3 Edio da Revista Pirituba Acontece

Download 3  Edio da Revista Pirituba Acontece

Post on 09-Mar-2016

237 views

Category:

Documents

22 download

DESCRIPTION

3 Edio da Revista Pirituba Acontece. Produzida pelo Projeto Click (www.clickumolhar.com).

TRANSCRIPT

  • EDIO ESPECIAL | 2014 | DISTRIBUIO GRATUITA

  • 2 | PIRITUBA ACONTECE | www.clickumolhar.com | 2014 | EDIO ESPECIAL

    PIRITUBA

    Foto: Mootiro Maps

  • EDIO ESPECIAL | 2014 | www.clickumolhar.com | PIRITUBA ACONTECE | 3

    COPIE E DISTRIBUA, MAS D CRDITOS PIRITUBA ACONTECE.

    CLICKERS: ADRIANE TOSCANO, ANA LAURA FERRARI, BEATRIZ XAVIER, BRUNNA SEIXAS, CAROLINA TEIXEIRA, CRIS BIBIANO, ANDR MUZETTI, EDSON CALDAS, EVELYN KAZAN, GABRIELA LUCENA, IGOR DOS SANTOS, JULIA REIS, KARINE FERREIRA, LEONARDO LIBEIRO, LILIAN FERRA-RI, LOLLA RODRIGUEZ, LUCAS SENA, MARINA NAGAMINI, MIRELLA NICOLAU, ROBERTA CAROLINE, SAMUEL PARMEGIANI, THALITA XAVIER, THAMIRES CASTANHA, VANESSA COSCIA, VICTHOR FABIANO E YAGO RUD. DIAGRAMAO: AMANDA SANCHES, EDSON CALDAS, EVELYN KAZAN E VICTHOR FABIANO. RESPONSVEIS: EDSON CALDAS E EVELYN KAZAN.

    PARA ANUNCIAR, LIGUE: (11) 9.9496.4503 / 3834.7585

    H 29 anos foi lanada uma revista para prestigiar o centenrio de Pirituba. A publicao foi o que nos inspirou a fazer essa edio especial.Hoje, com aproximadamente 100 mil habitantes a mais, o bairro cresceu, se desenvolveu e se popu-larizou. A seo Atualmente daquela poca res-saltava o ar puro proporcionado pela riqueza de reas verdes e das excelentes condies de mo-radia. Se tivssemos uma seo de mesmo nome, poderamos dizer que nosso ar j no to puro e que com a populao que se estabeleceu aqui e com ela chegou a desigualdade social. Moderna como o cidado piritubano, essa edio traz nova linguagem, novas histrias e novos per-sonagens, no mesmo cenrio.

    SUMRIO04. A HISTRIA DE UM BAIRROPirituba tem esse nome graas a sua vegetao

    06. PIRITUBA EM NMEROSA regio abriga mais 400 mil habitantes

    10. PARQUESreas onde voc pode ter contato com a natureza

    14. COMIDASLugares para se alimentar bem pertode casa

    16. CENTRO DE SADEConhea a UBS que atende os mora-dores da Vila Mirante

    20. AVENIDA RAIMUNDOShopping Tiet Plaza, Spama e Condo-mnio Portal dos Bandeirantes

    08. A primeira igreja09. Bairro medieval: os castelos piritubanos18. Como surgiu o nome das escolas?19. Projetos que fazem a diferena

    Inspirao

  • 4 | PIRITUBA ACONTECE | www.clickumolhar.com | 2014 | EDIO ESPECIAL

    Dificilmente voc nunca passou pela seguinte situao: durante uma conver-sa com um amigo de outra regio, ele pergunta onde voc mora. Pirituba, voc responde. Imediatamente, ele diz: outra cidade, no interior?. L vai voc explicar que no, sempre assim. Ex-plicar que Pirituba um bairro na zona noroeste de So Paulo, que ns temos o mesmo prefeito, que temos at estao de trem e shoppings. Sem contar quan-do enfrentamos as piadinhas com a can-o Piritubacity, do grupo Pollo.

