31ª edição - jornal chico da boleia nacional

Download 31ª Edição - Jornal Chico da Boleia Nacional

Post on 01-Apr-2016

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Fique sabendo de tudo o que acontece no setor do transporte.

TRANSCRIPT

  • Distribuio Gratuita

    O JORNAL PARA O

    CAMINHONEIROAMIGO

    www.chicodaboleia.com.br

    Orgulho de ser caminhoneiro

    EDIO NACIONAL

    Chico da Boleia conversou com Flvio Benatti, presidente do Fetcesp (Federao das Empresas de Transporte de Cargas do Estado de So Paulo), que falou sobre a Lei 12.619

    Ano 03 - Edio 31 - Julho de 2014

    Flvio Benatti fala sobre a atual situao da Lei 12.619

    Pg. 05

    Pg. 16

    Pg. 06

    A quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Frmula Truck deste domingo (20) mar-cou a realizao de metade de toda a tem-porada, iniciada em maro deste ano.

    Leandro Totti vence mais uma e j campeo sul-americano

    A 16 Feira e Congresso de Transporte e Logstica, tambm conhecida como Trans-posul, aconteceu entre os dias 15 e 17 de julho, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre.

    Transposul rene especialis-tas do setor e representantes

    polticos em sua abertura

    Caminhoneiros e caminhoneiras da vida realFoto: Chico da Boleia

    Confira o ensaio em homenagem ao Dia do Motorista e o depoimento de amigos do trecho

  • O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

    CHICO DA BOLEIA

    Sede: Rua Jos Ravetta, 07 - Itapira-SP, CEP 13977-150 Fone:(19) 3843-5778

    Tiragem:

    50.000 exemplares Nacional, 10.000 exem-plares Baixa Mogiana e 10.000 exemplares Grande Ribeiro Preto

    Diretora-Presidente: Wanda Jacheta

    Diretor Editorial: Chico da Boleia

    Editor Responsvel: Chico da Boleia

    Coordenao / Reviso / Fotgrafa

    Larissa J. Riberti

    Diagramao / Fotgrafa

    Pamela Souza

    Suporte Tcnico / FotgrafoMatheus A. Moraes

    Video Maker / FotgrafoMurilo Abreu

    Conselho Editorial:Albino Castro (Jornalista) Dra. Virgnia Laira (Advogada e coordena-dora do Departamento Jurdico da Fenacat) Roberto Videira (Presidente da APROCAM Brasil) Jos Arajo China (Presidente da UNICAM Brasil)Responsabilidade social:ViraVidaLigue 100Na mo certa

    02 EDITORIAL

    ExpedienteEnfim o fim da copa e j estamos no se-gundo semestre

    Por incrvel que pa-rea aos olhos dos pessimistas a Copa do Mundo de Fu-tebol realizada no Brasil foi um suces-so na organizao, na alegria, na hospi-talidade natural do nosso povo. Quem veio de fora gostou,

    aprovou e diz que vai voltar!Porm dentro do gramado deu a lgica em um esporte onde isso no vale muito. Eu disse na edio anterior que qualquer re-sultado que no fosse a eliminao j na fase de grupos seria um milagre, ou obra de muitos juzes japoneses. No houve mi-lagre muito menos juzes como no primeiro jogo. Passamos pela fase de grupos no sufoco, e assim foi at as quartas de final. No jogo contra a Colmbia parecia que tnhamos acordado, com exceo do Fred, que no fez nada, nada, nadica de nada durante os jogos que o tcnico teve a infelicidade de escolh-lo. Ledo engano! A falta crimino-sa em cima do pnei de circo (Neymar) e a expulso do capito do time por um ato infantil nos colocou de novo na realidade. Um time sem direo, sem estratgia, sem ttica, s um amontoado de poucos talentos que ousamos chamar de seleo. Veio a Alemanha e nos detonou, sim a ns torcedores, veio sacramentar aquilo que to-dos que apreciam ou acompanham um pou-

    co do futebol do qual j fomos os melhores do mundo j sabamos. Nem com todo cho-ro do mundo ou a pseudo raa em cantar o Hino a pleno pulmes, sem tcnica, sem jogo de equipe, sem fundamentos bsicos no haveria como pleitear alguma coisa como titulo. Mas a esperana a ultima que morre! Mesmo na disputa do terceiro e quarto lugar a torcida fez seu papel, apoiou, incentivou, porem no foi o suficiente. A Holanda colocou mais trs gols no goleiro que pediu mais uma chance para mostrar que poderia ser diferente e foi, sai da copa como um dos mais vazados do torneio.Na minha opinio, o erro foi quando demi-tiram Mano Menezes e trouxeram Felipe Scolari, este sim foi o apago da cartola-gem. Perderam uma grande oportunidade de fazer algo serio, mas no, perderam o bonde da histria.Parabns a Alemanha pelo titulo merecido, parabns a Argentina pela garra, pela fibra, parabns para Holanda. E a ns, cabe re-conhecer poucos talentos individuais no nosso time, que sabe-se l porque jogaram fora de suas posies que os fizeram bons jogadores.E vamos ao mundo do tapete negro da es-trada! Temos neste ms inmeras festas ho-menageando ns caminhoneiros e carretei-ros em funo do dia do Motorista e do dia de So Cristovo. Acompanhamos tudo de perto e trouxemos muitas novidades para nossos leitores. Alm disso, sintam-se to-dos homenageados por construrem a cada dia rodado, um pedao da histria do nosso pas. Os debates sobre a Lei 12.619 tambm con-tinuam. A legislao sofreu um grande gol-

    pe ao ser alterada no Senado Federal. No entanto, o projeto voltou para a Cmara dos Deputados que retornou o que eles tinham votado, e agora vai a Sano Presidencial que pode vetar no todo ou parcialmente, isso quer dizer que a briga continua.

