2678715 exercicios de reacoes organica

Upload: isadora-marques-moreira-serra

Post on 08-Jul-2015

316 views

Category:

Documents


1 download

TRANSCRIPT

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

QUMICA ORGNICA REAES ORGNICAS1. (Fuvest-1997) Sabes so usualmente obtidos pela reao de steres de cidos graxos com soda custica. As matrias-primas destas substncias so, respectivamente: a) petrleo e sal-gema. b) melao de cana e cal. c) gordura animal e gua mineral. d) leo vegetal e salmoura. e) gordura animal e cal.

2. (UERJ-1998) O cloreto de vinila, principal componente das resinas polivinlicas, pode ser obtido atravs da seqncia das seguintes reaes: Essas reaes I e II so classificadas, respectivamente, como: A) adio nucleoflica, eliminao B) adio eletroflica, eliminao C) substituio nucleoflica, substituio eletroflica D) substituio eletroflica, substituio nucleoflica

3. (Vunesp-1999) O "ter sulfrico" obtido industrialmente pela desidratao do etanol, em presena de H2SO4 A mesma reao, ocorrendo em temperaturas mais elevadas, produz o alceno correspondente. O ter e o alceno tm, respectivamente, as frmulas:

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

4. (Unirio-1999) O leo de milho contm aproximadamente 59% de triglicerdios poliinsaturados, enquanto a margarina contm em torno de 18% desses triglicerdios. A preparao de margarina a partir do leo de milho uma reao de adio efetuada com: A) H2 B) H2O C) HI D) I2 E) O2

5. (Fuvest-2002) O cheiro agradvel das frutas deve-se, principalmente, presena de steres. Esses steres podem ser sintetizados no laboratrio, pela reao entre um lcool e um cido carboxlico, gerando essncias artificiais, utilizadas em sorvetes e bolos. Abaixo esto as frmulas estruturais de alguns steres e a indicao de suas respectivas fontes.

A essncia, sintetizada a partir do cido butanico e do metanol, ter cheiro de banana. kiwi.ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ma. laranja. morango.

6. (Fuvest-2002) Alguns alimentos so enriquecidos pela adio de vitaminas, que podem ser solveis em gordura ou em gua. As vitaminas solveis em gordura possuem uma estrutura molecular com poucos tomos de oxignio, semelhante de um hidrocarboneto de longa cadeia, predominando o carter apolar. J as vitaminas solveis em gua tm estrutura com alta proporo de tomos eletronegativos, como o oxignio e o nitrognio, que promovem forte interao com a gua. Abaixo esto representadas quatro vitaminas:

Dentre elas, adequado adicionar, respectivamente, a sucos de frutas puros e a margarinas, as seguintes: I e IV II e III III e IV III e I IV e II

7. (Fuvest-2002) Quando se efetua a reao de nitrao do bromobenzeno, so produzidos trs compostos isomricos mononitrados:

Efetuando-se a nitrao do para-dibromobenzeno, em reao anloga, o nmero de compostos mononitrados sintetizados igual a a)1 b)2 c)3 d)4 e)5ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

8. (Vunesp-2002) Considere a seguinte seqncia de reaes:

Com respeito a estas reaes, so feitas as afirmaes: I. X CaC2. II. Y H2C = CH2. III. O produto final o polmero polivinilacetileno. So corretas as afirmaes: (A) I, apenas. (B) II, apenas. (C) I e III, apenas. (D) II e III, apenas. (E) I, II e III. 9. (Vunesp-2001) As margarinas so produzidas industrialmente pela hidrogenao cataltica parcial de triglicerdeos (lipdios) poliinsaturados. As matrias-primas que fornecem o hidrognio e os triglicerdeos usados no processo so, respectivamente, A) gs metano e leo vegetal. B) gua e melao de cana. C) petrleo e gordura animal. D) gs metano e gordura animal. E) calcrio e leo vegetal.

10. (Fuvest-2001) Dois hidrocarbonetos insaturados, que so ismeros, foram submetidos, separadamente, hidrogenao cataltica. Cada um deles reagiu com H2 na proporo, em mols, de 1:1, obtendo-se em cada caso, um hidrocarboneto de frmula C4H10. Os hidrocarbonetos que foram hidrogenados poderiam ser a) 1-butino e 1-buteno. b) 1,3-butadieno e ciclobutano. c) 2-buteno e 2-metilpropeno. d) 2-butino e 1-buteno. e) 2-buteno e 2-metilpropano.

