363quio Financeiro - Pedro Neves & Breno [Somente leitura]) ?· Fluxo de Caixa Método Indireto. SaldoInicial…

Download 363quio Financeiro - Pedro Neves & Breno [Somente leitura]) ?· Fluxo de Caixa Método Indireto. SaldoInicial…

Post on 26-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Breno AragoPedro Neves

    Gesto da Tesouraria

  • Gesto da Tesouraria

    Administrao do caixa

    Administrao das contas bancrias

    Administrao das aplicaes financeiras

    de curto prazo

    Gesto do risco das instituies financeiras

    Operaes de hedge

    Reciprocidade bancria

    Introduo

    Gesto daTesouraria

    Gesto do Disponvel

  • Gesto da Tesouraria

    Importncia do caixa

    Gesto precisa

    Relaes com o restante da empresa

    IntroduoTesouraria dentro do Capital de Giro

  • Gesto da Tesouraria

    Eficincia de mercado

    Mercado imperfeito

    IntroduoGesto do Disponvel

  • Gesto da Tesouraria

    Transao

    Precauo

    Especulao

    IntroduoFinalidades do Disponvel

  • Gesto da Tesouraria

    Fluxo de caixa um instrumento que apura o resultado entre o fluxo de entradas e de sadas de moeda corrente em determinado perodo de tempo

    Fluxo de Caixa

    Fluxos das operaes Fluxos dos financiamentos Fluxos dos investimentos

  • Gesto da Tesouraria

    Demonstrao de Fluxo de Caixa ou Fluxo de Caixa Efetivo

    Demonstrar efetivamente as movimentaes dos recursos financeiro

    Facilitar o entendimento , pois detalha as origens dos recursos de caixa e onde eles foram aplicados.

    Base nos recebimentos efetivos

    Fluxo de Caixa

    Mtodo Direto

  • Saldo Inicial das Disponibilidades

    Fluxo das operaes(+) Recebimento das vendas

    (-) Pagamento de compra

    (-) Pagamento de despesa operacionais

    (=) Caixa gerado pelas operaes

    Fluxo de Financiamentos(+) Emprstimos bancrios

    (-) Amortizao de financiamentos

    (=) Caixa gerado pelos financiamentos

    Fluxo de investimentos

    (-) Aquisio de novos investimentos

    (=) Caixa gerado pelos novos investimentos

    Variao Total das Disponibilidades

    Saldo Final das Disponibilidade

    MT

    OD

    O D

    IRET

    O

  • Gesto da Tesouraria

    Base no Lucro Lquido

    Demonstrao de Fluxo de Lquido de Caixa

    Pode ser feito a partir do BP e DRE

    No apresenta diretamente as variaes nas disponibilidades

    Fluxo de Caixa

    Mtodo Indireto

  • Saldo Inicial das Disponibilidades

    Fluxo das operaes

    (+) Lucro lquido do exerccio

    (-) Aumento de clientes

    (-) Aumento de estoques

    (+) Aumento de fornecedores

    (+) Aumento da proviso de IR

    (=) Caixa gerados pelas operaes

    Fluxo de Financiamentos

    (+) Emprstimos bancrios

    (-) Amortizao de financiamentos

    (=) Caixa gerado pelos financiamentos

    Fluxo de investimentos

    (-) Aquisio de novos investimentos

    (=) Caixa gerado pelos novos investimentos

    Variao Total das Disponibilidades

    Saldo Final das Disponibilidade

    MT

    OD

    O IN

    DIR

    ETO

  • Modelo do caixa mnimo operacional

    Modelo de Baumol

    Modelo de Miller e Orr

    Modelo sazonal

    Modelos de Administrao de Caixa

  • o modelo menos sofisticado, mas que pode ser til no estabelecimentos de um padro de investimento mnimo, dada a atividade da empresa.

    Uma empresa que possui um ciclo de caixa de 30 dias ter um giro de caixa de

    12 vezes:

    Se os desembolsos previstos forem de 3.000.000, o caixa mnimo esperado ser

    de 100.000:

    Modelos de Administrao de Caixa

    Modelo de Caixa Mnimo Operacional

    Perodo entre o pagamento do insumo e o recebimento

    das vendas

  • Modelo de Baumol

  • Aplicvel em empresas que possuem fluxos financeiros

    com pouca variabilidade.