    Mas a verdade que poderia ser dife-rente. Afinal, Pirituba to grande e abri-ga tamanha diversidade, que bem que poderia ser mesmo uma cidade. E jus-

    tamente para celebrar tal grandeza ni-ca, de que poucas reas na cidade des-frutam, que a revista Pirituba Acontece decidiu preparar uma edio especial em comemorao aos 129 anos do bairro de que tanto nos orgulhamos. Sofremos de muitas deficincias, isso evidente.

    Ainda faltam espaos de cultura e op-es de lazer. Mas aqui, nessa edio, o destaque fica para tudo de bom que a gente tem e no pouca coisa, viu?

    S que antes temos de voltar no tem-po para o sculo XIX, que foi quando nosso bairro nasceu oficialmente. A es-tao de Pirituba, hoje parte da Linha 7, foi inaugurada. Contudo, ela no tinha a ver com o cenrio com o qual estamos

    acostumados (o que significa que voc tem de esquecer aquele grafite com a imagem do Michael Jackson, na parede da estao).

    Naquela poca, o transporte servia para carregar caf. Isso porque essa re-gio era dominada por grandes fazen-das. Mais tarde, com aquisio de terras pela Companhia Armour e a morte de um importante fazendeiro, Luiz Pereira Barreto, esses lugares foram divididos em pequenos stios e a populao come-ou a chegar dos mais diferentes locais.

    Hoje, somos mais de 440 mil habi-tantes, segundo dados de 2011 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Esta-tstica) o equivalente a cidades como

    Edson Caldas

    A HISTRIA DE UM BAIRRO

  • EDIO ESPECIAL | 2014 | www.clickumolhar.com | PIRITUBA ACONTECE | 5

    A foto ao lado mostra a estao de trem Pirituba atualmente, parte da linha 7-Rubi da CPTM (a partir da estao Luz a Jundia), e abaixo o local antigamente, antes de toda amovimentao da atual grande So Paulo.

    Santos, Mau e So Jos do Rio Preto, no interior de So Paulo. A pesquisa leva em conta Jaragu, Pirituba e So Domin-gos. (Confira mais estatsticas nas duas pginas seguintes.)

    O bairro tem todo um jeitinho de viver prprio, reas verdes e principais pontos de encontro. Tanto que nomes como Paula Ferreira, Raimundo Pereira de Magalhes, Mutinga, Edgar Fac e Doutor Felipe Pinel tm presena ga-rantida nas conversas entre amigos que esto a fim de sair, sem ir muito longe de casa.

    Na prxima vez em que um amigo te perguntar se Pirituba uma cidade, que qual mostrar essa revista para ele?

    A HISTRIA DE UM BAIRRO

  • 6 | PIRITUBA ACONTECE | www.clickumolhar.com | 2014 | EDIO ESPECIAL

    NMEROS

    11,23% dos domiclios so em favelas

    HABITAO

    (2011)

    Voc sabe quantas pessoas moram no bair-ro? E qual a idade delas e a renda mdia? Juntamos essas e outras informaes. Tudo com base nas pesquisas mais recentes, rea-lizadas pelo IBGE (Insituto Brasileiro de Geo-grafia e Estattisca), divulgadas pelo Obser-vatrio Cidado Nossa So Paulo.

    0 - 14 anos

    15 - 29 anos

    30 - 59 anos

    60...

    441.24860...46.444 hab.

    30-59 ANOS183.992 hab. 15-29 ANOS

    114.326 hab.

    0-14 ANOS96.487 hab.

    POPULAO PIRITUBANA

    o total de habitantes

    PIRITUBA EM

    SADE9,8% das crianas nascidas vivas esto abaixo de 2,5 kg;23,8% dos nascidos so de mes que fiz-eram menos de 7 consultas de pr-natal;11,07 crianas com menos de um ano (a cada mil) morrem;29,19 mes (a cada 100 mil crianas nasci-das vivas) morrem

    (2011)

    (2011)

    14,61% dos nascidos vivos so de

    mes com 19 anosou menos

    (2012)

    INCLUSO

    3,8% da populao com16 anos analfabeta

    4,74% dos telecentros da cidade esto no distrito

    (2012)

    (2010)

    MEIO AMBIENTE

    49,9% do territrio do distrito coberto por vegetao

    18,85% dos domiclios no esto liga-dos rede de esgoto

    (2011)

