58119445 Relacao Transacoes SPRO Configuracao

Download 58119445 Relacao Transacoes SPRO Configuracao

Post on 08-Aug-2015

69 views

Category:

Documents

11 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<p>Ttulo:</p> <p>SAP</p> <p>TR</p> <p>Menu Path:</p> <p>Desenho da Configurao:</p> <p>Prerequisitos de Configurao:</p> <p>Razo da Configurao:</p> <p>Dep. Centro Comentrio / Diviso No No</p> <p>Definir pases Definir pases</p> <p>FI FI</p> <p>OY01</p> <p>Opes globais &gt;Definir pases Opes globais &gt;Definir pases &gt;Definir pases</p> <p>No modelo standard j vem configurado o Pas " BR ", no entanto temos que definir quais as moedas que sero utilizadas, ou seja, moeda de indexao (UFIR) e moeda forte (USD).</p> <p>Verificar cdigos de moeda</p> <p>FI</p> <p>OY03</p> <p>Opes globais &gt;Moedas &gt;Verificar cdigos de moeda</p> <p>Verificar categorias de taxa de cmbio</p> <p>FI</p> <p>OB07</p> <p>Nesta transao esto definidos todos os cdigos de moeda que se pode utilizar no sistema. A definio do cdigo da moeda, est diretamente relacionado com o Pais onde esta localizada a empresa, para o Brasil estamos adotamos o seguinte critrio: 10 - Moeda Local --&gt; Real moeda do Brasil, definida pela sigla "BRL" 40 - Moeda Forte --&gt; A opo foi pelo Dolar, definida pela sigla "USD" 50 - Moeda ndice --&gt;Foi cadastrada a UFIR que era o ltimo fator de indexao utilizado Opes globais &gt;Moedas &gt;Verificar categorias de A categoria de taxa de cmbio define como ser convertida a moeda. Para taxa de cmbio cada categoria de taxa de cmbio efetivamente utilizada no sistema necessrio cadastrar a taxa de converso que ser utilizada. Novas entradas &gt; CgC : 0011 Utilizao: Taxa fixa dolar final Moeda base: no informar No informar mais nenhum campo. Gravar &gt;</p> <p>Para esta configurao primeiramente temos criar o codigo da moeda, conforme configurao 010011 e transao OY03.</p> <p>Esta configurao necessria para as converses automticas dos documentos contabeis para as moeda de indexao e moeda forte.</p> <p>Foi necessrio criar a moeda UFIR que no existia no sistema standard. No Foi definido que para moeda forte iremos usar o Dolar (USD) e para moeda ndice usaremos a UFIR, mais no estaremos ativando a converso da moeda ndice, devido a no termos informao oficial do governo qual seria a moeda. Para atendimento do US-GAAP e tendo em vista a utilizao do Mdulo de Ativo Fixo AM, foi necessrio criar a moeda RA$ = Reais ADR. Na transao OBBS, foi feita a paridade : BRL para RA$ = 1; RA$ para BRL = 1. As categorias de taxa de cmbio que sero utilizadas no projeto so: No M - para todas as converses reais P - usada para planejamento de custos T - Converso standard p/planej Tendncia N1 - Converso standard p/planej Negociado 1 N2 - Converso standard p/planej Negociado 2 definiu-se que todas as categorias teriam BRL como moeda base. Assim s necessrio cadastrar a taxa entre as moedas estrangeiras para BRL. Todas as converses necessrias so realizadas a partir destas taxas. Exemplo: GBP (Libra Esterlina) --&gt; USD (Dlar USA) = GBP --&gt; BRL * 1/(USD --&gt; BRL ) Deverr ser utlizada tambm a categoria "0011", para utilizao especfica para o Mdulo de LC, tendo em vista as Sociedades Internacionais. Essa categoria utilizar o cotao do ltimo dia de final de ms. Dever ser informado para o primeiro dia do ms que est sendo encerrado. Por exemplo: Para converso da Moeda ARS = peso argentino, o valor do peso a ser informado aquele referente (por exemplo) ao dia 30.04.2000, mas dever ser informado a partir de 01.04.2001 na transao OB08. necessaria para a converso das moedas com as quais a Empresa No Esta configurao definiu que ira trabalar. No mnimo necessrio cadastrar os fatores de converso entre Moeda do Pais, Moeda Forte e Moeda ndice. Como BRL moeda base para qualquer outra moeda s ser necessrio cadastrar a relao entre esta e o BRL (a princpio de XXX para BRL E de BRL para XXX). Para as categorias planejadas basta estabelecer a taxa entre USD e BRL (de USD para BRL E de BRL para