2014 anais 2014

4136
ISSN 2175-831X 2014 Programa de Pós-Graduação em História da UERJ Anais 2014 IX Semana de História Política VI Seminário Nacional de História Política, Conflitos e Identidades na Modernidade Política, Cultura e Sociedade

Upload: trannguyet

Post on 07-Jan-2017

271 views

Category:

Documents


2 download

TRANSCRIPT

Anais 2014
Política, Conflitos e Identidades na Modernidade
Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X
IX Semana de História Política Política, Conflitos e Identidades na Modernidade
VI Seminário Nacional de História Política, Cultura e Sociedade
ANAIS
Semana de História Política | Seminário Nacional de História: política, cultura e sociedade (x:2014:Rio de Janeiro) Anais/IX Semana de História Política/VI Seminário Nacional de História: Cultura & Sociedade; organização:
– Rio de Janeiro: UERJ, PPGH, 2014.
4083p. Texto em português
ISSN – 2175-831X 1. História Política – Congresso. 2. Cultura – Sociedade. 3.Relações Internacionais.
Eduardo Nunes Alvares Pavão, Layli Oliveira Rosado, Mariana Albuquerque Gomes, Oscar José de Paula Neto e Rafael Cupello Peixoto
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Reitor: Ricardo Vieiralves de Castro
Vice-Reitora: Maria Christina Paixão Maioli
Sub-reitora de Graduação – SR1: Lená Medeiros de Menezes
Sub-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa - SR2: Monica da Costa Pereira Lavalle Heilbron
Sub-reitora de Extensão e Cultura - SR3: Regina Lúcia Monteiro Henriques
Diretor do Centro de Ciências Sociais: Domenico Mandarino
Diretor do Instituto de Filosofia e Ciências Humans (IFCH): José Augusto de Souza Rodrigues
Programa de Pós-Graduação em História (PPGH)
Coordenadora geral: Tânia Maria Tavares Bessone da Cruz Ferreira
Coordenadora adjunta: Marilene Rosa Nogueira da Silva
Coordenadora do Doutorado: Lúcia Maria Bastos Pereira das Neves
Coordenadora do Mestrado: Maria Regina Candido
IX Semana de História Política Política, Conflitos e Identidades na Modernidade
VI Seminário Nacional de História Política, Cultura e Sociedade
COMISSÃO ORGANIZADORA
Eduardo Nunes Alvares Pavão, Layli Oliveira Rosado, Mariana Albuquerque Gomes, Oscar José de Paula Neto e Rafael Cupello Peixoto.
REALIZAÇÃO
Programa de Pós-Graduação em História da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – PPGH/UERJ
APOIO
CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro IFCH - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UERJ SR-2 - Sub-Reitoria de Pós Graduação REDES - Redes de Poder e Relações Culturais NUCLEAS - Núcleo de Estudos das Américas NEA - Núcleo de Estudos da Antiguidade LEDDES - Laboratório de Estudos das Diferenças e Desigualdades Sociais NUBHES - Núcleo de Estudos sobre Biografia, História, Ensino e Subjetividade NIBRAHAC - Núcleo de Identidade Brasileira e Historiografia Contemporânea LABIMI - Laboratório de Estudos de Imigração IHGB - Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro Revista de História da Biblioteca Nacional Faculdade de Comunicação Social - UERJ Instituto de Letras da UERJ
APRESENTAÇÃO
A Semana de História Política da UERJ, em sua nona edição, pretende dar continuidade às questões que foram abordadas nos encontros anteriores, ou seja, promover a pesquisa histórica, bem como o diálogo e aproximações entre pesquisadores com estudos que envolvam abordagens teórico-metodológicas no âmbito da história política.
Esse projeto visa fomentar o debate acadêmico entre pesquisadores, tendo o intuito de divulgar a produção historiográfica dos interessados e promover o intercâmbio de ideias, profissionais (discentes e docentes) e instituições, contribuindo para a solidificação do Programa de Pós-Graduação, além de investir na produção editorial da revista Dia-Logos, fruto imediato do desenvolvimento desta Semana.
Dentro de seu espírito de renovação e incentivo aos novos pesquisadores, a Semana oferece mesas para apresentações de trabalhos de pesquisa de graduados, de graduandos (iniciação científica e projetos de monografia de conclusão de curso), convidando-os a contribuir com a qualidade alcançada pelo evento nas edições anteriores.
O Evento realiza-se nas dependências da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, sob a direção de uma Comissão Organizadora, composta por discentes do Programa, que se liga à Coordenação da Pós-Graduação em História. Essa Semana impulsiona pesquisadores de diversos Programas do estado, e também do país, a produzir e movimentar seus conhecimentos, permitindo-os ganhar visibilidade, ampliar a temática e trocar experiências.
É de grande valia tal esforço dos discentes, junto à Coordenadoria do Programa, em administrar a Semana, de forma que contribua para a construção de mais um espaço de discussão e de apropriação do universo científico acadêmico, corroborando com a práxis de pesquisa e de docência dos cursos de pós-graduação no Brasil.
Comissão Organizadora www.semanahistoriauerj.net
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
46 CARLOS CESAR DE OLIVEIRA SAMPAIO (1861 -1930): TRAJETÓRIA INTELECTUAL, MEMÓRIA
E BIOGRAFIA
Adauto Tavares Araujo
56 O ESTADO DE BEM ESTAR SOCIAL, SISTEMA DE SAÚDE, COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE
MEDICAMENTOS NA ARGENTINA SOB O IMPACTO DAS POLÍTICAS NEOLIBERAIS DA DÉCADA
DE 1990
Adebiano Robert Rodrigues Pereira
66 JOSÉ OITICICA SEGUE PARA ALAGOAS: ANÁLISES DE UM DESTERRO E SEUS EFEITOS SOBRE
AS “IDÉIAS SUBVERSIVAS”
Aden Assunção Lamounier
76 MEDICINA E RELIGIÃO: A CRIMINALIZAÇÃO DO ESPIRITISMO COMO UMA AMEAÇA À SAÚDE
PÚBLICA NA PRIMEIRA REPÚBLICA
87 "PARA NÃO REPETIR O PASSADO": SINGULARIDADES MEMORIALÍSTICAS DE EMILIANO
JOSÉ.
97 JOSÉ DE ALENCAR, UM ESBOÇO BIOGRÁFICO E IMPLICAÇÕES METODOLÓGICAS
Adriano Ribeiro Paranhos
107 A ICONOGRAFIA DA FAMÍLIA IMPERIAL NO BRASIL NO FINAL DE SÉCULO XIX: UMA
PASSAGEM DA PINTURA PARA A FOTOGRAFIA DA MONARQUIA PARA A REPÚBLICA.
Agla Mendes de Melo Lessa
117 UMA NOVA POSTURA POLÍTICA HOMOSSEXUAL NA BAHIA: A FUNDAÇÃO DO GRUPO GAY DA
BAHIA (GGB) NO ANO DE 1980
Ailton José Dos Santos Carneiro
127 A IMPRENSA OPERÁRIA NO BRASIL NO INÍCIO DO SÉCULO XX.
Alberto Dias Mendes
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
137 ITABERABA: MEMÓRIAS DE UMA CIDADE NO INTERIOR DA BAHIA EM MEADOS DO SÉCULO
XX
Alcides de Jesus Lima
144 NASCEU LÁ NA SERRA UMA LINDA FLOR: MEMÓRIA E IDENTIDADE NA ESCOLA DE SAMBA
IMPÉRIO SERRANO
Alessandra Tavares de Souza Pessanha Barbosa
154 ESTIGMA E MASCULINIDADE: A RELAÇÃO ENTRE O DESEMPREGO E A VIOLÊNCIA CONJUGAL
EM VITÓRIA/ES (2002-2006)
Alex Silva Ferrari
Alexandra do Nascimento Aguiar
174 UMA NOVA LEITURA DO LITORAL: GAROPABA E A PRODUÇÃO DE UM DISCURSO "ANTI-
MODERNO"
Alexandra Lis Alvim
181 O GOVERNO DE ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NO MARANHÃO: ELITES LOCAIS E TRÁFICO DE
ESCRAVOS INDÍGENAS (1690-1701)
Alexandre de Carvalho Pelegrino
192 ENTRE A BECA E AS CÉDULAS: OS JUÍZES DE PAZ NAS ELEIÇÕES DO ESPÍRITO SANTO (1871-
1889)
Alexandre de Oliveira Bazilio de Souza
202 A MÚSICA NAS COMEMORAÇÕES DOS CENTENÁRIOS DE CAMÕES (1880) E POMBAL (1882)
NO RIO DE JANEIRO
Alexandre Raicevich de Medeiros
212 EDUCAÇÃO JESUÍTA NAS TERRAS DO RECÔNCAVO DA BAHIA: O REGULAMENTO DO
SEMINÁRIO DE BELÉM DA CACHOEIRA (1686-1759).