    (2007)

  • EDIO ESPECIAL | 2014 | www.clickumolhar.com | PIRITUBA ACONTECE | 7

    dos adolescentes j se envolveramem ato infracional

    foi o nmero de roubosa cada 100 mil habitantes

    2,50%

    141,97

    VIOLNCIA(2006)

    TRABALHO E RENDA

    1,41% dos empregosna cidade so aqui

    10,6% das pessoas acima de16 anos esto desempregadas

    a renda mdiapor pessoa

    R$ 1.587,17 (2010)

    (2012)

    (2012)

    XCULTURA

    0% das 332 salas de cinema, 124 museus, 240 casas de show, 154 teatros e123 pontos de cultura do mu-nicpio esto em Pirituba1,09% dos centros ou espaos culturais no distritoNenhuma pessoa beneficiada por atividades culturais

    Temos 0,21 livro infanto-juvenil por habi-tante no distrito. 0,08 livros para adultos (leitores com mais de 15 anos)

    (2012)

    (2012)

    (2009)

    (2011)

    EDUCAOREDE PRIVADA REDE PBLICA

    dos alunos abandonamo ensino mdio

    0,05%

    apresentam defasagemidade/srie

    4,61%

    de reprovados4,74%

    dos alunos abandonamo ensino mdio

    4,81%

    apresentam defasagemidade/srie

    26,91%

    de reprovados21,88%

    (2011)

  • 8 | PIRITUBA ACONTECE | www.clickumolhar.com | 2014 | EDIO ESPECIAL

    A assistncia religiosa aos primeiros moradores de Pirituba s teve seu ini-cio a partir de 1949, quando chegaram ao bairro os primeiros sacerdotes. Vie-ram da Itlia e pertenciam Congre-gao Beneditina Valombrosana.

    Um ano antes, em 1948, por fecreto de 22 de agosto, o Cardeal Arcebispo de So Paulo, Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, criou a Parquia

    de Nossa Senhora Auxiliadora, a pri-meira da regio.

    Nesta ano, no dia 22 de agosto, a parquia pioneira do movimento ca-tlico em Pirituba completa 74 anos.

    Os primeiros monges vindos da It-lia chegaram a So Paulo no dia 4 de fevereiro de 1949 e foram acolhidos pelo Mosteiro de So Bento, passando poucos dias aguardando a deciso da

    Cria Metropolitana. Pirituba, uma das periferias mais pobres da capital, foi a regio escolhida.

    Em 5 de fevereiro de 1949, Frei Mar-tinho Friese, franciscano, o padre mais antigo de Pirituba recebeu os primei-ros padres efetivos.

    A sede da Parquia Nossa Senhora Auxiliadora atualmente localizada na rua Padres Valombrosanos, 126.

    Fundada em 1948, a Parquia de Nossa Senhora Auxiliadora foi a primeira igreja do bairro | Foto: Julia Reis

    A PRIMEIRA IGREJA

    Thalita Xavier

  • EDIO ESPECIAL | 2014 | www.clickumolhar.com | PIRITUBA ACONTECE | 9

    BAIRROMEDIEVAL

    O famoso Castelinho de Pi-rituba,localizado na altura do nmero 523 da Av. Mu-tinga, h tempos vem cha-mando a ateno por causa de sua arquitetura com for-te influncia inglesa. O pa-lacete conta com 900m e 21 cmodos, foi construdo por volta da dcada de 1930 e pertenceu ao contador Charles Thomas Chapman, conhecido por ser respon-svel pela implantao da rede ferroviria a partir de 1867. Em 1996, o terrero foi comprado pela Construtora Cozman, que inicialmente tinha o projeto de derru-

    bar o imvel e construir trs edifcios no local. Porm, em 2000, o Conselho de Defesa do Patrimnio His-trico do Estado deu incio ao processo de tombamen-to da edificao que resul-tou em um acordo entre as partes e assim a Cozman aceitou construir apenas dois edifcios residenciais e se comprometeu a restau-rar o palacete. Atualmente, com as obras j concludas, o Castelinho se encontra no centro de um condomnio fechado, no sendo aberto para a visitao, e coberto pelos prdios.

