245283542 atps administracao financeira e orcamentaria

Download 245283542 ATPS Administracao Financeira e Orcamentaria

Post on 05-Dec-2015

216 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

atps adm finaçeira e orçamentaria

TRANSCRIPT

UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERPADMINISTRAO FINANCEIRA E ORAMENTRIA5 SEMESTRE6 SEMESTRELazaro Martins Souza RA: 430817Romulo Lima Barbosa RA Marcio Muniz de CarvalhoRA Ugo RA VANUZA DA SILVA OLIVEIRARA

PROFESSOR EAD:Wagner Luiz VillalvaPROFESSOR PRESENCIAL:Leonardo Marcel

Juazeiro-Bahia2015

SUMARIOINTRODUO:3Etapa 13Etapa 26Etapa 38Etapa 416Concluso:20Bibliografia:20

INTRODUO:

Nessa ATPS vamos analisar os riscos e os impactos da desvalorizao da moeda em relao a taxas de inflao, com o foco na anlise de investimento.O principal objetivo da Administrao financeira para as empresas o aumento de seu lucro para seus proprietrios. Uma gerao adequada de lucro e caixa faz com que a empresa contribua de forma ativa e moderna em funes sociais, ou seja pagamento de salrios e encargos, capacitao dos funcionrios, investimentos em novas Tecnologias de Informao.A Administrao Financeira est estritamente ligada Economia e Contabilidade, pode ser vista como uma forma de Economia aplicada, que se baseia amplamente em conceitos econmicos e em dados contbeis para suas anlises. No ambiente macro a Administrao Financeira enfoca o estudo das instituies financeiras e dos mercados financeiros e ainda, de como eles operam dentro do sistema financeiro nacional e global. A nvel micro aborda o estudo de planejamento financeiro, administrao de recursos, e capital de empresas e instituies financeiras. necessrio conhecimento de Economia para se entender o ambiente financeiro e as teorias de deciso que constituem a base da Administrao Financeira contempornea. A Macroeconomia fornece ao Administrador Financeiro uma viso clara das polticas do Governo e instituies privadas, atravs das quais a atividade econmica controlada.

Na avaliao de ttulos, o objetivo e projetar o comportamento futuro dos ativos financeiros, formulando previses com relao s variaes de seus preos no mercado, onde so adotados, e devemos seguir dois critrios de anlise para investimento em aes

Etapa 1

O principal objetivo da Administrao Financeira para as empresas o aumento de seu lucro/rentabilidade para com seus proprietrios. Todas as atividades empresariais envolvem recursos financeiros e orientam-se para a obteno de lucros. Os proprietrios investem em suas entidades e doravante pretendem ter um retorno compatvel com o risco assumido, atravs de gerao de resultados econmico-financeiros (lucro/caixa) adequados por um tempo longo, ou seja, durante a perpetuidade da organizao.

Uma gerao adequada de lucro e caixa faz com que a empresa contribua de forma ativa e moderna em funes sociais, ou seja, pagamentos de salrios e encargos, capacitao dos funcionrios, investimentos em novas Tecnologias de Informao (TI), etc.

Na viso dos proprietrios, uma organizao pode ser conhecida como um sistema de gerar lucros e maximiza os recursos nela investidos.

Atividades Empresariais relacionadas rea financeira

Operacional = As atividades operacionais existem de acordo com o ramo de atividades da empresa, e visa proporcionar atravs de operaes viveis um retorno desejado pelos acionistas. As atividades operacionais refletem o que acontece na Demonstrao de Resultado do Exerccio, por exemplo: compras de matria-prima, produo, vendas, salrios, etc. Investimentos = Atividades executadas em decorrncia das aplicaes de recursos. As atividades de investimentos costumam ser classificadas no Balano Patrimonial, na conta Investimentos, por exemplo: compras de maquinas e equipamentos, aplicaes financeiras de curto e longo prazo. Financiamentos = As atividades de financiamento refletem as decises tomadas diante das atividades operacionais e deinvestimentos. As contas de financiamento costumam ser classificadas no passivo financeiro (circulante ou ELP) e no Patrimnio Lquido. Exemplos: captao de emprstimos bancrios, integralizao de capital da empresa, etc.

Relao entre a demonstrao de resultado e as atividades empresariais.

Como podemos constatar as atividades empresariais que no sejam de investimentos e ou de financiamentos, so chamadas de atividades operacionais. As atividades operacionais so executadas dependendo do ramo de atividade da entidade e geram receitas,custos e despesas. Mas no mbito gerencial, algumas atividades operacionais, so reclassificadas como no operacionais, tais como: as receitas edespesas financeiras, pois, as mesmas originam-se de atividades de investimentos temporrios e financiamentos.Administrao Financeira e reas Afins A Administrao Financeira est estritamente ligada Economia e Contabilidade, pode ser vista como uma forma de Economia aplicada, que se baseia amplamente em conceitos econmicos e em dados contbeis para suas anlises. No ambiente macro a Administrao Financeira enfoca o estudo das instituies financeiras e dos mercados financeiros e ainda, de como eles operam dentro do sistema financeiro nacional e global. A nvel micro aborda o estudo de planejamento financeiro,administrao de recursos, e capital de empresas e instituies financeiras. necessrio conhecimento de Economia para se entender o ambiente financeiro e as teorias de deciso que constituem a base da Administrao Financeira contempornea. A Macroeconomia fornece ao Administrador Financeiro uma viso clara das polticas doGoverno e instituies privadas, atravs das quais a atividade econmica controlada. Operando no campo econmico criado por taisinstituies, o Administrador Financeiro vale-se das teorias Microeconmicas de operao da firma e maximizao do lucro para desenvolver um plano que seja bem-sucedido. Precisa enfrentar no s outros concorrentes em seu setor, mas tambm as condies econmicas vigentes.