Alfredo Pinto da Silva Júnior
223 O RECRUTAMENTO DE TROPAS NA ARGENTINA DURANTE A GUERRA DO PARAGUAI -
MOBILIZAÇÕES INICIAIS
Aline Cordeiro Goldoni
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
232 DIAS GOMES E SUA VISÃO SOBRE O CONTEXTO POLÍTICO E SOCIAL EM FINS DO SÉCULO XX
ATRAVÉS DAS PÁGINAS DO LIVRO DECADÊNCIA
Aline Monteiro de Carvalho Silva
241 A PROFISSIONALIZAÇÃO DOS SARGENTOS DO EXÉRCITO: DO IMPÉRIO AOS DIAS ATUAIS
Aline Prado Atassio
250 O CRONISTA DA CIDADE-CAPITAL EM REFORMA: A LITERATURA CARIOCA DE JOÃO DO RIO
Amanda Danelli Costa
260 CENAS DE FAMÍLIA: "POSSIBILIDADES DIVERSAS DE CONFIGURAÇÃO DO SENSÍVEL"
Amanda Tostes Capichoni
271 A VOZ DA UDR: UM ESTUDO DA ESTRATÉGIA DOS RURALISTAS CAPIXABAS PARA ELEGER
CONSTITUINTES EM 1986
Amarildo Mendes Lemos
281 A EDUCAÇÃO DAS FILHAS DE D. JOÃO VI: FORMADAS PARA REINAR
Ana Carolina Galante Delmas
291 "VIVER DO QUE SE SABE FAZER": MEMÓRIA DO TRABALHO E COTIDIANO NA COMUNIDADE
QUILOMBOLA SANTIAGO DO IGUAPE
Ana Paula Batista da Silva Cruz
301 “LADRÕES À SOLTA”: IMPRENSA CARIOCA, POLÍTICA E CRIME NA CIDADE DO RIO DE
JANEIRO DURANTE A CAMPANHA PRESIDENCIAL DE 1909 E 1910
Ana Vasconcelos Ottoni
312 O REGIME MILITAR NOS LIVROS DIDÁTICOS DE HISTÓRIA (1985-2011): A CONSTRUÇÃO DA
NARRATIVA HISTÓRICA E O ENSINO ESCOLAR
André Barbosa Fraga
327 O ARQUIVO DO ESTADO DE SÃO PAULO E SEUS DOCUMENTOS INTERESSANTES
André Oliva Teixeira Mendes
338 A PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO CONSELHO MONETÁRIO NACIONAL: O DEBATE NO ÂMBITO
DO CDES (2004-2005)
André Pereira Guiot
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
348 "OUÇA TODO MUNDO E CONCLUA A SEU FAVOR": A TEATROCRACIA NASSOVIANA E A
CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE 1640
André Ricardo de Oliveira Barbosa
358 OS ESCRAVOS E A BUSCA POR ESPAÇOS DE AUTONOMIA E LIBERDADE NO VALE DO PARAÍBA
FLUMINENSE
367 BIOGRAFIA E HISTÓRIA: VIOLETA CAMPORIFIORITO E O MATERNALISMO CIENTÍFICO
(NITERÓI, ESTADO DO RIO DE JANEIRO: ANOS 1945/1966)
Andrea Ledig de Carvalho Pereira
377 UMA HISTÓRIA DA TV PÚBLICA BRASILEIRA
Ângela Maria Carrato Diniz
386 O IDEAL MORALIZANTE EM CHRISTINE DE PIZÁN: UMA ANÁLISE DA CIDADE DAS DAMAS
Anna Beatriz Esser Dos Santos
397 MEDIAÇÕES POLÍTICAS EM OCUPAÇÕES NO NORDESTE MINEIRO (1985-1995)
Arnaldo José Zangelmi
406 ESTADO, NAÇÃO E FÉ: DIMENSÕES DO ESTADO NOVO BRASILEIRO A PARTIR DA
CINEMATOGRAFIA NACIONAL
Arthur Gustavo Lira do Nascimento
416 NA PASSARELA DA TRADIÇÃO: MEMÓRIAS E REPRESENTAÇÕES DA FORMAÇÃO DOCENTE
DO CURSO NORMAL DO COLÉGIO DOM FELICIANO – GRAVATAÍ (1970 – 1990)
Artur Diego da Silva Alexandrino
426 A UTILIZAÇÃO DO PANDEIRO NAS IGREJAS PROTESTANTES: UM DEBATE CONTRADITÓRIO
Artur Costa Lopes
436 PARA O ALTO E AVANTE! - SUPERMAN E A IDENTIDADE NORTE-AMERICANA PÓS-11 DE
SETEMBRO
Artur de Almeida Malheiro
446 POLÍTICA E HISTÓRIA EM OSWALD SPENGLER: O FENÔMENO POLÍTICO-INTELECTUAL DO
"PRUSSIANISMO E SOCIALISMO" NA ALEMANHA (1920)
Augusto Patrini Menna Barreto Gomes
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
460 RECONSTRUIR É PRECISO: NARRATIVAS E MEMÓRIAS DA ANTIGA COLÔNIA JULIANO
MOREIRA (1924-1982)
470 INTERFERÊNCIAS ARQUIVÍSTICAS, CONSTITUIÇÃO DA MEMÓRIA E A REESCRITA DA
HISTÓRIA. O "ACHAMENTO" DO PROCESSO INQUISITORIAL DO RÉU HIPÓLITO JOSÉ DA
COSTA
Bruna Melo Dos Santos
480 A POLÍTICA REVISTA COMBATIVA ILUSTRADA: IDEIAS E REPRESENTAÇÕES NO PERÍODO DA
PRIMEIRA REPÚBLICA
490 JOSÉ DE ALENCAR: LIBERALISMO E ESCRAVIDÃO
Bruno Cordeiro Nojosa de Freitas
500 AGENTES SOCIAIS E ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-INSTITUCIONAL DO PODER CONCELHIO
PORTUGUÊS NA IDADE MÉDIA: O CASO DA LISBOA DO SÉCULO XIII
Bruno Marconi da Costa
511 ENTRE LUTAS E AÇÕES: A ATUAÇÃO DO PARTIDO COMUNISTA EM MINAS GERAIS JUNTO AO
OPERARIADO (1950 A 1970)
Camila Gonçalves Silva Figueiredo
519 O CINQUENTENÁRIO DO GOLPE DE 1964 E AS QUESTÕES SENSÍVEIS À HISTORIOGRAFIA
Carine Silva Muguet
529 POR TRÁS DA CÂMARA ALTA: A FORMAÇÃO DAS BANCADAS MINEIRA E PAULISTA NO
SENADO ENTRE O PRIMEIRO REINADO E O INÍCIO DA REGÊNCIA (1824-1834)
Carlos Eduardo França de Oliveira
539 PRÁTICAS JURÍDICAS DAS AÇÕES DE LIBERDADE NO TRIBUNAL DA RELAÇÃO DO RIO DE
JANEIRO NO PERÍODO ENTRE 1871 E 1888
Carlos Henrique Antunes da Silva
548 A JUVENTUDE NAS CONSTITUIÇÕES DE 1891, 1934 E 1937
Carlos Henrique Barbosa Buck
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
558 REPRESENTAÇÃO E MEMÓRIA NO CINEMA AMERICANO DA DÉCADA DE 1960
Carlos Vinicius Silva Dos Santos
568 "FAZER UM BOI" - UM BRINCANTE NO BUMBA MEU BOI NO MARANHÃO (1950-1980)
Carolina Christiane de Souza Martins
578 LEI DE SEGURANÇA NACIONAL: PERSEGUIÇÃO POLÍTICA NO GOVERNO VARGAS
Caroline Antunes Martins Alamino
585 AS IRMANDADES NAS AMÉRICAS: EXPRESSÕES DE AUTONOMIA E RESISTÊNCIA
Caroline Dos Santos Guedes
Caroline Trapp de Queiroz
604 MERCADO CINEMATOGRÁFICO NOS ANOS DE CHUMBO: GUSTAVO DAHL, A EMBRAFILME E
O CASO "DONA FLOR..."
Cecília Siqueira Cordeiro
623 URBANIZAÇÃO EM VILA RICA: RECONSTRUÇÃO DO ESPAÇO ATRAVÉS DE TÉCNICAS DE
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
Christiane Montalvão
633 LUTERANISMO: FÉ, SOCIABILIDADE, EDUCAÇÃO E RESISTÊNCIA ENTRE OS POMERANOS DO
ESPÍRITO SANTO
Cione Marta Raasch Manske
641 MEMÓRIA RANCOROSA, AMISTOSA E AUTOCRÍTICA: ANALISANDO A MEMÓRIAS DE DOIS EX-
GUERRILHEIROS SOBRE CARLOS LAMARCA
Ciro Campelo Oliveira
651 O VISCONDE DO URUGUAI E A REFORMA DO CÓDIGO CRIMINAL DE 1832: CENTRALIZAR PARA
CONSERVAR A ORDEM E REORGANIZAR O ESTADO IMPERIAL
Clarice de Paula Ferreira Pinto
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
663 DIFERENTES VISÕES DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO: DA PAISAGEM NATURAL À PAISAGEM
ILUMINISTA
Claudia Barbosa Teixeira
673 CONSIDERAÇÕES DE JUSTINIANO JOSÉ DA ROCHA SOBRE A JUSTIÇA CRIMINAL NO BRASIL
Claudia Adriana Alves Caldeira
680 DA MILITÂNCIA ESTUDANTIL À GUERRILHA URBANA: ASPECTOS DAS LUTAS DE OPOSIÇÃO
À DITADURA CIVIL-MILITAR EM FEIRA DE SANTANA
Cláudia Ellen Guimarães de Oliveira
690 A AUTORIDADE DOCENTE: DA METAFÍSICA AO PROCESSO DE SECULARIZAÇÃO, UMA
ANÁLISE DE 1890 À 1892
Cláudio Amaral Overné
711 OS ESCRITOS POLÍTICOS DOS REPUBLICANOS LIBERAIS NA QUEDA DO BRASIL IMPÉRIO
(1870-1891)
Daniel Eveling da Silva
729 A BUSCA PELA MASCULINIDADE NA CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE HOMOSSEXUAL.
Daniel Henrique de Oliveira Silva
734 CONSIDERAÇÕES DE MACHADO DE ASSIS ACERCA DA ESCRAVIDÃO EM SUA PRODUÇÃO
CRÍTICA
Daniel Pinha Silva
741 DA BATALHA À GUERRA DO RIO: AS FAVELAS NA IMPRENSA CARIOCA
Daniella Guedes Rocha
752 CRÔNICAS MESTIÇAS: UM ESTUDO SOBRE AS ESTRATÉGIAS DE DOMINAÇÃO INDÍGENA
ATRAVÉS DAS OBRAS DE BERNARDINO DE SAHAGÚN, MÉXICO - SÉCULO XVI
Daniella Machado Fraga
762 MEMÓRIA E HISTÓRIA: A ÁFRICA NOS LIVROS DE DIDÁTICOS 10 ANOS APÓS A LEI 10.639/03
Danielle Rodrigues Silveira e Diego Dezidério
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
774 CULTURA POLÍTICA E NACIONALISMO EM TEMPOS DE GUERRA: O JORNAL A UNIÃO COMO
PROPAGADOR DOS IDEAIS NACIONALISTAS NA PARAÍBA DURANTE A SEGUNDA GUERRA
MUNDIAL (1939-1945)
Daviana Granjeiro da Silva
784 BIOGRAFIA E HISTÓRIA: O FAZER BIOGRÁFICO NA PESQUISA SOBRE D. DOMINGOS ANTÔNIO
DE SOUSA COUTINHO (1762-1833)
Denise Adôrno de Britto Guimarães
804 A CONCEPÇÃO DE "MÁ MORTE" NAS MINAS GERAIS NO SÉCULO XVIII
Denise Aparecida Souza Duarte e Weslley Fernandes Rodrigues
813 A CONJURAÇÃO MINEIRA JOAQUIM NOBERTO : UM DIÁLOGO DE TEMPORALIDADES E
CONCEITOS
Denise de Fátima Gonzaga da Silva
823 "OS INDESEJÁVEIS" E O REGIME CIVIL-MILITAR BRASILEIRO: AS ESQUERDAS PRÉ-1964 NO
EXÍLIO E NO PROCESSO DE ANISTIA POLÍTICA
Denise Felipe Ribeiro
831 LUGARES - VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS EM MAYOMBE E NOITES DE VÍGILIA
Derneval Andrade Ferreira
841 AUTORITARISMO E POLÍTICA NO SUL DO BRASIL: DAS RELAÇÕES PARTIDÁRIAS ENTRE A
ARENA E O MDB ALEGRETENSES AO DEBATE SOBRE O REGIME CIVIL-MILITAR A PARTIR DA
ESFERA LOCAL (1966 – 1979)
Diego Garcia Braga
851 O PROJETO ILUMINISTA DE SOCIEDADE MODERNA NO DISCURSO DA GERAÇÃO 1870
BRASILEIRA
Dirce Nazaré de Andrade Ferreira
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
880 DITADURA MILITAR E A IMPLANTAÇÃO DO BIPARTIDARISMO NA PARAÍBA (1964-1966)
Dmitri da Silva Bichara Sobreira
889 EURÍPIDES E ARISTÓFANES: O TEATRO GREGO COMO DISPUTA POLÍTICA
Dolores Puga Alves de Sousa
898 O CANDIDATO QUE “SABERÁ SER DIGNO DO TEU VOTO”: A IMPRENSA LOCAL ENQUANTO
CANAL DE COMUNICAÇÃO ENTRE CANDIDATOS E ELEITORES/LEITORES
Douglas Souza Angeli
Douglas Tomácio
918 FORMAÇÃO DOCENTE NA PRIMEIRA REPÚBLICA PARAENSE: OS PROGRAMAS DE ENSINO DA
