2 logística tÓpicos – introdução – evolução da logística – subsistemas de abordagem...

Download 2 Logística TÓPICOS – Introdução – Evolução da logística – Subsistemas de Abordagem Logística – Logística - amplitude – Logística - definição – Logística

Post on 21-Apr-2015

107 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • Slide 2
  • 2 Logstica TPICOS Introduo Evoluo da logstica Subsistemas de Abordagem Logstica Logstica - amplitude Logstica - definio Logstica - conceito gerencial Razes do Interesse pela Logstica Logstica de Transporte Logstica integrada: conceito Estudos de caso: Wal-Mart Logstica e servio ao cliente Logstica no Brasil Importncia dos Sistemas de Informao no processo Logstico Logstica e comrcio eletrnico Estudo de caso: Johnson Controls (B2B) Estudo de caso: Americanas.com (B2C) Servio ao cliente no comrcio eletrnico Logstica - dimenses da excelncia E-Procurement
  • Slide 3
  • 3 Introduo O surgimento da logstica se confunde com a origem da atividade econmica organizada, onde existia estoque, armazenagem e transporte. A logstica passou a diminuir a diferena entre a produo e a demanda. O conceito de logstica foi utilizada pelas Foras Armadas norte-americanas durante a Segunda Guerra Mundial.
  • Slide 4
  • 4 Evoluo da logstica O tratamento das atividades logsticas nas empresas passou por vrias fases de acordo com o grau de inter-relacionamento entre os diversos agentes da cadeia Estudo da demanda Compras Planif. de pedidos Planif. de produo Planif. de materiais Armazenagem TRANSPORTE Manip. Materiais Invent. Prod. Acabados Planif. De distribuio Processo de pedidos Embalagem industrial Servio ao cliente Fragmentao 1960... Integrao parcial 1980... Integrao total 1990... Administrao de materiais Distribuio Fsica Logstica Integrada Evoluo da logstica a partir de 1960 Fonte: Gesto de Estoques na Cadeia de Logstica Integrada - 1999
  • Slide 5
  • 5 Subsistemas de Abordagem Logstica Administrao de Materiais: Compreende o agrupamento de materiais de vrias origens e a coordenao dessa atividade com demanda de produtos ou servios da empresa. Distribuio Fsica: o transporte eficiente de produtos acabados ao final da linha de produo at o consumidor, incluindo em alguns casos o transporte de matria-prima da fonte de suprimento ao incio de produo.
  • Slide 6
  • 6 Logstica - Amplitude A logstica no se concentra apenas na operao de distribuio dos produtos para os clientes Logstica de aquisio Logstica de produo Logstica de distribuio COMPRAS PRODUO VENDA E DISTRIBUIO VENDA E DISTRIBUIO F F F F F F F F F F C C C C C C C C C C C C C C Fornecedores de segunda camada Fornecedores de primeira camada EMPRESA Clientes de primeira camada (atacadista) Clientes de segunda camada (varejista) Clientes de terceira camada (consumidor).......................................... Logstica de aquisio Logstica de produo Logstica de distribuio LOGSTICA GESTO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Fluxo de servios Fluxo de informaes Legenda: Fonte: Adaptado de Slack, Nigel. Engenharia da Produo.
  • Slide 7
  • 7 Logstica - Definio A logstica o processo de elaborao, implementao e controle de um plano que serve para maximizar, da produo ao consumo, enfrentando custos, a eficincia e a eficcia do fluxo e da gesto das matrias-primas, semi-acabados, produtos acabados e informaes; tudo isso conforme s exigncias dos clientes (Council of Logistics Management EUA) O gerenciamento logstico engloba os conceitos de fluxo de compras de matrias-primas, operaes de produo e transformao, controle de materiais e processos, bem como produtos acabados, compreendendo tambm todo o gerenciamento de transporte e distribuio de produtos destinados a vendas, desde depsitos intermedirios at a chegada dos produtos aos consumidores finais (Hong Yuh Ching)
  • Slide 8
  • 8 Logstica: conceito gerencial Tecnologia de Informao Hardware Software MUDANAS TECNOLGICAS Globalizao Aumento das incertezas econmicas Proliferao de produtos Menores ciclos de vida de produtos Maiores exigncias de servios MUDANAS ECONMICAS Otimizao do projeto de sistema logstico Gesto integrada dos diversos componentes logsticos Otimizao do projeto de sistema logstico Gesto integrada dos diversos componentes logsticos Transforma a logstica em uma atividade estratgica, uma ferramenta gerencial, uma fonte potencial de vantagem competitiva LOGSTICA: moderno conceito gerencial
  • Slide 9
  • 9 Razes do Interesse pela Logstica Rpido crescimento dos custos, particularmente dos relativos aos servios de transporte e armazenagem. Desenvolvimento de Tecnologias de Informao capazes de tratar eficientemente a massa de dados necessria para a anlise de um problema logstico. Mudanas de mercado e de canais de distribuio, especialmente para bens de consumo Tendncias de os varejistas e atacadistas transferirem a responsabilidade de administrao os estoques para os fabricantes Complexidade crescente da administrao de materiais e da distribuio fsica, tornando necessrios sistemas mais complexos.
