7-Tecnologia Da Madeira I RESUMIDO

Download 7-Tecnologia Da Madeira I RESUMIDO

Post on 28-Dec-2015

9 views

Category:

Documents

4 download

TRANSCRIPT

  • Ministrio da Educao UNIVERSIDADE TECNOLGICA FEDERAL DO PARAN

    Campus Dois Vizinhos

    PLANO DE ENSINO

    CURSO Engenharia Florestal MATRIZ 6

    FUNDAMENTAO LEGAL Resoluo n 68/08 COEPP

    DISCIPLINA/UNIDADE CURRICULAR CDIGO PERODO CARGA HORRIA (horas) AT AP APS AD APCC Total

    Tecnologia da Madeira I TM37F 07 30 30 4 64

    AT: Atividades Tericas, AP: Atividades Prticas, APS: Atividades Prticas Supervisionadas, AD: Atividades a Distncia, APCC: Atividades Prticas como Componente Curricular.

    PR-REQUISITO PF35F - Propriedades fsico-mecnicas da madeira EQUIVALNCIA No h

    OBJETIVOS Fornecer conhecimentos aos acadmicos sobre os aspectos de conduo e produo de madeira serrada e secagem da madeira, possibilitando com isso destinar o melhor uso para essa produto. Objetivos Especficos: Apresentar e treinar os acadmicos nos conceitos e fundamentos bsicos do processamento da madeira e de sua secagem. Fornecer conhecimento para identificar e proceder com a melhor tcnica para a gerao de produtos de qualidades com menores custos e com o mnimo impacto ao meio ambiente. .

    EMENTA Definio e classificao de serrarias. Operaes de desdobro da madeira. Mquinas para serrar madeira. Planejamento para instalao de uma serraria. Tcnicas de serraria. Sistemas de desdobro. Manuteno de serras. Uso de resduos florestais. Projetos de indstrias madeireiras. Planejamento e controle da produo. Fatores que afetam a secagem: fatores fsicos, inerentes ao ambiente de secagem e preparao da madeira para secagem. Mtodos de secagem: natural e artificial. Programao de secagem. Defeitos da madeira. Defeitos causados pela secagem inadequada. Custos de secagem.

    CONTEDO PROGRAMTICO ITEM EMENTA CONTEDO

    1 Definio e classificao de serrarias Generalidades, histrico e conceitos

    2 Operaes de desdobro da madeira.

    Desdobro primrio; Desdobro secundrio, resserragem, refilo, destopo e reaproveitamento.

    3 Mquinas para serrar madeira. Serras fitas e serras circulares

    4 Planejamento para instalao de uma serraria.

    Fatores a serem observados quanto localizao da serraria; Estudos para a instalao propriamente dita da serraria; Diviso de uma serraria; Layout da serraria

    5 Tcnicas de serraria. Tcnicas convencionais de serrarias; Tcnicas modernas de serrarias.

    6 Sistemas de desdobro. Classificao dos sistemas de desdobro

    7 Manuteno de serras. Dentes de serras; Travamento das lminas; Afiao das serras; Tensionamento das lminas; Equipamentos e ferramentas para manuteno de serras; Principais defeitos nas serras e suas causas.

  • 8 Uso de resduos florestais. Principais usos e resduos florestais

    9 Projetos de indstrias madeireiras.. Localizao da indstria; Arranjo fsico; O ambiente na indstria; Instalaes da indstria; Segurana na indstria; Edificaes industriais.

    10 Planejamento e controle da produo. Evoluo da estrutura de organizao da empresa; Organizao de uma empresa; Planejamento e controle na indstria.

    11

    Fatores que afetam a secagem: fatores fsicos, inerentes ao ambiente de secagem e preparao da madeira para secagem

    Origem da gua na madeira sua localizao; Influncia da umidade da madeira nas suas caractersticas fsicas e mecnicas; Influncia da anatomia da madeira na secagem; Mtodos dos tipos de preparao da secagem da madeira.

    12 Mtodos de secagem: natural e artificial

    Secagem natural: Fatores que determinam a velocidade da secagem; Ptio de secagem; arranjo da pilha de secagem; empilhamento da madeira e custo Secagem artificial: Secagem na cmara; secagem a baixa temperatura; Secagem convencional; Secagem a alta temperatura; conduo e avaliao da secagem;

    13 Programao de secagem Fase de aquecimento; fase de secagem; fase de uniformizao/acondicionamento; Programas tempo-temperatura; programa umidade-temperatura; programas baseados no potencial de secagem.

    14 Defeitos da madeira. Defeitos naturais da madeira: N; Gr; Madeira juvenil e adulta, Tenso de crescimento; Madeira de reao.

    15 Defeitos causados pela secagem inadequada Empenamentos; Colapso; Endurecimento superficial; Rachaduras de topo e superfcie; Rachaduras internas; Manchas.

    16 Custos de secagem Custos fixos e custos variveis da secagem da madeira

    PROCEDIMENTOS DE ENSINO AULAS TERICAS Aula expositiva dialogada utilizando-se de quadro e recursos udios-visuais. AULAS PRTICAS Ser realizada em laboratrios e no campo.

    PROCEDIMENTOS DE AVALIAO Ser realizada atravs de provas e trabalhos.

    REFERNCIAS Referencias Bsicas: NENNEWITZ, I. Manual de tecnologia da madeira. So Paulo: Blucher, 2008. 354 p. BORGNAKKE, C.; SONNTAG; EDWIN R. Fundamentos da termodinmica. So Paulo, SP: E.Blucher, 2009. xviii, 659p. VITAL, B. R. Planejamento e operao de serrarias. Viosa: UFV, 2008. 211 p. FRANZOI, L. C. N. A secagem da madeira em estufa: secagem artificial. Bento Gonalves: SENAI/PR, 1997. 82 p. PAULS, M. Ferramentas para mquinas de usinagem de madeira. Porto Alegre: SENAI-RS, 2007. 72 p. Referncias Complementares: WEISSENSTEIN, C. Afiao de ferramentas para usinar madeira e seus derivados. Bento Goncalves, SENAI/CETEMO, 1997, 370. il p. INCROPERA, F P.; DEWITT, D. P. Fundamentos de transferncia de calor e de massa. 5. ed. Rio de Janeiro: LTC, c2003. 698 p.1 CD KREITH, F.; BOHN, M. Princpios de transferncia de calor. So Paulo: Pioneira Thomson, 2003. xxi, 623, 118, 17 p. FRANZO, L.C.N. Secagem da madeira. FIERGS/SENAI, 39p. O Eucalipto como Madeira Serrada. Instituto Florestal SP SCHWEINGRUBER F. H.WOOD STRUCTURE AND ENVIRONMENT. Editora: Springer. 2009.

  • 279p. ZENID, G.J. Noes de classificao de toras e de madeiras serradas - publicao IPT 1815. So Paulo. Instituto de Pesquisa Tecnolgicas, 1990. 62p. GONALVES M. T. T. Processamento da Madeira. Bauru, SP: 2000. 245p.

    Assinatura do Professor Assinatura do Coordenador do Curso