a composi§£o e a performance violon­stica de egberto gismonti

Download A Composi§£o e a Performance Violon­stica de Egberto Gismonti

Post on 21-Dec-2016

248 views

Category:

Documents

8 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

    ESCOLA DE MSICA

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM MSICA

    REA DE CONCENTRAO: PRTICAS INTERPRETATIVAS

    A Composio e a Performance Violonstica de Egberto Gismonti

    Juliano Camara Santos

    Rio de Janeiro

    2016

  • 2

    Juliano Camara Santos

    A Composio e a Performance Violonstica de Egberto Gismonti

    Dissertao apresentada ao Programa de Ps-Graduao em Msica da Escola de Msica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, como parte dos requisitos necessrios obteno do ttulo de mestre.

    Orientadora: Marcia Ermelindo Taborda

    Rio de Janeiro

    2016

  • 3

    Juliano Camara Santos

    A Composio e a Performance Violonstica de Egberto Gismonti

    Rio de Janeiro, 4 de julho de 2016

    BANCA EXAMINADORA

    Profa. Marcia Ermelindo Taborda (orientadora)

    Prof. Fbio Adour da Camara (Universidade Federal do Rio de Janeiro)

    Prof. Flvio Terrigno Barbeitas (Universidade Federal de Minas Gerais)

  • 4

    Ao meu pai Joaquim Santos,

    por me mostrar os caminhos da

    msica de sobrevivncia.

  • 5

    AGRADECIMENTOS

    A minha famlia, por ter me ensinado que qualquer forma de utopia vale a

    pena. Agradeo especialmente a minha me, Isabel Camara, pelo companheirismo e

    ao meu pai, Joaquim Santos, por ter me mostrado a fora da msica e a beleza de

    nossa profisso.

    A minha orientadora Marcia Taborda, pela confiana depositada nesse

    projeto e pelos enriquecedores debates ao longo da pesquisa. Agradeo, sobretudo,

    pela amizade que desfrutamos ao longo desses ltimos anos.

    A toda banca examinadora Paula da Matta, Flvio Barbeitas e Fbio

    Adour pela atenciosa disponibilidade em colaborar com essa pesquisa. Em especial

    Fbio Adour pelas referncias e pela ajuda nas questes relativas estrutura

    mtrica.

    A secretaria do Programa de Ps-Graduao da Universidade Federal do

    Rio de Janeiro e CAPES pelo suporte financeiro ao longo do ltimo ano do curso.

    Ao compositor Egberto Gismonti, pela disponibilidade em me receber em

    sua residncia para uma longa entrevista.

    A Alexandre Gismonti, pela recente amizade e parceria. Pelas longas

    conversas que forneceram inestimveis subsdios para essa pesquisa e pelo

    emprstimo do violo de 8 cordas, indispensvel para a realizao das transcries

    das gravaes.

    A Nicolas de Souza Barros, pelo emprstimo do violo de 10 cordas, sem

    ele no teria sido possvel realizar esse trabalho com a profundidade que eu gostaria.

    A professora Sara Cohen pelas enriquecedoras aulas sobre ritmo, que

    forneceram os subsdios tericos necessrios para o desenvolvimento de uma parte

    importante da pesquisa.

    Aos amigos do projeto Violes de Tiradentes: Eduardo Pinheiro, Bernardo

    Marcondes, Lu Belik e Gabriel Pitta, que sempre estiveram presentes na minha vida

    e que, por razes inexplicveis do destino, tornaram-se parceiros de profisso.

    Agradeo por crescermos juntos e por vocs terem topado realizar a 6 edio do

    nosso projeto com o tema da minha pesquisa.

    A Sara Marinho, pela ajuda nas transcries da entrevista.

  • 6

    RESUMO

    Esta pesquisa tem como objetivo definir quais so os elementos que caracterizam as

    obras para violo e a performance violonstica de Egberto Gismonti. Devido a

    ausncia de partituras relativas esse repertrio e ao fato de que esse intrprete-

    compositor reconstri as suas obras a cada nova performance, foi necessrio uma

    profunda investigao sobre a dialtica entre interpretao e composio na obra

    musical desse autor. Para esse fim, utilizamos como referencial terico os conceitos

    de processo e produto concebidos por Nicholas Cook. Aps estabelecermos os

    parmetros gerais que caracterizam o relacionamento entre o ato de compor e o ato de

    interpretar, pesquisamos os elementos particulares que compem a linguagem

    violonstica de Gismonti e o estilo interpretativo inerente ela. A partir do referencial

    terico fornecido por Daniel Wilkinson, sobre o uso das gravaes como uma

    ferramenta na compreenso do estilo interpretativo, utilizamos a discografia de

    Gismonti para identificarmos as recorrncias dos maneirismos violonsticos prprios

    deste compositor.