ESCOLA NORMAL
Edivando da Silva Costa
927 A FESTA DAS CRIANÇAS: “O GRÊMIO LITERÁRIO DANIEL DE ALMEIDA” E A COMEMORAÇÃO
DO DECÊNIO DA FUNDAÇÃO DO ASYLO DE MENINOS DESVALIDOS
Eduardo Nunes Álvares Pavão
935 UM ENFOQUE SOBRE AS CONTRIBUIÇÕES DE GUY DE HOLLANDA PARA O ENSINO DE
HISTÓRIA ENTRE AS DÉCADAS 1950/1960
Elaine Coelho da Luz
944 OS AUTONOMISTAS E OS PODERES LOCAIS NA BAHIA DURANTE O GOVERNO VARGAS
Eliana Evangelista Batista
954 ADMINISTRAÇÃO E ATUAÇÃO FEMININA NA SOCIEDADE DOS BARÕES DO CAFÉ DE
VASSOURAS NO OITOCENTOS
Eliane Cahon Leopoldo
964 LINDOLFO CORDEIRO FRENTE A LUTA DOS TRABALHADORES RURAIS CEARENSES
Eline Ehrich Albuquerque
978 A NAÇÃO BRASILEIRA BRANQUEADA COMO HORIZONTE DE EXPECTATIVA NA HISTÓRIA DO
BRASIL (1900) DE JOÃO RIBEIRO
Elvis Hahn Rodrigues
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
988 O PURI EM ESTADO DE INVISIBILIDADE: O DIRETÓRIO NUMA PERSPECTIVA
MULTICULTURALISTA E INTERCULTURAL
Ênio Sebastião Cardoso de Oliveira
1013 A BELA ADORMECIDA: UMA ANÁLISE DA REPRESENTAÇÃO DAS TENSÕES AMERICANAS DA
DÉCADA DE 1950 NO FILME DA DISNEY
Érika Rachel Guimarães Soares Alves
1023 UM CONCEITO PLURÍVOCO: AS NOÇÕES DE POVO NA ASSEMBLEIA CONSTITUINTE DE 1823
Erygeanny Machado de Lira
1033 “UM ESTADIO Á ALTURA DE SEU PROGRESSO ESPORTIVO”: ANÁLISE DOS DISCURSOS
JORNALÍSTICOS EM TEMPOS DE PREPARATIVOS PARA A IV COPA DO MUNDO DE FUTEBOL
(1950) EM BELO HORIZONTE/MG
Euclides de Freitas Couto, Marcus Vinícius Costa Lages e Karen Dos Santos Lima
1044 AS RELAÇÕES ENTRE O REGIME CIVIL-MILITAR E A IMPRENSA ESCRITA DE UBERABA – MG
(1964-1974)
Eustáquio Donizeti de Paula
1054 O LIBERTADOR ESTÁ VIVO: O MITO BOLIVARIANO E SEU USO NO GOVERNO DE HUGO CHÁVEZ
Fábio Teixeira Oliver
1063 O DOCUMENTO HAGIOGRÁFICO COMO INTERFACE DA TRANSIÇÃO DA ANTIGUIDADE
CLÁSSICA PARA A ANTIGUIDADE TARDIA. O CASO DA VIDA DE SÃO GERMANO
Felipe Alberto Dantas
1072 O PROJETO NACIONALISTA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ESTUDOS BRASILEIROS (ISEB):
NOVOS TEMPOS, VELHOS PROBLEMAS
Felipe Alves de Oliveira
1082 A MEMÓRIA NO CONTEXTO DA JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO NO BRASIL E SUAS IMPLICAÇÕES
Fernanda Raquel Abreu Silva
1092 GETÚLIO MARINHO DA SILVA: AFRO-RELIGIOSIDADES E ALTERNATIVA POLÍTICA NAS
CANÇÕES DO PRIMEIRO GOVERNO VARGAS
Fernanda Epaminondas Soares
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
1104 ENTRE MÉDICOS E JURISTAS: UMA BREVE HISTÓRIA SOBRE A DISPUTA PELA TUTELA DO
LOUCO-CRIMINOSO
Fernanda Goulart Lamarão
1115 A DUPLA APROPRIAÇÃO DO FUNDO DE MARINHA MERCANTE: AS DISSENSÕES QUE
MARCARAM A FASE DE IMPLEMENTAÇÃO DA META 28 (1956-1961)
Fernanda Pereira Pessoa
1131 O QUE DITADURA TEM A VER COM DEMOCRACIA? DESENVOLVIMENTO E SEGURANÇA
NACIONAL - AS ARTES DE GOVERNAR NO BRASIL DO INÍCIO DA DÉCADA DE 1970
Filipe Menezes Soares
1142 PARTIDOS POLÍTICOS EM MINAS GERAIS E ESTRATÉGIAS POLÍTICAS DE GETÚLIO VARGAS:
ANÁLISE DA TRAJETÓRIA POLÍTICA DE VIRGÍLIO DE MELLO FRANCO (1930-1934)
Flavia Salles Ferro
1151 A POLÍTICA ILUSTRADA NA PROVÍNCIA DO MARANHÃO E PIAUÍ: ANÁLISE DA
CORRESPONDÊNCIA TROCADA ENTRE D. RODRIGO DE SOUSA COUTINHO E D. DIOGO DE
SOUSA (1798-1801)
Flávio Pereira Costa Júnior
1161 A CRÍTICA AO CAPITALISMO NO ÁLBUM ANIMALS DO PINK FLOYD (1977)
Franco Santos Alves da Silva
1172 BOMBACHA: O SÍMBOLO DA IDENTIDADE GAÚCHA
Francys Peruzzi Saleh
1182 O RESGATE DA TRAJETÓRIA HISTÓRICA MEMORIAL DA INDUMENTÁRIA DA NOIVA DO
SÉCULO XX
Frantieska Huszar Schneid
1191 O IMPERADOR E O PRÍNCIPE: A PARTICIPAÇÃO DO GOVERNO IMPERIAL BRASILEIRO NA
QUESTÃO DA CRISE DINÁSTICA NO REINO DO CONGO (1858 – 1860)
Frederico Antonio Ferreira
1201 A QUESTÃO DA CRIMINALIDADE URBANA NO RIO DE JANEIRO E ORIGEM DO FENÔMENO DO
"ESQUADRÃO DA MORTE" (1957/1960)
Frederico Cícero Pereira de Oliveira
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
Gabriel Cabeda Egger Moellwald
1218 A MÚSICA NA SOCIEDADE DE CORTE DO RIO DE JANEIRO (1808-1838)
Gilberto Vieira Garcia
1236 A ATUAÇÃO DE ANTÔNIO FIRMINO MONTEIRO NA EXPOSIÇÃO GERAL DE BELAS ARTES DE
1884
Giovana Loos Moreira
1244 DISCIPLINA E RESISTÊNCIA AO SERVIÇO MILITAR: O RECRUTAMENTO E A DESERÇÃO NAS
TROPAS REGULARES DA CAPITANIA DE PERNAMBUCO NO SÉCULO XVIII
Giovane Albino Silva
1254 ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE AS RELAÇÕES INTERNACIONAIS DO BRASIL DURANTE A
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
Giovanni Latfalla
1265 A META-HISTÓRIA COMO FERRAMENTA PARA A ABORDAGEM DE RELAÇÕES COM O
PASSADO: JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO E HISTORIOGRAFIA
Gisele Iecker de Almeida
Giselle Dos Santos Siqueira
Giuliana Caetano Pimentel
1289 COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE: ESPAÇOS DE FÉ E POLÍTICA NO RIO DE JANEIRO DOS
ANOS 70
1301 PETRÓPOLIS E SUAS HISTÓRIAS ALÉM DO SEGUNDO IMPÉRIO
Graziele de Souza Rocha
1310 MEMÓRIAS DE FAMÍLIA: A HISTÓRIA DE MILITÂNCIA DA FAMÍLIA INTEGRALISTA
VASCONCELLOS
Guilherme Jorge Figueira
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
1318 O ILUMINISMO E O PRIMADO DA EDUCAÇÃO: AS VISÕES DE ANTÓNIO NUNES RIBEIRO
SANCHES E DO MARQUÊS DE CONDORCET
Guilherme Marchiori de Assis
1328 ENTRE A NAÇÃO E A ASSIMILAÇÃO - CONSTRUÇÃO DOS NACIONALISMOS AFRICANOS
Gustavo de Andrade Durão
1337 NAZISMO, CINEMA E OS JUDEUS: O ANTISSEMITISMO NOS FILMES JUD SÜß E DER EWIGE
JUDE.
1347 “CAMISAS-VERDES” EM FLORIANÓPOLIS: ANÁLISE SOBRE A PRESENÇA INTEGRALISTA NA
CAPITAL CATARINENSE.
Gustavo Tiengo Pontes
1357 O “TEMPO DO TRABALHO” EM UMA ZONA COLONIAL PERIFÉRICA (SÃO PAULO, SÉCULO XVII)
Gustavo Velloso
1371 COM LETRA TAMBÉM SE FAZ UMA REPÚBLICA: A CULTURA POLÍTICA DOS POPULARES NAS
PÁGINAS FICCIONAIS MARANHENSES (1889-1915)
Helayne Xavier Bras
1381 MEMÓRIA AFETIVA DA ROUPA COMO DISPOSITIVO PARA A CRIAÇÃO DE GRUPO DE
ESCAMBO
Helena de Barros Soares
1389 CONTRIBUIÇÃO DO MATERIALISMO HISTÓRICO E A LÓGICA HISTÓRICA DE E. P. THOMPSON
PARA A RELAÇÃO ENTRE HISTÓRIA E MÚSICA
Icles Rodrigues
1398 NÃO FALE COM PAREDES: AS MÚSICAS E TEMÁTICAS DA CONTRACULTURA NO BRASIL
1965-1975
1408 AVALIAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS INTEGRADAS: INDICADORES QUALITATIVOS DE
EFETIVIDADE SOCIAL DOS PROGRAMAS DE SEGURANÇA PÚBLICA NA REGIÃO DE SÃO
PEDRO, VITÓRIA, ES (2005 - 2012)
Inês Simon Ferreira
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
1418 ALINA PAIM E A ESTRADA DA LIBERDADE: UMA MULHER COMUNISTA FEMINILIZANDO A
DEMOCRACIA (1944-1947)
Iracélli da Cruz Alves
1428 NEGROS NA ARGENTINA? – A CONSTRUÇÃO DAS IDENTIDADES RACIAIS NA LITERATURA E
NA IMPRENSA OITOCENTISTAS
1435 SEMANA ILUSTRADA, MARCO PIONEIRO NA IMPRENSA ILUSTRADA OITOCENTISTA DO
BRASIL
1445 “¡ARGENTINOS, A LAS ARMAS!”: LUTA ARMADA, INTERNACIONALISMO E LATINO-
AMERICANISMO NA TRAJETÓRIA DO EJÉRCITO REVOLUCIONARIO DEL PUEBLO (ERP) DA
ARGENTINA
Izabel Priscila Pimentel da Silva
1455 A CÂMARA DE PITANGUI E A CONFORMAÇÃO DA ELITE LOCAL (1715-1760)
Izabella Fátima Oliveira de Sales
1465 RELAÇÕES ENTRE IDENTIDADE, SELFIE E MODA
Jairo Batista Bandeira
1476 O MARQUÊS, A COMPANHIA E O COMPENDIO HISTÓRICO: REFORMAS POMBALINAS E
,ANTIJESUITISMO NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XVIII
Jansen Gusmão Salles
1483 O PLÁGIO PÁTRIO NA CONSTRUÇÃO DA LITERATURA NO BRASIL DO SÉCULO XIX
Jean Bastardis
1493 NOTAS SOBRE OS CONVÊNIOS ESTABELECIDOS ENTRE O CONSELHO FEDERAL DE CULTURA
E O INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO BRASILEIRO. (1966-1968)
Jessica Suzano Luzes
1503 GOLPE, DEMOCRACIA E ABERTURA POLÍTICA: A IMPRENSA NO CEARÁ E O FIM DA DITADURA
MILITAR. (1974-1985)
João Batista Teófilo Silva
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
1512 SOBRE HISTÓRIA E MÉMÓRIA – A UTILIZAÇÃO DA IMPRENSA ESCRITA COMO FORMA DE
DESVELAR A MEMÓRIA E ESCREVER A HISTÓRIA
João Paulo da Silva Andrade
1521 1939: MACHADO DE ASSIS, CEM ANOS - O HOMEM, A LITERATURA E A NAÇÃO NO REGIME
VARGAS
Joao Paulo Lopes
1536 UMA BIOGRAFIA EM DOIS TEMPOS: RELAÇÕES ENTRE O PROJETO INTELECTUAL E A
MEMÓRIA DE SIMÕES LOPES NETO
Jocelito Zalla
1544 EUGENIA NO BRASIL: CIÊNCIA COMO CLASSIFICADORA DO HOMEM E POLÍTICAS
DISCIPLINARES
Joice Anne Alves Carvalho
1554 A HISTÓRIA E A MEMÓRIA VERSUS O MUNDO EFÊMERO MODERNO: CONSEQUÊNCIAS EM
SALA DE AULA
Joiciele Rezende Costa
1564 O CARNAVAL PARA ALÉM DA AVENIDA: FOLIÕES E AS MUITAS MULTIDÕES QUE OCUPAM AS
RUAS DO MUNDO PÓS-FORDISTA
Jorge Edgardo Sapia
1578 ANTISSEMISISMO E COLABORACIONISMO NA UNIVERSIDADE FRANCESA: O CURSO DE JEAN
HÉRITIER (1943)
Jougi Guimarães Yamashita
1587 ESTUDANTES E POLÍTICA. RELATOS DO SILÊNCIO NA AGRUPACIÓN DE ESTUDIOS SOCIALES
(AES)
