2012.1 revisão av2 exercicios

Download 2012.1 revisão av2  exercicios

Post on 30-Oct-2015

687 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • DIREITO CIVIL I PARTE GERALEXERCCIOS*

  • *REVISO PARA AV2Questo 1 -- Com relao a aquisio da personalidade sob a gide da legislao ptria, leia atentamente o caso hipottico abaixo e responda a nica correta. Em uma maternidade nasceram simultaneamente trs crianas: Srgio, Cludio e Simo. Srgio nasceu com hidrocefalia e faleceu apenas 3 horas depois; Cludio nasceu morto, em virtude de complicaes antes do parto; Simo nasceu sem complicaes. Apenas Simo adquiriu personalidade civil.Srgio no adquiriu personalidade civil, uma vez que sua vida era inevitvel e certamente logo morreria, tanto que, apenas 3 horas aps o parto, faleceuCludio adquiriu personalidade civil, quando na concepo, mas a perdeu quando nasceu mortoApenas Srgio e Simo adquiriram personalidade civil.Todos adquiriram personalidade civil, s que Cludio perdeu-a quando morreu.

  • *REVISO PARA AV2Questo 2- (Questo 27 - 122 Exame OAB-SP) absolutamente incapaz para atuar como testemunha testamentria:

    A( )o cego.B( ) o testamenteiro.C( )o funcionrio do cartrio em que se lavra a disposio de ltima vontade.D( )o estrangeiro. E ( ) a mulher casada sem a vnia conjugal.

  • REVISO PARA AV2*Questo 3 - Considera-se como domiclio civil da pessoa natural que no tem residncia habitual, por empregar a vida em viagens, sem ponto central de negcios:A( )o ltimo local onde morou continuamente por dois anos.B( )a residncia de seus pais; C( )o lugar onde for encontrada;D( ) o local onde realizou seus estudos; E( )a residncia do parente mais prximo, se no tem pais

  • *REVISO PARA AV2Questo 4- Antnio, vivo, 87 anos, celebrou contrato de alienao de um bem imvel com Jos. Ocorre que os filhos de Antnio no concordam com a alienao e alegam que ele no teria, em razo da idade, capacidade para realizar tal negcio. Tendo em vista o alegado, assinale a alternativa correta:A( )assiste razo aos filhos de Antnio, pois, diante de sua idade avanada, seria necessrio que o mesmo fosse assistido quando da realizao do contrato.B( )no procedem as alegaes dos filhos de Antnio, tendo em vista que no h qualquer incapacidade em razo da idade avanada, diante da inexistncia, na hiptese, de comprometimento mental que impea o seu livre discernimento.C( )na hiptese, havia a necessidade, para realizao do contrato, de que Antnio fosse representado (em razo da idade avanada) sendo procedente a alegao dos filhos.D( )para que fosse possvel a alienao, Antnio teria que obter tambm o consentimento dos filhos, diante da idade avanada.E( )Antnio poderia realizar sozinho a alienao, desde que autorizado judicialmente.

  • *REVISO PARA AV2Questo 5- Leia as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta: I. So pessoas jurdicas de direito privado: (a) as associaes; (b) as sociedades; (c) as fundaes. No necessria a existncia de patrimnio nas associaes e sociedades, mas as fundaes tm de ter. Assim, as fundaes devem ser criadas por escritura pblica ou testamento, com dotao especial de bens livres, especificando o fim a que se destinam, e com declarao, se houver vontade, da maneira de administr-las. A fundao somente poder constituir-se para fins religiosos, culturais ou de assistncia.

    II. Na dico legal, as associaes e sociedades podem ou no ter fins econmicos e a responsabilidade extracontratual por atos de seus agentes que, nessa qualidade, causem danos a terceiros implica responsabilidade civil das associaes e sociedades, ressalvado o direito regressivo contra os causadores do dano, se houver, por parte destes, culpa ou dolo.

    III. A desconsiderao da pessoa jurdica ocorre em caso de abuso da personalidade jurdica, caracterizada pelo desvio de finalidade, ou pela confuso patrimonial. Nestes casos, o juiz pode decidir, a requerimento da parte ou do Ministrio Pblico, quando couber a este ltimo intervir no processo, que os efeitos de certas e determinadas relaes de obrigaes sejam estendidos aos bens particulares dos administradores ou scios da pessoa jurdica.

  • *REVISO PARA AV2IV. O juiz poder desconsiderar a personalidade jurdica da sociedade quando, em detrimento do consumidor, houver abuso de direito, excesso de poder, infrao da lei, fato ou ato ilcito ou violao dos estatutos ou contrato social. A desconsiderao tambm ser efetivada quando houver falncia, estado de insolvncia, encerramento ou inatividade da pessoa jurdica provocados por m administrao. Tambm poder ser desconsiderada a pessoa jurdica sempre que sua personalidade for, de alguma forma, obstculo ao ressarcimento de prejuzos causados aos consumidores.

