32 - weekend jardins

Download 32 - Weekend Jardins

Post on 17-Mar-2016

227 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

32 - Weekend Jardins

TRANSCRIPT

  • Foto

    : Mar

    i Que

    iroz

    Helena Montanarini demonstra porque sua opinio to respeitada quando se fala de moda e charme

    Decorao Meu heriOscar Freire16 lanamentos irresistveis

    Looks da Primavera/Vero j invadem a rua. Con ra!

    De farda, Paulo Ricardo homenageia o pai

    Aulade estilo

    So Paulo, 11/8/2011 - ano 1 - n 32www.weekendjardins.com.br

  • 2meia pgina

    crdito

    /// coRREo

    [ NdicE ]

    [ 18 ]WEEKMANIA

    Lanamentospara deixar a casa ainda mais bonita

    [ 32 ]OSCAR FREIRE

    Os looks mais fresquinhos

    j chegaram!

    [ 30 ]SUGESTO DO CHEF Pratos que merecem

    destaque no cardpio

    [ 8 ]COISAS DE JARDINS

    O PromenadeChandom,

    o Dia dos Paisde Paulo Ricardo

    e o livro da fotgrafa Bianca Cutait

    1 - Na edio 31, publicada em 28 de julho, a seo Weekmania divulgou a descrio in-correta da abotoadura da marca Ara Vartanian. A pea em formato de diamante, mas no tem nenhuma pedra. O par custa R$ 2.200 e a barbatana R$ 980.

    [ 46 ]JARDINET

    Juliana Ferraz fala sobre seu dirio Vida Mtrica

    [ 38 ]MQUINASChinesa invade mercado automotivo

    [ 34 ]ALM DOS JARDINS...Roberto Camasmie recepciona Daniela Albuquerque

    [ 22 ]CAPA

    Estilo, comportamento e Jardins por Helena Montanarini

    [ 40 ]PREMIEREGra te no Masp, o novo CD dos Arctic Monkeys, cinema e muito mais

    [ 28 ]MESA M Sete, um delicioso restaurante de hotel

  • Publisher:Fbio Carleto

    fabio@revistaweekend.com.br

    Diretor Responsvel:Valdir Carleto (Mtb 16.674)valdir@revistaweekend.com.br

    Diretor de Redao:Haroldo Pereira Jr.

    haroldo@revistaweekend.com.br

    Editora Assistente:Vivian Barbosa (Mtb 56.794)vivian@revistaweekend.com.br

    Redao:amauri eugnio Jr.

    amauri@revistaweekend.com.br

    els Lucaselis@revistaweekend.com.br

    tamiris Monteirotamiris@revistaweekend.com.br

    tatiana soledadetatiana@revistaweekend.com.br

    Val oliveiraval@revistaweekend.com.br

    Fotogra a:Mrcio Monteiro

    marcio@revistaweekend.com.br

    Rafael almeidarafael@revistaweekend.com.br

    Supervisor de Produo:Rogrio a. Hanssen

    rogerio@revistaweekend.com.br

    Design Gr co:douglas Caetano, Mariana Vasquez

    e Richard gutierrez

    Comercial:Claudia Ferreira amorim,

    Jorge Fernandes, Ktia Cavalheirie Laila Inhudes

    Administrativo:oriovaldo Marsili e Viviane sanson

    Impresso:editora Parma - tel: (11) 2462-4000

    tiragem: 15 mil exemplares distribuio gratuita em condomnios, displays

    em pontos comerciais de grande uxo, porta a porta no comrcio das principais vias da regio.

    [ EXPEdiENTE ] [ fRasEs ]

    R. galeno de almeida, 196. tel.: (11) 2373-0048so Paulo - sP

    [ EdiToRial ]

    Restaure-se a moralidade

    acada dia, surge um novo e espetacular escndalo. So tantos que a gente nem se escandaliza mais. No que antes no existissem. A primeira corrupo deve ter acontecido no Brasil ainda em uma das caravelas que aportaram por engano por aqui. Alis, a primei-ra mentira envolvendo o Brasil j ter sido esse tal engano.

    Mas, voltemos aos escndalos. Entra governo, sai governo, entra ministro, sai ministro e no param de aparecer casos escabrosos de corrupo, em todas as esferas de poder.

    Uma hora surge um caso de fraude em licitao em um ministrio coman-dado pelo partido X, cujos ocupantes dos principais cargos foram indicados pelo deputado Y ou pelo senador Z. Dali a pouco tempo, estoura em outra pas-ta caso semelhante, envolvendo outro partido e outros parlamentares. Apro-ximando o foco das investigaes, no ser surpresa se encontrarem algum o condutor entre um e outro episdios.

    Vamos nos ater aos mais recentes. Nem havia acabado a faxina na rea dos Transportes, com o corte de muitas cabeas de a lhados de polticos vira-latas disfarados com pedigrees pirateados, aparece o irmo do sempre presente Ro-mero Juc atirando a torto e a direito em seus ex-colegas do Ministrio da Agri-cultura, cujo titular, Wagner Rossi, teve pelo menos a decncia de ir ao Congres-so defender-se e explicar o que tem feito para depurar seu pedao. Quanto presena de um lobista por ali, alegou que no pode car na portaria escolhendo quem pode ou no entrar nas antessalas do gabinete. preciso tomar providn-cias: vai que aparece algum jornalista enrustido e descobre alguma treta!!

    Mal nos refazamos dessa segunda exploso, eis que o Ministrio Pblico Federal recomenda e obtm da Justia a decretao de priso de nada menos de 35 graduados servidores do Ministrio do Turismo, acusados de envolvimento em uma fraude de milhes em treinamentos em Macap (AP). Ainda que legti-mas, as reaes que se zeram sentir foi de que teria havido exagero da Polcia Federal ao algemar pessoas que no ofereceriam resistncia nem tenderiam a fugir. Diga-se de passagem: os detidos foram liberados nesta quarta-feira.