USD). Possivelmente esta configurao ter de ser revista para pases fora do Brasil onde ser necessrio cadastrar a relao entre estas moedas e o BRL. Basicamente, para a categoria M que ser usada para converso de valorer reais (reais em oposio a planejado) temos as moedas BRL, USD e UFIR na paridade de 1 X 1, isto significa que teremos uma converso unitria de moeda, ou seja: BRL x UFIR BRL x USD UFIR x BRL USD x BRL BRL x RA$ RA$ x BRL para que os documentos contbeis, tenham seus valores convertidos em Necessrio No</p> <p>Definir fatores de converso para conver</p> <p>FI</p> <p>OBBS</p> <p>Opes globais &gt;Moedas &gt;Definir fatores de converso para converso de moeda</p> <p>O standard do SAP traz vrias moedas, deveremos cadastrar as converses das moedas que deveremos utilizar. O fator de converso serve para determinar qual a paridade em ordem de grandeza entre as moedas. Assim a Lira Italiana deve ter uma taxa de 1000: 1 com o dlar porque permitira definir a taxa de converso entre as duas moedas usando um maior numero de algarismos significativos ( 1 : 0,98350 ao invs de 1:0,00098). necessrio cadastrar um fator de converso para toda a combinao de categoria de taxa de cmbio e moeda que se pretenda utilizar no sistema.</p> <p>Para esta converso temos que ter configurado antes na transao OY03 - Verificar cdigo de Moeda, as moedas BRL, USD e UFIR, ver configurao 010015010, assim como as categorias de cmbio: 010015020, transao OB07. Para atendimento do US-GAAP e tendo em vista a utilizao do Mdulo de Ativo Fixo - AM, foi necessrio criar a moeda RA$ = REAIS ADR. e tambm a moeda UFIR A paridade de BRL para RA$ e RA$ para BRL, igual a 1. A paridade de BRL para UFIR e UFIR para BRL, igual a 1.</p> <p>Entrar taxas de cmbio FI</p> <p>OB08</p> <p>Opes globais &gt;Moedas &gt;Entrar taxas de cmbio</p> <p>Verificar unidades de medida Atualizar o calendrio</p> <p>MM MM</p> <p>CUNI OY05</p> <p>Opes globais &gt;Verificar unidades de medida Opes globais &gt;Atualizar o calendrio</p> <p>Esta configurao servir para as converses das moedas com as quais a empresa ira trabalhar. A tabela dever ser atualizada toda vez que houver variao entre uma moeda passvel de ser transacionada pela empresa e a moeda base = BRL. S necessrio cadastrar a taxa de cmbio das diversas moedas para BRL. Todas as outras taxas so derivadas a partir desta configurao, j que BRL a moeda base de todas as categorias de taxa de cmbio usadas pelo projeto. A principo a atualizao ser diria, a partir de uma interface da EG. Use esse roteiro para Verificar as Unidades de Medidas</p> <p>As moedas forte e ndice devero estar criadas na empresa conforme moeda forte ou moeda ndice conforme a apresentao que se deseja fazer. TCOE's ns. 010015010; 010015015; 010015020; 010015025; 010015030 ATENO: e 010015035. Alguma configurao adicional foi necessria para evitar que um erro em MM/SD fosse gerado quando se entrava transaes em moeda estrangeira. Esta configurao esta destacada abaixo.</p> <p>No No</p> <p>Definir caract.exibio de campos relati</p> <p>PP</p> <p>SHD0</p> <p>Opes globais &gt;Caractersticas de exibio de campos &gt;Definir caract.exibio de campos relativas a transaes Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Contabilidade As sociedades so os elementos hierrquicos que definem o nvel mnimo financeira &gt;Atualizar sociedade ao qual se pode fazer eliminao no mdulo de FI-LC (Consolidao Legal). Em geral tem relao 1:1 com as empresas definidas no FI-GL (Contabilidade Geral - Razo). Cada Empresa criada em FI-GL dever tambm ser criada no LC como Sociedade. Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Contabilidade Empresas so as estruturas organizacionais do SAP que permite extrair financeira &gt;Definir, copiar, eliminar, verificar todos os livros necessrios para a contabilizao legal. empresa Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Contabilidade Diviso so cdigos de cadastramento utilizados para identificaes das financeira &gt;Atualizar diviso unidades existentes e para associao com sua respectiva matriz (empresa). Pode-se extrair relatrios contbeis por diviso. Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Contabilidade rea Funcional um elemento organizacional de uso facultativo na financeira &gt;Atualizar rea de funo Contabilidade que permite trazer alguma caracterstica tpica dos Centros de Custos, para uso em relatrios em Report Painter/Writer ou para uso nos mdulos FI-GL e FI-LC.</p> <p>Devem j ter sido cadastrados: Depurao das telas relativas s transaes MF40, MF4A, MF4U e CO15 material, centro, Dep. receptor, lote receptor, verso de produo, ordem de produo, linha de produo</p> <p>No</p> <p>Atualizar sociedade</p> <p>FI</p> <p>OX15</p> <p>Definir, copiar, eliminar, FI verificar emp</p> <p>OX02</p> <p>Para cada empresa cuja contabilidade obtida no prprio SAP foi criada uma sociedade No com o mesmo cdigo da empresa. Para as empresas cuja a contabilizao somente informada por uma interface de saldo contbil ao final do ms foi criada uma sociedade (999999) para agrupar todas estas empresas. Conforme as empresas forem sendo incorporadas para o SAP o novo cdigo deve ser criado e a associao com o novo cdigo estabelecida. As empresas Antarticas esto definidas. Grande parte das empresas empresa "x" foram No identificadas e tam0bm includas, porm existe a necessidade de se verificar a necessidade da incluso de novas empresas dentro do SAP, a fim de que todas sejam consolidadas e tambm da verificao dos dados j includos das empresas empresa "x". Foram definidas atravs da Entidade Global (EG) os novos cdigos para as unidades Sim empresa "x". So atravs desses cdigos associados as unidades que efetuam-se todos os registros contbeis e fiscais. Foram definidas 7 reas funcionais (este atributo ser derivado diretamente do campo tipo No de centro de custo, no cadastro do centro de custo) para o projeto: ADM Administrativo CDCM Comercial - CDD CDDI Distribuio - CDD COML Comercial DIST Distribuio MOD Direto MOI Indireto Estamos configurando uma nica rea de contabilidade de custos para que possamos No consolidar todas as operaes contbeis gerenciais de todo o grupo empresa "x". A moeda da rea de contabilidade de custos ser USD. No No</p> <p>Atualizar diviso</p> <p>FI</p> <p>OX03</p> <p>Atualizar rea de funo FI</p> <p>OKBD</p> <p>Definir, copiar, eliminar, CO verificar re Atualizar rea de CO resultado Determinar nvel de MM avaliao Definir, copiar, eliminar, MM verificar cen</p> <p>OX06</p> <p>KEP8 OX14 OX10</p> <p>Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Controlling &gt;Definir, copiar, eliminar, verificar rea contabil.custos Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Controlling &gt;Atualizar rea de resultado Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Logstica geral &gt;Determinar nvel de avaliao Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Logstica geral &gt;Definir, copiar, eliminar, verificar centro - Definir Centros - Copiar, eliminar, verificar Centros (escolher esta opo) Estrutura da empresa &gt;Atribuio &gt;Logstica geral &gt;Atribuir centro/rea avaliao - setor atividade -&gt; diviso Estrutura da empresa &gt;Definio &gt; Logstica geral &gt;Definir, copiar, eliminar, verificar setor de atividades &gt; Definir setor de atividade</p> <p>Selecionar ao Atualizar rea de contabilidade de custos. Clicar no boto Plano de contas deve estar criado. Selecionar. Clicar no boto Novas Entradas. Preencher a tela conforme abaixo.</p> <p>Atribuir centro/rea avaliao - setor a Definir setor de atividade</p> <p>SD</p> <p>OMJ7</p> <p>A criao de Centros deve ser feita em duas etapas: a) Copiar, eliminar, verificar Centros b) Definir Centros Na etapa 'a' cria-se o centro como cpia de um centro standard e na opo 'b' faz-se atualizao do centro, ou seja, atualiza-se o nome e os dados cadastrais.</p> <p>Definir hierarquia.</p> <p>Centro um local de trabalho e determina onde os materiais sero armazenados.