a brisa primaveril. a menina e a mulher. a menina e a mulher

of 35 /35
A brisa primaveril .

Upload: joao-guilherme-paiva-mirandela

Post on 07-Apr-2016

231 views

Category:

Documents


0 download

TRANSCRIPT

Page 1: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

A brisa primaveril.

Page 2: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

A menina e a mulher.

Page 3: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

A menina e a mulher.

Page 4: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

A menina e a mulher.

Page 5: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

A fragilidade e a

delicadeza.A sensibilidad

e e o lirismo.

Page 6: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

O mistério da psique feminina.

Page 7: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

A menina, a moça

e a mulher...

Page 8: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher
Page 9: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

Ela sorriu com a leveza dos que são

capazes de conservar, na idade madura, o

frescor da visão da infância.

Page 10: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

E disse: “Hoje eu vi a

Ternura, a Inocência e a Bondade”.

Page 11: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

Os mistérios do Universo.

Page 12: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

E os mistérios da Vida.

Page 13: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

O renovo do mundo que é uma jovem mãe à espera do

primeiro filho.

Page 14: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

A pura e gratuita alegria da

espera.

Page 15: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

A generosa disposição

para a doação

irrestrita.

Page 16: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

A vida humana

– na verdade,

toda vida –

é poesia,escreveu certa vez um poeta.

Page 17: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher
Page 18: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

A primeira mudança no céu, prenunciadora da madrugada.

Page 19: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

Mais um dia que se inicia...

Page 20: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

Mais um dia que se inicia...

Os fragmentos dos sonhos sonhadosdando lugar

aos deveres e afazeres

do dia-a-dia.

Page 21: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

E ao se levantar,o primeiro

pensamento– com que

elase habituou a começar seus dias:...

Page 22: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

“Obrigada, Senhor.

Agradeço-lhe

a esperança que levo.”

Page 23: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

“Peço-Te que me

auxilies a não deixar jamais cair

no esquecimen

too Essencial

que sustenta a vida.”

Page 24: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

O mar da Vida.E as praias da existência.

Page 25: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

Os segredos guardados pela espuma que se desfaz na

areia.

Page 26: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

Ao longe, uma

jovem caminha,

molhando os pés na espuma do mar.

Page 27: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

“Toda manhã, o mar vai e

vem, é sempre

o mesmo”,observa ela.

Page 28: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

“Mas deixa na areia o que não pode absorver.Deixa na areia tudo

aquilo que é

desprovido de vida...”

Page 29: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

“Há os que se contentam,

por medo ou comodismo,

em permanecer inertes na

areia,

a cuidar dos seus pequenos

interesses.”

Page 30: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

“Quem deseja segurança,

melhor permanecer

na praia.”“Quem busca

pérolas e tesouros,

que aprenda a mergulhar.”

Page 31: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

“Sentir-se um com o Mar,

Sentir-se parte do Todo...”

Page 32: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher

“Sentir-se um com o Mar,

Sentir-se parte do Todo...”

Page 33: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher
Page 34: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher
Page 35: A brisa primaveril. A menina e a mulher. A menina e a mulher