18º Congresso de Iniciação Científica ESTUDO COMPARATIVO ... ?· técnica de drenagem linfática…

Download 18º Congresso de Iniciação Científica ESTUDO COMPARATIVO ... ?· técnica de drenagem linfática…

Post on 27-Dec-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

18 Congresso de Iniciao Cientfica

ESTUDO COMPARATIVO DAS TCNICAS E DRENAGEM POSTURAL E DRENAGEMLINFTICA MANUAL NOS EDEMAS DE MEMBROS INFERIORES EM PACIENTESSUBMETIDOS GASTROPLASTIA

Autor(es)

ARIANE SEGUEZZE GIMENES

Orientador(es)

DANIELA FALEIROS BERTELLI MERINO

Apoio Financeiro

FAPIC/UNIMEP

1. Introduo

A obesidade uma doena crnica caracterizada pelo excesso de gordura corporal, recorrente de uma alterao metablica na qual oexcesso de gordura acumulado nos tecidos perifricos, incluindo o tecido adiposo branco, msculo e fgado (MOURA et al., 2004;BLACHAR; FEDERLE, 2004; HORVATH, 2005). uma doena de carter multifatorial, dispendiosa, vitalcia e potencialmenteletal. Atualmente, a obesidade considerada o distrbio nutricional mais importante do mundo desenvolvido, uma vez queaproximadamente 10% da populao esta obesa (BOUCHARD, 2003). O percentual de indivduos obesos na populao mundial temcrescido significativamente, o que preocupa cada vez mais os profissionais da sade, dadas as conseqncias mrbidas desencadeadas(MONTEIRO, 1998). No entanto, a obesidade, antes vista apenas como um evento decorrente de um distrbio alimentar, hoje sabido que so inmeras as suas causas e tambm as suas conseqncias, pois se trata do principal fator de risco para odesenvolvimento de doenas secundrias como o diabetes, a hipertenso, as alteraes respiratrias dentre outras (FARIAS et. al.,2006). No Brasil 30% das causas de morte esto associadas obesidade e as doenas crnicas no transmissveis (diabetes,hipertenso e problemas cardacos) (GUIRRO; GUIRRO; 2004). Em geral as terapias para a obesidade podem ser divididas emgrupos: comportamentais (dieta e exerccios); farmacolgicas e cirrgicas (ABELL, 2006). Independentemente da maneira de serconduzido o tratamento da obesidade, sabe-se que todas elas exigem identificao e mudana de componentes inadequados do estilode vida do indivduo. A obesidade deve ser reconhecida como uma enfermidade e tratada como tal, o paciente deve compreender quea perda de peso muito mais do que uma medida cosmtica, pois visa reduo das morbidades e mortalidades associadas obesidade (WADDEN, 2000). Dentre as formas de tratamento existentes, a cirurgia baritrica considerada o mtodo mais eficientequando o objetivo a perda de peso efetiva, sendo conceituada como padro-ouro no tratamento da obesidade (GRUNDY et al.,2008). A primeira cirurgia baritrica foi realizada em 1954, cujo procedimento era efetuar a juno do jejuno proximal com o liodistal, retirando um longo segmento de absoro de nutrientes (carboidratos, lipdios, vitaminas e protenas), no entanto essa cirurgiateve um alto ndice de mortalidade. Desde ento, os procedimentos chamados Bypass em Y-de-Roux (RYBP), derivaobiliopancretica e duodenal switch tornaram-se populares (LOVE; BILLETT, 2008). O tratamento cirrgico promove a reduo doreservatrio gstrico, aumentando o tempo de esvaziamento do reservatrio gstrico e reduzindo a rea de absoro intestinal deforma especfica para os lipdeos (FERNANDES, PUCCA e MATOS, 2001). Atualmente, o procedimento mais realizado no Brasil a tcnica de Bypass gstrico de Fobi-Capella ou Gastroplastia redutora com bypass gstrico em Y de Roux, que combina a restrio

gstrica com algum grau de disabsoro (GARRIDO JR., 2002). Uma complicao comum do ps-operatrio da cirurgia baritrica apresena do edema nos membros inferiores (MMII) causado pelo trauma que lesa a rvore vascular, ou devido resposta bioqumica aesta leso (FERNANDES; PUCCA e MATOS, 2001). O termo edema refere-se ao acmulo de quantidades anormais de lquido nosespaos intracelulares ou nas cavidades do organismo (BRAY; MACDIARMID, 2000). Segundo Leduc e Leduc (2000), quando oaporte de lquido filtrado torna-se mais intenso e o sistema de drenagem no responde proporcionalmente a esse aumento de lquido,ocorre como conseqncia o desequilbrio entre a filtragem e a evacuao. Desta forma, os tecidos absorvem este lquido, a pressointratecidual aumenta, e o tecido se distende formando o edema. Para o tratamento do edema presente nos pacientes submetidos gastroplastia, o fisioterapeuta dispe de algumas tcnicas, como a drenagem postural, cuja fundamentao esta no princpio fsico daao gravitacional, ou seja, uma vez que o membro inferior edemaciado posicionado acima da linha do corao, por ao dagravidade, ocorre um aumento da circulao sangunea, levando drenagem do mesmo (BURIHAN ; BAPTISTA-SILVA, 2003). J atcnica de drenagem linftica manual, uma massagem suave caracterizada por movimentos leves, drena os lquidos excedentes, quebanham as clulas, mantendo assim o equilbrio hdrico nos espaos intersticiais, alm de eliminar os detritos provenientes dometabolismo celular (LEDUC; LEDUC, 2000). Desta forma, o objetivo do presente estudo foi comparar o efeito da aplicao dastcnicas de drenagem postural e drenagem linftica manual, no processo de drenagem de edemas dos membros inferiores de pacientessubmetidos cirurgia baritrica no Hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba.