11. (Fuvest-2001) Considere a reao representada abaixo:

Se, em outra reao, semelhante primeira, a mistura de cido actico e metanol for substituda pelo cido 4-hidroxibutanico, os produtos da reao sero gua e um:ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

a) cido carboxlico insaturado com 4 tomos de carbono por molcula. b) ster cclico com 4 tomos de carbono por molcula. c) lcool com 4 tomos de carbono por molcula. d) ster cclico com 5 tomos de carbono por molcula. e) lcool com 3 tomos de carbono por molcula. 12. (Fuvest-2000) O cido adpico, empregado na fabricao do nilon, pode ser preparado por um processo qumico, cujas duas ltimas etapas esto representadas ao lado: Nas etapas I e II ocorrem, respectivamente, a) oxidao de A e hidrlise de B. b) reduo de A e hidrlise de B. c) oxidao de A e reduo de B. d) hidrlise de A e oxidao de B. e) reduo de A e oxidao de B.

13. (Fuvest-2000) Pode-se produzir metanol a partir de uma reserva natural (X), conforme o esquema seguinte:

Em tal esquema, X e Y devem ser, respectivamente, a) metano e oxignio. b) carvo e hidrognio. c) celulose e gs carbnico. d) calcrio e soda custica. e) sacarose e etanol.

14. (Fuvest-2000) Analisando a frmula estrutural do mestranol, um anticoncepcional, foram feitas as seguintes previses sobre seu comportamento qumico: I deve sofrer hidrogenao. II pode ser esterificado, em reao com um cido carboxlico. III deve sofrer saponificao, em presena de soda custica. Dessas previses: a) apenas a I correta. b) apenas a II correta. c) apenas a I e a II so corretas. d) apenas a II e a III so corretas. e) a I, a II e a III so corretas.

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

15. (Unifesp-2002) Muitos lcoois podem ser obtidos pela hidratao catalisada por cidos, de alcenos. Nessa reao de adio, o H da gua se adiciona ao carbono que tem mais hidrognios ligados a ele e o grupo hidroxila se liga ao carbono menos hidrogenado (regra de Markovnikov). Sabendo-se que os lcoois formados na hidratao de dois alcenos so respectivamente 2-metil-2-pentanol e 1- tilciclopentanol, quais os nomes dos alcenos correspondentes que lhes deram origem? A) 2-metil-2-penteno e 2-etilciclopenteno. B) 2-metil-2-penteno e 1-etilciclopenteno. C) 2-metil-3-penteno e 1-etilciclopenteno. D) 2-metil-1-penteno e 2-etilciclopenteno. E) 3-metil-2-penteno e 2-etilciclopenteno. 16. (PUCRS/1-2002) Durante o apodrecimento de peixes, formam-se aminas volteis que so responsveis pelo cheiro caracterstico. Uma maneira de diminuir o odor acrescentar ________, resultando na formao de um sal orgnico sem cheiro. A) NaCl B) NaOH C) CH3CHO D) CaO E) CH3COOH

17. (PUCRS/1-2000) I. Os sabes e detergentes formam emulses de gua e gordura porque aumentam a tenso superficial da gua. II. O processo de fabricao de sabes usa como matria-prima leos ou gorduras. III. A molcula de sabo apresenta uma cadeia apolar e uma extremidade polar. IV. Os sabes so obtidos a partir da reao de saponificao entre um ster e um aminocido. Pela anlise das afirmativas, conclui-se que est correta a alternativa: A) I e II B) I e III C) II e III D) II e IV E) III e IV

18. (PUCSP-2002) A ozonlise uma reao de oxidao de alcenos, em que o agente oxidante o gs oznio. Essa reao ocorre na presena de gua e zinco metlico, como indica o exemplo.

Considere a ozonlise em presena de zinco e gua, do dieno representado a seguir:

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

Assinale a alternativa que apresenta os compostos orgnicos formados durante essa reao. a) Metilpropanal, metanal, propanona e etanal. b) Metilpropanona, metano e 2,4- pentanodiona. c) Metilpropanol, metanol e cido 2,4-pentanodiico. d) Metilpropanal, cido metanico e 2,4-pentanodiol. e) Metilpropanal, metanal e 2,4-pentanodiona. 19. (PUCSP-2000) Apesar de conhecido h muito tempo, somente neste sculo foi elucidado o modo como o sabo atua na remoo da gordura. O sabo formado por molculas com uma longa cadeia apolar (lipoflica) e uma extremidade inica (hidroflica). Desse modo, temos uma molcula anfiflica, ou seja, uma molcula que apresenta afinidade com gorduras e com a gua, permitindo que a gua com sabo remova a gordura. A seguir so apresentadas quatro reaes:

As reaes que apresentam como produto uma molcula anfiflica so: a) I e III b) I e IV c) II e IV d) I, II e IV e) I, II e III

20. (PUCSP-2000) Acetato de etila pode ser obtido em condies adequadas a partir do eteno, segundo as reaes equacionadas abaixo:

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

X e Y so, respectivamente: a) propanona e etanol. b) etanol e acetaldedo. c) acetaldedo e cido actico. d) etano e etanol. e) etanol e cido actico.

