2006 anuário

Download 2006 anuário

Post on 09-Mar-2016

228 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

2006 anuário 2006 anuário

TRANSCRIPT

  • 2

  • Comentrios Gerais

    O presente anurio tem como objetivo sistematizar, de uma forma ordenada e contnua, os dados relevantes do setor de distribuio automotiva no Pas. Para tal, organizamos informaes macroeconmicas, financeiras e de desempenho, incluindo algumas estatsticas internacionais. O IBGE ainda no divulgou a nova metodologia com os nmeros do PIB para 2006, mas certamente, foi um crescimento maior do que os 2,9% de 2005. A sinalizao preliminar que o crescimento em 2006 pode ter ficado em torno de 3,5%, com maior expanso do consumo das famlias e do governo e um igualmente vigoroso crescimento dos investimentos. Vale notar de importante nesses novos dados o peso maior concedido a servios, em detrimento da indstria. Enquanto aqueles aumentaram sua participao no PIB de 54% para 65%, a indstria caiu de 39% para 30%. Mesmo assim, a cadeia automobilstica (incluindo autopeas), no perdeu participao no PIB, o que mostra o vigor do segmento nos ltimos anos e indica, na verdade, aumento de participao dentro da indstria nacional. A gradual recuperao da economia em 2006 tambm significou elevao de vendas para o setor automobilstico, cuja taxa de crescimento foi a maior nesta dcada, com 15,9% de expanso (considerando o ano 2000 na dcada passada). Quase todos os setores contriburam para esse resultado, com exceo do segmento de caminhes, cuja evoluo depende de melhores condies de financiamento e recuperao mais rpida da agropecuria. No geral, os resultados positivos foram fruto de uma taxa real de juros cadente, uma massa de renda real que cresceu 6,7% nas 6 principais regies metropolitanas do Pas e a continuidade do alargamento dos prazos de financiamento, juntamente com a maior disponibilidade de crdito, tanto privada quanto por instituies pblicas, como o BNDES. Depois de anos com problemas em suas linhas de crdito, o BNDES conseguiu melhorar seus produtos de crdito, principalmente para mquinas agrcolas e caminhes e a conseqncia dessa melhora dever ser vista em 2007. Esses nmeros levaram o setor a quase bater o recorde de vendas observado em 1997, no segmento de automveis e comerciais leves. Na soma de todos os segmentos, a indstria automobilstica bateu recorde histrico ao comercializar pouco mais de 3,2 milhes de veculos em 2006, um recorde. Vale notar o excelente desempenho do segmento de motos, cuja expanso de 23,4% tambm foi a maior desta dcada. Um segmento que ainda sofre o de caminhes, cujas vendas caram 2,9% em 2006. Mas as melhores condies de crdito e da agropecuria devem reverter essa situao e tirar do segmento a condio de nico a ter queda de vendas em 2006. Por outro lado, nibus e tratores reverteram as quedas de venda de 2005 e melhoraram suas performances em 2006, com expanses de 21,8% e 5,9%, respectivamente. Para 2007, o cenrio ainda incerto por conta da nova metodologia do IBGE no estar completamente divulgada. Mas espera-se que o crescimento possa chegar at os 4%, ou eventualmente um pouco mais. As condies de renda e crdito continuam positivas, apesar de um pouco menos aceleradas que no ano passado. Com a continuidade da queda da taxa de juros de curto e longo prazo e o aumento dos preos agrcolas, as condies de investimento tendem a melhorar, e afetaro, positivamente, aqueles setores que sofreram recentemente, como tratores e caminhes.

    3

  • 4

    Ranking Automveis + Comerciais Leves

    Pas 2002 2003 2004 2005 20061 Estados Unidos 16.814.276 16.663.452 16.874.137 16.961.710 16.524.2812 Japo 4.791.204 4.705.724 4.761.611 4.735.749 4.636.4073 China 1.246.603 2.149.456 2.489.470 3.131.456 4.263.8644 Alemanha 3.252.898 3.236.938 3.266.826 3.342.122 3.467.9645 Italia 2.336.643 2.276.669 2.294.058 2.265.632 2.355.8616 Inglaterra 2.563.525 2.578.909 2.567.269 2.439.717 2.344.8647 Frana 2.145.071 2.009.246 2.013.709 2.067.789 2.000.5628 Brasil 1.390.144 1.350.989 1.479.299 1.620.419 1.831.8799 Russia 741.826 895.979 1.162.534 1.246.923 1.678.09510 Espanha 1.402.811 1.463.365 1.605.993 1.641.424 1.623.39011 Canada 1.703.037 1.593.479 1.534.604 1.583.395 1.614.76312 India 768.886 923.654 1.142.287 1.126.422 1.321.10613 Mexico 995.617 972.233 1.093.310 1.125.711 1.157.50914 Corea 1.295.077 1.033.873 909.596 971.117 1.004.65215 Australia 540.502 739.089 763.072 789.096 769.24116 Belgica 467.569 458.796 484.757 480.088 526.14117 Holanda 510.702 488.833 483.742 465.143 483.91518 Africa doSul 231.602 247.259 301.186 407.375 471.97519 Malasia 375.358 334.159 387.022 410.879 373.66520 Turkia 94.910 227.036 451.210 438.475 373.219

    Fonte:

  • Evoluo dos Emplacamentos Mensais 2002, 2003, 2004

    segmento de automveis teve um crescimento 13,74% em 2006 frente a 2005, m rcentual gistrado desde 2002. Em 2005 foi registrado 8,76% e, em 2004, 7,33%. Com exceo do ms de abril, o

    olume de emplacamento foi superior aos mesmos meses nos anos anteriores.

    elo grfico, nota-se que os primeiros meses do ano no so bons meses de emplam contrapartida, depois do 1 semestre, esse quadro se reverteu at o final do ano.

