36523072 apostila-libras-basico (grifo)

Download 36523072 apostila-libras-basico (grifo)

Post on 07-Jul-2015

371 views

Category:

Education

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Centro Federal de Educao Tecnolgica de Santa CatarinaUnidade So Jos Coordenadoria de Cultura GeralNcleo de Estudos e Pesquisas em Educao de SurdosAPRENDENDO LNGUA BRASILEIRA DESINAIS COMO SEGUNDA LNGUA NVEL BSICO1</li></ul><p> 2. REALIZAOLuiz Incio Lula da SilvaPresidente da RepblicaFernando Haddad Ministro da Educao Eliezer PachecoSecretrio da Educao Profissional e TecnolgicaSETEC-MEC CENTRO FEDERAL DE EDUCAO TECNOLGICA DE SANTACATARINA CEFET/SC Consuelo Aparecida Sielski SantosDiretora GeralRegina Rogrio Vice-Diretora Geral Nilva SchroederDiretora de EnsinoRosangela Mauzer Casarotto Diretora de Administrao e Planejamento Marcelo Carlos da SilvaDiretor de Relaes Externas Maria Clara SchneiderDiretora de Ps-Graduao e PesquisaWilson ZapelliniDiretor de Gesto do Conhecimento CEFET/SC UNIDADE SO JOSJorge Pereira Diretor da Unidade So JosMaria Lcia de Souza CidadeCoordenadora de Cultura GeralNCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM EDUCAO DE SURDOS - NEPESVilmar Silva Coordenador do NEPESKelly Machado Pinho da Rosa e Simone Gonalves Lima da SilvaArte Final Srgio Barbosa JniorIlustraes OriginaisMara Lcia Masutti Reviso gramatical2 3. CENTRO FEDERAL DE EDUCAO TECNOLGICA DE SANTA CATARINA CEFET/SCNCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM EDUCAO DE SURDOS NEPESAPRENDENDO LIBRAS COMO SEGUNDALNGUA NVEL BSICOCADERNO PEDAGGICO ICURSO DE LIBRASFbio Irineu da Silva Flaviane ReisPaulo Roberto GautoSimone Gonalves de Lima da Silva Uslei Paterno SANTA CATARINA, 20073 4. APRESENTAO O curso de Libras desenvolvido pelo Ncleo de Estudos e Pesquisasem Educao de Surdos NEPES do Centro Federal de Educao Tecnolgicade Santa Catarina CEFET/SC pretende ser um meio difusor da Lngua e dacultura do povo surdo. Almejamos oferecer um suporte intelectual para quemdesejar conhecer e se aprofundar no idioma dos surdos brasileiros, ou seja, naLngua Brasileira de Sinais LIBRAS. O NEPES vem realizando estudos e pesquisas em Educao de Surdosdesde 1994, experincia que envolve tanto aspectos polticos, culturais epedaggicos como as metodologias de ensino nos diversos nveis deescolarizao. Hoje, o NEPES mantm um curso de Ps-graduao lato sensu emEducao de Surdos, um curso de Ensino de Jovens e Adultos surdos EJABilnge, tendo formado em setembro de 2006 uma turma de Ensino MdioBilnge. Alm dos diversos cursos profissionalizantes e bsico de Libras paraalunos, funcionrios, docentes e famlias de surdos. Para saber mais sobre otrabalho do NEPES visite www.sj.cefetsc.edu.br/~nepes. A Lngua Brasileira de Sinais uma lngua que tem ganhado espao nasociedade por conta dos movimentos surdos em prol de seus direitos, umaluta de muitos anos que caracteriza o povo surdo como um povo com cultura elngua prpria que sofre a opresso da sociedade majoritria impondo umpadro de cidado sem levar em conta as especificidades de cada um destescidados. Sendo assim, atravs de anos de luta o povo surdo conquistou odireito1 de usar uma lngua que possibilitasse no s a comunicao, mastambm sua efetiva participao na sociedade. No entanto, para que esta participao seja efetiva preciso difundir alngua, a cultura e a concepo de mundo dos surdos. E para isso o Ncleo deEstudos e Pesquisas em Educao de Surdos NEPES elaborou este material1Lei Federal n. 10.436/2002 (LEI ORDINRIA) 24/04/2002 que Dispe sobre a LnguaBrasileira de Sinais - Libras e d outras providncias.Decreto n. 5.626/2005 regulamenta a lei n 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispe sobre alngua brasileira de sinais - libras, e o art. 18 da lei n 10.098, de 19 de dezembro de 2000. 4 5. com contedos fundamentais para aprendizagem deste segundo idioma. Omaterial se constitui em etapas de aprendizagem, informaes interessantescom o tema Voc sabia...?, atividades, dinmicas e curiosidades alm dedados histricos que marcaram o incio da lngua de sinais no Brasil e nomundo.Esperamos despertar em voc o desejo de conhecer, a vontade deaprender e a capacidade compreender um novo idioma, a Lngua Brasileira deSinais.Os autores 5 6. SUMRIOEtapa I - Introduo ao aprendizado da Lngua Brasileira de Sinais Libras..............8ESTUDO DA LNGUA 1 - O que voc precisa saber antes comear?.............................. 9O que Libras?........................................................................................................................... 9Quem so os Surdos e quem so os Ouvintes?.....................................................................12Culturas e Identidades em questo......................................................................................... 13Sistema de transcrio em Libras............................................................................................ 15Principal Caracterstica das Lnguas de Sinais.....................................................................16Veja no DVD Incio de Conversa.......................................................................................17ESTUDO DA LNGUA 2 Apresentao Pessoal: Oi, seu sinal?............................. 