22ª Edição Conexão Notícias

Download 22ª Edição Conexão Notícias

Post on 23-Mar-2016

241 views

Category:

Documents

22 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O Conexo Noticias um jornal regional que circula em Belo Horizonte, nos bairros Castelo, Ouro Preto e Pampulha

TRANSCRIPT

<ul><li><p>No Brasil, 4% dapopulao temproblema paraenxergar</p><p>Inauguraoda aveindaPedro II</p><p>PGINA 7</p><p>PGINA 12</p><p>julho/agosto - 2012 - Belo Horizonte/MG - 22a edio - Ano IV - Distribuio Gratuita - www.conexaonoticias.com.br</p><p>Sempre oro e agradeoa Deus por tudo que eleme proporciona, e peoque as minhas msicasfaam histria na vidados meus fs.</p><p>Eduardo Costa</p><p>Sempre oro e agradeoa Deus por tudo que eleme proporciona, e peoque as minhas msicasfaam histria na vidados meus fs.</p><p>Eduardo Costa</p><p>Uma obraesperada hmais de trsdcadas</p></li><li><p>Odesemprego e a dificuldade de insero no mercado detrabalho assombram jovens brasileiros. A violncia e abaixa escolaridade so apontadas como causas da difi-culdade de se conseguir um emprego de carteira assinada. Deacordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estats-ticas (IBGE), os considerados jovens, no Brasil, tm entre 15 e 24anos. Apesar dos programas do governo como Menor Aprendiz,</p><p>Primeiro Emprego, ainda faltam vagas para todos.O jornalista Marcelo Sander, 31, criador do blog Mercado Web Minas, onde aborda assuntos sobre o mercado de</p><p>trabalho, os jovens ainda no esto bem preparados. Segundo ele, os candidatos demonstram pouco interesse nas en-trevistas, porm ainda existem os diferenciados. J tive estagirios acima da mdia e estes, sem nenhuma exceo,esto se dando muito bem no mercado. Todos tm basicamente as mesmas caractersticas: opinio, participao, as-similao, vontade de aprender, explica. A falta de interesse em ampliar os conhecimentos escolares e a falta decomprometimento so alguns dos problemas apontados pelo jornalista e aconselha: Valorizo muito o networkingnesse mercado. Temos sempre que estar antenados.</p><p>Veja a entrevista e anote as dicas para conseguir um emprego at o final do ano:</p><p>Em nossas ediessempre publicamosuma dica de eti-queta de Gloria Kalil ou</p><p>de outros autores que abordem o comporta-mento humano, e, talvez eu faa isto porquemuito me incomoda a falta de etiqueta e deeducao vista nos ltimos tempos. O pior que na maioria das vezes elas vm de pessoasque detm nveis intelectuais avanados ouprocedem de famlias ajustadas, estruturadase socialmente bem situadas. </p><p>Isto me faz crer que hoje o nvel de esco-laridade no interfere mais na educao daspessoas at porque dentro das salas de aula oque mais podemos ver a falta de educao,a falta de respeito uns com os outros e, infe-lizmente, at agresses fsicas. </p><p>Acho que o fato dos pais estarem to au-sentes na vida dos filhos, ocupados com aslongas jornadas de trabalho, a educao ficaem segundo plano e o dilogo compensadopor presentes e muita mo na cabea. </p><p>No raro os filhos chegarem em casaapontando um problema na escola ou mesmocom um amigo e os pais escutam apenas avoz do seu filho incentivando a revanche.Educar vai alm de satisfazer os desejos dosdas crianas, educar falar sim, mas muitosnos.</p><p>Como ensinar nossas crianas valores ti-cos e morais? Como trein-los para exercera plena democracia se os pais no os ensinamque cidadania nos d direitos, mas tambmmuitos deveres? </p><p>Da vem os porqus de tanta falta de edu-cao e a total decadncia do respeito, datica e da moral. Como podemos cobrar daspessoas estes valores se eles no so mais en-sinados? Portanto, acho que ns pais, edu-cadores e formadores de opinio precisamosrefletir se temos o direito de enterrar valoresque antes equilibravam as relaes sociais...