#6_03|04|2013_augusto de franco empresa e inovação na sociedade em rede março 2013

Download #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAÇÃO NA SOCIEDADE EM REDE março 2013

Post on 08-Aug-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    1/167

    EMPRESA E INOVAO

    Maro de 2013

    Na sociedade em rede

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    2/167

    Maro de 2013

    AUGUSTO DE FRANCO

    http://www.augustodefranco.org

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    3/167

    ATENO!

    Esta conversa s til para asempresas que esto dando certo,

    que esto crescendo...SO ELAS QUE ESTO MAIS

    VULNERVEIS AOS RISCOSSISTMICOS DA TRANSIOPARA UMA SOCIEDADE EMREDE!

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    4/167

    ababa

    ababa

    75

    15

    1937 2011

    ababa

    DURAO MDIA EM ANOS

    ANO

    75 ANOS EM 1937

    15 ANOS EM 2011

    EXPECTATIVA MDIADE VIDA DAS EMPRESAS

    Standar & Poors 500

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    5/167

    o mercado que estmatando as empresas

    UMA CONSTATAOSURPREENDENTE

    Da sociedade-em-rede Fechadas e

    piramidais

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    6/167

    O mercado no estmatando os negcios

    OUTRA CONSTATAOSURPREENDENTE

    Da sociedade-em-rede Abertos e

    distribudos

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    7/167

    Especulando sobre tendncias (1)

    A cada ano a expectativa de vida mdia da empresa(tradicional) se reduz em pelo menos 1 ano.

    Entre 2020 e 2030 uma empresa (tradicional) poderdurar em mdia de 5 a 3 anos.

    Mas quando isso acontecer o nmero de negcios ter

    aumentado de 1 empresa centralizada para cada 70habitantes para 1 relao de negcio distribuda para

    cada 10.

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    8/167

    Especulando sobre tendncias (2)

    2012 2030: o nmero de negcios pode passarde 1 empresa-centralizada para cada 70 habitantespara 1 relao de negcio distribuda para cada 10

    habitantes: de 100 para 700 Mi

    Crowdbusiness

    (Mercado de Rede)

    Peer-Production

    Personal Factory

    Movements

    Terceira Revoluo Industrial ?

    Prosumers

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    9/167

    RISCOSISTMICO

    rs

    RIUS ?

    Grfico meramente ilustrativo

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    10/167

    AS VARIVEIS C P I SESTO RELACIONADAS DE MODO SISTMICO

    CRESCIMENTO

    PRODUTIVIDADE

    INOVATIVIDADE

    SUSTENTABILIDADE

    Grfico meramente ilustrativo RISCO SISTMICO

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    11/167

    RISCOSISTMICO

    Pode haver riscosistmico quando

    algumas relaesperigosas entre asvariveis C, P, I e S se

    estabelecem.

    Grfico meramente ilustrativo

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    12/167

    RISCOSISTMICO

    Grfico meramente ilustrativo

    Perda de produtividadeem funo de alto

    crescimento

    C

    P

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    13/167

    The 3/2 Law

    The 3/2 ruleof employeeproductivity

    Quando voctriplica o nmerode funcionrios, a

    produtividade caipela metade.

    (Anlise do TheCYBAEA Journallooked at profit-

    per-employee at475 of the S&P500)

    The 3/2 Law

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    14/167

    RISCOSISTMICO

    Grfico meramente ilustrativo

    Perda de produtividadeem funo de baixa

    inovatividade

    P

    I

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    15/167

    RISCOSISTMICO

    Grfico meramente ilustrativo

    Quando incidemsimultaneamente

    podem configurarrisco sistmico

    PI

    C

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    16/167

    RISCOSISTMICO

    Grfico meramente ilustrativo

    Perda desustentabilidade em

    funo de baixainovatividade

    I

    S

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    17/167

    RISCOSISTMICO

    Grfico meramente ilustrativo

    Perda desustentabilidade em

    funo de altocrescimento

    S

    C

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    18/167

    RISCOSISTMICO

    Grfico meramente ilustrativo

    O sistema no pode maisse manter como tal.

    Mesmo que continuecrescendo, pode colapsar aqualquer momento!

    S

    C

    IP

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    19/167

    RISCOSISTMICO

    Grfico meramente ilustrativo

    o risco do sistema sedesconstituir ou morrer,

    quer dizer, perdersustentabilidade!

    S

    C

    IP

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    20/167

    O RISCO SISTMICO TENDE A CAIRCOM A TRANSIO PARA REDE

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    21/167

    TRANSIO PARA REDE

    O QUE

    REDE?

    PORQUE?

    O QUE

    HARDWARE?

    O QUE E COMOFAZER A TRANSIO?

    TRANSIO ORGANIZACIONALCOMO MUDANA DE HARDWARE

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    22/167

    O MUNDO J EST EM REDE

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    23/167

    Negciossero paraqualquerum

    Negciosseroinovao

    Negciossero emrede

    O MUNDO DOS NEGCIOSNA SOCIEDADE-EM-REDE

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    24/167

    Conhecimentomais disponvel

    Capital inicialmenosrelevante

    Relaespolticas maisdemocrticas

    NEGCIOS PARA QUALQUER UM NOSH I G H LY C O N N E C T E D W O R L D S

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    25/167

    NEGCIOS SERO INOVAO

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    26/167

    INOVAO RELAO

    Toda inovao surge por polinizao mtua,

    por fertilizao cruzada

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    27/167

    Unidades administrativo-produtivas fechadasno conseguiro acompanhar

    o ritmo das inovaes

    MUNDOS ALTAMENTE CONECTADOS

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    28/167

    NEGCIOS SERO EM REDE

    Mas o que so redes?

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    29/167

    As redes sociaisso as sociedades

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    30/167

    SOCIEDADES-EM-REDE

    ESTO EMERGINDO

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    31/167

    REDES MAIS DISTRIBUDAS DO QUECENTRALIZADAS ESTO SURGINDO

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    32/167

    O MUNDO TODO EST EM REDE

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    33/167Pois ...

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    34/167No ?

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    35/167 isto a!

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    36/167

    NO APENAS UM MUNDO

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    37/167

    Mundos em rede

    Mundos em rede

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    38/167

    Muitos mundos em rede (no plural)

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    39/167

    HIGHLY CONNECTED WORLDS

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    40/167

    MAS... NOSSAS INSTITUIESNO SO REDES

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    41/167

    O QUE FAZER?

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    42/167

    Ningum pode entender os

    mltiplos mundos sociais emrede que esto se configurandose no entender o que rede!

  • 8/23/2019 #6_03|04|2013_Augusto de Franco EMPRESA E INOVAO NA SOCIEDADE EM REDE maro 2013

    43/167

    PARA ENTENDER O QUE REDE

    1 - Descentralizao Distribuio

    2 - Participao Interao3 - Site da Rede Re