    Localizado na Marginal Tiet, no acesso Rodovia Anhan-guera, o Casaro do Anastcio possui uma rea de 181 mil m e chama a ateno por sua arquitetura em estilo hispnico.

    O Casaro pertenceu Marquesa de Santos, amante de Dom Pedro I. Ela tambm foi mulher do coronel Anastcio de Freitas e herdou a propriedade do brigadeiro Tobias de Aguiar, com quem tambm se relacionou. Com a morte dos

    dois, os herdeiros venderam a rea ao frigorfico da Com-panhia Armour do Brasil, que fez a edificao em 1920.

    Foi tombado somente aps 21 anos da abertura do pro-cesso e j serviu de hospedaria e lugar de criao e trei-namento de cavalos. Seu terreno pertence hoje empresa Tishman Speyer, que pretende transform-lo em um centro cultural e construir torres comerciais ao lado.

    Adriane Toscano e Vanessa Coscia

    CASTELINHO DE PIRITUBA

    CASARO DO ANASTCIO

    Castelinho hoje o salo de festas do condomnio Torres do Castelo | Foto: Lucas Sena

    O misterioso Casaro da Anastcio chama a ateno dos paulistanos por se localizar na importante Marginal Tiet | Foto: Andr Muzetti

  • 10 | PIRITUBA ACONTECE | www.clickumolhar.com | 2014 | EDIO ESPECIAL

  • EDIO ESPECIAL | 2014 | www.clickumolhar.com | PIRITUBA ACONTECE | 11

    PARQUESNO BAIRRO

    Foto

    : Igo

    r dos

    San

    tos

    Amanda Sanches e Vanessa Coscia

  • 12 | PIRITUBA ACONTECE | www.clickumolhar.com | 2014 | EDIO ESPECIAL

    O Parque Jardim Felicidade foi resulta-do de uma luta de 25 anos dos mora-dores locais junto administrao pblica de So Paulo. Antes de se tornar em um parque, o local era uti-lizado como lixo, servindo de abrigo para animais e insetos.

    Alguns moradores formaram uma comisso que, junto com o Movimen-to Poltico Comunitrio (MPC), lutou para a transformao do lugar em uma rea de lazer.

    Um grupo musical do bairro fez um show com artistas locais naquele ter-reno baldio, chamando a ateno da populao e procurando apoio. Uma petio foi mandada para a Prefeitu-ra e assim comeou uma batalha para o surgimento do parque, com vrias sugestes de rea verde, playground e quadras poliesportivas.

    Na poca em que Luza Erundina foi eleita, ela deu apoio aos moradores

    interessados no projeto e, em 1990, o parque finalmente foi inaugurado. A festa de inaugurao foi no dia 22 de setembro daquele ano, contando com a apresentao de alunos da escola Prof. Raul Antonio Fragoso e de diversos grupos musicais da regio.

    Hoje, o Parque Jardim Felicidade possui uma rea de 28.800 m e conta com rvores espal-hadas por todas as partes, duas quadras poliesportivas, uma quadra de bocha e um lago, com diversos tipos de aves. O espao de recreao para as crianas possui brinquedos tpicos de parques, como balano e escorregador. Mas, atualmente, eles so poucos, o que leva insatis-fao de alguns moradores.

    JARDIMFELICIDADE

    Monumento na calada de transio entre as duas reas do Pq. Jd. Felicidade | Foto: Evelyn Kazan

    O Pq. Rodrigo de Gsperi conta com extensa rea verde em volta do local de caminhada | Foto: Julia Reis

  • EDIO ESPECIAL | 2014 | www.clickumolhar.com | PIRITUBA ACONTECE | 13

    Localizado ao lado da Rodovia dos Bandeirantes, pos-sui aproximadamente 100 mil m, um lago com vrias espcies aquticas, quadras poliesportivas, pista de ca-minhada, churrasqueiras, playground e outras diversas reas de lazer.

    A regio do City Amrica onde o parque se encon-tra situa-se sobre uma rea de mananciais, sendo o lago, uma das caractersticas deste local que, antes da construo, j era ponto de encontro dos moradores e rea de lazer. Afogamentos eram comuns na poca. In-conformados, os moradores uniram-se e reivindicaram, junto Prefeitura, a instalao de um parque ou o cerca-mento do lago para evitar novos acidentes.