    , 2005 e 2006

    88.8

    92

    75.7

    04

    95.9

    42

    108.

    557

    93.2

    75

    82.4

    38

    102.

    733

    105.

    649

    108.

    705

    114.

    378

    98.4

    57

    107.

    587

    98.9

    52

    98.4

    97

    84.0

    42

    88.9

    93

    85.7

    10

    80.1

    37

    91.2

    01

    80.9

    41 102.

    413

    115.

    873

    106.

    559 13

    9.58

    3

    87.4

    69

    84.1

    54

    112.

    498

    89.8

    22 97.4

    42

    104.

    569

    108.

    015

    103.

    786

    109.

    909

    108.

    382

    110.

    227

    142.

    548

    83.5

    33 90.8

    08

    118.

    675

    109.

    297

    114.

    220

    117.

    464

    109.

    992

    120.

    565

    115.

    274

    110.

    985 1

    29.1

    82

    149.

    098

    107.

    046

    103.

    486

    125.

    187

    104.

    446

    131.

    485

    118.

    828 13

    4.89

    5

    144.

    277

    128.

    759

    141.

    650

    148.

    704 1

    68.4

    81

    0

    50.000

    100.000

    150.000

    200.000

    Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

    2002 2003 2004 2005 2006

    Fonte: Denatran

    7.24

    4

    Acumulado

    1.25

    8.82

    1

    1.36

    9.09

    3

    1.18

    2.31

    7

    1.17

    2.90

    1

    O aior porev

    Representao Mensal dos Emplacamentos dentro dos anos 2002, 2003, 2004, 2005 e 2006

    1.55

    8,69

    %

    8,94

    %

    9,19

    %

    9,67

    %

    7,78

    %

    6,90

    % 8,7

    3% 9,88

    %

    9,09

    %

    11,9

    0%

    8,58

    %

    8,24

    %

    8,73

    %

    8,61

    %

    8,76

    %

    11,3

    2%

    6,10

    % 6,63

    %

    8,67

    %

    7,98

    %

    8,34

    %

    8,58

    %

    8,03

    % 8,81

    %

    8,42

    %

    8,11

    %

    9,44

    %

    10,8

    9%

    6,87

    %

    6,65

    %

    8,04

    %

    6,71

    %

    8,44

    %

    7,63

    %

    8,66

    % 9,26

    %

    8,27

    % 9,1

    0% 9,55

    %

    10,8

    2%

    7,52

    %

    6,40

    %

    8,11

    %

    9,18

    %

    7,89

    %

    6,97

    %

    8,44

    %

    8,40

    %

    7,17

    %

    7,59

    %

    7,31

    %

    6,83

    %8,

    31%

    6,95

    %

    6,69

    %

    8,94

    %

    7,14

    % 7,74

    %

    0,00%

    2,00%

    4,00%

    6,00%

    8,00%

    10,00%

    12,00%

    14,00%

    Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out

    2002 2003 2004 2005 2006

    Fonte: Denatran

    PE33%

    10%camentos de veculos.

    5

    8, 9,

    Nov Dez

  • ote-se, at toques ostraram uma pequena oscilao, com uma queda acentuada em dezembro em virtude da sazonalidade o ms.

    Observamos o, tendo queda a partir d outubro e sendo mais acentuada em dezembro, em virtude da sazonalidade no ms. (*) Dia e vendas do estoque uma varivel que mostra quantos dias de vendas seriam necessrios para vender o estoque. Por exemplo, no ms de dezembro foram emplacados 142.548 resultando 6.788 emplacamentos por dia ti. Se o estoque de dezembro era de 79.732, dividimos esse valor pelos

    Estoque 2006

    N junho, um crescimento no nivel de estoques. J a partir de julho, os nveis de esmd

    (*)Dias de Vendas 2003 x 2004 x 2005 x 2006

    19

    17 17

    18 18 18 18

    19

    18 18

    15

    17

    15

    17

    15

    14

    10

    27 27

    23

    25

    20

    21

    16

    14 14

    6

    12

    15 15

    19

    18

    16 16

    18

    17

    16

    17

    1311

    15

    14

    16

    17 17

    20

    0

    5

    10

    15

    20

    25

    30

    jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez

    352003 2004 2005 2006

    31 30

    Fonte: Denatran

    107.

    035

    103.

    476

    125.

    225

    104.

    459

    131.

    494

    117.

    748

    134.

    895

    144.

    287

    128.

    767

    141.

    649

    148.

    720

    168.

    476

    75.0

    50

    81.0

    66

    87.0

    07 99.7

    92

    101.

    887

    112.

    606

    107.

    189

    105.

    329

    107.

    022

    104.

    186

    104.

    302

    80.4

    46

    106.

    026

    109.

    492 13

    1.16

    6

    117.

    244

    133.

    589

    128.

    467