2016-06-08 - Jornal A Voz de Portugal

Download 2016-06-08 - Jornal A Voz de Portugal

Post on 01-Aug-2016

241 views

Category:

Documents

23 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal A Voz de Portugal, edio do 8 de junho de 2016

TRANSCRIPT

<ul><li><p>1851 Ontario E. 514.563.1211</p><p>ANO 56 | EDIO N7 | quArtA-fEIrA, 8 DE juNhO DE 2016 | www.AvOzDEpOrtugAl.cOm | DIstrIbuIO grAtuItA</p><p>Le pLus ancien journaL de Langue portugaise au canada - depuis 1961</p><p>Directeur: Manuel De Sequeira roDrigueS</p><p>A Voz de PortugAl</p><p>Mosti Mondiale 2000</p><p>Ateno: se no tem selo da Mosti Mondiale porque no Mosti Mondiale</p><p>5187 Jean-Talon Est, St-Lonard Para mais informaes, contactar MARCO 514.728.6831</p><p>MOSTO CLASSICO</p><p>Carrignane, Merlot, ruby Caber</p><p>net, </p><p>grenaChe e MaisCada46$Cada44$</p><p>tinto e branCo</p><p>42 variedades de mosto sua escolha</p><p>Servico de anlise do seu vinho</p><p>aPRESENTaO dO FESTival PORTugal 20168</p><p>6</p><p>Sempre BrilhanteS, apeSar da Chuva no domingo 14</p><p>muhammad ali SuCumBe doena</p><p>aoS 74 anoS</p></li><li><p>A Voz de PortugAl | 8 de junho de 2016 | P. 2</p><p>fONDAtEurs | fuNDADOrEsElsio de Oliveira</p><p>Jos Simes Silvestre</p><p>hEbDOmADAIrE | sEmANrIO25 avril 1961 | 25 de abril de 1961</p><p>ADDrEssE | ENDErEO4231-B, Boul. St-Laurent, MtlQubec, Canada, H2W 1Z4</p><p>TL.: 514.284.1813Sans frais: 1-866-684-1813</p><p>Fax: 514.284.6150</p><p>admin@avozdeportugal.comAvOzDEpOrtugAl.cOm</p><p>Membre officiel</p><p>Le plus ancien journal de langue portugaise au CanadaA Voz de PortugAl</p><p>Tous droits rservs. Toute repro-duction totale ou partielle est stric-tement interdite sans notre autori-sation crite. Les auteurs darticles, photos et illustrations prennent la responsabilit de leurs crits. </p><p>Todos os direitos reservados. Os textos (e ilustraes) de Opinio pu-blicados nesta edio so da inteira responsabilidade dos seus autores, no vinculando, directa ou indirecta-mente, o cariz editorial e informativo deste jornal.</p><p>ADmINIstrAO prsIDENt Et DItEurprEsIDENtE E EDItOrEduino Martins</p><p>DIrEctEur ADmINIstrAtIfDIrEtOr ADmINIstrAtIvOTony Saragoa</p><p>DIrEctEur | DIrEtOrManuel de Sequeira Rodrigues</p><p>sEcrtAIrE ADmINIstrAtIfsEcrEtrIO ADmINIstrAtIvOMiguel Flix</p><p>rDActION rDActEur EN chEfchEf DE rEDAOMrio Carvalho</p><p>ADjOINt | ADjuNtOAntero Branco</p><p>DEsIgN grAphIquEDEsIgN grfIcOSylvio Martins</p><p>cOllAbOrAtEurscOlAbOrADOrEs Antnio Pedro CostaAugusto MachadoDaniel LoureiroElisa RodriguesElizabeth Martins CarreiroFrancisca ReisHelder DiasJ.J. Marques da SilvaHlio Bernardo LopesHumberto CabralJoo ArrudaJos da ConceioJos de SousaJorge CorreiaJorge MatosManuel NevesMaria Helena MartinsRicardo Arajo PereiraSylvio MartinsTelmo BarbosaVitor Gonalves</p><p>DIstrIbutION | DIstrIbuIO Nelson CoutopublIcIt | publIcIDADE canada: RPM IMTV Ethnic Comm. Ethnique Mdia.Portugal: PortMundo Ld.</p><p>Dpts legaux la Bibliothque nationale du Qubec et la </p><p>Bibliothque nationaledu Canada.</p><p>Courrier de deuxime classeNumro de contrat: 1001787.</p><p>agENda cOmuNiTRia</p><p>A Associao Portuguesa do Canad CelebrA So Joo </p><p>no 23 de Junho com sardinha assada, caldo verde e bifanas.