  • Slide 10
  • 10 Logstica de Transporte O transporte o principal componente do sistema logstico. Sua importncia pode ser medida atravs de pelo menos trs indicadores financeiros: custos, faturamento, e lucro. O transporte representa, em mdia, 60% dos custos logsticos, 3,5% do faturamento, e em alguns casos, mais que o dobro do lucro. Alm disso, o transporte tem um papel preponderante na qualidade dos servios logsticos, pois impacta diretamente o tempo de entrega, a confiabilidade e a segurana dos produtos.
  • Slide 11
  • 11 Logstica de Transporte Desde os tempos coloniais os setor de transportes tem sido um desafio para o Brasil, em razo do tamanho e da topografia do Pas. Este desafio esta sendo vencido: adotada um conduta sistemtica para planejar e implementar um sistema integrado nacional de transporte de superfcie, por rodovias, ferrovias e por meio fluvial.
  • Slide 12
  • 12 Logstica de Transporte Administrar o transporte significa tomar decises sobre um amplo conjunto de aspectos. Estas decises podem ser classificadas em dois grandes grupos: Decises Estratgicas: Caracteriza-se pelos impactos de longo prazo, e se referem basicamente a aspetos estruturais Decises Operacionais: So geralmente de curto prazo e se referem s tarefas do dia a dia dos responsveis pelo transporte.
  • Slide 13
  • 13 Logstica de Transporte Basicamente so quatro as principais decises estratgicas no transporte: a)Escolha de Modais b)Decises sobre Propriedade da frota c)Seleo e negociao com transportadores d)Poltica de Consolidao de Cargas
  • Slide 14
  • 14 Logstica de Transporte Decises operacionais de curto prazo, podemos destacar: a)Planejamento de embarques b)Programao de veculos c)Roteirizao d)Auditoria de Fretes e)Gerenciamento de Avarias
  • Slide 15
  • 15 Escolha de Modais So basicamente seis os modais de transporte de carga: a)Transporte Rodovirio b)Transporte Ferrovirio c)Transporte Aquavirio d)Transporte Dutovirio e)Transporte Cabotagem f)Transporte Areo
  • Slide 16
  • 16 Transporte Rodovirio O Total de Rodovias e auto-estradas no Brasil e de aproximadamente 1,5 milhes de Km, o que reflete um crescimento de mais de 300% em duas dcadas Hoje so transportados 85% da populao e dos produtos brasileiros Empresas devero procurar maneiras de aperfeioar a economia de combustvel e mtodos para aumentar a utilizao dos equipamentos Projetos de Motores Alternativos para veculos rodovirios Caminhes movido por turbinas a gs podem receber maior ateno dos engenheiros (rudos menores, manuteno, peso e consumo de combustvel) Buscar algumas tecnologias j existentes, como no caso dos trens de carretas, que so dois ou trs reboques puxados por um cavalo mecnico, que oferecem boa produtividade.
  • Slide 17
  • 17 Transporte Ferrovirio Tem vantagem de 3:1 (trs por um) em custo de combustvel enquanto comparado com o rodovirio. Tem uma abrangncia menor que o rodovirio, entretanto, alguns projetos especiais tm sido implementados, tais como Ferrovia do Ao, que liga as reas de extrao das minas de ao com as de siderurgia e portos na regio costeira do sudeste. As ferrovias, que transportam mais carga que todos os outros modais, devem melhorar sua administrao para atender s demandas do futuro. Melhorias tecnolgicas tero papel fundamental no futuro.
  • Slide 18
  • 18 Transporte Aquavirio Tambm depender da tecnologia para incrementar sua produtividade A carga e descarga com certeza o aspecto mais custoso para esse tipo de transporte. O manuseio o procedimento de custo elevado no caso de pequenas unidade de movimentao manipuladas manualmente. A conteinerizao deve continuar a expandir-se no transporte internacional.
  • Slide 19
  • 19 Transporte Dutovirio Utilizado para o transporte de lquidos e gasosos, aperfeioamentos tecnolgicos devero ser implantados na operao de dutos.
  • Slide 20
  • 20 Decises sobre Propriedade da frota O processo decisrio deve considerar alm do custo e da qualidade do servio, a rentabilidade financeira das alternativas. Tamanho da operao de transporte (quanto maior, maior a possibilidade de que a utilizao de frota prpria seja mais atraente do que a utilizao de terceiros) Capacitao interna para planejar, operar e controlar, seja cada dia mais decisiva para o desempenho da operao
  • Slide 21
  • 21 Seleo e negociao com transportadores No caso de terceirizao observar: confiabilidade, preo, flexibilidade operacional; flexibilidade comercial, sade financeira, qualidade de pessoal operacional e informaes de desempenho.
  • Slide 22
  • 22 Consolidao de cargas Buscar trabalhar com grandes volumes, utilizando os maiores veculos possveis, a plena capacidade, um dos principais mecanismos para reduzir os custos de transporte. Postergar os embarques para uma d