201311 143

Download 201311 143

Post on 24-May-2015

612 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Nmero 143 Novembro 2013Encontro em Aparecida

2. Santa Ceclia Igreja de Santa Maria, Kitchener (Canad)Para mim, glorioso e desejvel sofrer todos os tormentos para confessar a Jesus Cristo, pois nunca tive o menor apego a esta vida. Mas compadeo-me de vs, que pareceis estar ainda na juventude, pela desgraa de vos encontrardes s ordens de um juiz to cheio de injustia. [...]Gustavo KraljMorrer por Cristo no sacrificar a prpria juventude, mas renov-la; dar um pouco de barro para receber ouro; trocar uma morada estreita e vil por um palcio magnfico; oferecer algo perecvel e receber em troca um bem imortal. (Da Vida de Santa Ceclia, pelos Petits Bollandistes) 3. SumriO Escrevem os leitores 4Sstole-distole (Editorial) . . . . . . . . . . . . . .5Revista mensal dosAssociao privada internacional de fiis de direito pontifcio Ano XII, n 143, Novembro 2013 ISSN 1982-3193Publicada por: Associao Arautos do Evangelho do Brasil CNPJ: 03.988.329/0001-09 www.arautos.org.br Diretor Responsvel: Pe. Pedro Paulo de Figueiredo, EP Conselho de Redao: Guy Gabriel de Ridder; Ir. Juliane Vasconcelos A. Campos, EP; Luis Alberto Blanco Corts; M. Mariana Morazzani Arriz, EP; Severiano Antonio de Oliveira Administrao Rua Bento Arruda, 89 02460-100 - So Paulo - SP admrevista@arautos.org.br Assinatura Anual: Comum R$ 117,00 Colaborador R$ 225,00 Benfeitor R$ 350,00 Patrocinador R$ 480,00 Exemplar avulso R$ 10,20 Assinatura por internet: www.revista.arautos.org.brServio de atendimento (11) 2971-9050 (nos dias teis, de 8 a 17:00h)ao assinante:........................6Comentrio ao Evangelho A festa dos irmos celestes10Dona Lucilia Ribeiro dos Santos Corra de Oliveira O calor dessa bondade ......................18A virtude da Obedincia Jesus Se oculta nos superiores ............................................33A palavra dos Pastores Batismo e ReconciliaoA voz do Papa Recomear de Cristo......................So Martinho de Porres Martinho da Caridade20......................38Aconteceu na Igreja e no mundo ......................40Histria para crianas... Nunca se ouviu dizer... ......................46Os santos de cada dia ......................48Montagem: Equipe de artes grficas dos Arautos do Evangelho Impresso e acabamento: Diviso Grfica da Editora Abril S/A. Av. Otaviano Alves de Lima, 4.400 - 02909-900 - SPArautos no mundo...................... A revista Arautos do Evangelho impresa em papel certificado FSC, produzido a partir de fontes responsveisPinculo de pedra, auge de amor26......................50 4. E screvemos leitoresMisso evangelizadora em Ruanda Maria criou muita unio entre nsA visita de Nossa Senhora nossa comunidade paroquial, de 13 a 16 de junho passado, foi uma ocasio especial para redescobrir nossa devoo Me de Deus. Pudemos notar como Maria criou muita unio nos dias em que esteve presente entre ns. O que mais marcou o corao de todos foi o encontro pessoal com a imagem de Nossa Senhora, na igreja, bem como a visita aos doentes, que deixou neles muita consolao e aceitao da enfermidade como meio para se aproximarem mais do Senhor. O belo testemunho dos Arautos, a capacidade de compreender as vrias vicissitudes de cada um e sua alegria ao oferecer a todos os irmos e irms uma palavra, um gesto de caridade, deixaram entre todos um caminho aberto para uma misso mais unida. Minha comunidade entrega a Nossa Senhora este desejo, na certeza de que o Senhor completar a obra que aqui iniciou. Muito obrigado, de minha parte e de toda a comunidade. Pe. Francesco Zumpano Parquia SS. Salvatore Castrolibero ItliaContos repletos de ensinamentos O que mais me atrai na Revista a seo Histria para crianas... ou adultos cheios de f? Na verdade, so contos muito bem ilustrados, repletos de ensinamentos que nos fazem progredir na vida espiritual. Temos muitas esperanas de que Nossa Senhora nos ajude a ter nossa capela e os Arautos novamente em nossa cidade. Martha de Zambrana Santa Cruz de la Sierra BolviaQuero agradecer-lhes por me terem enviado sua bela Revista de espiritualidade. Tocou-me muitssimo o artigo sobre a misso evangelizadora dos Arautos em Ruanda. Que a Virgem Maria Nyina wa Jambo os cumule de graas, bem como a todos os seus leitores. Pe. Leo Panhuysen, SDB Butare RuandaLemos e meditamos Estamos muito satisfeitas com nossa assinatura, pois recebemos o primeiro exemplar da revista Arautos do Evangelho em agosto passado. Lemos e meditamos todos os timos artigos ali contidos. Cada pgina nos traz lindos e profundos ensinamentos e, s vezes, impossvel segurar as lgrimas. A misso dos Arautos encantadora, um verdadeiro testemunho de F e um grande incentivo para todos ns. Vivien Rissato Londrina PRFormativa e informativa Sempre espero com gosto e alegria a chegada da estupenda revista Arautos do Evangelho. a mais formativa e informativa publicao sobre distintos aspectos que conheo, da Igreja. Seus artigos encerram uma grande pedagogia crist, que fortalece