8ª Edição Jornal Fiodeback

Download 8ª Edição Jornal Fiodeback

Post on 19-Mar-2016

226 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Especial II Aniversrio

TRANSCRIPT

<ul><li><p>quarta-feira, 18 de dezembro de 2013, No8</p><p>pg. 6-7</p><p>Editorial | Bruno Cruz, Coordenador do NEEET-AAUAv | pg. 2-3Notcias | pg. 3-5PREPARA(R) O MELHOR FUTURO = PARTICIPA(R) NO PRESENTE | Mestre Alexandre Cruz, Provedor do Estudante da UA | pg. 8-9Breve histria do NEEET-AAUAv | pg. 10-11Mensagem do Presidente | Tiago Almeida, Presidente da Direo da AAUAv | pg. 12</p><p>II aniversrioespecial</p></li><li><p>Pgina 02 // Jornal Fiodeback // 18-12-2013</p><p>EDITORIAL</p><p>Ficha Tcnica:Jornal Oficial do Ncleo de Estudantes de Engen-haria Eletrnica e Telecomunicaes de Associao Acadmica da Universidade de Aveiro</p><p>Propriedade:Ncleo de Estudantes de Engenharia Eletrnica e Telecomunicaes da Associao Acadmica da Uni-versidade de Aveiro (NEEET-AAUAv)</p><p>Morada:Universidade de Aveiro - DETISala 120, Campus Universitrio de Santiago 3810-193, Aveiro</p><p>E-mail: neeet@aauav.ptSite: neeetaauav.com </p><p>Equipa Editorial:Bruno CruzTiago Vieira</p><p>Colaborao:Mestre Alexandre CruzTiago AlmeidaCoordenao do NEEET-AAUAv</p><p>Design e Paginao:Paula Mnica</p><p>Reviso:Bruno Cruz</p><p>Tiragem:300 exemplares</p><p>1. O NEEET-AAUAv no responsvel pelas ideias expressas em artigos assinados, sendo que os que no se encontram assinados so da autoria da equipa editorial.</p><p>2. A colaborao do Jornal Fiodeback est aberta a toda a Comunidade Acadmica.</p><p>Distribuio gratuita!</p><p>Bruno CruzCoordenador </p><p> NEEET-AAUAV</p><p>Caro colega,</p><p>Chega a hora de celebrar mais um an-iversrio do NEEET-AAUAv, que pode nem parecer, mas apenas o segundo da sua curta histria.Curta, mas no sem muito que contar, conforme poders ver nas pginas 10 e 11.</p><p>Chega tambm a altura de fazer um balano deste segundo mandato, um mandato de confirmao e de con-tinuidade do excelente trabalho de-senvolvido pela equipa antecessora.Destaco naturalmente o crescimento na qualidade e profissionalismo de toda a ao do ncleo, sobretudo nas reas de interveno poltica, onde conseguimos importantes avanos no relacionamento com a direo do departamento (ainda muito aqum do desejado, e do verificado noutros departamentos de engenharia desta Universidade), e na relao com o mundo empresarial, sobretudo no que toca recolha de apoios e realizao de parcerias.</p><p>O nosso departamento no tem, infe-lizmente, uma histria recente, muito marcada pelo dilogo e participao dos seus alunos. Acredito que o tra-balho realizado pelo NEEET-AAUAv ao longo deste ano contribuiu para melhorar essa situao, mas claro, muito h para ser feito nos anos vin-douros</p><p>No plano das relaes empresariais h que destacar a excelente rece-tividade que o KIT Eletrnica NEEET-AAUAv obteve junto das empresas contactadas. Muitas foram as que se escudaram na situao atual do pas para recusarem o apoio necessrio a </p><p>esta atividade, no entanto a perse-verana com que sempre pautmos este mandato, levou a que fosse pos-svel encontrar os to necessrios apoios, que vem de instituies cujas reputaes so o principal garante da qualidade e pertinncia desta atividade. Assim, aqui fica um grande agradecimento PT-Inovao, Mi-crosoft, e ao Instituto de Telecomu-nicaes pelo apoio disponibilizado.</p><p>Mas o ncleo vai muito mais alm do Kit, como tal lanamos um ambicioso programa de Sponsoring da atividade regular do NEEET-AAUAv, e foi com enorme satisfao que encontrmos na Inovaria um parceiro que com-preendendo a importncia da prox-imidade das empresas que representa com o meio acadmico, estabeleceu um acordo de parceria do qual nos orgulhamos muito, sobretudo, por mais uma vez ser uma instituio cuja qualidade e relevncia amplamente reconhecida.