1598 A POLÍTICA INDUSTRIAL BRASILEIRA NOS GOVERNOS FHC E LULA
Juanito Alexandre Vieira
1607 A TRANSFORMAÇÃO DAS REPRESENTAÇÕES POLÍTICAS E CULTURAIS DA MORTE EM
VITÓRIA-ES EM FINS DO OITOCENTOS E INÍCIO DO SÉCULO XX
Júlia Freire Perini
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
1617 O LUGAR DO MESTIÇO: A RELAÇÃO ENTRE MESTIÇAGEM E CRIME NA OBRA DE NINA
RODRIGUES
Júlia Passos de Mello
1627 O OLHAR DE OUTREM: A TRAJETÓRIA DE JOSÉ CARLOS RODRIGUES, EDITOR D’O NOVO
MUNDO, ATRAVÉS DAS MISSIVAS DO GEÓLOGO CHARLES FREDERICK HARTT
Júlia Ribeiro Junqueira
1637 “ESTA COR... ESTA MALDITA COR...”: ARTUR AZEVEDO E O TIPO NACIONAL EM FINAIS DO
OITOCENTOS
1647 A NARRATIVA MUSEOLÓGICA E O CONHECIMENTO HISTÓRICO: ESCRITAS E
REPRESENTAÇÕES DO PASSADO
Juliana da Costa Ramos
1656 O GABINETE DE 2 DE FEVEREIRO DE 1844: UM MINISTÉRIO LIBERAL?
Juliana da Silva Drumond
1663 VANGUARDA PAULISTA: UNIDADE E ENGAJAMENTO DE UM MOVIMENTO ARTÍSTICO (1970-
1980)
Juliana Wendpap Batista
1673 DAS PROFUNDEZAS DA HISTÓRIA: UM COMUNISTA NEGRO NA ASSEMBLEIA CONSTITUINTE
DE 1946
Juliano Medeiros
1685 NOTAS DE PESQUISA SOBRE A TRAJETÓRIA POLÍTICA DE CARVALHO E MELO EM FACE AO
GRANDE TERREMOTO DE LISBOA
1695 A CONFEDERAÇÃO ABOLICIONISTA E O MOVIMENTO ABOLICIONISTA NA CORTE
Júlio Cesar de Souza Dória
1708 AS REMOÇÕES NO RIO DE JANEIRO: O CASO DA FAVELA DA BEIRA DA LAGOA ATRAVÉS DO
TRIBUNA POPULAR EM 1947
Karina Pinheiro Fernandes
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
1716 LUCIO COSTA: A VIAGEM COMO CONVERSÃO AO MODERNISMO ARQUITETÔNICO
Karla Adriana de Aquino
1726 IDENTIDADES EM CONFLITO: A PARTICIPAÇÃO FEMININA NA POLÍTICA E A RECONSTRUÇÃO
DO SER MULHER
Karolina Fernandes Rocha
Kátia Adriana Falcão Pereira Espósito
1744 AS RELAÇÕES ESCRAVISTAS NOS ANÚNCIOS DE SERVIÇO NA CORTE PÓS ABOLIÇÃO
Lanna Camila Oliveira Dos Santos
1754 A JUSTIÇA ECLESIÁSTICA NAS MINAS SETECENTISTAS: OS PROCESSADOS DE FEITIÇARIA
(1745-1821)
1764 JOAQUIM NABUCO E FRANCISCO BAYON: REPRESENTAÇÕES DE PAN-AMERICANISMO NA
REVISTA AMERICANA (1909-1919)
Larissa Milanezi Fabriz
1774 ASPECTOS DA POLÍTCIA EXTERNA NO GOVERNO GEISEL: NOVAS DIRETRIZES NO QUADRO
DE ABERTURA
Leandro Arraes Liberali
1784 INFLEXÕES NA POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA: UMA ANÁLISE DAS CONSEQUÊNCIAS DO
GOLPE DE 1964
Leandro Gavião e Rafael Sales Rosa
1905 O ANO DE 1915 NO CEARÁ: A SECA E O CAMPO DE CONCENTRAÇÃO DO ALAGADIÇO
Leda Agnes Simões de Melo
1915 HIPPIES VINDOS DE MOSCOU: ANTICOMUNISMO E REPRESSÃO A PRÁTICAS
CONTRACULTURAIS NO BRASIL DITATORIAL
Frederico Kaminski
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
1925 O SOBERANO PARA UM TEOCRATA: ALGUNS ELEMENTOS POLITICO-CULTURAIS PARA UMA
IDENTIDADE RÉGIA CASTELHANA ATRAVÉS DO “ESPELHO DOS REIS” DE FREI ÁLVARO
PELAYO (1341-1344)
Leonardo Girardi
Liandra Lima Carvalho
Lis de Araújo Meira
1965 AS CORES DA LIBERDADE: A GUARDA NEGRA E AS MOBILIZAÇÕES POLÍTICAS NA CIDADE DO
RIO DE JANEIRO NO CONTEXTO ABOLICIONISTA
Lívia de Lauro Antunes
ADMINISTRAÇÃO DA POLÍCIA DA CORTE (1808-1821)
Livia Mauricio Scheiner
1985 DE LÍDER POPULAR A NABUCODONOSOR: A TRAJETÓRIA DE BERNARDO PEREIRA DE
VASCONCELOS NO SETE D'ABRIL
Luaia Rodrigues
1995 JOSÉ JOAQUIM DA ROCHA E A VIDA POLÍTICA NA CORTE DO SÉCULO XIX
Luana Melo e Silva
2002 A REVERSIBILIDADE DO ESPELHO: UM OLHAR ACERCA DA RECEPÇÃO DA DOUTRINA
MONROE NA AMÉRICA DO PÓS-INDEPENDÊNCIA (1817-1829)
Lucas Sales Furtado
2011 A DITADURA DA BOLA: UM MILITAR E UM COMUNISTA À SERVIÇO DA SELEÇÃO
Lucas Toledo Gonçalves
2021 OS SENTIDOS DAS APARÊNCIAS: MODA, IMITAÇÃO E DISTINÇÃO EM FORTALEZA NO INÍCIO
DO SÉCULO XX
Luciana Andrade de Almeida
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
2033 OS EUA E OS PROGRAMAS DE AJUSTE ESTRUTURAL DO BANCO MUNDIAL: A BUSCA PELA
HEGEMONIA
Luciana Correia Borges e Murilo Mesquita Melo e Silva
2043 OS USOS POLÍTICOS DAS IDENTIDADES ÉTNICAS E SUAS IMPLICAÇÕES SOBRE A
CONSOLIDAÇÃO DA DEMOCRACIA NA ÁFRICA SUBSAARIANA
Luciana Martins Campos
2052 VIVER E MORAR NO SUBÚRBIO NO INÍCIO DO SÉCULO XX NA VISÃO DOS CRONISTAS E
ESCRITORES
Luciano Cesar da Costa
2072 'GRITOS DE UMA GERAÇÃO: ROCK, POLÍTICA E JUVENTUDE NA VIRADA PARA A NOVA
REPÚBLICA"
Luís Fellipe Fernandes Afonso
2080 A ALDEIA DE SÃO FRANCISCO XAVIER DE ITAGUAÍ EM DISPUTA: CONTENDAS POR TERRAS E
A LUTA DOS ÍNDIOS CONTRA A EXTINÇÃO DA ALDEIA NO CONTEXTO DO DIRETÓRIO (1784-
1790)
Luís Rafael Araújo Corrêa
2092 OS METALÚRGICOS DE JUIZ DE FORA/MG E A JUSTIÇA DO TRABALHO (1950-1960)
Luisa de Mello Correard Pereira
2098 O CORPO NA FOTOGRAFIA: ARTE E DOCUMENTARISMO EM MIGUEL RIO BRANCO
Luísa Kuhl Brasil
Luiz Arthur Azevedo Barros
2118 A BIOGRAFIA DE D. WALDYR CALHEIROS DE NOVAES COMO ESCRITA DA HISTÓRIA: REDES
SOCIAIS, MEMÓRIA E PODER
Luiz Fernando Mangea da Silva
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
2125 O DESENVOLVIMENTO DA COMÉDIA ANTIGA E O SISTEMA DEMOCRÁTICO ATENIENSE NO
SÉC. V a. c.
Luiz Henrique Bonifacio Cordeiro
Marcela Cristina de Oliveira Morente
2142 LITERATURA E IMPRENSA: REPRESENTAÇÕES DA FIGURA FEMININA NAS NARRATIVAS DO
JORNAL "O DOMINGO" (1873-1875)
Marcella Lima Ribeiro
2152 A OBRA PARA VIOLÃO SOLO DE ZÉ MENEZES: SUAS INFLUÊNCIAS, SEU ESTILO E SUA
CONTRIBUIÇÃO PARA A LITERATURA DO INSTRUMENTO
Marcello Gonçalves
2161 ENTRE CONTEXTOS E LINGUAGENS POLÍTICAS: DUAS PROPOSTAS DE USO DA HISTÓRIA
DOS CONCEITOS E DO PENSAMENTO POLÍTICO
Marcelo Romero e Pedro Ivo Dias Tanagino
2171 "A NOITE DOS DESESPERADOS" SOB A ÓTICA DE ALEXANDER MCQUEEN
Márcia Helena de Mendonça
2180 RELAÇÕES AUTORITÁRIAS AO LONGO DA HISTÓRIA: A INFLUÊNCIA DO REGIME MILITAR NA
CULTURA POLÍTICA DO MUNICÍPIO DE DUQUE DE CAXIAS;RJ.
Marcio Eduardo Brotto
2190 A LIGA ELEITORAL CATÓLICA: PROJETO DE PODER POLÍTICO CATÓLICO NA ERA VARGAS
Marco Antônio Baldin
Marco Antônio Vieira
2210 RODOLFO WALSH: LITERATURA, POLÍTICA E ACONTECIMENTO NA "SEGUNDA DÉCADA
INFAME".
Marcos Gonçalves
2220 TEMPORALIDADES ENSINADAS E AVALIADAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM ESTUDO A PARTIR
DO SAERJINHO
Marcus Leonardo Bomfim Martins
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
2230 ENTRE O "PROJETO REFUNDACIONAL" E O "FLAGELO SUBVERSIVO": APORTES DE PESQUISA
DESDE A REVISTA MEMORIAL DEL EJÉRCITO DE CHILE (1973-1990)
Marcus Vinícius Barbosa
2240 ¿CÓMO EDUCAR A LAS MUJERES? LA EDAD COMO ESPACIO DE ACCIÓN POLÍTICA
Maria Cecilia Colombani
2248 PERFIL SOCIAL DOS PARDOS DA ARQUICONFRARIA DO CORDÃO DE SÃO FRANCISCO EM
MARIANA DURANTE A SEGUNDA METADE DO SÉCULO XVIII
Maria Clara Caldas Soares Ferreira
2258 ARTE EM BRANCO E PRETO: CONSIDERAÇÕES SOBRE A VISIBILIDADE DOS (AS) ARTISTAS
PLÁSTICOS (AS) NEGROS (AS) NA HISTORIOGRAFIA DA BAHIA
Maria Cristina de Santana Melo
2268 VILLA-LOBOS, EDUCADOR E COMPOSITOR – A CONSTRUÇÃO DA MEMÓRIA E DO MITO
Maria Das Graças Reis Gonçalves
2281 PAPAS E IMPERADORES : AS RELAÇÕES ENTRE ROMA E CONSTANTINOPLA ENTRE OS
SÉCULOS V-VI
Maria do Carmo Parente Santos
2291 PARA ALÉM DO TEXTO: A ESTÉTICA SIMBOLISTA NA CENA BRASILEIRA FINISSECULAR
Mariana Albuquerque Gomes
Marlon Barcelos Ferreira
2307 A CULTURA POLÍTICA DO CLIENTELISMO: UMA ANÁLISE NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
(1988-2010)
Mateus Roberto Sposito Malvestio
2317 O LUGAR DAS COMUNIDADES QUILOMBOS NA DINÂMICA SOCIAL E HISTÓRICA DE
GAROPABA/SC.
