1a edição dez 2010

Download 1a edição dez 2010

Post on 08-Mar-2016

222 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Brasilnews 1a edio dez 2010

TRANSCRIPT

  • THE BRAZILIAN COMMUNITY NEWSPAPER TORONTO - 1 edio de dezembro - 2010 - ano 14 - nmero 263 - www.brasilnews.ca

    O JORNAL DA COMUNIDADE BRASILEIRAMembro do Grupo Nacional de Imprensa tnica do Canad

    FREE

    Otimismo na comemorao do Dia mundial de luta contra a

    Aids PG.: 03

    Lula d posse aos

    representantes dos brasileiros no exterior PG.: 05

    Durval Terceira fala dos

    benefcios oferecidos pela LOcAL 183 PG.: 11

    confira dicas de compras brasileiras e canadenses em Toronto PG.: 12

    Limpeza de neve para idosos e deficientes

    fsicos PG.: 04

    A reprter Mila Burns e os desafios estrada

    afora PG.: 13

    Guerra no Rio de Janeiro Entenda o conflito que foi chamado de guerra e veja relatos de quem viveu dias de terror na cidade maravilhosa. Pginas: 14 e 15

    IMaGeM

    : jOGO M

    OdeR

    N w

    aRf

    aRe

  • BRASIL NEWS | 1 edio de dezembro | 07.12.2010| 2

    Na ltima semana, o mundo in-teiro noticiou o que passou a ser chamado de Guerra do Rio de janeiro. O Brasil, pas do Carnaval e da alegria, tomado por bandidos que atiravam sem direo. Um terror que chocou o mun-do. agora, quando a vida clama por voltar ao normal, nos perguntamos: o problema da criminalidade no Rio de janeiro ser resol-vido? Questes que at especialistas fogem de responder.Mas o mundo no

    somente tristeza. No dia Mundial de Luta contra a aids, boas notcias fo-ram divulgadas para que continuemos a caminhar com fora para o fim des-ta doena, ainda sem cura medicinal.e querem saber quan-

    tas pessoas h no Brasil? O censo 2010 acaba de ser divulgado pelo IBGe. Somos 190 milhes! Sem contar com os 3 milhes de brasileiros que esto fora de sua terra natal. Na ltima semana, o Conselho de

    Representantes dos Brasileiros no exterior, foi empossado pelo Presidente Lula na Conferncia Brasileiros no Mundo, no Rio de janeiro. O Cnsul-Geral do Brasil em Toronto, afonso Cardoso, e ester Sanches-Naek, uma das representantes da regio

    amrica do Norte e Caribe, estiveram por l.atrs das bravas histrias desses compa-

    triotas est Mila Burns. a jornalista capixa-ba, que ama viajar, colocou o p na estrada este ano em busca de ouvir as experincias e entender como vivem essas pessoas. a bordo do motorhome, passou perrengues e alegrias, que ela diz ter sido importante em todos os aspectos de sua vida.Quem tambm conversou com a nossa

    nova editora, Carolina Ladeira, foi durval Terceira, um homem de liderana e que implemen-tou importantes mudanas frente da Local 183. ela teve a oportunidade de conferir as ins-talaes da sede, dos centros de treinamentos e tambm de ver construes em que brasileiros trabalham duro todos os dias. e voc j se preparou para

    manter suas caladas limpas da neve que em breve tomar conta da cidade? a Prefeitura divulgou o maquinrio dispo-nvel para a estao e, ainda, que idosos e deficientes fsicos podem pedir o servio se este no chegar em suas ruas. Natal tempo de unio e... tambm de

    compras. Sigam as nossas dicas e se prepa-rem para ter uma festa com harmonia, paz e muita fartura.Boa leitura e bom trabalho para a

    Carolina!

    Tempo de esperana

    editorialPOR tania nuttall brasilnews@brasilnews.com

    imigrao | immigrationPOR marcia casado e jane desmond informe publicitrio

    Gostaramos de de-dicar esta edio para esclarecer algumas dvidas que pare-cem ser muito frequentes entre pessoas que desejam iniciar o processo de imi-grao por sponsorship para seus cnjuges.Pessoas que ainda no se-

    jam legalmente divorciadas podem ser sponsors? Sim. embora no exista a pos-sibilidade do casamento civil, possvel se iniciar um processo de imigrao atravs do common-law. a aplicao nesta forma pre-v casos de pessoas que, por diversos motivos, no possam ou no desejam se casar legalmente. Para fins de imigrao, necessrio estabelecer que o casal vi-ve junto maritalmente por um perodo de, no mnimo, um ano antes de se iniciar o processo de sponsorship. necessrio, ainda, provar, atravs de documentos, cartas, fotografias etc, que este um relacionamento genuno.