    Companheiro Caminhoneiro e Carreteiro vamos ficar atentos ao que acontece, pois neste segundo semestre temos as eleies e a definio de como nossa legislao ficar.

    Fique atento.Por hoje sBoa leitura e at a prxima edio

    Chico da Boleia sempre com Orgulho de ser Caminhoneiro.

  • O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

    CHICO DA BOLEIA

  • O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

    CHICO DA BOLEIA04 PAPO DE BOLEIAO JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

    CHICO DA BOLEIA

    Se tiver alguma dvida ou sugesto fale com a gente.

    Nosso telefone 019 3843 5778 ou 019 3843 6487, nos mande um e-mail chicoda-boleia@chicodaboleia.com.br ou escreva em nosso site www.chicodaboleia.com.br

    Um abrao e ate a prxima edio

    Chico da Boleia Orgulhode ser Caminho-neiro

    Chico da Boleia respondeLuiz: Chico, porque o dia do Caminhonei-ro comemorado no dia 25 de Julho? No deveramos ter uma data exclusiva s para celebrar a nossa profisso?

    Companheiro, dia 25 de Julho Dia de So Cristvo, padroeiro dos motoristas, por isso, neste dia tambm se comemora o dia do caminhoneiro. Mas tambm existem outras datas para comemorar o Dia do Ca-minhoneiro. Por exemplo no Estado de So Paulo, dia 16 de Setembro o Dia Estadual do Caminhoneiro. J no dia 30 de junho o Dia Nacional do Caminhoneiro. Fora isso temos outras datas que companheiros fes-tejam como dia do Caminhoneiro. Na ci-dade de Itabaiana, no Sergipe, considerada a capital nacional do caminho, os compa-nheiros do trecho comemoram seu dia em 13 de Junho por ser tambm dia de Santo Antnio. H aqueles tambm que comemo-ram no dia de Nossa Senhora Aparecida e assim vai.

    O importante que ns caminhoneiros, com o passar do tempo, sejamos cada vez mais reconhecidos pela importncia da nossa atividade.

    Irmos Davoli apresenta novo pneu da Michelin

    No dia 28 de junho, Chico da Boleia esteve na sede da Irmos Davoli em Mogi-Mirim, uma das maiores e mais antigas concessio-nrias Mercedes-Benz do Brasil. Foi l que aconteceu o evento de lanamento do pneu Michelin 275, linha Multi D, curiosamente no mesmo dia do jogo da seleo brasilei-ra contra o Chile. Os convidados puderam conhecer o novo modelo e tambm acom-panhar o jogo atravs de um telo monta-

    do pela organizao. Quem explicou tudo sobre a novidade foi Michele Cristina do Nascimento, supervisora de vendas de pneus da empresa. Confira!

    Chico da Boleia: Michele, conta um pouco sobre o que est sendo lanado aqui hoje.

    Michele: Na verdade estamos apresentan-do o 275 na linha Multi D. A Michelin tem desenvolvido novos pneus e j havia lan-

    Foto: Matheus Moraes

    ado o 295 que um pneu trao pro eixo trativo, um pouco mais largo, com 10 mm de banda a mais que o modelo antigo. E se-guindo esse mesmo desenho agora lana-mos o 275, com o qual o cliente ganha em custo benefcio, carga e estabilidade.

    Chico da Boleia: E como est a aceitao desse pneu no mercado?

    Michele: O 295 teve uma aceitao mui-to boa. O 275 foi lanado h dois meses e ainda estamos introduzindo o produto no mercado para termos uma resposta dos clientes. Mas os que j esto usando, esto elogiando muito.

    Chico da Boleia: E como esse desafio de fazer um lanamento de pneu em dia de jogo do Brasil na Copa do Mundo?

    Michele: um desafio mesmo. Foi uma proposta que aceitamos, tivemos uma boa aceitao, os clientes compareceram e foi muito positivo porque tambm pudemos interagir com eles a partir do evento. Foi um convite duplo: relacionar-nos mais pro-ximamente com os clientes e apresentar o pneu.

    Chico da Boleia: E as vendas?

    Michele: Ns vendemos o volume espe-

    rado para o evento e ainda temos algumas negociaes j encaminhadas. Ficamos bastante satisfeitos.

    Irmos Davoli

    No mercado h quase 7 dcadas, o Gru-po Irmos Davoli ganhou notoriedade e respeito entre as concessionrias de cami-nhes Mercedes-Benz no pas, recebendo prmios e certificaes de qualidade e fi-gurando como um das mais antigas conces-sionrias da marca no pas. Atualmente, a empresa est em Mogi-Mirim, Porto Fer-reira, Amparo e Ja, totalizando uma rea de abrangncia de 50 municpios no inte-rior paulista.

    Pelo oitavo ano consecutivo a Irmos Da-voli teve seu trabalho reconhecido pela Mercedes-Benz que lhe concedeu mais um Prmio Star Class Certificao Ouro de Qualidade. A certificao representa o n-dice mximo de qualificao dos servios prestados aos clientes.

    Em 2013 a Empresa tambm recebeu, pelo segundo ano consecutivo, a qualificao Ouro em veculos comerciais Sprinter. Mais uma demonstrao de seu comprome-timento com a satisfao dos clientes.

    Redao Havaia Comunicao

  • O JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

    CHICO DA BOLEIAO JORNAL DO AMIGO CAMINHONEIRO

    CHICO DA BOLEIAFIQUE POR DENTRO 05

    Se tiver alguma dvida ou sugesto fale com a gente.

    Nosso telefone 019 3843 5778 ou 019 3843 6487, nos mande um e-mail chicoda-boleia@chicodaboleia.com.br ou escreva em nosso site www.chicodaboleia.