Mauricélia Teixeira de Albuquerque
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
2327 O TRABALHO E O TRABALHADOR NO ESTADO NOVO DE VARGAS
Mayra Coan Lago
2337 ASSUNTOS COLONIAIS: AS POLÍTICAS DE ADMINISTRAÇÃO DO TRABALHO LIVRE NA ÁFRICA
PORTUGUESA
Maysa Espindola Souza
2347 “PELOTAS É CULTA E RICA, MAS...”: AS VISÕES DA CIDADE DE PELOTAS NO INÍCIO DO
SÉCULO XX
Melissa Xavier Gouvêa
2355 BUROCRACIA DA ESCRAVIDÃO, RACISMO E ETNICIDADE: COMARCA DE VITÓRIA, ES. 1871-
1888
Michel Dal Col Costa
2365 REPRESENTAÇÕES SOBRE O NEGRO EM MANUEL QUERINO E NINA RODRIGUES: O
CONTRAPONTO
Michelle Dantas Reis Souza
2375 O OLHAR DE UM BRASILEIRO EXILADO NA EUROPA SOBRE O REGIME TOTALITÁRIO
HITLERISTA
2383 O SURGIMENTO DAS DELEGACIAS ESPECIALIZADAS EM ATENDIMENTO À MULHER:
CONSIDERAÇÕES HISTÓRICAS
Mirela Marin Morgante
2393 REFORMA PSIQUIÁTRICA NO ESTADO DE PERNAMBUCO: O CASO DO HOSPITAL JOSÉ
ALBERTO MAIA
Mirella Rocha Magalhães
2402 OS MÉDICOS DA ACADEMIA IMPERIAL DE MEDICINA E A PROPOSTA DA CREMAÇÃO DE
CADÁVERES NA DÉCADAS DE 1870 E 1880
Monique Leone Cunha Vidal
Monique Ferreira Dos Santos
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
2421 JORNAL DA POESIA: SURTO POÉTICO NOS ANOS DE CHUMBO
Moniquele Silva de Araújo
CISPLATINOS (1821-1822)
Natália Augusta Fontes de Carvalho Ribeiro Rodrigues
2447 A CRIADAGEM COMO UMA ESPÉCIE DE VOYEUR DAS INTIMIDADES DOS PATRÕES:
REPRESENTAÇÕES DAS CRIADAS NO JORNAL O RIO NU (1898-1916)
Natália Batista Peçanha
2457 MODERNIZAR E CIVILIZAR: O RIO DE JANEIRO DO ESTADO NOVO
Natália Cabral Dos Santos
2468 PROCESSOS DE DESTERRO E POLÍTICAS COLONIAIS EM FACE DOS CIGANOS DEGREDADOS
NA AMÉRICA PORTUGUESA
Natally Chris da Rocha Menini
2478 O INSULAMENTO NO PASSADO: AS ESTRATÉGIAS EUCLIDIANAS DE PERSPECTIVAÇÃO DO
TEMPO N"OS SERTÕES E NOS ENSAIOS AMAZÔNICOS
Nathália Sanglard de Almeida Nogueira
2488 UMA CIDADE PINTADA EM LETRAS: PERSPECTIVAS DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO EM
INÍCIO DO SÉCULO XX ATRAVÉS DAS CRÔNICAS DE JOÃO DO RIO
Nathália Saraiva Ribeiro
2506 A REPRESSÃO POLICIAL ÀS RELIGIÕES DE MATRIZ AFRO-BRASILEIRA NO ESTADO NOVO
(1937-1945)
Nathália Fernandes de Oliveira
2516 ARQUITETURA DAS IDEIAS - A DESSACRALIZAÇÃO DA SOCIEDADE OCIDENTAL E O ADVENTO
DA FÉ RACIOCINADA
Nicolas Theodoridis
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
2526 SOCIEDADE E CULTURA NOS QUADRINHOS UNDERGROUND BRASILEIROS DA NOVA
REPÚBLICA (1984-1995)
2536 MATO GROSSO: DA FUNDAÇÃO À GUERRA DA TRÍPLICE ALIANÇA
Orlando de Miranda Filho
2546 RETRATOS DO CINEMA BRASILEIRO NAS PÁGINAS DO JORNAL DO BRASIL NA DÉCADA DE
1950
Oscar José de Paula Neto
2554 ENSINO SECUNDÁRIO E EQUIPARAÇÃO: UM ESTUDO SOBRE O GINÁSIO LEOPOLDINENSE/MG
(1906-1926)
Paloma Rezende de Oliveira
2572 A EMERGÊNCIA DA MODERNIDADE EM FLORIANÓPOLIS: AS OBRAS DE FRANKLIN CASCAES
A PARTIR DE 1960
Pamella Amorim Liz
2582 EM RAZÃO DO GRANDE TERREMOTO: OBSERVAÇÕES SOBRE A POLÍTICA POMBALINA NO
REINADO DE D. JOSÉ I
Patricia Maria da Silva Merlo
2590 ENTRE A RAZÃO E A SENSIBILIDADE: PUBLICIDADE, IMAGINÁRIOS E A NOVA
AMERICANIZAÇÃO DO BRASIL (1951-1954).
Patrícia Sunah de Negreiros Lopes
2604 DEMAGOGO? LÍDER POPULISTA? REFORMISTA? QUEM É O PERSONAGEM JOÃO GOULART
NA LITERATURA DIDÁTICA?
Paula Otero Dos Santos
2613 ADAPTAÇÃO E REPRESENTAÇÃO: INFLUÊNCIA DA FIGURA DO MONSTRO NO IMAGINÁRIO
COLETIVO
Paula Tainar de Souza
2623 AGRONEGÓCIO E HEGEMONIA: NOTAS DE PESQUISA SOBRE A ASSOCIÇÃO BRASILEIRA DO
AGRONÉGOCIO (ABAG)
Pedro Cassiano Farias de Oliveira
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
2633 INTERPRETAÇÕES SOBRE NOSTALGIA E O BANZO NOS ESCRAVOS NO INÍCIO DO SÉCULO XIX
Pedro Henrique Ferreira Danese Oliveira
2640 CULTURA E IDENTIDADE: REPRESENTAÇÕES DO SEMIÁRIDO EM OS BRUTOS
Polyana Danielle da Silva Medeiros
2650 ELEMENTOS CULTURAIS MEDIEVAIS E REPRESENTAÇÕES LITERÁRIAS: UMA COMPARAÇÃO
ENTRE RAINHAS
2660 ESTRATÉGIA DE (SOBRE)VIVÊNCIA: AS ASSOCIAÇÕES DE IMIGRANTES PORTUGUESES NA
CORTE (1860 – 1882)
Priscila de Assunção Barreto Côrbo
2680 “TODO MUNDO NA RUA”: CHICO E CAETANO NO DEBATE SOBRE ENGAJAMENTO POLÍTICO E
ARTE
Priscila Gomes Correa
2690 CLASSES PRODUTORAS E O PARTIDO ECONOMISTA DO BRASIL: APROXIMAÇÕES ENTRE O
EMPRESARIADO COMERCIAL E INDUSTRIAL NO GOVERNO VARGAS (1930-1937)
Priscila Musquim Alcântara de Oliveira
2696 OS HERÓIS E OS NÃO HERÓIS NA HISTORIOGRAFIA DE VALENTIM BENÍCIO NO ESTADO NOVO
Priscila Roatt de Oliveira
2705 O PROJETO DE UNIÃO BRASIL E PORTUGAL ATRAVÉS DA IMPRENSA: DISCURSOS
ESTAMPADOS NA GIL BLAS E NA ATLANTIDA.
Priscila Velozo da Silva
2714 A ESCOLARIZAÇÃO DOS NEGROS NA VILA DE QUELUZ ENTRE OS ANOS DE 1835- 1860
Priscilla Samantha Barbosa Verona
2733 RELIGIOSIDADES CRUZADAS: MOURISCOS JUDAIZANTES NO PORTUGAL DO SÉCULO XVI
Rachel Romano Dos Santos
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
2743 NARRAR UMA VIDA, DAR A ELA UM SENTIDO: UMA BREVE ANÁLISE SOBRE A OBRA "O
MARQUÊS DE BARBACENA" DE PANDIÁ CALÓGERAS
Rafael Cupello Peixoto
2752 A ESTÉTICA DO PROGNÓSTICO NA LITERATURA REALISTA DISTÓPICA DE ALDOUS HUXLEY,
GEORGE ORWELL E YEVGENY ZAMYATIN
Rafael da Cunha Duarte Francisco
2761 MEDO DO TEMPO E TEMPO DO MEDO OU COMO A FOBIA (RE)INVENTOU A CENSURA DE
DIVERSÕES PÚBLICAS NA DITADURA CIVIL-MILITAR BRASILEIRA (1964 - 1985).