21. (UFMG-2002) Nesta representao, o composto I reage com hidrxido de sdio, produzindo o sabo II:

J o composto representado pela estrutura III tambm reage com hidrxido de sdio, produzindo o detergente IV:

Considerando-se essas reaes, INCORRETO afirmar que: A) o detergente e o sabo interagem com a gua por meio de seus grupos inicos. B) o detergente e o sabo interagem com as gorduras por meio de suas cadeias carbnicas. C) os compostos I e III so cidos. D) os compostos II e IV so os nicos produtos dessas reaes.

22. (UFMG-2001) A reao entre um mol de propino, bromo, Br2, na ausncia de luz ou calor, produz A) B) C) D)

, e dois mol de

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

23. (Mack-2001) A Equao geral da reao de um haleto de alquila com composto de Grignard

24. (Mack-2001)

+ Br2

O tipo de reao que ocorre entre o ciclopropano e o bromo, representada na equao acima, de: a) substituio. b) eliminao. c) oxidao. d) polimerizao. e) adio. 25. (Fuvest-1994) O usque contm gua, etanol e pequenas quantidade de outras substncias, dentre as quais cido actico e acetato de etila. Estas duas ltimas substncias teriam se formado, a partir do etanol, respectivamente, por reaes de: a) oxidao e hidrlise. b) hidrlise e esterificao. c) esterificao e reduo. d) reduo e oxidao. e) oxidao e esterificao.

26. (PUCPR-1999) A reao de ozonlise dos alcenos produzir como produto molculas de: A) lcoois ou fenis. B) cetonas ou aldedos. C) cetonas ou cidos carboxlicos. D) lcoois ou cidos carboxlicos. E) dilcoois ou cidos carboxlicos. 27. (PUCPR-2000) A reao indicada:

Br CH2 CH2 CH2 Br

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ao ser realizada, resultar nos seguintes produtos: Propanona somente. Uma mistura de propanona e propanal. Propanal somente. Uma mistura de cido propanico e propanal. cido propanico somente.

28. (UFBA-1999)

Com base nas reaes orgnicas representadas acima e nos conhecimentos sobre nomenclatura e propriedades dos compostos orgnicos, pode-se afirmar: (01) (02) (04) (08) A reao I de eliminao. Em II, o composto resultante um polmero de adio. Em III, o composto orgnico resultante o propanoato de metila. A reao III de esterificao, e a IV de substituio.

(16) O ponto de ebulio dos alcanos normais diminui com o aumento da massa molar. (32) O ciclopropano no solvel em benzeno.

A presso de vapor do cido etanico superior do metanoato de metila, nas mesmas condies.

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

29. (UFC-1999) Em geral, os corantes e pigmentos naturais, responsveis pelas belas coloraes observadas nos animais e nas plantas, so obtidos por extrao em soluo. Assim, uma extrao eficiente requer que o corante apresente elevada solubilidade no solvente utilizado. Analise a estrutura do corante amarelo luteolina, representada abaixo, e assinale a alternativa que relaciona o solvente mais adequado para a obteno da luteolina por extrao, a partir de plantas.OH OH OH O

OH

O

n-hexano (C6H14) tetracloro-etileno (C2Cl4) tetracloreto de carbono (CCl4) benzeno (C6H6) lcool etlico (C2H6O)

30. (UFMG-1997) Os steres, assim como as cetonas, so responsveis pelo sabor e fragncia de muitas frutas, flores e aromatizantes artificiais. O odor e o sabor do acetato de isopentila so semelhantes aos da banana.

acetato de isopentila Quando esse composto orgnico reage com hidrxido de sdio, numa reao de saponificao, os compostos obtidos so

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

31. (UECE-2002) A fenilamina, denominada anilina um importante corante muito usado em alimentos. Sua obteno, atravs de processo industrial, ocorre atravs da seguinte reduo: X + 6[ H ] Os radicais X e Y so, respectivamente: A) NH2 e NO2 B) NO2 e NH2 C) NO3 e NH2 D) NO3 e NH4 Y + 2H2O

32. (UFU-2001) O retinol ou vitamina A, cuja estrutura mostrada abaixo, desempenha um importante papel no nosso organismo, pois favorece a viso, o crescimento, e participa ativamente do metabolismo de diversos hormnios.