</p><p>VenhA Ver A MArChAMAiS lindA de MontreAl</p><p>quArtA-fEIrA 8 DE juNhO 01:30 Bom Dia Portugal05:00 Deciso Nacional05:32 Inesquecvel07:09 Zig Zag07:26 Manchetes 308:00 Jornal da Tarde09:13 Sociedade Civil10:15 A Praa12:50 Marchas Populares 201613:00 Portugal em Direto14:03 Janela Indiscreta14:37 Futebol: Seleo Nacional Portugal x Estnia Seleo Nacional (AA)16:46 Bem-vindos a Beirais17:29 Agora Ns19:00 24 Horas19:49 As Horas Extraordinrias20:03 Hora dos Portugueses20:16 Palavra aos Diretores20:50 Os Nossos Dias21:33 Aqui To Longe22:17 Notcias do Atlntico23:19 A Cidade na Ponta dos Dedos23:27 5 Para a Meia-Noite</p><p>quINtA-fEIrA 9 DE juNhO 01:30 Bom Dia Portugal</p><p>05:00 Palavra aos Diretores05:30 Poplusa06:30 Grande Entrevista07:15 Zig Zag07:28 Manchetes 308:00 Jornal da Tarde09:11 Sociedade Civil10:12 A Praa13:00 Portugal em Direto14:14 O Preo Certo15:00 Telejornal16:00 Bem-vindos a Beirais16:45 Agora Ns18:45 Hora dos Portugueses19:00 24 Horas19:48 As Horas Extraordinrias20:00 Manchetes 320:30 Literatura Aqui21:00 Os Nossos Dias21:45 Aqui To Longe22:30 Fatura da Sorte22:45 Hora dos Portugueses23:00 Notcias do Atlntico00:00 A Culpa do Ronaldo</p><p>sExtA-fEIrA 10 DE juNhO 01:30 Bom Dia Portugal04:30CerimniasOficiais 10 de Junho 201607:00 Zig Zag</p><p>Foto da Semana</p><p>Caros leitoresEstando em Lisboa v at cidade </p><p>de Sintra que est na rea da gran-de Lisboa. Durante mais de cinco sculos a nobreza portuguesa habi-tou suas suntuosas manses e resi-dncias de alto luxo. Hoje, alm dos palcios, museus e castelos a culin-ria no pode ser esquecida. Peixes e mariscos alm do cabrito, do lei-to Negrais e do bacalhau, claro, so boas sugestes, principalmente quando acompanhadas de um bom vinho que em Portugal nunca falta. Tudo isso tendo o mar como pano de fundo. Prove tambm o prego no po que nada mais do que um bife de </p><p>vitela no po. O Palcio Nacional de Sintra de origem medieval, foi utili-zado pela Famlia Real e Monarquia portuguesas at o incio do sculo XX. Hoje est aberto ao pblico. Localiza-se no centro histrico da cidade e suas salas so ricamente ornamentadas por azulejos orientais, tapearia e moblia da poca dos reis portugueses. Os grandes mestres da azulejaria lusitana al perpetuaram sua arte nica no mundo. O que cha-ma mais a ateno no Palcio so as duas chamins de forma crnica vistas de longe e que servem de re-ferncia para quem visita a cidade. Caminhe pelas pequenas ruas de paraleleppedos ao redor da praa da Repblica para ver as dezenas de lojas alm dos bares e restaurantes. No deixe de provar um dos doces da pastelaria Piriquita, em especial o traveseiro de Sintra. O Castelo </p><p>de Sintra, popularmente conhecido como Castelo dos Mouros, situa-se na vila de Sintra. Erguido sobre um macio rochoso, isolado num dos cumes da serra de Sintra, propicia do alto das suas muralhas uma vis-ta privilegiada de toda a sua envol-vncia rural que se estende at ao oceano Atlntico. Na Sala da Caa encontra-se um dos maiores acervos da azulejaria portuguesa. Percorren-do Portugal de norte a sul sempre iremos encontrar esta arte centenria dos