18Atividade 1 - Alfabeto Manual Quem Quem?..................... 21Veja no DVD MEU SINAL..................22Pronomes Pessoais e Possessivos............................................................................................23Sinais em foco: Formas de cumprimento / Identificao..................................................... 24Verbos em Libras 1: LEMBRAR / ESQUECER..................25Veja no DVD BATE-PAPO EM LIBRAS - 1....................................................................... 25Curiosidades Primeira Publicao do Alfabeto Manual...............26ESTUDO DA LNGUA 3 Expresses Faciais na Libras................................................... 27Atividade 2 Qual a expresso?..............................30Atividade 3 no DVD Reconhecendo as Expresses Faciais................................................31Sinalizando: Quem? / De Quem ? / Quem ?..................................................................... 31Veja no DVD Quem? / De Quem ? / Quem ?...............................................31Sinais em foco: Pessoas, objetos e animais.............................................................................32Voc sabia...? Escrita de Sinais Sign Writing............... 33ESTUDO DA LNGUA 4 Que dia hoje?.......................................................................... 35Advrbios de Tempo e Freqncia / Calendrio...................................................................35Atividade 4 Responda rpido............................................................................................... 39Veja no DVD Dia de Prova............................................. 39Curiosidades A primeira Escola para Surdos no Brasil.................................................... 40ESTUDO DA LNGUA 5 Nmeros em Libras.................................................................. 41Atividade 5 Responda rpido............... 42Veja no DVD Tipos de Numerao em Libras.......................................................................42Sinais em foco: Localidades / Tecnologias / Caro / Barato................................................... 436 7. Verbos em Libras 3: COMPRAR / VENDER / PAGAR / TROCAR.................................... 44Veja no DVD BATE-PAPO EM LIBRAS 2...................................................................... 44Voc sabia...? Soletrao Rtmica + Atividade 6 no DVD.......................... 45REVISO DA ETAPA I........................................................................................................... 46Etapa II Produo e Compreenso de Sinais................47ESTUDO DA LNGUA 6 Na hora certa!............................................................................ 48Atividade 7 no DVD Horas em contexto................................................................................49Conversando em Libras Dilogo.......................................................................................... 50Curiosidades As Associaes de Surdos no Brasil .........................................................51ESTUDO DA LNGUA 7 Espao de Sinalizao..............................52Igual ou Diferente?.................................................................................................................... 52Atividade 8 Comparando Igual ou Diferente................. 53VEJA NO DVD Vocabulrio Cores e Vesturio + Atividade 9 Certo ou Errado?............. 53Curiosidades O Intrprete de Libras.......................54ESTUDO DA LNGUA 8 Classificadores de formas........................................................56Atividade 10 Sinalizando classificadores............................................................................58Voc sabia...? Lngua de Sinais no Mmica!!..............59REVISO DA ETAPA II.........................................................................................................60Etapa III Vocabulrio Bsico de Libras............. 61ESTUDO DA LNGUA 9 Exercitando Sinais.................................................................... 62Conversando no Banco............................. 63Conversando no Consultrio Mdico.....................................................................................64Conversando na Empresa......................................................................................................... 65Pedindo Informao..................................................................................................................66Curiosidades As Lnguas de Sinais do Mundo..............................................................67Finalizando AT O PRXIMO CURSO.......................................................................... 