    Aps pesquisas, decidiu-se criar um centro de lazer e atividades. Elementos da paisagem canadense foram implementados, como as conferas e a vegetao ciliar (que protege o ecossistema ali presente). Em 1 de julho de 1992, foi inaugurado o Parque Cidade Toronto que, at hoje, mantm as caractersticas do Canad.

    TORONTO

    PARQUE JARDIM FELICIDADERua Laudelino Vieira de Campos, 265 (Alt. N 3380 da Raimundo Pereira de Magalhes).Tel. (11) 3836-6786

    PARQUE CIDADE DE TORONTOAv. Cardeal Motta, 84 City AmricaTel. (11) 3834-2176

    PARQUE JACINTO ABERTORua Talfitos, 16.Tel (11) 3994-0947

    PARQUE PINHEIRINHO DGUAEstrada de Taipas s/ n - JaraguTel. (11) 3298-1691

    PARQUE SO DOMINGOSRua Pedro Sernagiotti, 125Tel. (11) 3831-7083

    PARQUE ESTADUAL DO JARAGU | PICO DO JARAGURua Antnio Cardoso Nogueira, 539, km 18 Rod. AnhangueraTel. (11) 3941-2162 / 3943-5222

    PARQUE RODRIGO DE GSPERI Av. Miguel de Castro, 321 Vila ZattTelefone: (11) 3974-8600 -

    *Abertos diariamente das 6h s 18h

    Tambm conhecido como Parque da rea Verde, foi inaugu-rado em 25 de abril de 1982, com o nome Parque Pirituba.

    Em 1992, foi nomeado Rodrigo de Gsperi em homena-gem a um garoto de 13 anos, morador de Pirituba, que foi atingido por uma bomba caseira jogada no confronto de torcidas em um clssico de grandes times. O objetivo era

    trazer ateno crescente violncia no futebol.Situado na Avenida Miguel de Castro, o parque hoje pos-

    sui 39.000 m e conta com quadras poliesportivas, campo de futebol, playground, mesas de ping-pong, quadra de bocha e rea para caminhada, alm de diversos espcies de rvores, como paineira, pau-brasil e eucalipto branco.

    RODRIGO DE GSPERI

    JARDIMFELICIDADE

    Foto: Igor dos Santos

    CIDADE DE

  • 14 | PIRITUBA ACONTECE | www.clickumolhar.com | 2014 | EDIO ESPECIAL

    GASTRONOMIA EM PIRITUBA

    ALGUM

    AS

    OP

    ES

  • EDIO ESPECIAL | 2014 | www.clickumolhar.com | PIRITUBA ACONTECE | 15

    Comer fora de casa em Pirituba no precisa ser sinnimo de ir para longe ou gastar muito. possvel almoar ou jantar bem sem perder horas at chegar ao local ou suar frio na hora da conta, pois existem diversos lugares de cardpios va-riados e preos bastante acessveis.

    Os restaurantes do bairro so uma opo de alimentao aos trabalhadores durante a semana e tambm se apresentam como uma opo de lazer para toda a fa-mlia em datas comemorativas ou durante o final de semana. Outro ponto positivo que estes estabe-lecimentos incentivam a economia local e contribuem para a valoriza-o das residncias prximas.

    Grandes redes de fast food, como Mc Donalds e Habibs, se localizam nas grandes avenidas. Mas no s isso. A culinria caseira, caracteriza-da pelo popular feijo com arroz, tambm oferecida com grande variedade no bairro em restauran-tes mais tradicionais. Sem contar as pizzarias, lanchonetes e bombonie-res, que so uma alternativa mais saborosa aos moradores.

    HMMM...ONDE IR

    Em destaque, alguns dos principais restau-rantes que atendem aos diversos gostos dos piritubanos:

    Restaurante Casa da Comida Av. Mutinga, 2706

    Garrafo Lanches -Av. Raimundo Pereira de Ma-galhes, 4394

    Davis (lanches) -R. Padre Guido Del Toro, 519. Marvel Bar e Burger -Av. Elsio Cordeiro de Si-

    queira, 909.