Rafael de Farias Vieira
2771 BANCO MUNDIAL, CONSENSO DE WASHINGTON E REFORMA DO ESTADO NOS ANOS 1990
Rafael de Paula Fernandes Mateus
2781 A SOCIABILIDADE MAÇÔNICA DA "UNIONE ITALIAN DI MUTUO SOCORRO BENSO DI CAVOUR"
Rafael de Souza Bertante
2791 DESILUSÕES REPUBLICANAS NO ROMANCE "VENCIDOS E DEGENERADOS" DE JOSÉ DO
NASCIMENTO MORAES (1915)
Rafael Henrique Silva Barros
2802 "NÃO SOU UM ÓRFÃO LITERÁRIO": MANUEL ANTÔNIO DE ALMEIDA NA NARRATIVA
BIOGRÁFICA DE MARQUES REBELO
Rafael Lima Alves de Souza
2808 AS RELAÇÕES ENTRE BRASIL E URUGUAI DURANTE A DÉCADA DE 1930
Rafael Nascimento Gomes
2818 CIÊNCIA, MAGIA E A ARTE DA POLÍTICA: EMBATES ENTRE FAUSTINO RIBEIRO E PACÍFICO
PEREIRA
Rafael Rosa da Rocha
2828 O FIO CONDUTOR: A IMPRENSA ANARQUISTA NO RIO DE JANEIRO E SÃO PAULO (1945-1988)
Rafael Viana da Silva
2842 IMPRESSOS, CIDADANIA E POLÍTICA NO RIO DE JANEIRO (1858-1861)
Rafaela de Albuquerque Silva
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
Railda Neves Souza
2861 A FAZENDA CANDEAL NOS ACERVOS JUDICIAIS: COTIDIANO E RELAÇÕES DE PARENTESCO
DE CATIVOS/AS (FEIRA DE SANTANA/BA 1854-1920)
Railma Dos Santos Souza
2872 CONSTRUÇÃO DA AUTO-IMAGEM PELA IMPRENSA NO SÉCULO XIX - O CASO DO VISCONDE
DE PIMENTEL
Raimundo César de Oliveira Mattos
2882 IMPRESSOS E OPINIÃO PÚBLICA EM MINAS GERAIS NO FIM DO PRIMEIRO REINADO
Raphael Rocha de Almeida
2892 A COMPROVAÇÃO DE UM FUTURO PRÓSPERO: PERMANÊNCIAS E RUPTURAS DA RETÓRICA
AO LONGO DA HISTÓRIA LUSO-BRASILEIRA
Raphael Silva Fagundes
2904 A JUDICIALIZAÇÃO DA INFÂNCIA: A CONSTRUÇÃO DE UM ESPAÇO JURÍDICO, LEGAL E
EDUCACIONAL DA INFÂNCIA NO BRASIL (1987-2000)
Rayane Helena Araújo Mendes de Carvalho
2914 SOLDADOS DE SALAMINA: FICÇÃO E MEMÓRIA NA RECONCILIAÇÃO COM O PASSADO
Rebeca de Lemos Gonzalez Gil
2923 A QUESTÃO AGRÁRIA E A RADICALIZAÇÃO POLÍTICA DURANTE O GOVERNO DE JOÃO
GOULART
Regiane Cordeiro Souza
2934 UMA TRINCHEIRA A SER CONQUISTADA: PROPAGANDA POLÍTICA E "GUERRA TOTAL" NO
CAMPO AUDIOVISUAL (1969-1979)
Regilany Alves Batalha Oliveira
2944 O GÊNERO BIOGRÁFICO COMO FORMA DE ESCRITA HISTORIOGRÁFICA: D. JOÃO VI NO
BRASIL, DE OLIVEIRA LIMA
Renan Pereira Fontes
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
Renato de Ulhôa Canto Reis
2963 ENTRE REFORMAS E DEMOCRACIA: O PLANO TRIENAL NAS PÁGINAS DO CORREIO DA
MANHÃ
Renato Pereira da Silva
2974 ENTRE TÉCNICOS E POLÍTICOS: O PARTIDO DA ARENA NO GOVERNO COLOMBO SALLES
(1971-1975)
Ricardo Duwe
2984 DE PRISÕES À CONSTITUINTE - A VITÓRIA DE CARLOS MARIGHELLA E DO PCB NAS ELEIÇÕES
DE 1945
Ricardo José Sizilio
2993 CONQUISTA, COLONIZAÇÃO E POLÍTICA INDIANA: AS IDEIAS DE JUAN SOLÓRZANO PEREIRA
Ricardo Leme Santelli
3003 ARQUIVOS ENTRE A GLASNOST E PERESTROICA: ANÁLISE HISTÓRICA SOBRE A
ARQUIVOLOGIA SOVIÉTICA NOS ÚLTIMOS ANOS DA URSS (1986-1991)
Roberto Lopes Dos Santos Junior
3011 A DESSEGREGAÇÃO RACIAL NAS ESCOLAS DOS EUA: A VISÃO CONSERVADORA DA
NATIONAL REVIEW, 1955-1957
Rodrigo Farias de Sousa
3019 A DITADURA CHILENA E OS SEUS DIFERENTES PROJETOS POLÍTICOS: LEIGH E PINOCHET
(1973 – 1978)
Rodrigo Peixoto Pires
3031 O INSTITUTO DO CONCURSO PÚBLICO NO GOVERNO PROVISÓRIO (1930-1934): A
RESULTANTE DA TENSÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS DA DÉCADA DE 1920-30, ESTADO E
CAMPO POLÍTICO.
Rodrigo Pereira da Silva
3041 OPERANDO ANÁLISES DE HISTÓRIA DA HISTORIOGRAFIA A PARTIR DA “MATRIZ
DISCIPLINAR” DE JÖRN RÜSEN: AS VIRTUALIDADES DE UM MODELO TEÓRICO-CONCEITUAL
Rogério Chaves da Silva
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
3049 UM BLOCKBUSTER CONTRAIDEOLÓGICO. ANÁLISE DO FILME TROPAS ESTELARES DE PAUL
VERHOEVEN
Rogério Marques de Paiva
3059 O MARANHÃO E A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL NAS PÁGINAS DO ARGOS DA LEI – 1825
Roni César Andrade de Araújo
3069 DE MALEFÍCIOS E DEMÔNIOS: O LIVRO V DO FORMICARIUS E A ESTIGMATIZAÇÃO DA
BRUXARIA NO SÉCULO XV.
3077 A ESSÊNCIA DA PROBLEMÁTICA EXISTENCIAL MODERNA NA TRILOGIA KUNDERIANA
Rosimara Richard
3087 O USO DAS CIÊNCIAS NO DISCURSO DE JOSE INGENIEROS E MANOEL BOMFIM
Ruth Cavalcante Neiva
3093 CRIME E PECADO: AS DENÚNCIAS DE UM HOMEM DO POVO
Samara Bittencourt
3101 O HOMEM, QUEM É ELE? UMA ANTROPOLOGIA ESCATOLÓGICA, DOS CARMINA BURANA AO
SÉTIMO SELO
Sebastião Lindoberg da Silva Campos
3111 O CÓDIGO CRIMINAL DE 1830 E A PENA DE CORREÇÃO NO BRASIL IMPÉRIO
Sérgio Luiz Milagre Júnior
3120 MULHERES E CONHECIMENTO: DIZERES SOBRE A TRANSMISSÃO DE SABERES
INTERGERACIONAL EM COMUNIDADES RURAIS QUILOMBOLAS MINEIRAS
Simone da Silva Ribeiro
Sueli Melo Silva
3138 REVOLTA, MEMÓRIA E ORGANIZAÇÃO MILITAR NA FRONTEIRA ENTRE PARÁ E MARANHÃO
NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XIX
Sueny Diana Oliveira de Souza
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
3149 AMIGOS PARA SEMPRE - O EMBELEZAMENTO DAS RELAÇÕES ENTRE DITADURAS NA
IMPRENSA PORTUGUESA
Susana Guerra
3156 A UTILIZAÇÃO DA CHARGE NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO HISTÓRICO TERESINENSE
Susy Nathia Ferreira Gomes
3166 HISTÓRIA, ARQUITETURA E PATRIMÔNIO CULTURAL DA SAÚDE: O CASO DO HOSPITAL DOS
LÁZAROS DO RIO DE JANEIRO.
Tarcisio Pereira Bastos
3172 DOCUMENTOS E ARQUIVOS: UM ELO ENTRE OS REGISTROS DA HISTÓRIA E A PRESERVAÇÃO
DO PATRIMÔNIO DOCUMENTAL
Tatyana Marques de Macedo Cardoso
3181 O INSTITUTO EVANGÉLICO DE LAVRAS ATRAVÉS DAS BIOGRAFIAS DE SAMUEL GAMMON,
CARLOTA KEMPER E FRANK BAKER
Thaís Batista de Andrade Arantes
3191 A INSTALAÇÃO DO GOVERNO-GERAL: AS RELAÇÕES DE PODER ENTRE A METRÓPOLE
PORTUGUESA E A COLÔNIA BRASILEIRA NO INÍCIO DA COLONIZAÇÃO
Thaís Silva Félix Dias
3199 DIREITOS ÀS MULHERES: PROBLEMATIZAÇÃO DAS QUESTÕES LEGAIS FEMININAS NA URSS
Thaiz Carvalho Senna
3200 “QUASE SEM DAR UM TIRO"?: A RESISTÊNCIA AO GOLPE DE 1964 EM PERNAMBUCO.
Thayana de Oliveira Santos
Thiago Rodrigues da Silva
3225 SIDNEY MILLER E SÉRGIO RICARDO: PROJETOS AUTORAIS UTÓPICOS E A CRISE DO
NACIONAL-POPULAR (1966-1968)
Tiago Antonio Bosi Concagh
3239 NAZISTAS NO PARÁ? ACUSAÇÕES CONTRA ALEMÃES NA CAPITAL DURANTE A SEGUNDA
GUERRA
Tunai Rehm Costa de Almeida
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
3249 MÚSICA E MEMÓRIA NA FORMAÇÃO DO PENSAMENTO GREGO PÓS-PLATÔNICO
Vagner Geraldo Alves
3256 ENTRE A ILEGALIDADE E O BEM COMUM E A PRODUÇÃO DE AGUARDENTE DE CANA NA
REGIÃO DAS MINAS SETECENTISTAS
Valquiria Ferreira da Silva
3265 IMPRENSA, CULTURA POLÍTICA E NAÇÃO: O ANO DE 1870 NAS PÁGINAS DO O NOVO MUNDO
Vanessa da Cunha Gonçalves
3272 MEMÓRIAS NEGRAS NO RIO DE JANEIRO DO SÉCULO XXI PELO VIÉS CARNAVALESCO
Vanessa Dupheim
3283 PANFLETOS MANUSCRITOS E ORALIDADE NA FORMAÇÃO DE UM ESPAÇO PÚBLICO NO
REINO DO BRASIL
Vanessa Fraguas Serra Lucas
3292 O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA PERSONAGEM BAIANA DE ESCOLA DE SAMBA NO SÉCULO
XX E SEUS MÚLTIPLOS SIGNIFICADOS
Vania Maria Mourão Araujo
3302 REVOLVENDO OS ESCOMBROS DA MEMÓRIA: HISTÓRIA POLÍTICA PÓS-INDEPENDÊNCIA DE
ANGOLA REVISTA NO ROMANCE "TEORIA GERAL DO ESQUECIMENTO" DE JOSÉ EDUARDO
AGUALUSA
Victor Callari
3320 A LEI BOSMAN E O FC BARCELONA: GLOBALIZAÇÃO DO FUTEBOL E IDENTIDADE REGIONAL
Victor de Leonardo Figols
3329 ÓPERA E POÉTICA NA ITÁLIA SETECENTISTA: RUMOS ESTÉTICOS EM PAUTA
Victor Emmanuel Teixeira Mendes Abalada
3340 "O POETA TEM CONTA NO BANCO": NOTAS SOBRE ARTE E POLÍTICA EM MANAUS NA DÉCADA
DE 1960
Vinicius Alves do Amaral
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
3348 O PARTIDO REPUBLICANO MINEIRO/PRM E A FORMAÇÃO DE SUA REPRESENTAÇÃO
PARLAMENTAR FEDERAL DURANTE A PRIMEIRA REPÚBLICA (1906-1930)
Vítor Fonseca Figueiredo
3358 O VENTRE DO RIO: A COMPANHIA MERCADO MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO NA PRIMEIRA
REPÚBLICA
Vitor Leandro de Souza
3365 FUTURAS METRÓPOLES: A CIDADE LATINO-AMERICANA DO SÉCULO XXI NA IMAGINAÇÃO
VISUAL DO SÉCULO XX
Viviane da Silva Araujo
3374 MODA E IMAGEM FEMININA NA IMPRENSA NO INÍCIO DO SÉCULO XX
Vívian Marcello Ferreira
3384 EUSÉBIO DE QUEIRÓS E OS INIMIGOS DA ORDEM EM 1842
Welinton Serafim da Silva
3394 A FLOTILHA DA AMAZÔNIA DIANTE DA MODERNIZAÇÃO DA MARINHA DO BRASIL
William Gaia Farias
3405 INICIAÇÃO CIENTÍFICA
3405 A CIRCULAÇÃO DE PROFESSORES ESTRANGEIROS NAS ATAS DO CNPQ (1962-1964) E A
CRIAÇÃO DA COPPE
3411 CONSIDERAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO DA PESQUISA EM
EDUCAÇÃO NO BRASIL
Alnélia Estevam de Carvalho
3427 POLÍTICA E DISPUTA PELO ESPAÇO NA PLAZA DE MAYO DE 1945 A 1955
Ana Carolina Oliveira Alves
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
3437 AS RAÍZES DA DEMOCRACIA EM DEBATE: A POLIS EM DEBATE
André Luis de Souza Alvarenga
3447 FONTE PARA A HISTÓRIA POLÍTICA E CIENTÍFICA BRASILEIRA: ANALISANDO O ACERVO DO
IMPERIAL OBSERVATÓRIO DO RIO DE JANEIRO (1846-1889)
Beatriz Carvalho Betancourt
Brenda Laisa Morais
3466 VOZES AO NÃO DITO: A PRODUÇÃO DO BROCK NO RIO GRANDE DO NORTE
Brenda Soares Silva
3477 NOTAS SOBRE A CONDESSA DE VIMIEIRO, UMA ILUSTRADA NA CORTE DE MARIA
Bruna Breda Bigossi
3484 EUGEN HUSSAK: OS ARQUIVOS PESSOAIS E OS DESAFIOS PARA A HISTÓRIA
Camila Mattos da Costa
3493 A IDENTIDADE COLETIVA COMO INSTRUMENTO DE RESISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO
LOCAL: O ESTUDO DE CASO DA COMUNIDADE SÃO CARLOS
Carmen Rosane Pereira da Silva Costa
3501 A GUERRA CIVIL ENTRE SUDÃO E SUDÃO DO SUL: UMA ANÁLISE DAS IMPLICÂNCIAS
POLÍTICAS NOS CONFLITOS DO "MICROCOSMO AFRICANO"
Carla Cristine Teixeira e Diogo Matheus de Souza
3511 A QUINTA COLUNA EM SERGIPE: ANÁLISE DOS INTEGRALISTAS NO RELATÓRIO DE UM
CHEFE DE POLÍCIA
Caroline de Alencar Barbosa
3521 A AMA DE LEITE, SUA REGULAMENTAÇÃO E OS PROJETOS ASSISTENCIAIS DA VIRADA DO
SÉCULO XX
3531 LEI DA NATUREZA UMA RELIGIOSIDADE INTERNA CALCADA NA RAZÃO
Daniela Gracias Godinho
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
3540 CONSTRUINDO SONHOS: REPRESENTAÇÃO FEMININA NO CINEMA DE ANIMAÇÃO DA WALT
DISNEY DURANTE A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
Diogo da Costa Salles
3550 A ATUAÇÃO DA INQUISIÇÃO EM PORTUGAL: O CASO DA RAINHA DONA MARIANNA
D’ÁUSTRIA, ENVOLVENDO O REI DOM JOÃO V (SÉCULO XVIII)
Elenice Guimarães Ferreira Pinto
3563 DIMENSÕES DO CRIME E DO PERDÃO NAS MINAS SETECENTISTAS
Elias Theodoro Mateus
3571 O TREM DA POLÍTICA CONDUZIDO POR PAULO DE FRONTIN: TRAJETÓRIA DO ENGENHEIRO
NA ESTRADA DE FERRO CENTRAL DO BRASIL (1910-1914)