azulejos em forma de mosaicos, painis, fachadas de casas e monu-mentos. Ainda no municpio de Sin-tra encontra-se o Cabo da Roca que </p><p> o ponto mais ocidental de Portugal e do continente europeu que mere-ceu meno em um dos cantos do poema Os Lusadas, de Lus Vaz de Cames: onde a terra se acaba e o mar comea. Esta frase est grava-da numa pedra no local. Por outro lado, no Brasil tambm temos esta faanha geogrfica que a Ponta do Seixas, ponto mais oriental do Brasil e do continente americano, locali-zado no fim da praia do Cabo Bran-co em Joo Pessoa, Paraba. Afinal nosso pas igualmente merecedor de citao em todos os tratados geo-grficos. Outras regies importantes nos arredores de Lisboa devem ser exploradas como Cascais, Estoril e Mafra. So cidades que todo visitan-te que passa por Lisboa no deixa de conhecer. Boa viagem!</p><p>Joo Aparecido da luzAutor do dirio de Viagem</p><p>Quero dar os parabns a esta equipa que trabalhou muito durante as festas na Santa Cruz. sempre muito importante de realar a equipa que est ajudando nos bastidores das nossas festas.</p><p>So Joo no CluBe orientalNo h igual So Joo como o Oriental dia 23 de junho, quinta-feira pelas 17h com o DJ Entre-Ns, Marinho. Onde no faltar boa comida portuguesa e boa pinga. O Orien-tal espera pela comunidade de Montreal, no falte nossa marcha que celebra 32 anos, a mais antiga do Canad. Faam uma visita e viva o Oriental e Portugal.</p><p>dirio de viagem</p></li><li><p>A Voz de PortugAl | 8 de junho de 2016 | P. 3</p><p>MAnuel de SequeirA rodrigueS</p><p>mrODrIguEs@AvOzDEpOrtugAl.cOm</p><p>rlA rnoVAtionrenoVAo reSidenCiAl</p><p>interior e eXterior</p><p>rui Miguel rodrigueSrlarenovation@outlook.com</p><p>tel.: 514-575-9605</p><p>editoriAl</p><p>em montreal FeSteJamoS o 10 de Junho dia de portugal</p><p>Portugal uma repbli-ca soberana, baseada na dignidade da pessoa humana e na vontade popular e em-</p><p>penhada na construo de uma sociedade livre, justa e solidria. Festejamos tambm 40 anos da constituio, que ao longo dos anos e das sucessivas revises constitucio-nais foi-se atualizando, porque a Consti-tuio nunca deve ser imutvel.Em 1822, foi a data da entrada em vigor da </p><p>primeira constituio portuguesa. Depois de 25 de Abril de 1974 abriu-se o ltimo e atual ciclo democrtico. A Assembleia Consti-tuinte eleita em 1975, aprovou por larga maio-ria um texto que pela primeira vez na histria do pas consagrou o voto universal. Esta con-quista to recente veio acompanhada por um conjunto de ideias inovadoras em Portugal.Hoje os portugueses tm uma nova conce-</p><p>o do pas e at do mundo, sentem-se mais atentos, sensveis e informados em relao s questes que o texto constitucional consagra. A Constituio a base de todo o ordenamen-to jurdico e nela que esto elencados todos os direitos e deveres de qualquer cidado. </p><p>A Constituio de 1976, cumpre este ano 40 anos de idade e j foi revista oficialmente sete vezes.Direitos de todos, no texto constitucional: todos tm direito, nos termos da lei, infor-</p><p>mao e consulta jurdicas ao patrocnio judi-cirio e a fazer-se acompanhar por advogado perante qualquer autoridade; todos tm direito a que uma causa em