    Eu recebi apenas $20,000 no ano passado. Posso ser sponsor? Sim. Para casos de sponsorship de cnjuge ou de filhos, no existe uma renda mnima que deve ser comprovada.Eu declarei bankruptcy

    pessoal. Posso ser sponsor? Sim, desde que voc j te-nha recebido o seu aviso de discharge. este documento dever ser anexado ao pro-cesso para a considerao do oficial de imigrao que vai analisar o caso.Gostaria de incluir meus

    filhos em minha aplicao. Isso e possvel? Sim. Seus fi-lhos so considerados seus dependentes at que atinjam 22 anos. existem alguns ca-sos em que mesmo maio-res de 22 anos podem ser considerados dependentes, porm necessria uma anlise mais detalhada para que se possa estabelecer isto. Sou mais velha que meu

    sponsor. Ele ainda pode ser meu sponsor apesar da diferena de idade? Sim. Os oficiais de imigrao

    ao anali-sarem o caso de sponsor-sh ip s e concen-tram em verificar se o re-laciona-mento legtimo e que o apli-cante no tenha como intuito nico conseguir a residncia per-manente no pas.Tenho um processo de

    Humanitrio e Compaixo. Posso inserir meu pedi-do de sponsorship nesta minha aplicao? Sim. possvel aproveitar esta aplicao de Humanitrio e Compaixo e incluir os documentos pertinentes ao processo de sponsorship.Lembre-se que estas in-

    formaes so gerais e que cada caso diferente. Para uma anlise especfica, entre em contato conosco pelo te-lefone (647) 430 7420.

    Jane Desmond

    Mrcia Casado

    Quem pode ser sponsor

  • BRASIL NEWS | 1 edio de dezembro | 07.12.2010 3 |

    BLEED

    HOC-489-10_Brasil News.indd 1 12/1/10 10:35:34 AM

    1 de dezembro o dia Mundial de Luta contra a aids. Uma doena que no possui cura e que j matou cerca de 30 milhes de pessoas desde o incio da epidemia, na dcada de 80. Somente no ano passado, foram dois milhes de mortos. espe-cialistas da ONU, Organi-zao das Naes Unidas, acreditam que 33,4 milhes de pessoas vivem hoje com o HIV no planeta. embora os nmeros se-

    jam assustadores, a ltima quarta-feira foi tambm tomada pelo sentimento de esperana. desde 1999, as novas transmisses reduzi-ram em 19%, alcanando o nmero de 2,6 milhes em 2009, segundo a Unaids, agncia da ONU para com-bate doena. O nmero de mortos tambm est dimi-nuindo, resultado dos novos tratamentos desenvolvidos e dos meios de preveno

    da transmisso.Os nmeros de acesso aos

    tratamentos ampliaram. Mais de 5,2 milhes de pes-soas obtiveram antirretrovi-rais nos pases em desenvol-vimento, quando em 2004 no chegavam aos 700 mil beneficirios. Outro dado animador revela que as na-es ricas quadruplicaram o financiamento de programas de sade nos pases pobres entre 1990 e 2010.

    No entanto, ainda h muito o que fazer. O diretor executivo da Unaids, Michel Sidib, recordou que 10 mi-lhes de pessoas continuam espera de tratamento e os avanos obtidos at agora

    so muito frgeis por cau-sa da situao financeira mundial. Como ainda no existe

    uma vacina que cure a do-ena, apenas remdios que a controlem, as formas de preveno so muito im-portantes no combate aos casos. atualmente, os m-todos so: uso de preserva-tivo, tratamento de doenas sexualmente transmissveis, conhecimento de seu status sorolgico graas detec-o, circunciso masculina, programas de troca de se-ringas e meios teraputicos de substituio da herona para os viciados.

    a situao brasileiraNo Brasil, a epidemia per-

    manece estvel. de acordo com o Ministrio da Sade, o nmero de soropositivos ultrapassa os 600 mil desde 1980. a taxa de incidncia oscila em torno de 20 casos por 100 mil habitantes e,

    somente em 2009, foram no-tificados 38.538 infectados.

    mundo vermelhoComemorada desde 1987,

    este ano a data foi marcada por diferentes manifestaes em todo o mundo em busca de solues e conscientiza-o sobre o uso de preser-vativos. Pontos tursticos de 13 pases, como o Cristo

    Redentor, no Rio de janeiro, o edifcio empire State, em Nova York, e a Opera House, em Sydney, na austrlia, fo-ram iluminados por uma luz

    vermelha, por iniciativa de uma entidade beneficiente. essa cor predominou ao re-dor do planeta em um gran-de apelo por mudanas.