Felipe Martins dos Santos
3581 A IMPORTÂNCIA DA BÍBLIA NOS ARGUMENTOS POLÍTICOS DA INGLATERRA DO SÉCULO XVII
Fernanda Fonseca Coutinho Gross
3589 A REPRESENTAÇÃO AFRO AMERICANA NOS QUADRINHOS E SUA UTILIZAÇÃO COMO FONTE
PARA O ENSINO DE HISTÓRIA
Filipe Viana da Silva
3599 UM RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE O USO DE IMAGENS E CONCEITOS PARA O ENSINO DE
HISTÓRIA DA ÁFRICA
3606 AS NOVAS POSSIBILIDADES DIDÁTICO-PEDAGÓGICAS EM SALAS DE AULAS BRASILEIRAS,
NO ENSINO DE HISTÓRIA DO SÉCULO XXI
Gerimario da Silva Nunes
3614 ENTRE PAPÉIS E MEMÓRIAS: A HISTÓRIA POR MEIO DOS ARQUIVOS.
Germana Maria Lopes da Silva
3622 A ASCENSÃO POLÍTICA DE JOSÉ ANTÔNIO CORREIA DA CÂMARA
Guilherme de Mattos Gründling
Hellen Dayane da Silva Corrêa
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
3640 INSTRUIR PARA CIVILIZAR NO BRASIL IMPERIAL: O PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO DA
PROVÍNCIA DA PARAHYBA DO NORTE.
Janyne Paula Pereira Leite Barbosa
3650 HISTÓRIA NO ENEM: ENTRE DISPUTAS DISCIPLINARES
Jéssica de Oliveira Tavares e Luisa da Fonseca Tavares
3660 ÁLCOOL: O USO DA BEBIDA ALCOÓLICA E A SUA RELAÇÃO COM A VIOLÊNCIA CONTRA A
MULHER EM VITÓRIA (ES), NO ANO DE 2011
Jéssica Oliveira Freitas
Jéssica Raiane de Araújo
3679 A MODERNIZAÇÃO DO ENSINO DA MARINHA NA AMAZÔNIA NO ALVORECER REPUBLICANO
Joana D'arc Moreira da Silva, Pablo Nunes Pereira e William Gaia Farias
3689 OPTIMATES E POPULARES: DISCURSO E PODER NA ROMA REPUBLICANA
Jonathan Cruz Moreira
3699 A VIDA DE RADEGUNDA: REFLEXÕES PRELIMINARES SOBRE O GÊNERO HAGIOGRÁFICO
Juliana Prata da Costa
3706 POLÍTICA DE MASSAS NO NAZISMO: INTERPRETAÇÕES SOBRE A RESPONSABILIDADE
COLETIVA ALEMÃ
Juliana Victória Milaré Corrêa de Andrade
3716 MEMÓRIA E REPRESENTAÇÃO: A RELIGIOSIDADE CATÓLICA NO PATRIMÔNIO URBANO E
ARTÍSTICO DE JACAREZINHO/PR
Juliana Carolina da Silva
3724 A PERPETUAÇÃO DO RESTAURADOR: CONTRAPONTOS ENTRE O TERREMOTO DE 1755 E AS
REFORMAS POMBALINAS QUE LEVARAM O OFÍCIO DE SE ERIGIR UMA ESTÁTUA EQUESTRE
A PROMOÇÃO DO REI, D. JOSÉ I, EM 1775.
Juliano Gomes
3731 A ENCICLOPÉDIA ELETRÔNICA DA INTOLERÂNCIA, DOS EXTREMISMOS E DAS DITADURAS
NO TEMPO PRESENTE (1989-2012)
Katty Cristina Lima Sá
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
3741 ESTUDO PRELIMINAR SOBRE POSSÍVEIS LEGADOS DA COPA DO MUNDO DE 2014 EM CUIABÁ
Kelen Katia Prates Silva
3750 FOI O RESSINTO EM QUE FUNCIONAVA A MESA INVADIDO: OS FARIA FRAGA E A POLÍTICA
ALTO SERTANEJA - CAETITÉ (1881-1889)
Laiane Fraga da Silva
3760 PARTIDO SOCIAL DEMOCRÁTICO: ATUAÇÃO POLÍTICA NO ALTO SERTÃO DA BAHIA (VILA DE
BRUMADO 1930 – 1933)
3776 HISTORIA E TEMPORALIDADE NO DEBATE POLÍTICO BRASILEIRO (1830 - 1840)
Larissa Breder Teixeira
3783 FIGUEIREDO: UM NOVO GOVERNO / A LEI DA ANISTIA E O PLURIPARTIDARISMO
Lia Raquel Sousa Silva
3791 UMA HISTÓRIA DESCONHECIDA: A VIDA NOS CAMPOS DO GULAG SOB A PERSPECTIVA DE
ALEXANDER SOLJENÍTSIN
Ludmila de Sousa Firmino
3801 ANDRÉS MENDO: A REPRESENTATIVIDADE DO EMBLEMA COMO INSTRUMENTO POLÍTICO E
PEDAGÓGICO
3809 OS ESQUECIDOS DA HISTÓRIA: MEMÓRIA DOS HOMOSSEXUAIS SOBREVIVENTES DOS
CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO NAZISTAS
Luiz de Souza Porto Coêlho
3815 O GOVERNO JOÃO GOULART E O GOLPE EMPRESARIAL-MILITAR DE 1964: ANÁLISE DO
JORNAL DO DIA
Manoel Afonso Ferreira Cunha
3825 RESGATE DA MEMÓRIA DO CAMPO DE CONCENTRAÇÃO NA CIDADE DE GUARATINGUETÁ
Manoel Fernando Moreira Júnior
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
3835 OS MUSEUS E A CONSTRUÇÃO DAS IDENTIDADES TERRITORIAIS: UM ESTUDO SOBRE A
IDENTIDADE CARIOCA NO MUSEU DE ARTE DO RIO
Marcia Bielinski Barreto
3845 HERODES MAGNO: A LEGITIMIDADE POLÍTICA DO REI DOS JUDEUS NA PALESTINA DO
SÉCULO I a.C. E O DISCURSO DE FLÁVIO JOSEFO
Marco Antonio Monte de Abreu
3857 OS MOVIMENTOS SOCIAIS E A JUVENTUDE DE VOLTA ÀS RUAS
Marco Aurélio Brandão Costa
3867 TRANSIÇÃO BRASILEIRA E A DINÂMICA DA POLÍTICA ESTADUAL NO EDITORIAL DO JORNAL
O ESTADO DO MARANHÃO (1985-1989)
Marcos Paulo Teixeira e Monica Piccolo Almeida
3877 AS FESTAS DO CENTENÁRIO DA INDEPENDÊNCIA E DA ADESÃO DO PARÁ, A PARTIR DOS
PERIÓDICOS FOLHA DO NORTE E A PROVÍNCIA DO PARÁ (1920-1923)
Marilene Andreza Guerreiro De Souza
3887 O HOMEM E A BEIRA: HUMANISMO E REPRESENTAÇÃO URBANA EM “A MARGEM” (1967) DE
OZUALDO CANDEIAS
Nayhd Barros de Souza
3897 AQUELES QUE NÃO PEGARAM EM ARMAS: POPULAÇÃO CIVIL EM ANGOLA NO PERÍODO DA
GUERRA DE INDEPENDENCIA (1961-1975)
Núbia Aguilar Moreno
3903 DA TAPEÇARIA DE BAYEUX AS CRÔNICAS ANGLO-SAXÔNICAS: AS FONTES E SEUS LIMITES
SOBRE A BATALHA DE HASTINGS (1066)
Paulo Christian Martins Marques da Cruz
3913 AVENIDA CENTRAL: PERSPECTIVAS DE UM TEMPO
Priscila Lopes d'Avila Borges
3921 O REFINAR DA "PAIXÕES"; MANEIRAS, INTERESSES E HISTÓRIA NAS OBRAS DE DAVID HUME
Rafael da Silva Ferreira
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
Rafael Vargas da Silva
3935 ENTRE CARTAS E DIÁRIOS: O REGIME TOTALITÁRIO TCHECO E A BUSCA DO PASSADO NA
CONSTITUIÇÃO DA IDENTIDADE
Rafaela Paula da Silva
3944 PRISÕES PREVENTIVAS EM 1964: SUBVERSÃO E COMUNIDADES DE SEGURANÇA E
INFORMAÇÃO EM PERNAMBUCO DURANTE A EFETIVAÇÃO DO GOLPE CIVIL-MILITAR
Raphael Henrique Roma Correia
3954 “A HISTÓRIA DA ÁFRICA VAI À ESCOLA”: SUGESTÕES PEDAGÓGICAS PARA APLICAÇÃO DA
LEI 10.639/03 NO ENSINO FUNDAMENTAL
Rejane Ramos Vieira
3963 ALÉM DA VIDA: A DISTINÇÃO SOCIAL E A CONTINUIDADE SIMBÓLICA DIANTE DA MORTE EM
VALENÇA NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XIX
Renan Perozini Gomes Barrozo
3973 FICÇÃO CIENTÍFICA, ANTROPOLOGIA E HISTÓRIA: UM ESTUDO DE CASO DO ROMANCE A
MÃO ESQUERDA DA ESCURIDÃO, DE URSULA K. LE GUIN
Renata da Conceição Aquino da Silva
3983 FAMÍLIA E PODER EM SÃO JOÃO DE MERITI NA DÉCADA DE 1930
Romero Jasku Bastos
3993 RIO 40 GRAUS E O DESABROCHAR DO CINEMA NOVO.
Ronillo Azevedo dos Santos
4001 COMPLETAM ANNOS HOJE...A VIDA SOCIAL SERGIPANA EM ANÚNCIOS DO JORNAL
CORREIO DE ARACAJÚ.
Rosana de Menezes Santos
4011 MARCAS DE GUERRA – A REPRESENTAÇÃO DO SOLDADO NA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
EM “’J DE JENNY”.
