14.mpc e superficie topografica(1)

Download 14.MPC e Superficie Topografica(1)

Post on 06-Aug-2015

89 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Mtodo das Projees Cotadas e Superfcie Topogrfica. Conceitos gerais. Entes fundamentais.

O Mtodo das Projees Cotadas bastante utilizado na resoluo espacial e representao de grandes extenses horizontais que apresentem pequenas alturas ou profundidades, como a superfcie do relevo terrestre. A representao deste relevo se d, de modo geral, atravs de plantas topogrficas.30 40 50 60 70 80 90 100 80 20 10 10 20 30 40 50 60 70

100 90 80 70 60 50 40 30 20 10 10 20 30 40 50 80 70 60

Mtodo das Projees e Superfcie Topogrfica. Conceitos gerais. Entes fundamentais. UFPel/ IFM/ DTGC/ Disciplina da rea de Representao Grfica / Prof ngela VasconcelosESCALA: 10 0 10 m

MPC: Conceitos gerais. Entes fundamentais (cont.) No Mtodo das Projees Cotadas o objeto projetado ortogonalmente sobre um s plano de projeo (horizontal) e esta projeo acompanhada de informaes numricas sobre as alturas (distncias do plano horizontal de projeo), chamadas cotas.

Mtodo das Projees e Superfcie Topogrfica. Conceitos gerais. Entes fundamentais. UFPel/ IFM/ DTGC/ Disciplina da rea de Representao Grfica / Prof ngela Vasconcelos

MPC: Representao de poliedros/ Representao do ponto. . Veja um poliedro representado pelo Mtodo das Projees Cotadas Um ponto representado por sua projeo, pela letra que o representa e pela sua cota. A cota pode ficar entre parnteses ou no. A sua cota ser positiva se ele estiver acima do plano de projeo (chamada altura) e negativa, se estiver abaixo (chamada profundidade).

Quando a letra no necessria pode-se omiti-la e o ponto fica representado apenas por sua projeo e cota. A 40

Mtodo das Projees e Superfcie Topogrfica. Conceitos gerais. Entes fundamentais. UFPel/ IFM/ DTGC/ Disciplina da rea de Representao Grfica / Prof ngela Vasconcelos

MPC: Representao de segmentos de reta e seus tipos. Existem apenas trs tipos de segmentos de reta no MPC: vertical, horizontal e genrica Segmento Vertical: (Fig. 10) Ele perpendicular ao plano de projeo. Fica representado por dois de seus pontos, que se projetam no mesmo lugar Segmento Horizontal: (Fig. 11) Ele paralelo ao plano de projeo. Fica representado por dois de seus pontos, que possuem a mesma cota. Segmento Genrico: (Fig. 12)Segmento Vertical

_ A 40 = B50

B50A 40

Segmento Horizontal

A 40 B 40

Ele oblquo ao plano de projeo. Fica representado por dois de seus pontos, que possuem cotas diferentes.

Segmento Genrico

Mtodo das Projees e Superfcie Topogrfica. Conceitos gerais. Entes fundamentais. UFPel/ IFM/ DTGC/ Disciplina da rea de Representao Grfica / Prof ngela Vasconcelos

MPC: Representao de figuras planas e seus tipos. Existem apenas trs tipos de figuras A 40 planas no Mtodo das Projees Cotadas: vertical, horizontal e genrica.

C 70 B 40

Figura Vertical: Ela perpendicular ao plano de projeo. Fica representada por seus vrtices, que se projetam todos sobre uma mesma linha. Figura Horizontal: Ela paralela ao plano de projeo. Fica representada por seus vrtices, que possuem todos a mesma cota.Figura Genrica: Ela oblqua ao plano de projeo. Fica representada por seus vrtices, que no possuem todos a mesma cota.

Figura Vertical

A 40

C40

B 40Figura Horizontal

D40

B 40

A 40Figura Genrica

C 70

Mtodo das Projees e Superfcie Topogrfica. Conceitos gerais. Entes fundamentais. UFPel/ IFM/ DTGC/ Disciplina da rea de Representao Grfica / Prof ngela Vasconcelos

MPC: Representao de planta topogrficaComo foi escrito, o Mtodo das Projees Cotadas bastante utilizado na resoluo espacial e representao de grandes extenses horizontais que apresentem pequenas alturas ou profundidades, como a superfcie do relevo terrestre. Existem vrios mtodos para se representar o relevo de um terreno, segundo DOMINGUES (1979), sendo de uso comum o mtodo das curvas de nvel. Uma curva de nvel o resultado da seco do terreno por um plano horizontal. A curva de nvel projetada ortogonalmente em um plano de projeo horizontal.

Assim todos os pontos de uma curva de nvel possuem a mesma cota altimtrica, estando no mesmo nvel.Curvas de Nvel se projetando Mtodo das Projees e Superfcie Topogrfica. Conceitos gerais. Entes fundamentais. UFPel/ IFM/ DTGC/ Disciplina da rea de Representao Grfica / Prof ngela Vasconcelos

MPC: Representao de planta topogrfica (cont.) Na figura ao lado observamos as curvas de nvel em sua projeo ortogonal. Os vrios planos horizontais que geram cada curva de nvel, alm de serem, obviamente, paralelos entre si, so eqidistantes. Por isto as curvas de nvel possuem cotas que variam a intervalos regulares (por ex., de 5 em 5m, ou de 10 em 10m.) O valor das cotas de cada curva de nvel informada ao lado da mesma.

Curvas de Nvel em projeo ortogonal

Cotas das curvas de nvel Mtodo das Projees e Superfcie Topogrfica. Conceitos gerais. Entes fundamentais. UFPel/ IFM/ DTGC/ Disciplina da rea de Representao Grfica / Prof ngela Vasconcelos

MPC: Representao de planta topogrfica (cont.) A construo das curvas de nvel feita atravs de pontos cotados, levantados no local e marcados no desenho. Para determinar-se as curvas de nvel faz-se uma interpolao entre pares de pontos cotados, obtendo-se pontos de cota inteiraPontos cotados

Interpolao dos pontos Mtodo das Projees e Superfcie Topogrfica. Conceitos gerais. Entes fundamentais. UFPel/ IFM/ DTGC/ Disciplina da rea de Representao Grfica / Prof ngela Vasconcelos

MPC: Representao de planta topogrfica (cont.) A interpretao da topografia de um terreno, pela simples observao de sua planta topogrfica, facilitada se conhecermos as suas formas . fundamentais, algumas chamadas "acidentes geogrficos. A seguir mencionamos algumas delas. Elevao: Quando as curvas de nvel de cotas menor envolvem as curvas de nvel de cota maior. Depresso: Quando as curvas de nvel de cota maior envolvem as curvas de nvel de cota menor. Ladeira: Quando as curvas de nvel projetam-se com uma distncia horizontal bem regular e apresentando-se quase como uma linha reta.Ladeira Mtodo das Projees e Superfcie Topogrfica. Conceitos gerais. Entes fundamentais. UFPel/ IFM/ DTGC/ Disciplina da rea de Representao Grfica / Prof ngela Vasconcelos

Elevao

Depresso

Referncias bibliogrficas: DOMINGUES, F. A. A. Topografia e astronomia de posio. So Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1979. RANGEL, A. P. Desenho Projetivo: projees cotadas. Rio de Janeiro: Ao Livro Tcnico S.A., 1973.

Mtodo das Projees e Superfcie Topogrfica. Conceitos gerais. Entes fundamentais. UFPel/ IFM/ DTGC/ Disciplina da rea de Representao Grfica / Prof ngela Vasconcelos