</p><p>www.conexaonoticias.com.br jjuullhhoo//aaggoossttoo//22001122</p><p>www.conexaonoticias.com.br</p><p>Cida Gregori - RG 1512 MGEditora Responsvel / Jornalista / Relaes Pblicas - RG 1512 MGFotografia: Cida Gregori e Allison Halliday</p><p>O Jornal Conexo Notcias produzido pela Stillus Comunicao Razo social: Gregori &amp; Gregori Comunicao</p><p>Grfica: Sempre Editora LTDATiragem: 15000 exemplares</p><p>Redao / Comercial:Teleone: (31) 4103-6178 / 3357-5067 Celular: (31) 8484-3930</p><p>contato@conexaonoticias.com.br</p><p>www.conexaonoticias.com.br</p><p>@conexaonoticias</p><p>Jornal Conexo Notcias</p><p>DISTRIBUIO GRATUITA</p><p>Os artigos assinados so de responsabilidade de seus autores eno refletem, necessariamente, a opinio do jornal.</p><p>2</p><p>Conexo Notcias: Voc acha que os jovens tem sepreparado para entrar no mercado de trabalho?Marcelo: Depende. Em sua grande maioria, salvo rars-simas excees, tenho percebido que no. E no nemquesto de estudo, mais de carter mesmo, vocao. Osjovens esto muito apticos, inclusive no que se refereao aprendizado, vontade de vestir a camisa, de tra-balhar em equipe, de ousar, enfim, esto muito inseguros,com dificuldades no relacionamento interpessoal. Bom, uma viso pessoal, que percebo no dia a dia, pois jtive estagirios mais novos.</p><p>Conexo Notcias: Qualificar-se ainda a soluo ouo talento o maior diferencial?Marcelo: Um pouco dos dois. Ainda percebo que cadavez mais tem valido tambm o carter, o perfil pessoal,as aspiraes, o relacionamento interpessoal de cada can-didato.</p><p>Conexo Notcias: Voc tem dicas para jovens in-gressarem mais rpido no mercado de trabalho?Marcelo: Comece estgio bem cedo, no espere chegarnum perodo mais avanado. Comece ganhando pouco,voc vai aprender muito. No se acomode no estgio.Continue mandando currculos e participando de eventose cursos da rea, trocando ideia com colegas de outrasagncias, seguindo perfis da rea no Twitter, participandode grupos da rea no Facebook e acessando blogs dosetor de interesse. Lembrando que no s estar nasredes sociais: tem que PARTICIPAR!</p><p>Conexo Notcias: Na sua opinio, os cursos tcnicosesto sendo mais valorizados do que a graduao?</p><p>Marcelo: No questo de serem mais ou menos valo-rizados. Ambos se complementam. Quem faz um cursotcnico chega frente no mercado de trabalho e commais bagagem na faculdade.</p><p>Conexo Notcias: Como o mercado mineiro? Temvaga para todo mundo?Marcelo: Tem sim! Mas se manter nelas que compli-cado. Se voc rende abaixo do esperado, roda fcil. Se muito bom, outras agncias vo te querer, pois a rota-tividade costuma ser muito grande, ou os mercados doRio e de So Paulo te levam (risos).</p><p>Conexo Notcias: Porque resolveu criar o site Mer-cado Web Minas? Voc sentia falta de um local ondeestudantes de comunicao pudessem visualizarvagas especficas?Marcelo: Trabalhei por quase dez anos em agncias webe sentia falta de um espao pra falar do mercado.Quando trabalhava nas agncias, tinha a ideia, masachava que tinha que estar fora de uma agncia pra termais liberdade editorial e mais credibilidade, poder falarde todas sem privilegiar nenhuma. Assim que vireicliente, e no mais fornecedor/colaborador, montei oblog. Como j conhecia um pouco o pessoal das agn-cias, foi mais fcil. Lembrando que nem s de vagasvive o blog. Vaga apenas um dos assuntos. Falo domercado em geral, cursos, eventos, palestras, projetoslegais, concursos, estudos, pesquisas, oportunidades denegcio, enfim, tudo sobre o mercado mineiro de inter-net, que bem multidisciplinar, pois envolve comuni-cao, programao, planejamento, atendimento,design, gesto, etc...</p><p>Eu sou jovem e querotrabalhar! O que devo fazer?