que </p><p>intervenham seja objeto de deciso em prazo razovel e mediante processo equitativo; todos tm direito liberdade e segurana; todos tm direito ao trabalho;todos tm direito segurana social; todos </p><p>tm direito proteo da sade e o dever de a defender e promover; todos tm direito, para si e para a sua famlia a uma habitao de di-menso adequada, em condies de higiene e conforto e que preseve a intimidade pessoal e a privacidade familiar; todos tm direito a um ambiente de vida humano, sadio e ecologica-mente equilibrado e o dever de o defender; to-dos tm direito educao e cultura; todos t direito ao ensino com garatia do direito igualdade de oportunidades de acesso e xito escolar; todos tm direito fruio e criao cultural, bem como o dever de preservar, de-fender e valorizar o patrimnio cultural; todos tm direito cultura fsica e ao desporto.As citaes so textuais e mostram cada frase </p><p>na ntegra. A Constituio um guia para gerir as fragi-</p><p>lidades, que so ainda muitas, do tecido social e poltico que temos, uma obra de consulta. Ensin-la nas escolas, como prope o presi-dente Marcelo, pode ser um bom comeo.nas comemoraes do 10 de Junho dia de </p><p>Portugal, de Cames e das Comunidades Portuguesas bom recordar que o, instituto Cames e o Ministrio dos negcios estran-geiros reduziram em 2014 2015 o nmero de professores que ensinam o portugus no estrangeiro... e as remessas dos portugueses na dispora, estimadas em cerca de trs mil milhes de euros, devem ser valorizadas como contributo para o desenvolvimento econmico de Portugal.</p></li><li><p>A Voz de PortugAl | 8 de junho de 2016 | P. 4</p><p>Varina Aluminium inc.Ao seu lado e ao seu dispor</p><p>Para tudo quanto diga respeito indstria de alumnio que est ligada renovao exterior</p><p>Fbrica e sala de exposio: 6327 Clark, Montreal Tel.: 514-362-1300 Fax: 514-362-8882 Visite o nosso site web:www.aluminiumvarina.com</p><p>AVP83347</p><p> Grades de alumnio Coberturas com fi bra de vidro e policarbonato Escadas em caracol e diagonal Degraus em alumnio Fibras de vidro para o cho das varandas e degraus Grades com vidro Portas, janelas, fachadas comerciais, etc.</p><p>CLNICA DE OPTOMETRIA LUSO</p><p>Optometrista</p><p>Exames da vista - culos - Lentes de contacto</p><p>Tel.: 514 849-99664242, Boul. St-Laurent, suite 204</p><p>Montral, Qu., h2W 1Z3</p><p>Alain Ct O.D.</p><p>POEma da SEmaNa</p><p>dia de portugal Ptria ditosa Ptria, no esqueas o teu povo exilado</p><p>Que vive longe em terras de almQue mesmo de longe veneram o teu cho sagrado</p><p>Que o bero da Ptria me</p><p>Que o vento nunca apague a memriaDaqueles que um dia contemplaste</p><p>E que hoje rezam nos elos da nossa histria</p><p>Esses heris destemidosQue navegaram em mar profundo</p><p>Monumentos por ti erigidosQue propagaram o teu nome nos quatro cantos do mundo</p><p>Saudamos os nossos egrgios avsFundadores desse teu reino, que foi o bero de todos ns</p><p>E tambm sublinhamos esse grande poeta escritor lusitanoFrequentador da nobreza, onde na sua epopeia narra</p><p>A cultura e as fbulas da histria portuguesa</p><p>Trata-se do grande poeta que se chamou CamesBoca que morrendo a cantar, nosso arauto entre as naesFoi um heri destemido que em lutas deu brado nas vitrias</p><p>E tu povo por muito que andes nuncachegars s suas glorias</p><p>E nesta data to queridaNeste reino universal</p><p>Saudamos a mais linda bandeira erguidaQue a bandeira de Portugal.