3ª aula conceitos básicos sobre medicamentos

Download 3ª aula   conceitos básicos sobre medicamentos

Post on 16-Dec-2014

31.569 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Conceitos e Definições aplicados ao medicamento e aos estabelecimentos que o comercializem

TRANSCRIPT

  • 1. Conceitos Bsico sobre medicamentos Prof Cludio Lus Venturini

2.

  • Medicamento no pode sertido como uma mercadoria qualquer, disposio dos consumidores e sujeito s leis do mercado.Ele,antes de tudo, um instrumento do conjunto de aes e medidas utilizadas para apromoo e recuperao da sade

3. Conceitos

  • Estabelecimento de manipulao de frmulas magistrais e oficinais, de comrcio de drogas, medicamentos, insumos farmacuticos e correlatos, compreendendo o de dispensao e o de atendimento privativo de unidade hospitalar ou de qualquer outra equivalente de assistncia mdica;

Farmcia

  • Estabelecimento de dispensao e comrcio de drogas, medicamentos, insumos farmacuticos e correlatos em suas embalagens originais;

Drogaria 4. 5. Conceitos

  • Origem da palavra
    • Do baixo alemodroghevate , expresso que designava o recipiente onde se guardavam as ervas secas.
    • Do neerlandsdroog , que quer dizer seco.
    • Do cltico, com a acepo de m qualidade.
      • drougem breto, edrochem irlands.
  • Toda substncia orgnica ou inorgnica empregada como ingrediente de tinturaria, qumica ou farmcia.
  • Drogas medicinais
    • Origem animal, vegetal ou mineral.
    • Substncia que modifica a funo fisiolgica com ou sem inteno benfica

Droga No sculo XX a palavradrogaganhou um novo significado, passando a ser empregada como sinnimo de txico. O verbodrogare o seu particpio passado,drogado , expressam, respectivamente, o uso de txicos e o estado decorrente da ao deste. 6. Conceitos Remdio

  • Remedium(latim) ,aquilo que cura.
  • Qualquer substncia ou recurso utilizado para curar ou aliviar doenas, sintomas, desconforto e mal-estar
    • Substncia animal, vegetal, mineral ou sinttica,
    • Procedimento; f ou crena.
  • Preparados caseiros
    • ch, compressas
  • Meios fsicos
    • Radioterapia, massagem
    • Meios psquicos
      • psicanlise, tratamento psicolgico

7.

  • Do gregophrmakon
    • Qualquer substncia capaz de atuar no organismo, seja em sentido benfico ou malfico.
  • Termo utilizado para designar uma substncia nica, orgnica ou inorgnica, de composio qumica conhecida, capaz de modificar uma funo fisiolgica j existente.
    • Apresenta duplo sentido
      • Medicamento
      • Veneno

Conceitos Frmaco 8. Conceitos

  • Placere(latim)
    • Agradarei
  • Substncia inerte ou inativa, a que se atribui certas propriedades e que, ingerida, pode produzir um efeito que suas propriedades no possuem.
  • Dicionrio mdico Hooper
    • Nome dado a qualquer medicamento administrado mais para agradar do que beneficiar o paciente".
  • O placebo pode ser eficaz porque pode reduzir a ansiedade do paciente, revertendo:
    • Aumento da frequncia cardaca e respiratria
    • Produo e liberao de adrenalina na circulao sangunea
  • O efeito placebo pode ainda ser usado para testar a validade de medicamentos ou tcnicas verdadeiras

Placebo Antes de mais nada, no cause danos (Hipcrates) 9. Conceitos

  • Deriva
    • Medicamentum(Latim)
      • vocbulo que tem o mesmo tema de mdico, medicina, medicar
      • beberagem mgica, bruxaria, feitio.
    • Medeor(Latim)
      • significa cuidar de, proteger, tratar
  • So substncias produzidas com rigoroso controle tcnico para atender s especificaes determinadas pela Anvisa em laboratrios (Industrias) sob a fiscalizao de um farmacutico.
  • todo frmaco ou droga,isolado ouemassociao, adicionado desubstncias quelheconferemtamanho, forma, estabilidadeeoutros fatores, convenientemente preparadoepronto para utilizao emrotinasdepreveno, diagnstico e teraputica