    O Esfiho Lanchonete - Av Paula Ferreira , 2240. Esfiharia A Grande Famlia - R. Tatsuo Okashi,

    251

    Emprio do Pastel - R. Emlio Colella, 97. Usina do pastel - Av. Benedito Andrade, 60. Spizzico Pizzeria - R. Pedro Marigliani, 21. Sorveteria Frutiquello - Av. do Anastcio, 1789. Sorveteria Quatro estaes - R. Emlio Colella,

    73.

    Sorveteria Tropical - R. Antonio Correia, 11. Doceria & Cafeteria Doce Estilo - Rua Lord

    Clemente Attlee, 50.

  • 16 | PIRITUBA ACONTECE | www.clickumolhar.com | 2014 | EDIO ESPECIAL

    UBSDOMINGOSMANTELLI

    Assunto das tardes de domingo na casa dos avs, em que so contadas com orgulho por aqueles que viram e viveram o passado e escutadas com gosto pelos curiosos as memrias do bairro so a conexo com o incio de uma histria, de um tempo de radionovela e criana brincando na rua. Um tempo quando ouvir o nome de ruas e praa era tambm trazer a lembrana de ilustres moradores.

    Domingos Mantelli, de descendncia italiana, nascido em 9 de junho de 1909, foi uma dessas personalidades que, no incio do sculo passado, fez parte da vida da cidade. For-mado em medicina aos quarenta anos, pela Universidade Capital, no Rio de Janeiro, o otorrinolaringologista e sua histria ainda esto presentes na vida da famlia Mantelli. Seu bisneto Domingos Mantelli Borges Filho atua como gi-necologista e obstetra com mais doze da famlia numa cl-nica no Jardim Paulista. No por coincidncia, ela tambm recebe o sobrenome do homem, que foi o primeiro mdico da famlia e o vigsimo nono de So Paulo, como denuncia o nmero de inscrio no Conselho Regional de Medicina, no documento emoldurado solenemente pelo bisneto.

    Mesmo vindo do Belenzinho, onde exercia a medicina de forma caridosa e humanitria, como gosta de dizer o bis-neto, Domingos deixou sua marca em Pirituba e isso no novidade para os moradores da Vila Mirante, onde est a UBS que recebeu seu nome. Infelizmente, j respondendo a sua pergunta, leitor, no se sabe como a graa de Do-mingos foi parar l. Antes de 1984, a UBS, com o nome de Centro de Sade Lagoa, localizava-se prximo ao Parque

    Rodrigo de Gasperi, ento chamado de Parque da Lagoa. Item de uma gama de homenagens, entre chave da cidade e nome de outros lugares pblicos, a hiptese mais pro-vvel que seu trabalho tenha cado no gosto de alguma autoridade (sem esquecer, claro, que um de seus cinco filhos, Janurio Mantelli Neto, foi deputado).

    Contudo, nem por isso a figura de Domingos deixa de despertar interesse. A admirvel determinao para con-quistar o sonho de se formar mdico exemplar. total-mente diferente voc falar assim, eu quis me formar m-dico, meu pai pde pagar uma faculdade de medicina e eu me formei mdico. Ele foi uma pessoa que veio do nada, sem nada e resolveu ser mdico. Numa poca em que m-dico era aquela coisa da elite, diz Borges. Sem dinheiro para comprar os livros, Mantelli copiava os exemplares da biblioteca, sozinho ou com a ajuda da esposa. Trabalha-va de madrugada, por exemplo, como coletor de sangue e conseguia o dinheiro necessrio para a faculdade e para sustentar a famlia. Passadas as dificuldades do curso, usava o tempo livre para atender os carentes em sua casa e clnica. Colocavam as pessoas enfileiradas, 25 pessoas. Ele passava operando as amdalas e meu pai ia fazendo os curativos. Foi ainda mdico-chefe de Diviso da Prefeitura Munici-pal e chefe da Clnica Otorrinolaringolgica do Hospital da Policlnica de So Paulo. Morreu em 13 de maio de 1992.