</p> <p>Sim</p> <p>Sim</p> <p>SD</p> <p>OVXB</p> <p>O setor de atividade representa uma linha de produtos (tipo de produto na EG) comercializada pela empresa. Ele associado ao material no cadastramento dos dados bsicos do mesmo e utilizado, entre outras coisas, para determinar a diviso e o esquema de preos. So exemplo de setores de atividade: cerveja, refrigerante, concentrado, extrato, agua, gases, malte, xarope simples, isotonico, agua mineral, cha, aguardente, materiais, produto em processo e sub-produto.</p> <p>No h.</p> <p>Ela necessria para o cadastramento de materiais e na determinao de diviso e de esquema de clculos, entre outras.</p> <p>No</p> <p>Definir organizao de vendas</p> <p>SD</p> <p>OVX5</p> <p>Definir canal de distribuio</p> <p>SD</p> <p>OVXI</p> <p>Estrutura da empresa &gt;Definio &gt; Vendas e c No h. distribuio &gt; Definir, copiar, eliminar, verificar organizao de vendas &gt; Definir organizao de vendas Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Vendas e Canais de Distribuio so usados para definir os tipos de clientes No h. distribuio &gt;Definir, copiar, eliminar, verificar disponveis para distribuir os produtos de uma empresa. canal de distribuio &gt; Definir o canal de distribuio A configurao do canal de distribuio foi feita de acordo com os tipos de clientes existentes no cadastro da EG Clientes e est vinculada ao cliente no mestre de clientes. O atendimento dos clientes pode ser feito atravs de vrios canais de distribuio de uma organizao de vendas Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Administrao Use esse roteiro para criar os depsitos existentes nos centros definidos de materiais &gt;Atualizar depsito para a Empresa.</p> <p>S possvel efetuar vendas atravs da OV.</p> <p>No</p> <p>As vendas devem ser sempre realizadas atravs de um canal de distribuio.</p> <p>No</p> <p>Atualizar depsito</p> <p>MM</p> <p>OX09</p> <p>Sim</p> <p>Automtico pela cpia de Centros</p> <p>Atualizar organizao de compras Definir local de expedio</p> <p>MM</p> <p>OX08</p> <p>Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Administrao Teclar "Novas Entradas". Criar organizaes de compras de materiais &gt;Atualizar organizao de compras Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Logistics O local de expedio representa o nvel organizacional mais alto da No h. Execution &gt;Definir, copiar, eliminar, verificar local expedio. Um local de expedio pode ser um local onde as remessas so de expedio &gt; Definir local de expedio processadas ou um grupo de funcionrios responsvel pelo atendimento inicial do veculo. Pontos de expedio no so associados a unidades organizacionais destinadas a produo ou armazenamento. Sendo assim, pontos de expedio podem ser definidos para mais de um centro Foi definido que para cada centro deve ser criado um local de expedio com mesmo cdigo e nome do centro. Locais que no utilizam a funcionalidade de emisso de NF no necessitam de local de expedio. Estrutura da empresa &gt;Definio &gt;Logistics Execution &gt;Atualizar local de carga</p> <p>Definir as organizaes de compra.</p> <p>No</p> <p>SD</p> <p>OVXD</p> <p>Toda remessa / fornecimento tem origem em um local de expedio determinado</p> <p>Sim</p> <p>Atualizar local de carga SD</p> <p>OVX7</p> <p>Criar apenas para os locais de Possibilitar ao usurio colocar o local de carga no SAP para a gerao da ABAP QUERY No expedio que so de Fbricas. No de grade horrio do produto acabado podem ser criados para os CDD's As organizaes de transporte devem ser criadas com mesmo cdigo e Criao dos Centros pelo MM. As nome dos centros. necessrio uma organizao de transporte para cada organizaes de transporte devem centro. Os CD no necessitam de organizao de transporte. ser criadas com mesmo cdigo e nome dos centros. necessrio um Na tela "Modificar viso locais de organizao do transporte": sntese, organizao de transporte para cada efetue o seguinte procedimento: centro. O objetivo do sistema de transporte criar funes para planejamento e processamento de transporte. Os locais de organizao de transporte, no fazem parte de nenhuma hierarquia especfica. O SAP...</p>