2 - curso de capelania crista

Download 2 - Curso de Capelania Crista

Post on 07-Feb-2016

59 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Curso de capelania Cristã

TRANSCRIPT

  • SEMINRIO DE TEOLOGIA EL SHAMAH

    Ministrando Cursos Livreswww.seminarioelshamah.blogspot.com.br

    seminarioelshamah@gmail.com

    CURSO DECAPELANIA CRIST

    MATRIZ CURRICULAR

    1 - INTRODUO CAPELANIA2 ATRIBUIES DO CAPELO CIRSTO3 - CAPELANIA HOSPITALAR PATE I4 - CAPELANIA HOSPITALAR - PARTE II5 CAPELANIA PRISIONAL6 - CAPELANIA ESCOLAR7 - ATUANDO A CAPELANIA EM VARIAS REAS COMO8 - CAPELANIA MILITAR9 - CAPELANIA EMPRESARIAL10 - CAPELANIA ASSISTENCIAL11 - CDIGO DE TICA DO CAPELO CRISTO

  • CURSO DE CAPELANIA CRIST

    SEMINARIO DE TEOLOGIA EL SHAMAH

    2

    1 - INTRODUO CAPELANIA

    O QUE CAPELANIA?

    Trata-se de uma assistncia religiosa prestada por pessoa formada e preparada para o ministrio de assistncia religiosa garantida por lei em entidades civis e militares de internao coletiva como dispositivo previsto na Constituio Brasileira de 1988 nos seguintes termos: assegurada, nos termos da lei, a prestao de assistncia religiosa nas entidades civis e militares de internao coletiva. Nos termos da lei Federal de n 9.982/00 de 14 de Julho de 2000, artigo 5, incisos VI e VII, e no mbito do Distrito Federal, lei de n 8.212 de 24 de Julho de 1998 e da lei 3.216 de 05 de Novembro de 2003.

    Capelania uma atividade cuja misso colaborar na formao integral do ser humano, oferecendo oportunidades de conhecimento, reflexo, desenvolvimento e aplicao dos valores e princpios tico-cristos e da revelao de Deus para o exerccio saudvel da cidadania. Por exemplo: A Capelania Hospitalar a responsvel, junto aos hospitais, pela transmisso dos cuidados pastorais s pessoas que esto passando por crises. Atravs da Capelania tem-se a oportunidade de ministrar o evangelho, como tambm, de descobrir os meios de auxiliar as pessoas que esto com problemas, a enfrentar sria e realisticamente as suas frustraes, medos e desapontamentos. um trabalho de assistncia social com enfoque espiritual.

    O ministrio de Capelania Hospitalar Evanglico a prtica do amor por Cristo e pelo prximo, vestido em roupas de trabalho. levar esperana aos aflitos, quando esses relatam suas dores e medo aos ouvidos atentos de quem os experimentou na pele a dor e a perda. o agente de consolado preparado por Deus, que se dispe a levar o consolo a outros. Um trabalho humanitrio de solidariedade, uma tnue luz de esperana, confortando e ajudando o enfermo a lidar com a enfermidade, a engajar-se ao tratamento mdico indicado, e at mesmo a preparar-se para enfrentar a morte, quando

  • CURSO DE CAPELANIA CRIST

    SEMINARIO DE TEOLOGIA EL SHAMAH

    3

    no h expectativas de cura e, essa situao os afligem sobremaneira, pois todos ns queremos continuar vivos. O capelo deve sempre recordar aos enfermos ou encarcerados a graa, a misericrdia e o amor de Deus, em Sua busca por amizade e comunho com o ser humano atravs de Cristo, que nos oferece o perdo e a vida abundante e eterna.

    o exerccio da funo extra pastoral que visa assistncia espiritual, enfocando a pessoa do Senhor Jesus Cristo no contexto do Reino de Deus e no apenas de um grupo religioso. levar a f, a esperana e o amor (I Co 13:13); aperfeioar sua f com as obras (Tg 2:22); ser ovelha de Jesus (Mt 25:35-36); uma viso Bblica. O termo Capelania vem da Frana, desde 1.700, em tempos de guerra, o Rei costumava mandar para os acampamentos militares, uma relquia dentro de um oratrio que recebia o nome de Capela, esta Capela ficava sob a responsabilidade do sacerdote, conselheiro dos militares. Em tempos de paz, a Capela voltava para o reino, sob a responsabilidade do sacerdote, que continuava como lder espiritual do Rei, e conhecido por Capelo e o servio Capelania, j se estendia aos parlamentos, colgios, cemitrios e prises.

    MISSO DA CAPELANIA

    A Capelania tem como misso atuar nos hospitais atravs de voluntrios capacitados que levam amor, conforto e esperana aos pacientes, familiares e profissionais da sade, vivendo a f crist atravs do atendimento espiritual, emocional, social, recreativo e educacional, sem distino de credo, raa, sexo ou classe social, em busca contnua da excelncia no ensino e no ministrio de consolo e esperana eternos.

    NO BRASIL

    No Brasil o termo Capelania, passou a ser utilizado pelos evanglicos, j que a Igreja Catlica usa o termo Pastoral, para os servios desenvolvidos na sociedade. Em 1.944 foi criada a Capelania Militar, durante a segunda Guerra Mundial, para assegurar a presena dos capeles evanglicos na FEB, sendo que este servio sempre se caracteriza como voluntrio. No Estado de So Paulo a Capelania Hospitalar, foi oficializada em 1.952, dentro do Hospital das Clnicas.

    COMO SURGIU?