o corao de todo bom cristo que se preze. Ela atual, profunda, agradvel e muito bem estruturada. Muitssimo obrigado por seu envio. Que sua difuso seja instrumento para a nova evangelizao da Igreja. Jos Cascales Albarracn Mrcia EspanhaDoutrina catlica de forma profunda e acessvelEstamos na era dos mais avanados meios de comunicao. Contudo, 4Arautos do Evangelho Novembro 2013so escassos aqueles que nos transmitem verdadeiros ensinamentos e a boa doutrina. Entre estes se encontra a revista Arautos do Evangelho, que nos oferece a doutrina catlica de forma profunda e acessvel a todos. E isso, alm de aumentar nosso conhecimento, faz crescer nosso amor pelos santos mistrios de nossa Igreja. Tatiana Carvalho Reis Montes Claros MGManter a unio com a Igreja Quero deixar aqui meu reconhecido agradecimento pelo Divino Esprito Santo ter suscitado a obra dos Arautos do Evangelho, que contm diversos elementos que nos auxiliam a crescer na f e a buscar uma acertada formao, com destaque para a publicao desta Revista, a qual devemos no s ler, mas divulgar. Busco em primeiro lugar o Comentrio ao Evangelho, de Mons. Joo Scognamiglio Cl Dias, e depois as atividades dos Arautos no Mundo, porque Mons. Joo forma e os Arautos demonstram, exemplificam, do o testemunho e o norte por onde se deve seguir para manter a unio com a Igreja. Creio ser esta Revista o melhor, de mais fcil acesso e mais coerente veculo de comunicao catlico de nossos dias, devido desinformao reinante. Janel C. Ferreira So Paulo SPRevista evangelizadora Aqui todos os assuntos abordados me atraem, sobretudo o exemplo da vida dos Santos e o testemunho do trabalho dos Arautos, que est chegando a inmeros pases e levando tantas pessoas a se consagrarem a Nossa Senhora. Muito obrigada por esta Revista evangelizadora. Vilma Vieira Borges Salvador BA 5. Editorial Sstole-distoleA143 Nmero 2013 ro Novembro Encont ida Aparec emArautos do etor s feminino conduzem a imagem de Nossa Senhora Aparecida ao altar-mor do Santurio durante a V Peregrinao Nacional do Apostolado do Oratrio Foto: Leandro Souzaps o retumbante milagre da primeira multiplicao dos pes, Jesus despediu as multides e subiu montanha, a ss, para orar (Mt 14, 23). O Homem-Deus com frequncia Se retirava a fim de mais especialmente estar com o Pai. Grande lio dada queles que propendem atividade febril, esquecendo-se do sobrenatural, ou a um isolamento na contemplao, olvidando-se da ao. Ser Marta ou Maria, eis o equvoco. Pois a perfeio da qual Nosso Senhor nos d inigualvel exemplo est em ter o zelo operativo de Marta sem deixar de ter as vistas e o corao postos no sobrenatural, como Maria. Bem acentuou esta verdade o Papa Francisco, em discurso de 27 de setembro, no qual conclamou os catequistas a imitarem Cristo, tendo a coragem de sair de si, de ir s periferias fsicas ou espirituais, como a das crianas que no sabem sequer fazer o Sinal da Cruz, na certeza de l encontrar Jesus em cada pessoa necessitada. No intuito de, segundo as palavras do Pontfice, viver nesse movimento de sstole-distole, os Arautos do Evangelho sempre procuram essa feliz harmonia entre o denodado apostolado externo e a contemplao regada por intensa vida de piedade. Em tudo visam eles o bem das almas e a glria de Deus, quer, de um lado, nas adoraes ao Santssimo Sacramento, em que cada qual se sente olhado com amor por Jesus, no canto da Liturgia das Horas, na participao diria na Eucaristia, nos empenhados estudos da doutrina catlica, quer, de outro, na busca das ovelhas desgarradas onde estas estiverem, sobretudo os jovens to necessitados de luz. Pelo exemplo e pela palavra, empenham-se os Arautos do Evangelho em levar o bom odor de Cristo a favelas, orfanatos, asilos de idosos, hospitais, oferecendo ao irmo que sofre uma ajuda material, um olhar de carinho e um estmulo F. E vrios sacerdotes Arautos tm como misso prioritria o atendimento aos doentes em estado grave, administrando-lhes os Sacramentos e consolando-os com uma palavra de confiana, de que tanto necessitam ao se aproximarem dos umbrais da eternidade. Nas Misses Marianas, caravanas de Arautos, de comum acordo com os procos, percorrem as ruas da parquia, levando de casa em casa, incluindo estabelecimentos comerciais, a imagem do Imaculado Corao de Maria. verdadeiramente a Me que vai procura dos filhos prdigos. E, tocados pela graa, quantos retornam casa paterna! Insere-se nesse contexto a abenoada V Peregrinao Nacional a Aparecida, promovida pelo Apostolado do Oratrio Maria Rainha dos Coraes, uma iniciativa dos Arautos do Evangelho, realizada no dia 14 de setembro. Num ambiente de muita piedade e alegria, 11 mil participantes lotaram a grandiosa Baslica, onde puderam depositar seus pedidos aos ps da Virgem Me Aparecida e agradecer-Lhe os incontveis favores recebidos em situaes por vezes crticas. Este foi o dia mais feliz da minha vida!, era a exclamao de muitos peregrinos, exultantes por terem sado de si e manifestado sua F. Novembro 2013 Arautosdo Evangelho5 6. A voz do PapaRecomear de CristoGO