</p><p>Jos da Conceio</p><p>graduao da Sandy alveS</p><p>Completar um Mestrado em Cincias de educao, na universidade Mcgill, uma das mais prestigiosas do mun-do, no tarefa fcil. So du-</p><p>zentos e oitenta e quatro dias de aulas, setecentas horas de apren-dizagem, trs mil e quinhentas ho-ras de estudo e inmeros exames.A nossa compatriota Sandy Alves </p><p>passou atravs de tudo isto e, na passada quinta-feira, na cerimnia da graduao da Faculdade de Edu-cao, recebeu o seu Mestrado em Cincias de Educao. Que orgulho para a sua famlia e amigos presen-tes.A alegria que a Sandy manifestou, </p><p>no momento em que subiu ao pal-co, difcil descrever. O nervosis-mo, quase a fazia pular, mas quando pde abraar seu filho Leo, dificil-mente pde conter a satisfao pelo objetivo atingido. Seus pais, Gabriela e Alcindo Al-</p><p>ves, co-proprietrios do restaurante Estrela do Oceano, seu irmo Steve e sua cunhada Cludia, no conseguiam esconder o orgulho que sentiam com o sucesso obtido pela Sandy.</p><p>Aps a sua licenciatura na Universidade Con-crdia, casou com o jovem advogado Francesco B Torchio Daddabbo e foi viver para o sul da Itlia. Aps alguns anos a ensinar nas escolas ita-lianas, decidiu voltar ao seu pas de origem, tirar o mestrado para melhor preparar seus alunos, para um futuro melhor.O jornal A Voz de Portugal felicita a Sandy </p><p>Alves por todo este esforo e espera que o seu </p><p>diploma seja um exemplo para motivar os nos-sos jovens, para que haja mais e mais graduados universitrios na nossa comunidade.</p><p>Antero brAnCoAbrANcO@AvOzDEpOrtugAl.cOm</p><p>menSagem do dia de portugalCelebra-se este ano mais um dia de Portu-gal, de Cames e das Comunidades Por-tuguesas. trata-se de um momento de grande orgulho para todos ns, Portugueses e luso--canadianos, em que devemos refletir sobre a importncia de continuarmos a manter uma forte ligao de afeto e de cultura a Portugal. tambm uma oportunidade para reconhecer-</p><p>mos e agradecermos a generosidade do Canad em nos ter recebido de braos abertos e tambm de valorizarmos o contributo que, ao longo de vrias geraes, demos ao seu desenvolvimento </p><p>econmico, social e cultural.A Embaixada de Portugal e os Consulados es-</p><p>taro sempre disposio da nossa Comunidade no Canad para a servir, bem como para contri-buir na soluo dos seus problemas, ajudando a superar as dificuldades que enfrentem.Aos Portugueses e Luso-descendentes no Cana-</p><p>d uma palavra de admirao, fazendo votos de muitas felicidades e de sucessos pessoais.</p><p>Jos Fernando Moreira da CunhaEmbaixador de Portugal no Canad</p></li><li><p>A Voz de PortugAl | 8 de junho de 2016 | P. 5</p><p>alCanenenSeS SolidrioS Com oS CampinoS</p><p>o salo grande da Misso Santa Cruz esteve cheio no passado 4 de Junho aquan-do do jantar de confraterniza-</p><p>o do concelho de Alcanena, capital da pele. </p><p>Para quem no da zona, Alc...</p></li></ul>