    De valores e aes to respeitadas, Domingos continua a inspirar. Na sala da clnica de seu bisneto, os vidros an-tigos onde guardava medicamentos esto na prateleira e,

    Samuel Parmegiani

  • EDIO ESPECIAL | 2014 | www.clickumolhar.com | PIRITUBA ACONTECE | 17

    Na imagem principal, UBS Domingos Man-telli, localizada na rua Povoado do Rio Novo, Vila Mirante. esquerda, Domingos Mantelli que deu nome ao hospital, conhecido por ser o 29 mdico da cidade. Ao lado dele, seu bisneto, entrevistado pela PA.

    na mesa, est o peso de papel com seu nome. Foi tambm o escolhido para receber a dedicatria do novo livro do obstetra, em que chamado de mdico renomado e de bom corao. Sua filha, Carolina Mantelli, o honrou com um poema de 1949, ano em que terminou a Universidade: Ser mdico possuir o esprito de um santo/ Que nele se encarna para enxugar o pranto.

    Talvez o maior legado do mdico seja a importncia e beleza de sua trajetria e esteja no seu nome e sobrenome, carregados por tantas geraes e diferentes pessoas, uni-das sob a projeo do mesmo homem e seus feitos.

  • 18 | PIRITUBA ACONTECE | www.clickumolhar.com | 2014 | EDIO ESPECIAL

    ESCOLAS

    EMEF Mrio Kosel FilhoMrio Kosel Filho foi um militar que nasceu em 6 de julho de 1949, em So Paulo. Quando se tornou maior de idade, teve que deixar de frequentar as aulas e de trabalhar para entrar no Exrcito. Aos 19 anos, morreu em razo de uma exploso perto quartel.

    O atentado, supostamente terrorista, s no fez mais vti-mas porque o carro-bomba responsvel pelo acidente ba-teu em um poste e no atingiu o seu destino.

    O soldado Mrio Kozel Filho faleceu no cumprimento do dever. Em decreto de 15 de julho do mesmo ano, foi nome-ado como Cavaleiro da Ordem do Mrito Militar.

    A escola que o homenageia fica na rua Uratinga, 144.

    Colgio So Joo GualbertoJoo Gualberto nasceu em 995, em Florena, na Itlia. Foi educado num dos castelos do pas. Quando seu irmo mais velho foi morto, Joo decidiu ving-lo. Na Sexta-Feira San-ta de 1028, ele encontrou o assassino vagando solitrio, numa das estradas desertas da cidade. Joo empunhou sua

    espada, mas o adversrio implorou por perdo. Ao ouvir seu pedido, ele desceu do cavalo e abraou o inimigo. Nos anos seguintes, Joo se tornou um monge. Em 1035, ao descobrir o suborno de um tesoureiro para tornar-se abade em seu mosteiro, indignado, foi para a floresta dos montes Apeninos, onde fundou uma nova comunidade.

    Canonizado em 1193, So Joo Gualberto foi declarado Padroeiro dos Florestais, pelo papa Pio XII, em 1951. O co-lgio com seu nome foi fundado em 1966 na rua Lorde Clemente Atle, 195.

    E.E. Ermano MarchettiErmano Marchetti nasceu em 1907 e faleceu em 1967. Foi vereador e morador da regio da Lapa e idealizou o Mer-cado desse bairro em 1950. Hoje seu nome dado a uma avenida e a uma escola estadual.

    A instituio de ensino foi fundada em 7 de maro de 1961, com o nome Grupo Escolar Chcara Inglesa. Contu-do, seis anos depois passou a ser chamada Grupo Escolar Ermano Marchetti. situada na rua Pedro Marigliani, 192.

    ENTENDA O NOME DETRS DELAS

    Na foto, a escola EMEF Mrio Kosel, que homenageia o soldado militar de mesmo nome | Foto: Julia Reis

  • EDIO ESPECIAL | 2014 | www.clickumolhar.com | PIRITUBA ACONTECE | 19

    PROJETOSQUE FAZEM A

    DIFERENA CLICK, UM OLHARCURIOSO SOBRE OMUNDO

    Promove oficinas sema-nais de comunicao para jovens h trs anos. Promove ainda eventos culturais e responsvel pela Pirituba Acontece e a Rdio Marchetti.