</p><p>O desporto foi para ns uma rea de primordial ateno, garantindo uma participao gratuita de todos os alunos de MIEET na Taa UA, evento maior do desporto na nossa academia, o que levou a um grande crescimento no nmero de modalidades com par-ticipantes de MIEET, tendncia que tem todas as condies para se man-ter nos prximos anos.</p><p>No campo pedaggico foram tambm diversas as nossas atividades, desde conversas informais com ex-alunos, palestras, sesses de apoio ao es-tudo, e workshops, de onde gostaria de destacar dois em particular: O workshop de bases de dados, re-alizado com a gentil colaborao da </p><p>PT-Inovao, que surge a pedido dos prprios alunos (esta de resto uma falha do nosso plano curricular que nos apontada por quase todos os empregadores com que contactmos durante este ano), e o workshop de PLCs, realizado pelo Eng. Jorge An-dril da Bresimar, que despertou a at-eno dos nossos alunos para a rea da automao.</p><p>Como estudante que estudante ne-cessita dos seus momentos de relax-amento, tambm a componente mais acadmica no ficou esquecida du-rante este mandato, em que o NEEET-AAUAv organizou mais uma festa de arromba no Bar do Estudante, e marcou presena nas semanas aca-dmicas da AAUAv. Tambm aqui a qualidade e rigor foi a nossa imagem, tendo conseguido com estas ativi-dades obter uma importante fatia das nossas receitas anuais.</p><p>Foi um mandato difcil e exigente, com algumas limitaes de recursos humanos que levaram a uma parte fi-nal do mandato com um pouco menos de atividade do que aquela que gos-taramos de ter apresentado. Alguns projetos ficaram na gaveta, mas es-tamos j a trabalhar no sentido de os mesmos serem transmitidos aos nos-sos sucessores.</p><p>Por nossos sucessores refiro-me naturalmente Coordenao elei-ta nas eleies do ms passado, de quem espero que sejam capazes de fazer ainda mais e melhor pelo NEEET-AAUAv e pelos alunos que representam. Acredito que o faro, pois trazem a energia de uma equipa jovem e possuem todas as condies para efetuar um excelente mandato. </p><p>especial II aniversrio</p></li><li><p>Pgina 03 // Jornal Fiodeback // 18-12-2013</p><p>Decorreram no passado dia 26 de novembro as eleies para os rgos sociais dos ncleos de curso, associa-tivos, e setoriais da Asso-ciao Acadmica da Uni-versidade de Aveiro (AAUAv). </p><p>No respeitante ao NEEET-AAUAv, foi eleita a lista A para a Mesa da RGM e para a Coordenao do Ncleo. Nestas eleies foram elei-tos os rgos sociais de 39 ncleos da AAUAv.</p><p> Eleies para os rgos sociais do NEEET-AAUAv do a vitria Lista A, nica lista candidata</p><p>Alguns dos desafios fundamentais da prxima Coordenao passaro por des-pertar uma maior participao dos alunos (sobre este tema, to atual e importante, o senhor provedor do estudante da UA, Mestre Alexandre Cruz, acedeu simpat-icamente a escrever um artigo sobre o assunto, que poders ler nas pginas 8 e 9), por estabelecer uma renovada ligao com a comisso de curso, e por fazer mais em prol do Projeto Associativo. </p><p>Muitas vezes somos incompreendidos nesta luta pelo Projeto Associativo, mas acredito que este tem que ser o caminho, para toda a UA, pois enquanto a repre-sentatividade nica no se tornar uma realidade, os estudantes continuaro di-vididos, e estando divididos, muito mais difcil lutar pelos nosso diretos. No nosso caso em particular, este aspeto funda-mental quando falamos da relao com a direo do nosso departamento, e a ao poltica junto da mesma.</p><p>Mas esta uma tarefa que no pode ficar apenas responsabilidade dos ncleos de curso do DETI, e do NEEET-AAUAv em particular, e por isso no posso deixar de transmitir prxima direo da Asso-ciao Acadmica de Aveiro (desconheo na data em que escrevo quem foram os vencedores das eleies do dia de ontem) a importncia de continuar este caminho, de ouvir os ncleos, de os ter como pedra </p><p>fundamental da estrutura, e de continuar a lutar pelo Projeto Associativo, e por outras questes que sendo difceis, no nos devem fazer desistir. Exemplo disso a questo da integrao das comisses de curso nos ncleos de curso (o que no significa necessari-amente uma extino destas comisses), proposta que (ainda) no recebeu o apoio do Conselho Pedaggico, mas que deve continuar a ser uma bandeira da nossa As-sociao.