    En m, a coisa est to feia, que no d para relembrar o saudoso Sergio Porto, imortalizado pela alcunha de Stanislaw Ponte Preta, que, nos anos 60, quando a histria no era to diferente assim, brindou-nos com a lendria frase: Restaure-se a moralidade, ou locupletemo-nos todos. Se todos formos nos locupletar, a Nao no conseguir sobreviver e acabaremos todos no bu-raco. Em assim sendo, que se restaure a moralidade, pois, do jeito que est, no sobrar ningum para apagar a luz ao sair.

    Valdir Carleto

    4

  • [ fRasEs ]

    Ser chamada de gostosapara mim terrvel.

    Fico achando que preciso perder uns

    quatro quilosapresentadora

    adriana galisteu

    Hoje h excesso de desgraa na TV. A Ana Maria Braga trocou o pudimpelo presuntoo apresentador Ratinhoexplica o motivo pelo qual desistiu de fazerprogramas policiais

    natural que as pessoas

    reconheamque eu souum gnioComediante

    Ra nha Bastos, ao jornal the New York times

    Meu analista dizque tenho crditos

    de loucura e quepreciso gast-los

    atriz Beatriz segall, revista Hola!

    Esta histria de que eu quero parar uma baita bobagem.

    O que mais quero continuare estou trabalhando para terum carro bom ano que vem

    Rubens Barrichello no twitter

    Odeio comparao,acho que o verdadeiro elogio voc ser refernciade voc mesmoRapper emicida falasobre seu novo disco

    11 de agosto de 2011 5

    meia pgina

    crdito

  • meia pgina

    crdito [ coisas dE JaRdiNs ]

    acontece no prximo dia 21, das 17h s 20h, a quinta edio do Promenade Chandon evento que fecha as ruas Bela Cintra, Os-car Freire, Haddock Lobo e Sarandi e rene cultura, arte, moda, entretenimento e gastro-nomia. Neste ano, o encontro convida o p-blico a uma viagem no tempo, remetendo aos luxuosos e inesquecveis bailes aristocrticos da Frana do comeo do sculo XX, a era co-nhecida como Belle poque.

    A decorao tem como inspirao o Grand Palais, um dos monumentos arquitetnicos franceses mais marcantes do perodo. Com essa referncia, os cenrios montados nas ruas tero rplicas de grandes estruturas de ferro fundido, arcos e bancos com oreiras. A di-reo criativa comandada por Cac Ribeiro e a cenogra a ca a cargo de Daniela omas. Para realar a poca, fotgrafos no melhor esti-lo lambe-lambe, realejos e caricaturistas vo circular entre os convidados. Em comemorao

    Belle poque no quadriltero

    Inspirado na Paris do comeo do sculo XX, o Promenade Chandon chega a sua quinta edio

    nas ruas dos Jardins

    Por Tamiris Monteiro

    Croquis da cenogra a do evento

    Foto

    s: Divu

    lgao

    6

    meia pgina

    crdito

  • meia pgina

    crdito [ coisas dE JaRdiNs ]

    acontece no prximo dia 21, das 17h s 20h, a quinta edio do Promenade Chandon evento que fecha as ruas Bela Cintra, Os-car Freire, Haddock Lobo e Sarandi e rene cultura, arte, moda, entretenimento e gastro-nomia. Neste ano, o encontro convida o p-blico a uma viagem no tempo, remetendo aos luxuosos e inesquecveis bailes aristocrticos da Frana do comeo do sculo XX, a era co-nhecida como Belle poque.

    A decorao tem como inspirao o Grand Palais, um dos monumentos arquitetnicos franceses mais marcantes do perodo. Com essa referncia, os cenrios montados nas ruas tero rplicas de grandes estruturas de ferro fundido, arcos e bancos com oreiras. A di-reo criativa comandada por Cac Ribeiro e a cenogra a ca a cargo de Daniela omas. Para realar a poca, fotgrafos no melhor esti-lo lambe-lambe, realejos e caricaturistas vo circular entre os convidados. Em comemorao

    Belle poque no quadriltero

    Inspirado na Paris do comeo do sculo XX, o Promenade Chandon chega a sua quinta edio

    nas ruas dos Jardins

    Por Tamiris Monteiro

    Croquis da cenogra a do evento

    Foto

    s: Divu

    lgao

    meia pgina

    crdito

    ao quinto ano de Promenade Chandon, sero distribudos aos convidados mais de dois mil cravos de plstico reciclado, produzidos pela ONG Ponto Solidrio.

    Para complementar o clima, a Paris dos anos 20 estar tambm presente em encena-es teatrais, artistas com gurinos da poca e apresentaes de grupos com repertrio de msica francesa clssica. Na trilha sonora, um set list especial preparado pelo DJ Fabrice Brovelli, da Air France. O evento tornouse to popular entre os moradores dos Jardins, que para Sergio Degese, Presidente da Chandon no Brasil, a Promenade Chandon j faz parte do calendrio de eventos da capital paulista. Hoje, a Promenade bastante esperada pelo pblico, por isso trabalhamos cuidadosamente cada detalhe para garantir sempre novas sur-presas, tornando o evento nico e agradvel aos convidados, a rma.

    Enquanto isso, as lojas e restaurantes ins-critos no evento preparam suas atraes para receber seus clientes e amigos, como acontece a cada verso. Se a loja de Marc Jacobs prome-te tima msica com DJs, a vizinha da frente, Christian Dior, monta um estdio especial de make