Thaís da Silva Tenório
4019 TURISMO CULTURAL: O ELO ENTRE TURISMO E HISTÓRIA. UMA ANÁLISE CONCEITUAL
Thales Rocha de Freitas
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
4029 A HISTÓRIA DA SAMBA? A CIRCULARIDADE CULTURAL ENTRE O ENSINO DE HISTÓRIA E OS
SAMBAS DE ENREDO.
Thaynã de Paula Falcão Sá
4039 HISTÓRIA E PRESERVAÇÃO: A ORGANIZAÇÃO DO ACERVO ARQUIVÍSTICO DO IMNS.
Thayná Fuly Garcia
4048 A SOCIEDADE RESENDENSE E SUAS PARTICULARIDADES, SEGUNDO O JORNAL YTATIAIA
(1879-1889).
Valmir Dias Maia
4058 FEMINISMOS NO BRASIL: O CENTRO DA MULHER BRASILEIRA ATRAVÉS DE DUAS
MILITANTES
Vanilda de Araújo Campelo
4076 A MULHER NEGRA NA MÚSICA POPULAR BRASILEIRA NAS DÉCADAS DE 1930 E 1940
Victor Hugo Miranda de Freitas
4084 ERRATA 13/02/2015
4084 A UNIÃO POR UM FIO: O CONTEXTO POLÍTICO NACIONAL E SEUS REFLEXOS NOS PROJETOS POLÍTICOS DO PCB EM PERNAMBUCO NO TRANSCORRER DE 1947
Diego Carvalho da Silva
4091 ÀS VÉSPERAS DO GOLPE: A DISPUTA POLÍTICA POR UM SINDICATO RURAL E A TENTATIVA DE DESESTABILIZAR, EM 1963, O PRIMEIRO GOVERNO ARRAES
Izabel Helena Acioli Siqueira dos Santos
4102 “AS COMPANHIAS DA ESPERANÇA" - AS COMPANHIAS DE APRENDIZES MARINHEIROS NO BRASIL IMPERIAL (1840-1889): PROJETO PROFISSIONAL A LUZ DA SOCIOLOGIA DOS MILITARES
Jorge Antônio Dias
4114 DA DECADÊNCIA DA INSUSTRIA AO ETNODESIGN: A MODA EMERGE NO CENÁRIO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS BRASILEIRAS
Virginia Abreu Borges
4125 UM BREVE HISTÓRICO SOBRE FAMÌLIA ESCRAVA NA FREGUESIA DE SÃO JOSÉ DASA ITAPOROROCAS, FEIRA DE SANTANA (1785-1826)
Yves Samara Santana de Jesus
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
Carlos Cesar de Oliveira Sampaio (1861 - 1930): trajetória intelectual, memória e biografia.
Adauto Tavares Araujo1
Resumo:
O trabalho tem por objetivo analisar a biografia e a trajetória intelectual de Carlos
Sampaio (1861 – 1930), engenheiro formado na Escola Politécnica do Rio de Janeiro
que alcançou atuação de destaque na condução dos projetos de reformas urbanas da
capital federal na Primeira República. Desse modo, focaliza-se um conjunto de textos de
autoria de Sampaio correspondendo a artigos de jornal, relatórios e estudos editados
entre 1922 e 1930, tendo em vista o estabelecimento das relações entre memória,
trajetória e biografia.
Abstract:
This paper aims to analyze the biography and the intellectual trajectory of Carlos
Sampaio (1861 – 1930), an engineer graduated at the Polytechnic School of Rio de
Janeiro who achieved outstanding highlight in conducting projects of urban reformation
of the Federal Capital in First Republic. Thereby, the focus is a collection of texts
written by Sampaio corresponding to articles from newspapers, studies and reports
edited between 1922 e 1930, in view of the establishment of relations between memory,
trajectory and biography.
Keywords: intellectual, biography, urban reforms
Este trabalho se propõe a analisar a biografia e a trajetória intelectual de Carlos
Cesar de Oliveira Sampaio, engenheiro, empresário e político que esteve envolvido nos
debates que permeavam as discussões sobre as reformas urbanas realizadas no Rio de
Janeiro durante as primeiras décadas republicanas. Nesta comunicação, entendemos que
o biografado não deve ser visto como um sujeito único e linear, mas sim como um
homem partido, segmentado, sendo atravessado por diferentes fluxos sociais2.
Este trabalho foi estruturado a partir da relação existente entre a formação e a
atuação de Carlos Sampaio com o contexto histórico no qual ele estava inserido.
Ressaltamos que, neste momento, com o intuito de demarcar o espaço ocupado na
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
Página 46
sociedade, os engenheiros, com Sampaio, buscaram afirmar a imagem de “médicos da
cidade” no processo de promoção da salubridade da urbe.
Intelectuais e políticos formularam, durante o século XIX, dois postulados
importantes: o primeiro era baseado na ideia da existência de um caminho da civilização
a ser seguido, enquanto o segundo afirmava que a nação alcançaria a prosperidade e a
grandeza através da solução dos problemas de higiene pública. Estes postulados
permitiram a formulação da ideologia da higiene, que, contando com a adesão de
médicos, engenheiros, políticos e governantes, formavam um conjunto de princípios
que, supostamente, levariam o Brasil à civilização e ao progresso3.
Conforme assinalado por Kessel, a remodelação da capital da recém-nascida
república brasileira teria uma dupla função: primeiro como vitrine, pois mostraria ao
mundo o progresso brasileiro; segundo como espelho, porque as outras cidades do país
seguir o exemplo do Rio de Janeiro na realização das suas respectivas reformas4.
Segundo Nicolau Sevcenko, o início da fase republicana no Brasil foi marcado
pelo aparecimento de uma sociedade predominantemente urbanizada e fortemente
enraizada em valores burgueses, que foi resultado do enquadramento do Brasil nos
termos da nova ordem econômica mundial instaurada pela Revolução Científico-
Tecnológica, por volta de 18705.
Desse modo, entendemos que as intervenções urbanas estão inseridas do debate
de ideias em torno da modernização6 do país. As reformas eram necessárias para
melhorar o escoamento dos produtos agrícolas e instalar um novo projeto de cidade, e
foram uma resposta às necessidades da “face urbana” das atividades agroexportadoras,
em função da inserção do Rio na economia mundial7.
Para Jaime Larry Benchimol, com o alvorecer do século XX o Distrito Federal
sofreu, de fato, uma intervenção que alterou a sua fisionomia e estrutura, tendo efeito
parecido a de um “terremoto” na vida da população carioca8. Porém, é preciso entender
que as mudanças no Rio de Janeiro não estavam ligadas apenas às questões estruturais,
como mudanças viárias e criação de redes sanitárias, mas também à reformulação de
valores que os habitantes da cidade carregavam consigo, como mudanças em suas
vestimentas e rotinas. Para o autor, esse conjunto de modificações deve ser designado
como regeneração9, que insere as reformas urbanas em um processo ainda mais amplo
de transformações nos costumes da cidade e no país. Nesse sentido, o ideal sanitário,
um dos conceitos que apareceram com maior frequência nos debates sobre as reformas
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
Página 47
urbanas, tinha como objetivo criar postulados para sanear o corpo e a moralidade dos
indivíduos que vivem na cidade10.
Desde fins do século XIX, os engenheiros passaram a se apresentar como
indispensáveis ao bom andamento das reformas, pois acreditavam que detinham o saber
competente sobre o reordenamento da cidade, sendo o debate sobre as reformas urbanas
para eles:
(...) um espaço privilegiado para a construção e afirmação de sua identidade
intelectual e social específica como agentes diretos do programa de estruturação
de uma nova ordem na sociedade brasileira; uma ordem que, para os
propagandistas da modernização, regeneraria o país adequando-o aos ideais do
progresso e da civilização11.
A formação de Carlos Sampaio é contemporânea aos primeiros projetos de
remodelação urbana do Rio de Janeiro que, na visão dos engenheiros, seriam os meios
pelos quais se afirmaria o progresso brasileiro, diante das outras nações.
Carlos Sampaio: um engenheiro no centro dos debates
Nascido em 13 de setembro de 1861, no Rio de Janeiro, Carlos Sampaio
matriculou-se em 1875 na Escola Politécnica do Rio de Janeiro e, em 1880, formou-se
em engenheiro geógrafo, engenheiro civil e bacharel em Ciências Físicas e
Matemáticas. No mesmo ano de sua formação, foi um dos sócios fundadores do Club de
Engenharia. Em 1884, já era professor de duas grandes escolas do Brasil: a Escola
Politécnica e a Escola Naval.
Em 1887, Sampaio foi convidado por Luís Raphael Vieira Souto para participar
das obras do desmonte do Morro do Senado, sendo este o primeiro momento em que
Sampaio se envolveu com as reformas urbanas. Dois anos depois, também participou do
episódio conhecido como Água em seis dias, no qual o também engenheiro Paulo de
Frontin prometeu solucionar a crise no abastecimento de água na sede Corte em apenas
seis dias. Em novembro de 1889, Carlos Sampaio assumiu a direção técnica dos
serviços telefônicos da cidade do Rio Janeiro, através da Empresa de Obras Públicas do
Brasil.
Após esses primeiros anos em que atuou principalmente como engenheiro,
passou a atuar também como empresário, ao abrir, ao lado de Vieira Souto e Paulo de
Frontin, em 1890, a Empresa Industrial de Melhoramentos do Brasil, que tinha como
IX Semana de História Política: Política, Conflitos e Identidades na Modernidade VI Seminário Nacional de História: Política, Cultura e Sociedade
ISSN 2175-831X – PPGH/UERJ, 2014
objetivo atuar em empreendimentos ferroviários, atividades de colonização e projetos de
remodelações urbanas, como a reforma do Cais do Porto. A Melhoramentos do Brasil,
como comumente era chamada, não resistiu à crise do encilhamento que gerou uma
violenta especulação financeira, além da alta inflacionária que acabou por dificultar a
obtenção de capitais disponíveis para a expansão das diversas atividades. Entre 1892 e
1901, Sampaio presidiu outra empresa, a Melhoramentos de São Paulo.
Com a posse de Rodrigues Alves na presidência da República, em 1902, e a
nomeação do engenheiro Francisco Pereira Passos para a prefeitura do Distrito Federal,
em 1903, o movimento reformista da Capital Federal ganhou ainda mais força. Os
investidores estrangeiros viram nas obras de remodelação, saneamento e
embelezamento o momento ideal para investir no Brasil, tendo em vista a criação de
novas condições para expansão e a modernização de diversos serviços urbanos.
Ao se instalar no Distrito Federal, em 1905, a Rio de Janeiro Tramway, Light
and Power Company Limited, também conhecida como Rio Light, levantou cinco
milhões de dólares junto a investidores estrangeiros e obteve a concessão de serviços
voltados à modernização da cidade, fazendo-se necessária a presença de algum
intermediário entre a empresa e os governantes brasileiros12. Carlos Sampaio podia
desempenhar este papel, pois reunia, ao mesmo tempo, os conhecimentos técnicos e os
contatos políticos necessários para mediar a aquisição das concessões13.
Sampaio passou a atuar como meio de ligação entre o poder público e o capital
internacional privado, realizando, ao longo de sua trajetória profissional, diversas
tentativas de aquisições de concessões para depois repassá-las a investidores
estrangeiros que buscavam aumentar a sua participação na economia brasileira. Dessa
forma, mantinha relações próximas com investidores estrangeiros como os norte-
americanos Percival Farquhar e Frederick Pearson, e uma série de cartas trocadas entre
eles nos mostra que Sampaio buscava obter uma série de vantagens junto ao poder
público para esses empresários, com o objetivo de garantir a lucratividade dos negócios
da Light no Brasil.
Sampaio foi também responsável por supervisionar levantamentos e estudos de
viabilidade dos projetos e buscar as melhores condições de negócios para essa
empresa14. Em uma espécie de recompensa pelos serviços prestados, foi contratado, em