</p><p>Apesar de haver sempre muito para fazer, e muito para melhorar, acredito sem som-bra de dvida que vivemos hoje num curso e num departamento melhor do que aquele que se verificava h dois anos atrs, e penso que por isso, todos ns, alunos, di-rigentes, professores e funcionrios, de-vemos estar de parabns pelo trabalho alcanado, mas com a certeza de que o desafio maior estar sempre por vir.</p><p>Chega assim ao fim a minha passagem pelo NEEET-AAUAv, e por esta Universidade, foi para mim uma enorme honra ter desem-penhado as funes de Responsvel Finan-ceiro e de Coordenador desta casa, onde apesar de um percurso ainda assim curto, muito aprendi, deixando muitos amigos, que espero, continuem a fazer da AAUAv, em particular dos seus ncleos, uma insti-tuio de excelncia, de competncia, de transparncia, e de rigor.</p><p>So muitas as pessoas a quem no posso deixar de enderear um agradecimento especial, em particular a quem nos aju-dou no estabelecimento de parcerias, as-sim, ao Dr. Marcelino Pousa, ao Dr. Jos Fernandes, Dra. Regina Maia Sacchetti, e ao Prof. Dr. Nuno Borges de Carvalho o meu muito obrigado pela preciosa ajuda prestada.</p><p>Igualmente uma palavra de profundo agradecimento pela camaradagem e por tudo o que me ensinaram, ao Fernas, ao Tiago Vieira, ao Antnio Valente, ao Tia-go Almeida, Ana Duarte, ao Andr Reis, ao Nuno Ferreira, ao Lus Lemos, ao Jni Loureno, ao Lus Fernandes, Rita Cor-reira, ao Diogo Lonet, a todos os que emb-ora no mencionados, foram fundamentais nesta caminhada, e claro, Ana Afonso, no tenho dvidas que muito daquilo que o NEEET-AAUAv hoje em dia deve-se a ela e ao seu trabalho.</p><p>Por fim, os meus sinceros votos de felici-dades e de boa sorte ao Felisberto Perei-ra, ao Lus Almeida, e restante equipa. </p><p> equipa que comigo partilhou este man-dato, foi um prazer trabalhar convosco, muito obrigado pela vossa dedicao e empenho!</p><p> Saudaes Acadmicas,Bruno Cruz</p><p>especial II aniversrio</p></li><li><p>Pgina 04 // Jornal Fiodeback // 18-12-2013</p><p>Mais um ms passou e mais jogos das equipas do nosso curso foram re-alizados na TAA-UA. A equipa de Futsal jogou com Engenharia Geolgica (4-2 para a equipa ad-versria), Msica (4-0 a nosso favor), e Economia (derrota nossa por 4-3). Atualmente encontra-se no 6 lugar com 3 pon-</p><p>tos. Quanto ao Andebol, a equipa de MIEET est in-victa at agora, vencendo os 3 jogos j realizados: contra Psicologia (15-5), Engenharia do Ambiente (15-5), e Economia (16-6). Naturalmente, merece sem dvidas o 1 lugar que ocupa no momento. Nas jornadas concentradas de Basquetebol as nos-</p><p>sas equipas conseguiram os seguintes resultados: 32-8 contra Biotecnologia B e 38-28 contra Engenha-ria Qumica A. J no volei-bol, MIEET B ganhou por 2-0 a Engenharia Qumica, o mesmo resultado com que venceu Economia B. Por seu turno, a equipa A venceu NTC por 2-0 e per-deu 2-0 contra Economia </p><p>A. Nesta altura, EET B en-contra-se em 3 lugar com os mesmos pontos dos se-gundos primeiros e MIEET A em 5 lugar. A equipa de Basquetebol ocupa o 3 posto. Nas prximas sema-nas tempo de descanso, uma vez que se inicia a poca de exames, regres-sando a competio no in-cio do prximo semestre.</p><p>MIEET na Taa UA</p><p>No dia 6 de novembro, quar-ta-feira, enfrentaram-se em jogo da 14a jornada da Liga 2 de futebol, o S.C. Beira-Mar e o Acadmico de Viseu F.C., jogo realizado no es-tdio municipal de Aveiro e </p><p>que contou com o apoio dos alunos de MIEET na bancada, que se deslocaram ao est-dio numa iniciativa organi-zada pelo NEEET-AAUAv com o objetivo de fortalecer a ligao dos estudantes deste </p><p>curso com a cidade e suas instituies.