Dentre os reagentes qumicos abaixo, aquele que NO reage com o retinol A) soluo aquosa de permanganato de pot ssio (KMnO4) B) cido sulfrico concentrado (H2SO4). C) soluo aquosa de hidrxido de sdio (NaOH). D) soluo de bromo (Br2) em tetracloreto de carbono (CCI4).

33. (UFC-1999) As reaes orgnicas relacionadas abaixo possibilitam a preparao de compostos de interesse comercial, por exemplo, os protetores solares (a), e a preparaoO OCH3 X. C Cl O C AlCl3 (a) OCH3

+

CH3 Y.

CH2Br

+

Br2

Luz ultravioleta (b) FeCl3 Cl

Z.

+

Cl2

ausncia de luz (c)

de matria prima (b, c) para a fabricao de inseticidas, corantes, pigmentos e antispticos.ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

Analise as seguintes afirmativas, relacionadas com as reaes X, Y e Z: I. X uma reao de substituio, caracterizada como alquilao de Friedel-Crafts. II. Y uma reao de adio, caracterizada como halogenao. III. Z uma reao de substituio, caracterizada como halogenao. Com base nas informaes acima, assinale a alternativa correta. A) I e II so verdadeiras. B) I e III so verdadeiras. C) Somente II verdadeira. D) II e III so verdadeiras. E) Somente III verdadeira.

34. (UPE-2001) O alcino que, por oxidao enrgica em meio sulfrico, origina um nico produto, o cido actico, A) Propino. B) 1-Pentino. C) Acetileno. D) 2 Butino. E) 1 Butino.

35. (UFPE-2002) lcoois no so utilizados somente como combustveis, mas tambm na produo de derivados do petrleo, como, por exemplo, alquenos. Qual dos lcoois abaixo produzir propeno a partir da desidratao em meio cido? A) 2-metil-2-propanol. B) etanol. C) 2-propanol D) 2-butanol. E) 2-metil-1-propanol. 36. (Mack-2002) (I) Zn(s) + HCl(aq.) ZnCl2(aq.) + Y(g) catalisador (II) Y(g) + C2H2(g) W(g) Analisando as equaes no balanceadas acima, INCORRETO afirmar que: a) para cada mol de zinco que reage so necessrios 2 mols de cido clordrico. b) Y tem frmula molecular Cl2. c) W o etano se o nmero de mols de molculas de Y for 2. d) Y o gs hidrognio. e) a equao II representa uma reao de hidrogenao cataltica. 37. (Mack-2002) I) H3C Cl + NaCN H3C CN + NaCl R OH II) CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 = CH2 CH2 = CH2+ ZnCl2 Cl Cl As equaes I e II representam, respectivamente, reaes de: a) substituio e eliminao. b) adio e substituio. c) eliminao e substituio. d) substituio e substituio. e) adio e eliminao.ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

38. (PUC-MG-2001) Considere os compostos abaixo, em gua a 25 oC. CH2BrCOOH CH2 ICOOH CH2ClCOOH CHCl2COOH CH2FCOOH A ordem crescente de acidez : A) II < I < III < V < IV B) IV < V < III < I < II C) IV < V < I < II < III D) III < I < IV < V < II

39. (UFRN-2002) Tiago, ao queimar a mo fazendo caf, aplicou, na regio afetada, uma pomada de cor amarela intensa base de cido pcrico. Por curiosidade, o rapaz procurou conhecer um pouco mais sobre essa substncia medicamentosa. Em uma enciclopdia, encontrou que o cido pcrico um derivado fenlico trissubstitudo obtido a partir da reao de fenol (C6H5OH) com o cido ntrico (HNO3), em presena de cido sulfrico (H2SO4) concentrado, cuja reao de obteno estava expressa por C6H5OH + 3 HNO3 H 2SO 4 C6H2(NO2)3OH (cido pcrico) + 3 H2O Considerando o efeito de orientao dos grupos hidroxila (-OH) e nitro (-NO2) sobre o anel aromtico na reao de nitrao total, pode-se afirmar que, entre os ismeros abaixo, a frmula estrutural correta do cido pcrico :