    ENTENDA O NOME DETRS DELAS

    COLETIVO LITERRIO SARAU ELO DA CORRENTE

    Transforma o bar do Santista em um espao deencontro da comunidade com arte, literatura e msica.Desenvolvem saraus, mantm uma biblioteca comunitria, um blog (http://migre.me/hFYah) e uma editora independente.

    GRUPO TEATRAL ARTE DE VIVER (GTAV)

    Grupo teatral religioso que fo-menta, h 17 anos, arte e cultura para jovens da regio, oferecendo oficinas e estudos teatrais semanais para a comunidade.

    CIA MONTFORT TEATRO

    Desenvolvem peas tea-trais e apresentaes de dana para a comunida-de. Alm de produzirem eventos como: a tradicio-nal festa do Migrante e campeonato de futebol.

    TEATRO SILVA

    Oferecem oficinas de tea-tro para jovens do bairro, com montagem de peas e exibies pblicas para a comunidade. Alm de rea-lizarem eventos na regio, como: o Quemcantaok, um karaok ao ar livre, e o Cine da Quebrada.

  • 20 | PIRITUBA ACONTECE | www.clickumolhar.com | 2014 | EDIO ESPECIAL

    A FAMOSARAIMUNDO

    A Avenida Raimundo Pereira de Magalhes (antiga estrada de Campinas) uma das maiores avenidas de So Paulo, com quase vinte quilmetros de extenso. Inicia-se no bairro da Lapa e termina na divisa com o municpio de Caieiras. Em todo seu percorrer, encontram-se diversos empreendimentos, escolas, faculdades e at alguns lugares histricos, que a equipe do Pirituba Acontece traz a sua ateno.

    Julia Reis

    O centro de compras era aguardado com altas espectativas pelos mora-dores locais

    TIET PLAZAO mais recente empreendimento da avenida o Tiet Plaza Shopping. Inaugurado em 18 de dezembro de 2013, o centro comercial se localiza no espao 1465 da ave-nida. Com o inicio das obras em fevereiro de 2011 e investimento total de R$360 mi, o shopping tem sua rea correspondente a 36.060 m, com 230 lojas, sendo que 92% delas j esto funcionando, e um estacionamento com capacidade para at 2400 ve-culos. Estima-se que o restante das lojas e o cinema estejam prontos e funcionando at maro deste ano, trazendo assim, mais variedade ao bairro.

    PROJETO (PORTAL) BANDEIRANTEUm dos condomnios mais conhecidos da zona oeste tambm se localiza nesta avenida, no nmero 1720. O Projeto Bandeirante um conjunto de prdios, com obras iniciadas na dcada de 1980. So 27 torres, quase 3000 apartamentos e mais de 12000 moradores. O Projeto se encontra bem em frente ao acesso da Marginal Tiet.

    Fotos: Julia Reis

  • EDIO ESPECIAL | 2014 | www.clickumolhar.com | PIRITUBA ACONTECE | 21

    RAIMUNDO

    SPAMAA comunidade Spama mais um dos pontos desta grande avenida. Construda h 30 anos em um terreno particular, em frente a onde antes funcionava uma metalrgica, que levava o mesmo nome. Por estar estabe-lecida em um terreno particular, a prefeitura no pode ceder benefcios como instalao de rede de luz, gua ou esgoto. A comunidade conta muito com a ajuda de ONGs como a Amora que, junto a parcerias, conquistou o comeo da instalao de uma rede de esgoto em 2012; e Um teto para o meu pas, ONG que atua em 19 pases da Amrica Latina, construindo casas emergenciais, que tambm prestou auxlio no ano de 2012. Um fato que marcou os moradores da comunidade no ano de 2013 foi um incndio ocorrido em outubro. Relatos apontam que o fogo comeou por causa da exploso de um botijo de gs. Quatro pessoas foram atendidas por inalao de fumaa.

    Fotos: Julia Reis

  • 22 | PIRITUBA ACONTECE | www.clickumolhar.com | 2014 | EDIO ESPECIAL

    CLICK, UM OLHAR CURIOSO SOBRE O MUNDOWWW.CLICKUMOLHAR.COM

    clickumolhar@gmail.com /piritubaacontece /clickumolhar