</p><p>Quanto ao jogo, teve duas partes muito diferentes, na primeira o domnio foi avas-salador do lado auri-negro, o que se traduziu com al-guma naturalidade no golo inaugural, ao minuto 15, por intermdio de Rafael Batat-inha. Nos minutos seguintes a presso fazia adivinhar novo golo, mas a turma aveirense ficou-se por um golo anula-do e um penlti falhado. Na segunda metade a qualidade de jogo decresceu consid-eravelmente e chegou-se a prever o empate do AC Vi-seu. No entanto, com um fi-nal de jogo a melhor nvel, o Beira-Mar conseguiu segurar </p><p>esta preciosa vantagem e garantir mais trs impor-tantes pontos na luta pela classificao do segundo es-calo mais importante das competies profissionais em Portugal. Com este resul-tado os auri-negros sobem ao 11o lugar da tabela classifi-cativa (18 pontos), enquanto que o AC Viseu se mantm em 21o, com 10 pontos, ap-enas mais 3 que o lanterna vermelha, Trofense.</p><p>Nota ainda para o facto de este jogo ter registado a melhor casa da poca, at agora, no Municipal de Aveiro.</p><p>O NEEET-AAUAv foi apoiar o Beira-Mar</p></li><li><p>Pgina 05 // Jornal Fiodeback // 18-12-2013</p><p>Nos dias 13 e 14 de novem-bro decorreu no Centro de Congressos de Lisboa o 23 Congresso das Comuni-caes, organizao anual da Associao Portuguesa para o Desenvolvimento das Comuni-caes. Este evento rene as mais importantes figuras e empresas das reas das tel-ecomunicaes e informtica, e uma importante oportu-</p><p>nidade no s para conviver mais de perto com a realidade empresarial, mas tambm para absorver conhecimento tecnolgico. A APDC disponibilizou entra-das gratuitas para um nmero limitado de alunos do DETI, s que esta informao no foi transmitida aos alunos de MIEET. Segundo o que foi possvel apurar junto da sec-</p><p>retaria do departamento, os diretores de curso decidiram, deliberadamente, informar apenas as comisses de curso sobre esta matria, deixando de fora os alunos e os seus legtimos representantes.Acontece que a Comisso de Curso de MIEET no informou nem os alunos, nem a Coorde-nao do NEEET-AAUAv, que tomou conhecimento desta situao tarde demais, e ape-nas por intermdio dos outros ncleos de curso do depar-tamento, que organizaram as viagens dos alunos dos respe-tivos cursos a este evento. A Coordenao do NEEET-AAUAv lamenta profunda-mente esta situao, em que se viu impedida de promover a participao dos alunos de MIEET nesta importante atividade. Recordamos que o </p><p>NEEET-AAUAv dispe de fun-dos financeiros para apoiar a participao dos seus alunos neste tipo de atividades. Infelizmente este mais um lamentvel episdio, a juntar ao processo eleitoral para as Comisses de Curso, que demonstra claramente a ne-cessidade de haver uma maior ligao e trabalho conjunto entre a direo do curso e o NEEET-AAUAv.Apela-se assim, tanto di-reo do curso, como Co-misso de Curso que, futura-mente, no deixem de lado o NEEET-AAUAv, a bem dos in-teresse dos alunos de MIEET. </p><p>O streaming do congresso encontra-se disponvel em http://tv.apdc.pt/.</p><p>Alunos de MIEET no foram informados que podiam participar gratuitamente no 23 Congresso das Telecomunicaes</p><p>O horrio de funcionamen-to do DETI regressou ao horrio das 9h-23h30, tendo a direo do departamento aprovado novas regras de acesso s salas do mesmo. </p><p>Assim, as salas 1.04, 1.06, 1.19, 1.23, 1.26, 1.28, 1.30, e 2.25 passam a estar abertas em permanncia, desde que no decorram atividades letivas. Tambm os labo-</p><p>ratrios do 2 piso passam a estar abertos entre as 9h e as 13h, e entre as 14h e as 17h30. Fora deste horrio aschaves de acesso a cada um dos laboratrios tm de ser pedidas na portaria/secre-taria do DETI. O acesso eletrnico estar disponvel para os alunos de mestrado, doutoramen-to, ou bolseiros, bastando para tal que o docente responsvel por estes alunos efetue pedido para c...</p></li></ul>