    Em vez de manter todos os recursos em caixa para fazer os

    pagamentos em determinado perodo, eles podem ser

    alocados em aplicaes financeira e sacados conforme as

    necessidades previstas.

    Modelo de Baumol

  • Gesto da Tesouraria

    Entradas de Caixa

  • Equao de Baumol

    Para resolver a questo entre rendimentos obtidos e custos incorridos , Baumol props a seguinte equao:

    N= 0,5 . i. R /b

    Onde,

    i= taxa de juros

    R= recebimento no perodo

    b= custo de cada operao

    N= Nmero de operaes realizadas no perodo

  • Recebimento (nico no perodo) = R$ 15.000Dias teis: 21 Taxa de Juros de mercado: 1,96%Custo de transao: R$3,00

    Exemplo Prtico

  • Modelo de Miller e Orr

  • Gesto da Tesouraria

    Modelo de Miller e Orr

    Caixa imprevisvel

    No h momento predeterminado para ocorrer a transferncia derecursos para investimento, na forma de aplicao e resgates para ocaixa.

    Definio de limite mximo e mnimo

    Quando o nvel abaixo do mnimo providenciado o resgate derecursos.

    Quando o nvel acima do mximo feita a aplicao dos recursos.

  • A equao abaixo mostra o ponto de retorno z* , para qual aempresa deve retornar sempre que estiver abaixo ou acimados pontos mximos e mnimos:

    ,..

    Dicionrio das variveis:m= valor caixa mnimo, b= custo = varincia diria do caixai= taxa de juros diria do investimento

    Ponto mximo : h*=m+3z*

    Ponto de Retorno z*

  • Aleatoriedade do fluxo de caixa no tempo

  • Gesto da Tesouraria

    Modelos de Administrao de Caixa

    Modelo Sazonal

    Terceirizao

  • Gesto da Tesouraria

    Administrao das aplicaes financeiras de curto prazo

    Governo

    Intuies Financeiras

    Instituies No Financeiras

    Tesouro NacionalLTN

    NTN

    Mercados de ttulos pblicosMercados Domsticos de

    Ttulos

    CDI

    CDB

    LC

    Mercados de ttulos privados

  • Gesto da Tesouraria

    Administrao das aplicaes financeiras de curto prazo

    Mercados entre instituies

    financeiras e pblico em geral

    Fundos de Investimentos

    Financeiros (FIF)

    Certificado de depsitos

    bancrios (CDB)

    Mercado entre instituies no

    financeiras e o pblicos em geral

    Estratgias de aplicaes

    financeiras

  • Estratgias de aplicaes financeiras

    Situao Financeira

    Patrimonial

    Prazo de Investimento

    Objetivo da Rentabilidade

    Risco

  • Gesto da Tesouraria

    Risco de contraparte

    SolidezIdoneidadeMecanismos

  • Gesto da Tesouraria

    Sistema de Pagamentos Brasileiro

  • Gesto da Tesouraria

    Coaf e combate lavagem de dinheiro

  • Exemplo de esquema de lavagem de dinheiro

    Conexo HAWALA

    Este o nome do esquema clandestino que o bicheiro Carlinhos Cachoeira utilizava para lavar milhes de dlares do seu grupo criminoso. O mtodo usado por grupos terroristas como a Al-Qaeda de Bin Laden.

    ESQUEMA SOFISTICADOLavagem de dinheiro, proveniente do jogo ilegal, era feita com base em sistema adotado por terroristas internacionais

    Fonte: Isto , 02.05.12

  • Como funciona o esquema de lavagem de dinheiro HAWALA

    Fonte: Isto , 02.05.12

  • GITMAN, L. J. Princpios da administrao financeira, 10ed., So Paulo: Pearson Addison Wesley, 2004.

    MATIAS, A. B. Finanas Corporativas de curto prazo: agesto do valor do capital de giro. So Paulo: Atlas, 2007.

    Referncias Consultadas

  • OBRIGADO !