    Os avanos na luta contra a Aids Dia mundial comemorado com otimismo

    No entando, ainda h muito o que

    fazer. 10 milhes de pessoas continuam

    espera de um tratamento

    NDIA

    USA

    AUSTrlIA

    rIo DE JANEIro Esttua do Cristo redentor iluminada de vermelho, no Dia Mundial de

    Combate Aids

    mundo | WorlDPOR carolina ladeira carolinaladeira@ig.com.br

  • BRASIL NEWS | 1 edio de dezembro | 07.12.2010| 4

    UMa PUBLICaO dO BRaSILNewS PUBLISHeR INC.

    Todos os direitos Reservados www.brasilnews.ca 1554 dundas St. w

    suite 201, Toronto ON M6K 1T8Tel. 416 538-4298 fax 416 538-9171

    Publisher: Tania Nuttallbrasilnews@brasilnews.ca

    editor-chefe: Carolina ladeiraeditor@brasilnews.ca

    administrativo: Fernando Goscinsckibrasilnews@brasilnews.ca

    Vendas: Fernando Goscinsckifernando@brasilnews.ca

    diagramao: Marcus Sampaio designer@brasilnews.ca

    COLaBORadOReS:Brian Bowen, Carlos Valente, Cleida Steinmetz, Cristiano de Oliveira, everalda Sidaravicius, fernanda Beziaco, fernando Goscinscki, fred Itioka, jandy Sales, Olavo Queiroz,

    Rafaela freitas, Renato Takahashi, Rodolfo Torres, Saul Porto,

    Stphanie Pires e Steve Philipp

    Prxima edio: 21/12/2010

    Colunas e artigos assinados podem no expressar a opinio do jornal.

    proibida a cpia ou reproduo de qualquer artwork sem autorizao prvia do BrasilNews.

    expediente | mastheaD

    Canad | CanaDada redao

    Cidade se prepara para a neve

    Na maior parte de Toronto, a lim-peza de neve nas ruas e caladas oferecida pela Prefeitura, porm h reas em que as mquinas no tm acesso. Nesses lo-cais, no caso de idosos ou deficientes fsicos, tam-bm de responsabilidade do governo a retirada de neve da frente das casas.

    O estacionamento de car-ros e a estrutura das ruas e caladas so alguns dos motivos que impedem a chegada de mquinas a cer-tos lugares. Para solicitar o servio, basta ligar para 311 ou preencher um formul-rio de candidatura no site. O mapa com os locais onde

    h limpeza regular est dis-ponvel em www.toronto.ca/transportation/snow/si-dewalks.htm.O inverno j est che-

    gando e os nossos maqui-nrios esto prontos para manter as ruas de Toronto limpas, disse Gary welsh, Gerente-geral de Servios de Transporte. a Prefeitura da cidade de Toronto se mostra preparada para en-frentar a estao, qualquer que seja a sua intensidade. em 25 de novembro foram anunciados que sero cer-ca de 1000 equipamentos, entre caminhes de sal e de retirada de neve, alm de 1600 funcionrios envolvi-dos no trabalho de limpeza.

    seja um bom vizinhoa cooperao dos mora-

    dores e donos de empresas da cidade muito impor-tante para a impecabilidade

    das reas onde o servio mecnico no chega. Para isso, a Prefeitura pede que o gelo e a neve sejam lim-pos nas caladas adjacentes s suas propriedades dentro de 12h aps uma nevasca, sob pena de multa no valor de 125 dlares.Outras recomendaes

    aos cidados so: no em-purrar a neve de volta para

    as ruas, depois de limpar a frente de suas casas; evitar estacionamento nas ruas, a fim de facilitar o aces-so das mquinas; e usar o transporte pblico sempre que possvel. a aplicao da quantidade adequa-da de sal essencial, mas tambm indica-se o uso de produtos alternativos a essa substncia.

    idosos e deficientes fsicos tm ajuda da Prefeitura em locais onde as mquinas no chegam