  • CURSO DE CAPELANIA CRIST

    SEMINARIO DE TEOLOGIA EL SHAMAH

    4

    Capelania no um termo moderno. nome dado aos servios religiosos prestados por oficiais treinados e teve origem nas foras armadas do exrcito em 1.776. Conta-se que na frana, um oficial Sgt. Martinho ao encontrar um homem abandonado na rua debaixo de chuva e frio, cortou sua capa e o cobriu num ato de solidariedade, humanismo, caridade, ajuda e amor ao prximo. Ao morrer, esta capa foi levada como uma relquia para a igreja para ser venerada. Esta igreja recebeu o nome de igreja da capa. Da as derivaes capela, capelo e capelania.[1] Desde ento, o servio vem sendo implantado dentro dos hospitais, para fortalecer o lado espiritual do paciente.

    O TERMO CAPELO

    um ministro religioso autorizado a prestar assistncia religiosa e a realizar cultos religiosos em comunidades religiosas, conventos, colgios, universidades, hospitais, presdios, corporaes militares e outras organizaes. Ao longo da histria, muitas cortes e famlias nobres tinham o seu capelo. [2]

    O QUE FAZ UM CAPELO?

    O capelo, integrante da equipe multidisciplinar de sade, uma pessoa capacitada e sensvel s necessidades humanas, dispondo-se a darem ouvidos, confortar e encorajar, ajudando o enfermo a lutar pela vida com esperana em Deus e na medicina. Oferece aconselhamento espiritual e apoio emocional tanto ao paciente ou detentos e seus familiares, como aos profissionais da sade. importante elo com a comunidade local. Na sociedade deve portar-se com descrio, absoluto respeito e dignidade crist; devem ter boa conduta, irrepreensveis perante todos; deve amar o Brasil e se esforarem para que todos quantos os cerquem amem a Ptria e observem as suas Leis. Devem zelar pelo bom nome dos seus colegas, no permitindo que, em qualquer situao, haja comentrios desabonadores a respeitos dos mesmos. Igualmente, devem fazer tudo quanto estiver ao seu alcance para evitar que, quem quer que seja, use propaganda negativa contra os Capeles cristos, atravs de imprensa escrita, falada e televisada, procurando o beneficio dos seus subalternos.

    REA DE ATUAO

    CAPELANIA HOSPITALAR

    1 - ESTA IGREJA RECEBEU O NOME DE IGREJA DA CAPA. DA AS DERIVAES CAPELA, CAPELO E CAPELANIA.2 - WIKIPDIA ENCICLOPDIA LIVRE

  • CURSO DE CAPELANIA CRIST

    SEMINARIO DE TEOLOGIA EL SHAMAH

    5

    O que Capelania? Qual a funo de um capelo? O ambiente e como me portar em cada um deles. Que palavra levar? Quais as regras a serem obedecidas? Como estabelecer a Capelania nestes lugares?

    CAPELANIA ESCOLAR

    Como funciona o ambiente escolar e o que pode ser feito? O enfoque desta Capelania esta no atendimento a todos que atuam no sistema nos mais variados nveis do processo educativo, discentes, docentes e outros.

    CAPELANIA PRISIONAL

    Mt 25:36 - Porque estive preso e fostes me ver. Este texto refere-se alm da evangelizao dos detentos o acompanhamento e discipulado dos novos conversos que ali se encontram. Aprenderemos o que a lei nos diz sobre recomendaes bsicas do que falar e o que fazer.

    DIREITO ASSISTNCIA RELIGIOSA

    Em nossa Constituio Federal est garantido o direito assistncia religiosa aos cidados que estiverem em locais de internao coletiva, conforme podemos ler no artigo 5, inciso VII: assegurada, nos termos da lei, a prestao de assistncia religiosa nas entidades civis e militares de internao coletiva. H uma lei federal n 9.982, de 14 de julho de 2000, que dispe sobre esse inciso constitucional. Segundo a Lei 9.982/2000, artigo 1, a assistncia religiosa constitucionalmente prevista, compreende o seguinte: Aos religiosos de todas as confisses assegura-se o acesso aos hospitais da rede pblica ou privada, bem como aos estabelecimentos prisionais civis e militares, para dar atendimento religioso aos internados, desde que em comum acordo com estes, ou com familiares em caso de doentes que no mais estejam no gozo de suas faculdades mentais. Diz, ainda, em seu artigo 2 que Os religiosos chamados a prestar assistncia nas entidades definidas no art. 1 devero, em suas atividades, acatar as determinaes legais e normas internas de cada instituio hospitalar ou penal, a fim de no por em risco as condies dos pacientes ou a segurana do ambiente hospitalar ou prisional. Com a elaborao da Lei 3.216 de 05/11/2000, onde regulariza a atividade voluntria de auxlio ao aflito nas entidades de internao coletivas hospitalares e carcerrias a capelania evanglica ficou mais forte e atuante.

    OBJETIVOS

    Atender a deficincia e necessidade de mais pessoas ajudarem no ministrio pastoral de visitao na Capelania e proporcionar uma formao espiritual, emocional para o trabalho de visitao e atendimento hospitalar pacientes e seus familiares que enfrentam crises em funo da doena. Destina-se a cristos que desejam se preparar melhor para esse ministrio e desejam ser

  • CURSO DE CAPELANIA CRIST

    SEMINARIO DE TEOLOGIA EL SHAMAH

    6

    voluntrio do trabalho de Capelania. A atividade do Capelo Cristo consiste em dar assistncia espiritual crist em hospitais, presdios, orfanatos, asilos, creches, albergues, escolas, reas militares, empresas e instituies governamentais,