40. (UFRN-2002) Os organismos vivos sintetizam, por meio de reaes de biossntese, muitos dos compostos de que necessitam. Em uma dessas reaes, o beta-caroteno (presente em tomates, cenouras etc.) sofre quebra por oxidao para produzir duas molculas de um aldedo chamado retinal. Posteriormente, duas outras reaes ocorrem:converso do retinal em vitamina A1 e isomerizao do retinal em neoretinal, representadas no diagrama abaixo:

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

Considerando o diagrama, pode-se afirmar que a reao de formao da vitamina A1 e o tipo de isomeria entre retinal e neoretinal so, respectivamente, A) reao de reduo e isomeria funcional. B) reao de hidrlise e isomeria geomtrica. C) reao de reduo e isomeria geomtrica. D) reao de hidrlise e isomeria funcional.

41. (UFRN-2002) Nas operaes de policiamento (blitze) em rodovias, o bafmetro tubo contendo uma mistura de dicromato de potssio (K2Cr2O7) e slica umedecida com cido sulfrico (H2SO4) usado para medir a quantidade de etanol (C2H5OH) presente no ar exalado por uma pessoa que ingeriu bebida alcolica. A reao do lcool com os reagentes mencionados expressa pela equao descrita abaixo: 2CH3CH2OH + K2Cr2O7 + 3H2SO4 2CH3COOH + 2CrSO4 + K2SO4 + 5H2O De acordo com a equao, pode-se afirmar que o etanol sofre um processo de: A) oxidao pelo K2Cr2O7. B) oxidao pelo H2SO4. C) reduo pelo K2Cr2O7. D) reduo pelo H2SO4.

42. (UFRN-1998) Analise cada uma das trs reaes abaixo: CH2 CH2H2O, H+

H3C

CH2 OH SO3H

+

H2SO 4

+

H2O

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA H+ ou OH-

R

C

OCH3 + H2O

R

C

OH + HOCH3

O O Marque a opo que corresponde s suas respectivas classificaes. A) adio a alcenos - substituio eletroflica de aromticos - hidrlise de steres B) desidratao de lcoois - oxidao - reduo de cetonas C) neutralizao - nitrao - esterificao de cidos carboxlicos D) oxidao branda - hidrlise cida - neutralizao

43. (UFRN-1999) Os flavorizantes so substncias que apresentam sabor e aroma caractersticos. Muitos dos flavorizantes pertencem funo ster. O acetato de etila, por exemplo, utilizado na preparao da essncia de ma. Sabendo-se que steres podem ser obtidos a partir da reao do anidrido do cido com o lcool apropriado, indique qual dos anidridos abaixo deve ser utilizado para obteno do acetato de etila.A) O H3C C O H3C C O C O B) C O O

O C C) C O O D) H3C(CH2)2C H3C(CH2)2C O O O

44. (Fuvest-2003) O esquema abaixo representa uma transformao qumica que ocorre na superfcie de um catalisador.

Uma transformao qumica anloga utilizada industrialmente para a obteno de a) polietileno a partir de etileno. b) celulose a partir de glicose. c) perxido de hidrognio a partir de gua. d) margarina a partir de leo vegetal.ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

e) naftaleno a partir de benzeno.

45. (Fuvest-2003) Do acaraj para a picape, o leo de fritura em Ilhus segue uma rota ecologicamente correta. [...] o leo [...] passa pelo processo de transesterificao, quando triglicrides fazem uma troca com o lcool. O resultado o ster metlico de cidos graxos, vulgo biodiesel. (O Estado de S. Paulo, 10/08/2002) O lcool, sublinhado no texto acima, a frmula do produto biodiesel (em que R uma cadeia carbnica) e o outro produto da transesterificao, no mencionado no texto, so, respectivamente, a) metanol, ROC2H5 e etanol. b) etanol, RCOOC2H5 e metanol. c) etanol, ROCH3 e metanol. d) metanol, RCOOCH3 e 1,2,3-propanotriol. e) etanol, ROC2H5 e 1,2,3-propanotriol.

46. (PUCSP-2003) Em dois bales distintos, as substncias A e B foram colocadas em contato com dicromato de potssio (K2Cr2O7) em meio cido, temperatura ambiente. Nessas condies, o dicromato um oxidante brando. No balo contendo a substncia A foi observada a formao do cido propinico (cido propanico), enquanto que no balo que continha a substncia B formou-se acetona (propanona). As substncias A e B so, respectivamente, A) cido actico e etanal. B) propanal e 2-propanol. C) butano e metil-propano. D) propanal e 1-propanol. E) propano e propanal.