Medicamentos 10. Conceitos

  • Alopticos
    • Contraria contrariis curantur
      • Contrrios so curados por contrrios
      • Princpio seguido porGalenoque estabeleceu tambm as bases daalopatia
    • Medicamentos que produzem no organismo, efeitos contrrios aos da doena.
    • Medicamentos alopticos so produzidos nas indstrias em larga escala, ou em farmcias de manipulao de acordo com a prescrio mdica.
    • So os principais produtos farmacuticos vendidos nas farmcias e drogarias.

Medicamentos - Tipos 11. Conceitos

  • Fitoterpicos
    • Medicamento farmacutico obtido por processos tecnologicamente adequados, empregando-se exclusivamente matrias-primas vegetais, com finalidade profiltica, curativa, paliativa ou para fins de diagnstico.
    • caracterizado pelo conhecimento da eficcia e dos riscos de seu uso, assim como pela reprodutibilidade e constncia de sua qualidade.
    • No se considera medicamento fitoterpico aquele que, na sua composio, inclua substncias ativas isoladas, de qualquer origem, nem as associaes destas com extratos vegetais.

Medicamentos - Tipos 12. Conceitos

  • Homeopticos
    • Similia similibus curantur
      • Semelhante cura semelhante .
    • Medicamento homeoptico qualquer substncia, submetida a um processo conjunto de diluio e dinamizao, capaz de provocar tanto o surgimento de sintomas fsicos e psquicos no homem sadio como o desaparecimento destes mesmos sintomas numa pessoa doente.
  • Manipulados
    • Preparados para atender a uma prescrio mdica especfica, em doses adequadas ao paciente. Qualquer medicamento, aloptico, fitoterpico ou homeoptico, pode ser manipulado.

Medicamentos - Tipos 13.

  • Referncia
    • Medicamento inovador registrado no rgo federal responsvel pela vigilncia sanitria e comercializado no pas, cuja eficcia, segurana e qualidade foram comprovadas cientificamentejunto ao rgo federal competente, por ocasio do registro.

Conceitos Medicamentos - Tipos 14.

  • Similar
    • Aquele que contm o mesmo ou os mesmos princpios ativos, apresenta a mesma concentrao, forma farmacutica, via de administrao, posologia e indicao teraputica, que equivalente ao medicamento registrado no rgo federal responsvel pela vigilncia sanitria, podendodiferirsomente em caractersticas relativas ao tamanho e forma do produto, prazo de validade, embalagem, rotulagem, excipientes e veculos, devendo sempre ser identificado por nomecomercial ou marca .

Conceitos Medicamentos - Tipos 15.

  • Similar
    • Resumindo:
      • Contm, em relao ao medicamento de referncia, igual:
        • frmaco;
        • concentrao;
        • forma farmacutica;
        • via de administrao;
        • posologia;
        • Indicao.
      • No foi submetido ao estudo de bioequivalncia.

Conceitos Medicamentos - Tipos 16.

  • GENRICO
    • Medicamentos que possuem omesmo princpio ativo , namesma dosee namesma forma farmacutica , sendo administrados pelasmesmas viase com amesma indicao teraputicado medicamento de referncia, com o qual deve serintercambive l.
    • Esse tipo de medicamento se constitui numa verdadeiracpia do medicamento de referncia , s podendo ser produzido aps aexpirao da patentedeste ou no caso de haverrenncia de proteo patentriaou deoutros direitos de exclusividade .
    • Alm disso, para serem registrados no Ministrio da Sade devem ser submetidos atestes de equivalncia farmacuticaebioequivalncia , a fim de que se possa comprovar aidntica composio qualitativa e quantitativados princpios ativos, os quais devem ser absorvidos da mesma forma ( em termos de velocidade e extenso ) da dosagem de um medicamento de referncia.

Conceitos Medicamentos - Tipos 17.

  • GENRICO
    • Resumindo:
      • Produzido aps a expirao da proteo patentria ou de ou