2. Objetivos

O objetivo do estudo foi comparar o efeito da aplicao das tcnicas de drenagem postural e drenagem linftica manual sobre osedemas dos membros inferiores de pacientes submetidos cirurgia baritrica no Hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba.

3. Desenvolvimento

O estudo foi aprovado pelo Comit de tica em Pesquisa da Instituio (protocolo 68/05) e pelo Comit de tica em Pesquisa doHospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba (protocolo 019/06). Os objetivos, bem como os procedimentos experimentais foramexplicados detalhadamente aos voluntrios, e os mesmos assinaram um termo de consentimento livre e esclarecido. A amostra foiconstituda de trinta pacientes do sexo feminino com idade entre 20 e 40 anos, apresentando IMC igual ou superior a 40 Kg/m ,divididas em trs grupos: Grupo Controle (CTL), Grupo Drenagem Postural (DP) e o Grupo de Drenagem Linftica Manual (DL),sendo cada grupo constitudo por 10 mulheres que foram submetidas s respectivas tcnicas. Inicialmente foi realizada uma avaliaofisioteraputica, sendo que a perimetria, medida em centmetros do segmento inferior, foi padronizada da seguinte forma: partindo dobordo superior da patela, tanto a coxa, quanto a perna foram subdivididas em marcaes de 5 e 5 cm, bilateralmente. Todas asmedidas foram atentamente coletadas pelo examinador. A avaliao inicial foi realizada em todas as voluntrias antes do inicio daaplicao das tcnicas citadas. As pacientes pertencentes ao grupo DLM foram submetidas uma hora de drenagem linftica manualdiariamente, duas vezes ao dia, sendo iniciada no primeiro dia de ps-operatrio. As pacientes pertencentes ao grupo DP foramsubmetidas uma hora de drenagem postural diariamente, duas vezes ao dia, tambm iniciada no primeiro dia de ps-operatrio.Enquanto o grupo CTL (controle) no recebeu nenhuma destas intervenes. Aps a realizao das duas tcnicas, durante o perodode internao, outra avaliao foi realizada no terceiro dia de ps-operatrio, no dia da alta hospitalar. Para a anlise estatstica foiutilizado o aplicativo BioEstat 5.0. O teste de Shapiro Wilk foi usado para verificar a distribuio dos dados, sendo rejeitada ahiptese de normalidade de todas as variveis. Portanto, para a anlise da significncia foram utilizados testes no-paramtricos,sendo o de Wilcoxon para amostras pareadas e o de Kruskal-Wallis para amostras no-pareadas. Um valor de p menor que 0,05 foiconsiderado como estatisticamente significante.

4. Resultado e Discusso

Na tabela 1 so apresentadas as mdias e o desvio padro dos permetros de membro inferior direito (MID) dos pontos estabelecidosem funo dos grupos e do tempo observado, ou seja, do primeiro dia ps-operatrio at o terceiro dia ps-operatrio. Pode-seobservar que no grupo CTL os pontos referentes ao bordo superior da patela, 10 cm acima do bordo superior da patela, bordo inferiorda patela e ainda 15 cm abaixo do bordo inferior da patela, no foram observadas diferenas significativas em relao circunfernciados membros inferiores direito entre o primeiro e o terceiro dia de ps-operatrio (p>0,05). J no grupo submetido s tcnicas deDLM e DP foi observada uma diminuio significativa do permetro destes mesmos pontos mencionados (p0,05), diferentemente dos grupos submetidos tcnicas de DLM e DP que apresentaram uma diminuio

significativa em todos os pontos mencionados (p

Escola Superior de Ensino Helena Antipoff - ESEHA, Niteri, 2001.MOURA, L.G.; et al. Capella's gastroplasty: metabolites and acute phase proteins changes in midline and bilateral arciformapproaches. Arq. Gastroenterol., v. 41, n. 4, p. 215219, 2004.WADDEN, T.A.; FOSTER, G.D. Behavior treatment of obesity. Med Clin North Am, v.8, p.441-461, 2000.

Anexos

Recommended

View more >