</p><p>O jovem Marcelo Sander trazdicas para jovens que queremconseguir o primeiro empregoainda em 2012</p></li><li><p>3www.conexaonoticias.com.br</p><p>www.conexaonoticias.com.br</p><p>jjuullhhoo//aaggoossttoo//22001122</p><p>Deus: OO nniiccoo sseennttiiddoo ddaa vviiddaaMsica: MMiinnhhaa aallmmaaPerfume: OOnnee MMiilllliioonnEsporte: MMaallhhaaooLugar: MMeeuu RRaanncchhoo eemm EEssccaarrppaass ddoo LLaaggoo Lembrana boa: OOuuvviirr aa mmiinnhhaa mmssiiccaa ppeellaa pprriimmeeiirraa vveezz nnaa rrddiiooLembrana Ruim: PPaassssaarr ffoommeeTime de corao: CCrruuzzeeiirrooMsica especial: CCoorraaoo aabbeerrttoo ffooii mmiinnhhaa pprriimmeeiirraa ccoommppoossiioo aa ttooccaarr nnaass rrddiiooss ee mmeepprroojjeettaarr nnaacciioonnaallmmeennttee</p><p>RAPIDINHAS</p><p>O romnticomais sertanejodo Brasil</p><p>CURIOSIDADES Antes da fama Eduardo Costamorou com Cesar Menotti &amp; Fa-biano por um tempo e tambmcom a dupla Alan &amp; Alex</p><p> O cantor nasceu em Belo Hori-zonte, mas aos sete meses semudou para a cidade de AbreCampo 216 quilmetros da ca-pital. Retornou para iniciar o ca-minho do sucesso</p><p> O cantor do signo Sagitrio enasceu no dia 13/12/1979</p><p>Quando o assunto msica ser-taneja, logo vm a ideia deduplas, irmos cantando jun-tos, chapu de cawboy, mas comEdson Vander da Costa Batista foi di-ferente. Conhecido nacionalmentecomo Eduardo Costa, o cantor nas-cido em Belo Horizonte, foi o pri-meiro a subir sozinho no palco e fazersucesso com o ritmo sertanejo. Donode um visual, no mnimo, despojado,cabelo arrepiado e roupas coladas nocorpo, Eduardo foge dos padres. Avoz rouca e quando canta, pareceque o corao entregue aos fs,canta com a alma.</p><p>Compositor, msico e cantor con-sagrado, Eduardo Costa disse em en-trevista ao jornal Conexo Notcias quenasceu para cantar. Eu no virei ar-tista, eu nasci artista, resume. Apaixo-nado com o trabalho de Leonardo(artista convidado para participar dagravao do primeiro DVD deEduardo Costa) o sertanejo contou quecompor um momento e se inspira emmsicas romnticas. Os dolos so in-meros como: Trio Parada Dura, Chi-tozinho e Xoror, Luis Miguel, CelineDion, uma lista grande. Eduardo Costarevelou ainda, que tem vontade de di-vidir o palco com alguns cantores bra-sileiros. Almir Sater seria um deles.</p><p>As dificuldades de inicio de car-reira quase foram empecilhos para ocantor. Por trs anos, o jovem desistiuda carreira, e s retornou, quando tevecerteza que era bom no que fazia. Euno canto por dinheiro, canto poramor. Gosto disso, diz. O composi-tor j trabalhou como office boy, ven-</p><p>dedor ambulante e sustentou a me e airm pequena. Com 12 anos era res-ponsvel pelo sustento familiar.Eduardo j morou em mais de 50 ci-dades mineiras e se diz apaixonadopor Minas Gerais. Segundo ele, existeuma energia nas pessoas e isso o queencanta nos mineiros. Sobre os fs, omsico revela que adora as cartinhas eos presentes que recebe nos shows. Ele disse que a loucura mais sur-preendente no poderia ser revelada,pois quente. </p><p>Para o cantor, uma senhora de 65anos, moradora de uma cidade no in-terior de So Paulo, foi a mais ousadaao tatuar o brao com o nome do can-tor. Fiquei bobo quando vi aquilo. Alogo grande, Eduardo Costa deponta a ponta.</p><p>Questionado sobre a comparaofeita com o cantor Zez de Camargo,Eduardo explica que nunca teve a in-teno de imitar. Quem conhece aminha carreira sabe a diferena e nofaz mais est comparao. Os meusgrandes dolos sempre foram oLeandro e Leonardo. Atualmentecom reconhecimento nacional e inter-nacional o mineiro se diz satisfeitocom os bens materiais que j adquiriu.Um apaixonado por motos, Eduardono tem mais vontade de ostentar, jpassei dessa fase, esclarece.</p><p>O paizo, como ele mesmo se de-fine, gosta de passear com a filhaMaria Eduarda, a Dudinha, no Zool-gico e nos parques da capital. Gostode fazer coisas de criana, muitas queeu no tive a oportunidade de fazer naminha infncia.</p></li><li><p>Com a chegada do in-verno os echarpes, cache-cis, lenos e pashminasou tambm conhecidascomo scarves entram emalta, e com razo, porquetodos eles deixam as mu-lheres muito elegantes,desde que, elas saibamfazer as combinaes cer-tas. Pegamos umas dicasno blog da Mel para vocpoder usar e abusar destesacessrios neste inverno. </p><p>Cachecol Tradicional: apoie o meioda pea no pescoo, faa uma volta com-pleta e deixe as pontas cadas de um jeitodescontrado. Fcil e rpido.