................................9 4. AS ADAPTAES DA EMPRESA PARA A COMUNICAO COM UM PROFISSIONAL DV.........................................................................................................13 4.1 Programas de integrao para pessoas com deficincia................................................15 4.1.1 Serasa Experian...................................................................................................15 4.1.2 Natura..................................................................................................................16 5. CONSIDERAES FINAIS............................................................................................17 6. REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS.............................................................................20 7. ANEXOS Anexo I - Recursos Tcnicos................................................................................................22 Anexo II - Sugestes de tecnologias assistivas para pessoas com deficincia visual no ambiente de trabalho............................................................................................................27

6

1. INTRODUOCompreender o processo de comunicao para o deficiente visual (DV) dentro de uma empresa parece algo impossvel, devido ao apelo visual das informaes que so divulgadas. A princpio o DV, como ser tratado nesse artigo, parece ser uma pessoa excluda da sociedade. No conseguimos imagin-lo utilizando um nibus, atravessando as ruas e, principalmente, como um funcionrio exercendo funes similares a de outros e at ocupando um cargo de destaque. Assim como todos os profissionais, os deficientes visuais necessitam de uma oportunidade para desenvolver suas capacidades. Vale ressaltar que existem diversas

profisses compatveis para o desempenho do deficiente visual, nos diversos nveis de formao, seja na rea de servios ou na indstria. Porm, para ocupar um espao no mercado de trabalho o acesso informao essencial para se sentir integrado organizao. Desde a regulamentao da Lei de cotas, em 2000, muitas empresas tem se mostrado resistentes quanto contratao de deficientes visuais, devido as suas limitaes. Esse artigo tem o objetivo de apresentar quais so os recursos utilizados para o processo de comunicao do DV dentro de uma organizao; como a empresa deve se preparar para receber um DV; o que as empresas esperam de um profissional DV e, em contrapartida, qual a expectativa do profissional DV em relao empresa. As empresas Serasa Experian e Natura apresentam programas de integrao para pessoas com deficincia, permitindo que funcionrios com deficincia visual tenham as mesmas oportunidades e reconhecimento que os outros funcionrios. um processo recproco, onde o deficiente deve qualificar-se para atender s necessidades da empresa assim como esta deve promover a acessibilidade para todos e sensibilizar os funcionrios que iro receber o funcionrio com necessidades especiais. Esse artigo tem o objetivo de mostrar que a comunicao o ponto essencial para que o deficiente visual e outros profissionais estejam plenamente integrados empresa.

7

2. A COMUNICAO ORGANIZACIONAL E COMUNIO INTERNAA comunicao organizacional crucial para o sucesso da gesto de uma empresa. Ela responsvel pelo planejamento e administrao dos relacionamentos da empresa por meio dos princpios da comunicao social, com o objetivo de construir e manter a identidade, imagem e reputao empresariais perante todos os seus pblicos.Fenmeno inerente aos agrupamentos de pessoas que integram uma organizao ou a ela se ligam, a comunicao organizacional configura as diferentes modalidades comunicacionais que permeiam sua atividade. Compreende, dessa forma, a comunicao institucional, a comunicao mercadolgica, a comunicao interna e a comunicao administrativa. (KUNSCH, apud MARCHIORI, 2006, p. 185).

Assim, defende Torquato (apud PIMENTA, 2004, p. 59) que a funo bsica da comunicao na empresa promover consentimento e aceitao. Para tanto, necessria uma estrutura bem definida e coordenao centralizada.A comunicao define-se como um processo dinmico que compreende a existncia, o crescimento, a mudana e o comportamento de toda a organizao e determinada pela necessidade, utilidade e convenincia, tanto da parte da empresa como da parte dos que nela esto integrados direta ou indiretamente. (TORQUATO, 1986, p. 58).

Para Silva Neto (2010, p. 54) a comunicao interna parte integrante da comunicao corporativa, talvez seja a de mais importncia, pois o funcionrio tambm um cliente e um formador de opinio da mais alta credibilidade e pode expressar com mais autenticidade do que outros pblicos os valores positivos ou negativos da cultura organizacional. A comunicao interna surgiu da necessidade das empresas em conversar com seus colaboradores, fazendo-os sentir parte delas. A partir da comunicao interna, possvel estabelecer canais que possibilitem o relacionamento eficaz e transparente em todos meios hierrquicos de uma organizao. A comunicao interna uma via de mo dupla, portanto, to importante como comunicar saber escutar. Os 5 Cs de uma comunicao interna eficaz so: clara, consistente, contnua e frequente, curta e rpida e completa. (MARQUES, 2004: online). Pena (2009: online) explica que a comunicao sofreu um processo crescente de transformaes, na medida em que o homem foi modelando sua cultura ao mesmo tempo em que a cultura o modela. H muitos anos, os homens comunicavam-se por gestos, em grupos e

8

contavam suas histrias atravs de pinturas rupestres; somente posteriormente o homem inventou a escrita. Dessa maneira, o homem foi adquirindo habilidades e desenvolveu novas tecnologias para se comunicar. Hoje, pode-se ter o jornal de qualquer parte do mundo, assistir a uma entrevista, participar de conferncias, ouvir msicas das mais longnquas regies do planeta, trocar correspondncias, ler, discutir, conversar, e, na maioria das vezes sem sair de casa. Mediante as transformaes comunicacionais ao longo do tempo, a linguagem, consequentemente, tambm tem sofrido modificaes. Hoje, possvel observar que para uma completa comunicao, s vezes, necessrio implantar uma linguagem diferenciada, que proporciona a incluso de pessoas portadoras de necessidades especiais no processo de comunicao interna da organizao. importante entender que um dos principais desafios de uma organizao tem sido promover uma poltica de comunicao, cuja linguagem seja acessvel e promova um clima organizacional satisfatrio. Atravs desses conceitos sobre a comunicao interna que as empresas vm buscando processos diferenciados de comunicao para a incluso do deficiente visual no local de trabalho.

9

3. A IMPORTNCIA DA COMUNICAO PARA O PROFISSIONAL DEFICIENTE VISUAL NO AMBIENTE CORPORATIVOMachado et al (2002: online) ressaltam que para o profissional DV ocupar um espao no mercado de trabalho, tanto no setor social, quanto no profissional, o acesso informao, sem dvida, de suma importncia. O nvel de responsabilidades das instituies informacionais enorme nesta questo e abrem-se mais perspectivas de trabalho entre biblioteca e o pblico alvo. A responsabilidade dos profissionais da informao ainda maior. Cabe, na condio de futuros profissionais da informao, ter conscincia que o mercado de trabalho amplo, mas que nesta rea de informao para o deficiente visual tem um papel fundamental que proporcionar a estes usurios a possibilidade de acesso informao.

preciso conhecer, respeitar, arriscar, integrar, dinamizar, enfim, fundamental perceber o indivduo e suas manifestae

Recommended

View more >