35280 ensinos de jesus - .24 25 designer reda§£o 35280_ensinos de jesus se orgulhava de...

35280 Ensinos de Jesus - .24 25 Designer Reda§£o 35280_Ensinos de Jesus se orgulhava de devolver
35280 Ensinos de Jesus - .24 25 Designer Reda§£o 35280_Ensinos de Jesus se orgulhava de devolver
35280 Ensinos de Jesus - .24 25 Designer Reda§£o 35280_Ensinos de Jesus se orgulhava de devolver
Download 35280 Ensinos de Jesus - .24 25 Designer Reda§£o 35280_Ensinos de Jesus se orgulhava de devolver

Post on 08-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 22 23

    Designer

    Redao

    Dep. Arte

    3528

    0_En

    sino

    s de

    Jes

    us

    C. Qualidade

    Uma vez arrependidos, devemos apresentar a Deus nossa confi sso de modo claro e especfi co. Se fi zermos isso, seremos lavados por Jesus, e Seu sangue nos purifi car de toda injustia. Somente Ele pode realizar essa obra. Cristo derramou Seu sangue precioso para nos purifi car, porque no pode haver remisso de pecados sem derramamento de sangue (Hebreus 9:22).

    7. Que condio Jesus apresentou para o perdo de nossos pecados? Mateus 6:12.________________________________________________________________________________________

    Aps terminar a orao-modelo, Jesus ainda declarou: Se, porm, no perdoardes aos homens [as suas ofensas], tampouco vosso Pai vos perdoar as vossas ofensas (Mateus 6:15).

    Quem no est disposto a exercer misericrdia para com os que lhe ofendem no pode obter misericrdia de Deus. egosmo humano desejar o perdo divino sem estar disposto a oferecer o perdo s outras pessoas.

    8. Quantas vezes devo perdoar a quem me ofende? Mateus 18:21, 22.________________________________________________________________________________________

    Os mestres antigos limitavam o exerccio do perdo a trs ofensas, no mximo. Pedro, que professava seguir os ensinos de Cristo, ampliou-o at sete, nmero que indica perfeio. Cristo, porm, ensinou que nunca devemos nos cansar de perdoar. No at sete, Ele disse, mas at setenta vezes sete, ou seja, devemos perdoar aqueles que nos ofendem tantas vezes quanto Deus nos perdoa.

    ConclusoSomente Jesus tem o poder de perdoar nossos pecados. Por isso, podemos nos

    aproximar Dele com confi ana, para recebermos o alvio de que tanto precisamos. Contudo, muitos esperam merecer a graa e o perdo de Deus, tentando fazer boas aes. No reconhecem sua pecaminosidade e incapacidade. Somente quando descobrimos que no possumos nada que nos qualifi ca para o Cu, o Esprito cria em ns um desejo de mudana.

    Minha deciso

    ( ) Creio que somente Jesus pode perdoar meus pecados.

    ( ) Desejo confessar a Ele minhas culpas e confi ar em Sua misericrdia para alcanar o perdo.

    ( ) Decido, a partir de hoje, perdoar aqueles que me ofenderem, assim como Jesus me perdoou.

    DINHEIROO QUE JESUS ENSINOU SOBRE O

    LIO7

    JESUS falou amplamente sobre o amor ao dinheiro em Seus ensinos. Depois do tema reino de Deus, o Mestre falou mais sobre dinheiro do que de qualquer outro assunto. Para Cristo, as riquezas podem sufocar a espiritualidade, tornando-se um deus rival, que costuma enfeitiar seus adoradores. Sendo que o dinheiro parte do nosso dia a dia, como podemos viver sem fazer dele um dolo? Jesus ensinou duas maneiras prticas e sistemticas: os atos de dizimar e de ofertar.

    Aprendendo juntosO ato de dizimar A palavra dzimo signifi ca dcima parte. Ele santo e pertence

    ao Senhor (Levtico 27:30). Ao devolvermos a Deus o dzimo das nossas rendas, reconhecemos que todas as coisas pertencem a Ele e participamos do cumprimento da misso de pregar o evangelho a todo o mundo (Salmo 24:1; Ageu 2:8; Mateus 24:14). Dizimar um ato de adorao e honra a Deus. A Bblia diz em Provrbios 3:9: Honra ao Senhor com os teus bens e com as primcias de toda a tua renda.

    1. Cristo aprovou a devoluo do dzimo? Mateus 23:23.________________________________________________________________________________________

    Jesus aprovou a devoluo do dzimo, mas ressaltou que esse ato deve ser feito com amor e justia, sem hipocrisia. Em Lucas 18:10-14, Jesus contou a histria do fariseu que

    Cidade de Jeric

  • 24 25

    se orgulhava de devolver o dzimo, enquanto desprezava o pobre publicano. O fariseu foi reprovado por Jesus, pois sua motivao e suas aes eram erradas. O verdadeiro sentimento que deve nos mover na devoluo do dzimo a dependncia total de Deus, sabendo que nada temos e que tudo pertence a Ele.

    2. Qual o primeiro exemplo na Bblia de algum devolvendo o dzimo? Gnesis 14:20.________________________________________________________________________________________

    Abrao entregou a Melquisedeque o dzimo de tudo o que possua. Melquisedeque era rei de Salm e sacerdote do Deus Altssimo. Esse foi um ato de reconhecimento da soberania divina. Em Deuteronmio 14:22 e 23, a Bblia diz: Certamente dars os dzimos de todo o fruto das tuas sementes, que ano aps ano se recolher do campo. E, perante o Senhor, teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o Seu nome, comers os dzimos do teu cereal, do teu vinho, do teu azeite e os primognitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer o Senhor, teu Deus, todos os dias.