    Palavras-chave: Egberto Gismonti; violo de 10 cordas; afinao reentrante.

  • 7

    ABSTRACT

    This research aims to define what are the elements that characterize the works for

    guitar and guitaristic performances of Egberto Gismonti. Due to the absence of scores

    related to this repertoire and the fact that the performer/composer reconstructs his

    works with each new performance, it was necessary to investigate the dialectics

    between interpretation and composition in the musical works of this author. For this

    purpose, we use as a theoretical reference the process and product concepts designed

    by Nicholas Cook. After we set the general parameters that characterize the

    relationship between the act of writing and the act of interpreting in Gismonti, we

    research the particular elements that make up the guitaristic language of Gismonti and

    its inherent interpretive style. From the theoretical framework provided by Daniel

    Wilkinson, on the use of recordings as a tool in understanding the interpretive style,

    we use the Gismonts discography to identify recurrences of guitaristic mannerisms

    specific to this composer.

    Keywords: Egberto Gismonti; 10 string guitar; reentrant tuning.

  • 8

    LISTAS DE FIGURAS

    Figura 1 Posio dos dedos da mo direita para realizar os harmnicos...........104

    Figura 2 Posio das mos para realizar a percusso nas cordas.......................122

    Figura 3 Frma da mo esquerda na posio aberta...........................................140

    Figura 4 Frma da mo esquerda na posio fechada.........................................143

  • 9

    LISTAS DE EXEMPLOS MUSICAIS

    Exemplo. 1 Afinao do violo de 10 cordas (Dana das Cabeas e

    Em Famlia)..........................................................................................87

    Exemplo. 2 Afinao do violo de 10 cordas (Salvador).........................................89

    Exemplo. 3 Afinao do violo de 10 cordas (Lundu e Danas dos Escravos).......89

    Exemplo. 4 Afinao do violo de 14 cordas (Dana dos Escravos).......................90

    Exemplo. 5 Afinao do violo de 12 cordas (Selva Amaznica)............................90

    Exemplo. 6 Afinao do violo de 12 cordas (De Repente e Cego Aderaldo).........91

    Exemplo. 7 Afinao do violo de 6 cordas com scordatura (Encontro no Bar).....92

    Exemplo. 8 Dana das Cabeas (Performance II); Minutagem: 009;

    Andamento: 86 BPM; 10 cordas............................................................93

    Exemplo. 9 Bianca (Duas Vozes); Minutagem: 102; Andamento: 74 BPM;

    10 cordas...............................................................................................94

    Exemplo. 10 Lendas (Orfeo Novo); Minutagem: 020; Andamento: 85 BPM;

    6 cordas.................................................................................................95

    Exemplo. 11 2 mov. de Trs retratos para Flauta e Violo (Orfeo Novo);

    Minutagem: 126; Andamento: 96 BPM; 6 cordas...........................96

    Exemplo. 12 Cego Aderaldo (Folk Songs); Minutagem: 050; Andamento:

    85 BPM; 12 cordas...............................................................................97

    Exemplo. 13 Em Famlia (todas as gravaes); Andamento: 152 BPM;

    10 cordas...............................................................................................97

    Exemplo. 14 Dana das Cabeas (Performance II); Minutagem: 054;

    Andamento: 175 BPM; 10 cordas........................................................98

    Exemplo. 15 Salvador (Dana dos Escravos); Minutagem: 043;

    Andamento: 171 BPM; 10 cordas........................................................98

    Exemplo. 16 Dana das Cabeas (Performance II); Minutagem: 116;

    Andamento: 174 BPM; 10 cordas.....................................................100

    Exemplo. 17 Selva Amaznica (Solo); Minutagem: 204; Andamento:

    87 BPM; 12 cordas.............................................................................101

    Exemplo. 18 Encontro no Bar (rvore); Minutagem: 0; Andamento:

    121 BPM; 6 cordas.............................................................................102

    Exemplo. 19 Cego Aderaldo (Folk Songs); Minutagem: 732; Andamento:

  • 10

    65 BPM; 12 cordas............................................................................104

    Exemplo. 20 Cego Aderaldo (resultado sonoro do ex. 19).....................................105

    Exemplo. 21 Dana das Cabeas (Performance I); Minutagem: 302;

    Andamento: 107 BPM; 10 cordas......................................................106

    Exemplo. 22 Selva Amaznica (N Caipira); Minutagem: 017;

    Andamento: 89 BPM; 12 cordas........................................................108

    Exemplo. 23 Selva Amaznica (Performance IV); Incio e fim da performance;

    12 cordas.............................

Recommended

View more >