Um investidor decide que a taxa de desconto a ser aplicada a uma ao de 6%; outra ao, com o dobro dos riscos, ter uma taxa de desconto de 12 %, determinado o nvel de risco, realizar o ajuste dos retornos futuros.Determinado o nvel de risco, o prximo passo ajustar os retornos as rendas futuras incerteza do prazo. De modo geral, os seguintes princpios so aplicados para avaliar as taxas de desconto. Avaliao das taxas de descontos:1. Entre duas rendas futuras, aquela que tiver a data de resgate posterior deve ter a maior taxa de desconto.2. Quanto menor for o risco percebido, menor dever ser a taxa de desconto.3. Se as taxas de juros gerais do mercado subirem, a taxa de desconto dever subir tambm.O risco pode declinar devido a perspectivas mais favorveis dos negcios, previso da queda da taxa da inflao e dos juros, ou por condies econmicas mais estveis. Quando o risco se reduz, o valor presente das rendas futuras aumenta.RELAO INVERSA ENTR VALOR PRESENTE E RISCO.Renda futura(Daqui a trs anos)(R$)Taxa de desconto(%)FVP de R$ 1 em 3 anosVP de renda futura

100012 (risco alto)0,711711

10006 (risco baixo)0,839839

VP= VF (1+R)n

Etapa 2

Passo 1

Taxas Selic de 03/09/2014 a 03/09/2014

DataTaxa (%a.a.)Fator dirioBase de clculo (R$)Estatsticas

MdiaMedianaModaDesvio padrondice de curtose

03/09/201410,901,00041063529.455.101.175,6810,9010,8910,900,02544,45

Realizar os clculos dos juros reais utilizando os juros nominais (Selic) e inflao:I = juro nominal (Selic) (11%)R = juro real (?)J = inflao (6,5%) meta correspondente ao ano de 2014(1 + i) = (1 + r).(1 + j)12 = (1+r).7,5(1+r) = 12/7,5(1+r) = 1,6R = 1,6-1 = 0,6= 60%Juros Reais de 60%3.4 PASSO 2 Avaliar o investimento em aes da empresa fictcia Companhia gua Doce:Investimentos em Aes na Companhia Agua Doce.

PerodoAplicao (1)Taxa de desconto (3)Taxanominal(Selic) (2)Valor Futuro(Taxa de desconto)Valor futuroVF = VP(1+i)n

150.000,0012,5319,21%56.265,0059.605,00

250.000,009,3023,47%54.650,0061.735,00

350.000,007,6016,38%53.80058.190,00

450.000,005,6919,13%52.845,0059.565,00

550.000,003,1414,91%51.570,0057.455,00

650.000,004,4612,04%52.230,0056.020,00

750.000,005,9012,45%52.950,0056.225,00

850.000,004,3110,13%52.155,0055.650,00

950.000,005,919,90%52.955,0054.950,00

1050.000,006,5011,76%53.250,0055.880,00

Total500.000,00532.670,00575.275,00

Calcular tambm os retornos esperados, usando as probabilidadesInformativos das aes

DividendosR$ 10,00 / ao

Preo das Aes ano correnteR$ 50/ao

Quantidade Invest.R$ 500,000.00

Preo da ao no ano anteriorR$ 22,00/Ao

Taxa de Retorno mercado (Rm)9,5% a.a

Taxa de retorno IBOVESPA(Rf)6,5% a.a

Retorno esperado = 10,00 + 22,00/50,00 = 32/50 = 0,64 = 64%Retorno esperado usando probabilidades

Condies EconmicasRetorno Efetivos(K)Probabilidade (P)(R)

Recesso15%0,790,94

Normal25%0,890,22

Expanso35%0,990,34

Retorno esperado: K = 0,94+0,22+0,34 = 1,5Riscos e Retornos de titulos selecionados

Retorno anual mdia (%)Desvio-padro

Aes Preferenciais16.536.5

Aes Ordinarias12.721

Titulos Empresarias de Longo Prazo5.98.7

Titulos governamentais de Longo Prazo4.28.4

Obrigaes do tesouro brasileiro3.94.7

3.5 PASSO 3Interpretar o balanceamento entre risco e retorno, usando os nmeros, no qual os desvios padro so: 170 para o Projeto A e 130 para o Projeto B, considerando que o retorno esperado para ambos de 280. Calcular e avaliar qual dos projetos apresenta menor risco.CV do Projeto A = 170/280 = 0,60CV do Projeto B = 130/280 = 0,46O Projeto B o melhor investimento porque, mesmo tendo o mesmo retorno esperado, tem menor risco que o Projeto A.Etapa 3

PASSO 1

Mtodos de Avaliaes Na avaliao de ttulos, o objetivo e projetar o comportamento futuro dos ativos financeiros, formulando previses com relao s variaes de seus preos no mercado, onde so adotados, e devemos seguir dois critrios de anlise para investimento em aes, que