47. (Mack-2003) Na reao de tolueno (metil-benzeno) com um mol de cloro, no escuro e com catalisador, so produzidos dois compostos que so ismeros de posio entre si. As frmulas estruturais desses ismeros so:

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

48. (UFC-2003) Determinadas substncias utilizadas como anestsicos locais, tais como I, II e III, tm como caracterstica a presena de um mesmo fragmento estrutural na molcula.

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

CH3 N O H3C O O H3C N H2C H2C O

IO H3C N H3C CH3 C H2C H2C CH3 O

II

III

Analise as estruturas I, II e III e assinale a alternativa que indica corretamente o mesmo produto, que seria obtido na reao de hidrlise cida (H2O/H+) de I, II e III. A) Fenol B) cido benzico C) Benzeno D) Benzoato de sdio E) 2-(dimetil-amino)etanol

49. (ITA-2003) Qual das opes apresenta uma substncia que ao reagir com um agente oxidante ([O]), em excesso, produz um cido carboxlico? A) 2-propanol. B) 2-metil-2-propanol. C) ciclobutano. D) propanona. E) etanol. 50. (ITA-2003) Explique por que a temperatura de hidrogenao de cliclo-alcanos, catalisada por nquel metlico, aumenta com o aumento da quantidade de tomos de carbono presentes nos ciclo-alcanos.

RESPOSTAS 1. Resposta: D 2. Resposta: B 3. Resposta: A 4. Resposta: A 5. Resposta C Resoluo: A equao da reao de esterificao :ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

6. Resposta: E Resoluo: Os sucos de frutas so misturas nas quais o principal componente a gua (solvente polar) na qual substncias polares (com muitos grupos OH, NH2, etc.) so solveis: I e IV. Margarinas apresentam como principal constituinte lipdios que apresentam molculas pouco polares. Estes materiais dissolvem outras substncias pouco polares com longas cadeias de hidrocarbonetos (...CH2 CH2 CH3): II e III. 7. Resposta: A Resoluo: A mononitrao do paradiclorobenzeno fornece apenas um ismero

uma vez que as quatro posies disponveis para uma nova substituio so idnticas.

8. Resposta: A 9. Resposta: A

10. Resposta: c

11. Resposta: b 12. Resposta: a 13. Resposta: b 14. Resposta: c 15. Resposta: B 16. Resposta: E 17. Resposta: CALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

18. Resposta: E 19. Resposta: B 20. Resposta: E 21. Resposta: D 22. Resposta: A 23. Resposta: E 24. Resposta: E 25. Resposta: E 26. Resposta : B 27. Resposta : A 28. Soma : 11 29. Resposta : E 30. Resposta : A 31. Resposta: B 32. Resposta: C 33. Resposta : E 34. Resposta : D 35. Resposta : C 36. Resposta: b

37. Resposta: a

38. Resposta: a 39. Resposta: C 40. Resposta: C 41. Resposta: AALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

42. Resposta: A 43. Resposta: A 44. Resposta: D Resoluo: uma reao de adio: hidrogenao cataltica, que ocorre em compostos insaturados, diminuindo o grau de insaturao. Esse processo observado na transformao de leos vegetais poliinsaturados em margarina. H2 + leo

45. Resposta: D Resoluo:

46. Resposta: B 47. Resposta: C 48. Resposta: B Resoluo: Conforme visto nas estruturas, as trs substncias so steres, todas contendo o fragmento benzoato. Logo, a hidrlise cida forneceria, em todos os casos, o cido benzico como um dos produtos. Portanto, a alternativa correta a B. 49. Resposta: E 50. A explicao para o aumento da temperatura necessria ruptura do ciclo dada pela Teoria da Tenso dos Ciclos de Bayer. No ciclopropano, a tenso no ciclo muito grande, e a facilidade da ruptura grande. Por isso a temperatura necessria nessa reao a menor. medida que aumenta o nmero de C no ciclo, o ngulo entre as ligaes C C se aproxima do valor 10928, e com isso a tenso no ciclo diminui, ou seja, o ciclo fica mais estvel, exigindo temperatura mais alta para ser rompido. Quando se trata de um ciclo com 6 ou mais C, estes no esto no mesmo plano e o ngulo entre as ligaes C C praticamente 10928, no havendo tenso no ciclo.ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

ALEXQUIMICA.COM.BRPROF. ALEXANDRE OLIVEIRA