    V. O fato jurdico pode ser sempre provado mediante: confisso, documento, testemunha, presuno e percia. A confisso irrevogvel, mas pode ser anulada se emanar de erro ou coao. No que tange aos traslados e certides, considerar-se-o instrumentos pblicos, se os originais se houverem produzido em juzo como prova de algum fato. CONTINUAO DA QUESTO

  • *REVISO PARA AV2A( )Somente as afirmativas I e II esto corretas.B( )Somente as afirmativas III e IV esto corretas.C( )Somente as afirmativas IV e V esto corretas.D( )Somente as afirmativas III e V esto corretas.E( )Todas as afirmativas esto corretas.CONTINUAO DA QUESTO

  • *REVISO PARA AV2Questo 6-Tendo em vista a pessoa jurdica, assinale a opo correta:A( ) possvel a aplicao de todos os direitos da personalidade reconhecidos ao ser humano pessoa jurdica.B( )possui personalidade, que se confunde com a de seus instituidores, o que tambm ocorre com seu patrimnio.C( )os atos dos administradores no obrigam a pessoa jurdica quando exercidos nos limites dos poderes constantes no ato constitutivo.D( )a desconsiderao da personalidade da pessoa jurdica autoriza que os bens particulares dos administradores ou scios sejam atingidos diante de atos ilcitos ou abusivos por estes praticados, caracterizando abuso da personalidade.E( )a desconsiderao da personalidade jurdica acarreta sua extino.

  • *REVISO PARA AV2Questo 7-Sobre as pessoas jurdicas correto afirmar:A( )Por ter personalidade jurdica prpria no possvel afirmar que as pessoas jurdicas tm funo social.B( )Por ser um ente moral a quem o ordenamento jurdico atribui personalidade jurdica prpria no devem se curvar ao princpio da dignidade da pessoa humana, uma vez que este destina-se apenas proteo da pessoa natural.C( )Surgiram das prprias necessidade sociais, tendo como pano de fundo a tendncia humana ao convvio em grupos e a imprescindibilidade da cooperao para a realizao de determinadas atividades.D( )A teoria da funo social da empresa traz consigo a ideia do estabelecimento de comportamentos empresariais, positivos e negativos, instrumentalizando a utilizao do capital exclusivamente em favor da pessoa jurdica.E( )No atenta contra a funo social da empresa a concorrncia desleal e o abuso da personalidade jurdica.

  • *Questo 8- Relativamente s associaes civis incorreto afirmar:A( )As associaes civis constituem um conjunto de pessoas que colimam fins ou interesses no econmicos, que podem ser alterados, pois seus membros deliberam livremente, j que seus rgos so dirigentes.B( )O ato constitutivo da associao consiste num conjunto de clusulas contratuais vinculantes, que unem seus fundadores e os novos associados que, quando nela ingressarem, devero submeter-se aos seus comandos.C( )A associao dever ser constituda, por escrito, mediante redao de um estatuto, lanado no registro competente, contendo declarao unnime da vontade dos associados de se congregarem para formar uma coletividade, no podendo adotar qualquer das formas empresrias, visto que lhe falta o intuito especulativo.D( )A associao um contrato pelo qual um certo nmero de pessoas, ao se congregar, coloca em comum servios, atividades, conhecimentos, em prol de um mesmo ideal, objetivando um fim no econmico ou econmico, com ou sem capital, com ou sem intuitos lucrativos.REVISO PARA AV2

  • *REVISO PARA AV2Questo 9- Paula Paulete, modelo internacionalmente conhecida, foi fotografada (sem sua autorizao) enquanto descansava com o marido em sua ilha particular no litoral fluminense. As fotos, vendidas pelo "paparazzi", ainda no foram publicadas. As providncias que Paula dever tomar so:A( )Dever ingressar com uma ao pedindo apenas a reparao pelos danos morais sofridos.B( )No poder tomar nenhuma medida judicial, j que as fotos no foram publicadas - no havendo, assim, leso a ser reparada.C( )Dever ingressar com uma ao de reintegrao de posse de suas fotos.D( )Dever ingressar com medida judicial visando fazer cessar a ameaa de leso (publicao), bem como uma ao visando a reparao de danos pela quebra de seu direito privacidade.E( )Dever ingressar com uma ao de reparao de danos por quebra da privacidade contra o jornal ou revista que vier a publicar as fotos.

  • *REVISO PARA AV2Questo 10- Analise o seguinte texto:

    "De acordo com a legislao civil brasileira, permite-se doao de rgos por motivos altrusticos. Se for para parente consanguneo, ou colateral at o quarto grau, dispensada a autorizao judicial.

    Com base no texto acima, analise as duas seguintes assertivas:

    1 - Paulo, que tio de Andr, pode doar a ele um de seus rins, mesmo sem autorizao judicial.

    2 - Porque tal possibilidade expressamente garantida pelo direito, pelo fato do parentesco prximo.

  • *REVISO PARA AV2Com base nas asseres acima, assinale a alternativa correta:

    A( ) ambas esto incorretas;B( )a primeira assero est correta, mas a segunda est incorreta;C( )ambas esto corretas;D( )a primeira assero incorreta, mas a segunda est correta;E( )a primeira assero s estaria correta se Paulo fosse irmo ou filho de Andr

  • *REVISO PARA AV2Questo 11- (Cristiano Chaves) -" possvel afirmar que, genericamente, bem tudo aquilo que, de algum modo, nos traz satisfao.(...)Sob o enfoque jurdico, no entanto, bem tem signif