    3. Como o dzimo era usado em Israel? Nmeros 18:21.________________________________________________________________________________________

    Quando lemos o captulo 2 de Nmeros, descobrimos que a tribo de Levi no recebeu herana, porque Deus separou essa tribo para o servio religioso em tempo integral (Nmeros 1:53). Deus era a sua herana, Aquele que proveria suas necessidades (Deuteronmio 18:2). A tribo de Levi passou, ento, a sobreviver dos dzimos do povo de Israel.

    4. O que Paulo afirma sobre o sustento do ministrio evanglico? 1 Corntios 9:13, 14.________________________________________________________________________________________

    Assim como ocorria com a tribo de Levi, os pastores e obreiros que trabalham em tempo integral na obra da pregao do evangelho tambm devem viver dos dzimos. Deus deu orientao especial quanto a isso. Ele no quer que Sua obra seja prejudicada por falta de recursos. A parte que Deus reservou para Si no deve ser desviada para outro propsito.

    O ato de ofertar Assim como o dzimo deve ser levado para a igreja, as ofertas volun-trias tambm devem ser conduzidas presena de Deus. O dzimo reflete nossa fidelida-de a Deus.

    5. Alm do dzimo, o que mais devemos trazer ao Senhor? Salmo 96:8; Malaquias 3:8.________________________________________________________________________________________

    As ofertas expressam nossa gratido por tudo o que Ele nos d. O dzimo um percentual definido (10%). As ofertas so proporcionais s bnos divinas, segundo o valor que o doador tiver proposto em seu corao (Deuteronmio 16:17; 2 Corntios 9:7).

    6. Para Jesus, qual a essncia da verdadeira oferta? Lucas 21:1-4.________________________________________________________________________________________

    Dar uma oferta a Deus no reflexo automtico de nossa entrega a Ele. Tanto a viva pobre quanto homens ricos deram ofertas voluntrias para manter os servios do templo. Ento, qual foi a diferena entre eles? Os ricos deram o que lhes sobrava e o fizeram somente por formalismo religioso. A viva pobre, apesar de ter dado apenas duas moedas, deu tudo o que possua. Para Deus, no a quantia dada que importa, mas o nvel de entrega ao Senhor que torna a oferta aceitvel diante Dele. A ddiva da viva estava firmada na certeza de que Deus proveria todas as suas necessidades. Sua oferta vinha do ntimo de seu ser. Para ela, pouco importava o que sobraria. Na verdade, ela no entregou tudo o que tinha. Entregou tudo o que ela era. Isso sacrifcio.

    7. Que sentimento devemos ter ao entregar os dzimos e as ofertas? 2 Corntios 9:7.________________________________________________________________________________________

    Tudo o que temos e somos vem das mos bondosas de Deus. Como deveramos ser gratos pelas bnos que recebemos! Essa mesma gratido deve ser demonstrada por meio de nossas ofertas, com alegria no corao (2 Corntios 8:5).

    ConclusoDeus faz uma linda promessa aos fiis nos dzimos e nas ofertas: abrir as janelas do

    Cu e derramar bnos sem medida (Malaquias 3:10). Ao contrrio do que ocorreu no dilvio, em que as janelas do cu derramaram o juzo divino (Gnesis 7:11), Deus tem derramado um dilvio de bnos sobre justos e at mesmo injustos (Mateus 5:45). Porm, certo que a fidelidade a Deus um exerccio espiritual que traz mais benefcios ao doador. E Deus ainda derrama outras bnos! Voc deseja isso? Ento, seja fiel na devoluo dos dzimos e das ofertas.

    Minha deciso

    ( ) Aceito que os dzimos e as ofertas fazem parte do plano divino para manuteno de Sua obra.

    ( ) Decido devolver, de forma sistemtica, a dcima parte de todas as minhas rendas para o Senhor.

    ( ) Decido devolver, de forma sistemtica, minhas ofertas ao Senhor, como expresso de minha gratido pelas bnos recebidas Dele.

  • 24 25

    Designer

    Redao

    Dep. Arte

    3528

    0_En

    sino

    s de

    Jes

    us

    C. Qualidade

    se orgulhava de devolver o dzimo, enquanto desprezava o pobre publicano. O fariseu foi reprovado por Jesus, pois sua motivao e suas aes eram erradas. O verdadeiro sentimento que deve nos mover na devoluo do dzimo a dependncia total de Deus, sabendo que nada temos e que tudo pertence a Ele.

    2. Qual o primeiro exemplo na Bblia de algum devolvendo o dzimo? Gnesis 14:20.________________________________________________________________________________________

    Abrao entregou a Melquisedeque o dzimo de tudo o que possua. Melquisedeque era rei de Salm e sacerdote do Deus Altssimo. Esse foi um ato de reconhecimento da soberania divina. Em Deuteronmio 14:22 e 23, a Bblia diz: Certamente dars os dzimos de todo o fruto das tuas sementes, que ano aps ano se recolher do campo. E, perante o Senhor, teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o Seu nome, comers os dzimos do teu cereal, do teu vinho, do teu azeite e os primognitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer o Senhor, teu Deus, todos os dias.

    3. Como o dzimo era usado em Israel? Nmeros 18:21.________________________________________________________________________________________

    Quando lemos o captulo 2 de Nmeros, descobrimos que a tribo de Levi no recebeu heran

Recommended

View more >