</p><p> Modelos longos: quanto mais compri-dos, mais voltas voc pode dar no pes-coo, mas sem apertar. Alm deaquecer, valoriza o rosto, j que o vo-lume maior chama a ateno para aparte de cima do corpo.</p><p>Gola extra: voc pode formar uma golaextra com o cachecol: para isso, sfazer uma volta mais larguinha, comose fosse um colar mais curto.</p><p>N grande: dobre seu cachecol ao meio,envolva-o no pescoo e passe a pontasolta por dentro da dobra que ficou nolado oposto. O n fica grande e o efeito,incrvel.</p><p> Coleira: enrole todo o cachecol no pes-</p><p>EcharpeEcharpe aquele</p><p>leno bem longo e es-treito, ideal para comple-mentar qualquer visual. Aversatilidade deste acess-rio permite que ele sejausado de vrias maneiras,inclusive nas temporadasde altas temperaturas. possvel transformar looksbsicos em visuais moder-nos e requintados.</p><p>Fica tima quandousada com qualquer ves-tido de festa. O modo maisbsico de como usar a</p><p>echarpe com vestido de festa jogar sobreos ombros como um chal e prender comum broche. </p><p>No vero, o melhor usar as echar-pes em cores vibrantes e feitas com teci-dos mais leves, que no criam muitovolume e ficam charmosas com amarra-es diferentes. Alias as opes paraamarrar a echarpe no pescoo so inme-ras, basta soltar a criatividade. </p><p>H vrias maneiras de como usar aecharpe. Pode ser simplesmente jogada,amarrada com ns ou com laos em es-tilo romntico. Ficam muito bem comregatas, camisetas despojadas e terni-nho. Outra opo usar vestido comecharpe. </p><p>Mais dicas podem ser encontradas no blogda Mel: www.mydiarylight.bolspot.com.br</p><p>4 www.conexaonoticias.com.br jjuullhhoo//aaggoossttoo//22001122</p><p>www.conexaonoticias.com.br</p><p>Quer ficar sensual e bonita? Use Tomara que caia!Pea que nunca saiu de moda ela est presente nas es-colhas dirias das mulheres brasileiras. O look curinganos guarda roupas femininos. Dependendo do tecido,pode ser usado em inmeras ocasies e se ajusta a todosos tipos fsicos.</p><p>Uma variao dos corseletes do sculo 15 o tomaraque caia invadiu o armrio das mulheres brasileiras, tor-nando-se o preferido das noivas e o mais escolhido para asfestas, pois exalta a beleza feminina. Em um pas tropical</p><p>como o Brasil, a pea a escolha da mulher sensual.Sem limite de idade para o uso da roupa Tatiana Ro-</p><p>drigues, figurinista responsvel pelas vestes das atrizesda TV Globo, afirma que a pea democrtica todomundo pode usar; tanto quem tem muito busto e quemtem pouco, assegura.</p><p>Criado pelo estilista Jean Louis em 1946, para a atrizRita Hayworth usar no filme Gilda, a pea teve suas va-riaes de cores e tecidos. Serve para valorizar o colofeminino. Algumas dicas bsicas para o uso da pea:</p><p>1 Seios fartos so um complicador, prefira nestecaso, peas com barbatanas nas laterais que do melhorsustentao para eles.</p><p>2 Ateno mulheres que tem o estmago alto, como tomara que caia, ele tende a ficar ainda mais alto.Ento cuidado!</p><p>3Quem tem o corpo curto ou ombros estreitos e re-dondos podem errar na escolha da pea.</p><p>4 Evite o uso do tomara que caia no trabalho e nocarregue nos acessrios o decote j o diferencial.</p><p>Cachecis, lenos, echarpese as pashminas</p><p>entram em alta no inverno</p><p>Quem pode usar tomara que caia?O Tomara que caia escolha certa para um look feminino e sensual. Aproveite e use a pea sem restries</p><p>coo e esconda as pontas por dentro daparte inferior da echarpe. Esse maisum visual que chama a ateno para orosto e fica timo com cabelos presosem coque ou rabo de cavalo.</p><p> Sobre os ombros: os cachecis tambmpodem ser usados simplesmente sobreos ombros. Os estampados ficam lindoscom um look bsico e dispensam o usodo casaco.Transpassado sobre os om-bros: no h nada mais simples do quecolocar o cachecol e lanar uma dassuas pontas sobre o ombro oposto: ficasimples, bonito e no cai.</p><p> Cachecol com echarpe: sobreponhaecharpe e cachecol sem medo, usandoo mais groso por baixo, enrolado aopescoo. Finalize...</p></li></ul>