    Nossos maquinrios esto prontos para

    manter as ruas de Toronto limpas

    A mquina de derretimento de neve um dos equipamentos da Prefeitura

  • BRASIL NEWS | 1 edio de dezembro | 07.12.2010 5 |

    Tratamento Marroquino

    MIRIAN CAbele IRe IRAb R A s I l e I R A* Especialista em Qumicas* Corte e Escova* High Lights e Colorao* Tratamento Marroquino* Escova Progressiva s/ Formol* Cauterizao * Alisamento* Escova definitiva* Plstica Capilar * Depilao * Design de sobrancelha c/ aplicao de Hena

    Atendimentocom hora marcada

    647 248-3231 ANTesANTes DePOIsDePOIs

    Canad | CanaDada redao

    Parabns. Vocs vo ganhar mais respon-sabilidade e prazer de servir o Brasil l fora, discursou o Presidente Lus Incio Lula da Silva ao empossar os 16 membros eleitos para repre-sentar os brasileiros no ex-terior. a terceira edio da Conferncia Brasileiros no Mundo, realizada nos dias 2 e 3 de dezembro, no Rio de janeiro, trouxe tambm no-vo flego para as propostas de melhorias das polticas governamentais para as co-munidades brasileiras que vivem fora do pas.O encontro significou

    uma oportunidade nica para um grande intercm-bio de ideias entre eles, contou o Cnsul-Geral do Brasil em Toronto, afonso

    Cardoso, que foi ao Rio de janeiro participar. Cnsules, convidados oficiais e oficio-sos estiveram presente ao evento.Nos dois dias de encon-

    tro e ainda o dia que an-tecedeu, os membros do Conselho de Representantes de Brasileiros no exterior (CRBe), escolhidos por vo-tao pela comunidade que brasileira no exterior, ele-geram um presidente, defi-niram formas de trabalho, alm de fazer uma leitura crtica da ata Consolidada, documento redigido como resultante das discusses realizadas nas Conferncias anteriores. Uma das preocupaes

    pertinentes a todos os pre-sentes foi quanto ao ensi-no da lngua portuguesa

    s crianas e validao dos diplomas. Segundo Cardoso, houve uma n-fase na questo de como articular a comunicao entre as diferentes comuni-dades e os conselheiros, de forma que possam melhor representar as comunidades to amplas e espaadas que representam. Outros temas tambm

    discutidos foram: a am-pliao do alcance das aes dos consulados; a extenso da rede de previdncia so-cial em outros pases e fa-cilitao das contribuies; assistncia sade dos brasileiros no exterior; dis-seminao de informaes sobre assistncia social e direitos humanos, entre outros.ester Sanches-Naek,

    represen-tante eleita n a s r e a s da amrica do Norte e Caribe, res-saltou durante a mesa de dis-cusso a impor-tncia da criao de um portal que facilite a comu-nicao entre as comunidades e o conselho. atenta toda essa

    discusso estava Victoria Mull, convidada pelo Itamaraty para ser uma re-presentatividade de Toronto na reunio. a advogada fez uma anlise positiva do en-contro: foi muito produti-vo ouvir a respeito do pro-blemas que os emigrantes

    brasileiros esto experi-mentando em diferentes partes do mundo e trocar informaes e experincias. entre as propostas defendi-das por ela, foi a necessida-de da criao de uma vaga fixa para o Canad.O CRBe foi criado pa-

    ra mediar a comunicao

    do governo brasileiro e as comunidades espalhadas pelo mundo. Para Lula, o seu sonho ver esses com-patriotas de volta. Hoje te-mos orgulho de dizer que o Brasil oferece mais oportu-nidades que muitos pases. Tem muita gente voltando para o Brasil e acho que esse ser uma tendncia, decla-rou o presidente.

    Victoria Mull, Fernando Jacques de Magalhes Pimenta, Cnsul-Geral de Vancouver, Maria lucia Fauchinelli,

    presidente da Casa do Brasil em Montreal, durante a Conferncia Brasileiros no Mundo

    Representantes dos brasileiros no exterior tomam posseiii Conferncia Brasileiros no mundo contou com a presena do Presidente lula

  • BRASIL NEWS | 1 edio de dezembro | 07.12.2010| 6

    1444 Dupont St, unit 1BToronto - ON M6P 4H3Tel. 416 516 4949

    falamos

    Portugus

    info@bermanass...