68REFERENCIAS BIBLIOGRFICAS........................................................................................69 7 8. ObjetivoApresentar algumas das caractersticas fundamentais da LnguaBrasileira de Sinais para iniciao ao seu aprendizado e ao contato compessoas Surdas.8 9. ESTUDO DA LNGUA 1 O que voc precisa saber antes de comear?O QUE LIBRAS?Lngua Brasileira de Sinais A Federao Nacional de Educao e Integrao de Surdos FENEISdefine a Lngua Brasileira de Sinais Libras como a lngua materna2 dossurdos brasileiros e, como tal, poder ser aprendida por qualquer pessoainteressada pela comunicao com esta comunidade. Como lngua, estcomposta de todos os componentes pertinentes s lnguas orais, comogramtica, semntica, pragmtica, sintaxe e outros elementos preenchendo,assim, os requisitos cientficos para ser considerado instrumento lingstico depoder e fora. Possui todos elementos classificatrios identificveis numa lnguae demanda prtica para seu aprendizado, como qualquer outra lngua. (...) uma lngua viva e autnoma, reconhecida pela lingstica.Segundo Snchez (1990:17) a comunicao humana essencialmente diferentee superior a toda outra forma de comunicao conhecida. Todos os sereshumanos nascem com os mecanismos da linguagem especficos da espcie, etodos os desenvolvem normalmente, independentes de qualquer fator racial,social ou cultural. Uma demonstrao desta afirmao se evidencia nas lnguasoral-auditiva (usadas pelos ouvintes) e nas lnguas viso-espacial (usadas pelossurdos). As duas modalidades de lnguas so sistemas abstratos com regrasgramaticais. Entretanto, da mesma forma que as lnguas orais-auditivas no soiguais, variando de lugar para lugar, de comunidade para comunidade a lngua2Lngua materna se refere aos surdos que nascem em famlias de surdos, onde a lngua comum a Libras. J para surdos que nascem em famlias ouvintes onde no h comunicao em Librasentendemos como Lngua natural. 9 10. de sinais tambm varia. Dito de outra forma: existe a lngua de sinais americana,inglesa, francesa e varias outras lnguas de sinais em vrios pases, bem como abrasileira. A estrutura da Lngua Brasileira de Sinais constituda de parmetros primrios e secundrios que se combinam de forma seqencial ou simultnea. Segundo Brito (1995, p. 36 41) os parmetros primrios so:a) Configuraes das mos, em que as mos tomam as diversas formas narealizao de sinais. De acordo com a autora, so 46 configuraes de mosna Lngua Brasileira de Sinais;b) Ponto de articulao, que o espao em frente ao corpo ou uma regio doprprio corpo, onde os sinais so articulados. Esses sinais articulados noespao so de dois tipos, os que articulam no espao neutro diante do corpoe os que se aproximam de uma determinada regio do corpo, como a cabea,a cintura e os ombros; (BRITO, 1995).c) Movimento, que um parmetro complexo que pode envolver uma vastarede de formas e direes, desde os movimentos internos da mo, osmovimentos do pulso, os movimentos direcionais no espao at conjuntosde movimentos no mesmo sinal. O movimento que as mos descrevem noespao ou sobre o corpo pode ser em linhas retas, curvas, sinuosas oucirculares em vrias direes e posies. (BRITO, 1995) Quanto aos parmetros secundrios tem-se:10 11. a) Disposio das mos, em que as articulaes dos sinais podem ser feitas apenas pela mo dominante ou pelas duas mos. Neste ltimo caso, as duas mos podem se movimentar para formar o sinal, ou ento, apenas a mo dominante se movimenta e a outra funciona como um ponto de articulao; (BRITO, 1995)b) Orientao da palma das mos, a direo da palma da mo durante o sinal: voltada para cima, para baixo, para o corpo, para frente, para a esquerda ou para a direita. Pode haver mudana na orientao durante a execuo do movimento; (BRITO, 1995)c) Regio de contato, refere-se parte da mo que entra em contato com o corpo. Esse contato pode-se dar de maneiras diferentes: atravs de um toque, de um risco, de um deslizamento etc. (BRITO, 1995)d) Expresses faciais muitos sinais, alm dos parmetros mencionados acima, tm como elemento diferenciador tambm a expresso facial e/ou corporal, traduzindo sentimentos e dando mais sentido ao enunciado e em muitos casos determina o significado do sinal (SILVA, p. 55, 2002). Ou seja, podem expressar as diferenas entre sentenas afirmativas, interrogativas, exclamativas e negativas. 11 12. Quem so os Surdos eQuem so os Ouvintes?Antes de comearmos nossa caminhada para o aprendizado da LnguaBrasileira de Sinais importantssimo que voc compreenda que esta lnguano a lngua de um pas mas, a lngua de um povo que se auto-denomina dePovo Surdo3. Os surdos deste povo so pessoas que se reconhecem pela ticacultural e no medicalizada, possuem uma organizao poltica de vida emfuno de suas habilidades, neste caso a principal a habilidade visual, o quegera hbitos tambm visuais e uma lngua tambm visual.No entanto, a palavra surdo possui vrios sentidos. O mais usado aquele ligado idia de doena, de falta, de incapacidade, de deficincia. Nemtodos os surdos se identificam como surdos, h aqueles que ouvem pouco e/ouusam a oralidade indentificando-se como deficintes auditivos, outros com omesmo histrico preferem indentificar-se como surdo, logo no se tem umadefinio exata do termo.Neste curso quando nos referimos aos surdos, estamos ns referindoqueles que utilizam a Libras assim como voc utiliza a Lngua Portuguesa.O surdos para identificar aqueles que no so...</p>